Cartas embaralhadas

0

O jogo da sucessão só começa pra valer em 2018, ano em que governo e oposição definem as coligações com vistas às eleições em Sergipe. Até lá, as cartas seguem embaralhadas e permitindo, quando muito, alguns palpites sobre quem marchará com quem. Fazer qualquer prognóstico antes de as alianças serem fechadas será mero exercício de futurologia, sem qualquer serventia para os cientistas políticos. O jogo será um se o governador Jackson Barreto (PMDB) disputar uma das duas vagas para o Senado. A história muda, contudo, se ele resolver se aposentar politicamente, conforme prometeu no início do mandato. Portanto, discutir com segurança sobre as eleições de 2018, só mesmo quando as cartas forem distribuídas aos participantes desse intrincado e empolgante jogo político.

Cadê a grana?

Prefeitos sergipanos estão por aqui com o ainda presidente Michel Temer (PMDB), porque o peemedebista contingenciou R$ 1 milhão da Codevasf. Este dinheiro seria usado na manutenção dos perímetros irrigados de Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume, todos localizados no Baixo São Francisco. Em carta aberta ao deputado federal André Moura (PSC), líder deste governo temerário no Congresso, os prefeitos cobram o imediato descontingenciamento dos recursos. Estão certos!

Sem festa

Aracaju nunca teve festejos juninos tão pífios quanto os deste ano. Faltando poucos dias para o São João, a Prefeitura ainda não anunciou se fará ou não o Forró Caju, que deverá não acontecer. Afetados pela crise, os comerciantes não decoraram as lojas, as tradicionais festas de ruas foram, em sua maioria, abortadas e até a venda de fogos de artifício caiu consideravelmente.

Projeto viabilizado

E a termelétrica Porto de Sergipe, de 1,5 GW de potência, chegou a gerar dúvidas sobre sua viabilidade no mercado. A solução da Centrais Elétricas de Sergipe, concessionária responsável pela usina, foi um acordo de longo prazo para compra de gás natural liquefeito (GNL) da Ocean LNG. O gás importado terá como destino um terminal de regaseificação que será construído também em Sergipe, e deve ficar pronto em 2020. Se o prazo for respeitado, será o primeiro terminal de GNL privado do país. Esta informação é do jornal Valor Econômico.

Pé na estrada

O governador Jackson Barreto (PMDB) prossegue com as ações de combate aos efeitos da seca e fomento à atividade agrícola. Nesta segunda-feira, ele distribui, em Aquidabã, Nossa Senhora de Lourdes e Itabí, 516 toneladas de material forrageiro e 16,5 mil quilos de sementes. Também entrega títulos de regularização fundiária e adesão ao Garantia Safra.

Férias menores

A Câmara de Aracaju deve votar amanhã, o Projeto de Emenda a Lei Orgânica reduzindo o recesso parlamentar. De autoria do vereador Fábio Meireles (PPS), a propositura diminui dos atuais 95 dias para 55 dias as férias anuais dos parlamentares aracajuanos. Para convencer os colegas a votarem favoráveis à matéria, Meireles diz que reduzir o recesso “será uma demonstração de compromisso com o povo, a quem devemos prestar contas”.

Bem na fita

A cada dia surgem políticos defendendo que o deputado federal André Moura (PSC) dispute o governo de Sergipe, em 2018. Agora é o ex-vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado (PSDB), quem prega a candidatura majoritária de Moura. Machadão afirma que os senadores Eduardo Amorim (PSDB) e Antônio Carlos Valadares (PSB) são bons nomes, porém o de André está nas bocas dos prefeitos e lideranças políticas do interior. Então, tá!

Dutra denunciado

Falecido em 2015, o ex-presidente da Petrobras, Zé Eduardo Dutra (PT), foi citado agora como tendo negociado o recebimento de propina por dois contratos na estatal. Segundo o ex-diretor da Petrobras, Renato Duque – preso na Operação Lava Jato – foi acertado que a empresa Saipem pagaria US$ 2 milhões em propina, dos quais metade seria para Dutra. O outro milhão ficaria com Graça Foster, na época diretora de Gás e Energia da companhia. Duque revelou, porém, que a propina nunca chegou a ser paga. Misericórdia!

Serra em festa

Será encerrada amanhã, a 52ª Feira do Caminhão e Festa dos Caminhoneiros de Itabaiana. O evento conta com cerca de 30 estandes de empresas como Mercedes-Benz, Scania, Toyolex, Banco do Brasil e Banese. Segundo o prefeito itabaianense, Valmir de Francisquinho (PR), o sucesso da festa é a garantia que os participantes têm de fazer grandes negócios. Marrapaz!

Pau quebrou

Uma briga generalizada acabou a festa junina promovida pelos moradores da Baixa da Cachorrinha, zona norte de Aracaju. Murros, pontapés, garrafadas e cacetadas deixaram várias pessoas feridas, algumas pisoteadas pelos brigões. Impressionante que nos vídeos mostrando a confusão, não se enxerga um único policial. Será que a Polícia não foi “convidada” para este forrobodó do barulho? Danôsse!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 6 de outubro de 1907

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários