Carrasco do servidor

0

Caso não conceda este ano aumento salarial aos servidores estaduais, Marcelo Déda (PT) será visto pela categoria como o pior governador da história de Sergipe. Com salários achatados e vivendo há anos na esperança de terem um Plano de Cargos e Carreira, os trabalhadores da administração direta não o perdoarão, assim como já ocorre com os professores, que desde o ano passado reclamam o pagamento do piso salarial. Quem está vivendo na miséria não aceita pedido de paciência, nem pode esperar que o cofre público fique abarrotado para só então participar da divisão do bolo. Ademais, o servidor não tem culpa se, como dizem, a receita do governo está no limite prudencial. Portanto, seria bom Déda repensar a política salarial praticada por seu governo para não entrar para a história como o carrasco do servidor público.

Dia D

Pode terminar hoje o julgamento da liminar considerando ilegal a eleição feita pela Assembleia para eleger a deputada estadual Susana Azevedo (PSC) conselheira do Tribunal de Contas do Estado. A expectativa é que na sessão desta quarta do Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe o desembargador Luiz Mendonça, que pediu vistas, devolva o processo para votação. Até agora três magistrados já acompanharam os argumentos da liminar.

Homenagem

A Caixa Econômica Federal inaugurou ontem mais uma agência em Aracaju. A unidade de atendimento foi batizada de Luciano Barreto Júnior, jovem empresário sergipano que faleceu em 2002. O presidente da Construtora Celi, empresário Luciano Barreto, agradeceu a homenagem feita ao filho e ressaltou o fato de a Caixa ser uma empresa voltada para o social.

Barrados no baile

Defensores públicos de Sergipe acharam uma doideira o fato de terem sido impedidos de fazer uma inspeção de rotina na Clínica Psiquiátrica São Marcelo, em Aracaju. A direção da unidade os barrou na porta alegando que eles só poderiam entrar com um mandado judicial. Segundo a Defensoria, a visita é uma prática rotineira para averiguar as questões relacionadas à dependência química e transtorno mental dos pacientes.

Quebradrinhos

A ‘Caravana Meu Bolso em Dia’ passa por Aracaju no próximo sábado. Trata-se de uma feira gratuita organizada pela Federação Brasileira dos Bancos para orientar as pessoas sobre o uso consciente do dinheiro, cartão de crédito, crédito consignado, empréstimo pessoal e financiamento. O evento vai acontecer na praça Hilton Lopes, ali nos mercados centrais. Aviso aos quebradinhos: não haverá distribuição de grana.

Casório

Os cartórios estão obrigados a converter a união estável homoafetiva em casamento civil. A determinação é do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e visa tornar efetiva a decisão do STF que reconheceu em 2011, a legalidade do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Em caso de o cartório deixar de cumprir o que dispõe a resolução do CNJ, caberão providências por parte do juiz corregedor. Legal!

Caro e ruim

A população da Grande Aracaju já está pagando R$ 2,45 para andar em ônibus velhos. O reajuste de 8,88% no valor da tarifa foi a primeira medida concreta do prefeito João Alves Filho (DEM) para o transporte coletivo da capital sergipana. Quanto aos ônibus de primeiro mundo prometidos por ele aos aracajuanos, continuam estacionado no discurso de campanha.

Papanicolau

Pesquisa mostra que 66% das mulheres não acham que existe relação entre a infecção pelo vírus HPV (papilomavírus humano) e o câncer do colo do útero. A infecção por esse vírus aumenta em até 100 vezes o risco de a mulher desenvolver esse tipo de câncer. Segundo o estudo, 18% das mulheres nunca fizeram o exame papanicolau, principal forma de detectar as lesões que podem levar ao câncer do colo do útero.

Disputado

Depois que deixou o PSB o deputado estadual Adelson Barreto não pára de receber convites de outros partidos. O último foi feito pelo vice-governador Jackson Barreto (PMDB). O parlamentar agradeceu e disse que só se definirá por uma nova legenda em setembro. De tão requisitado, Adelson lembra a canção infantil: “Terezinha de Jesus deu uma queda/ Foi ao chão/ Acudiram três cavalheiros/Todos de chapéu na mão”. É, doidinhos para enchê-lo de votos.

Do baú político

A festa organizada anteontem em São Paulo para homenagear a cantora Ângela Maria pelos seus 60 anos de carreira e 84 anos de idade fez lembrar um episódio ocorrido na capital sergipana. Na década de 50, ainda muito jovem, a magistral ‘Sapoti’ fez um grande show filantrópico em benefício do Asilo Rio Branco. Com a Associação Atlética de Sergipe superlotada, Ângela Maria resolveu sortear um beijo para aumentar a renda em favor dos velhinhos. Centenas de beijoqueiros disputaram o ‘selinho’ prometido pela interprete de ‘Babalu’. A cantora não sabia que seu carinhoso gesto provocaria uma grande polêmica política. No dia seguinte ao show, o jornal Diário de Sergipe, do PSD, atacou o governo do udenista Leandro Maciel estampando em manchete de 1ª página: “Polícia permite cena de bordel num clube de família”. O Correio de Aracaju, da UDN, reagiu de pronto publicando virulento artigo com o título “Inveja Mata”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais