Chororô Belivaldo não é real:SE está em situação razoável, 13º lugar

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

 

O jornal Valor Econômico publicou ontem, 25, uma matéria que reforça a opinião deste espaço que o problema do Estado de Sergipe não é apenas por força da crise econômica, mas, principalmente pela falta de gestões de governança de verdade nos últimos anos.

A matéria do Valor – do jornalista Rodrigo Carro – explica que:

“a ideia de que a maior parte dos Estados brasileiros está quebrada não reflete a situação financeira real dos governos locais. Entre os 26 Estados e o Distrito Federal, 15 tinham as contas em condição entre razoável e muito boa no fim do ano passado, conforme indica um levantamento da RC Consultores. A partir de um conjunto de dez indicadores, foi montado um ranking de saúde financeira, liderado por Paraná e Pará.

“Dizer que todos os Estados estão quebrados é uma simplificação perigosa e até danosa para a análise da situação fiscal brasileira. Fica parecendo que são todos farinha do mesmo saco”, frisa Paulo Rabello de Castro, sócio da RC Consultores. “Por que diabos estamos vendo gente que está apenas mal enquadrada [na Lei de Responsabilidade Fiscal] dizendo que não tem dinheiro para pagar pessoal?”, questiona o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Mesmo entre os sete Estados que decretaram calamidade financeira, a crise fiscal se manifesta de maneira distinta. Enquanto Rio Grande do Norte e Mato Grosso apresentam saúde financeira razoável, Goiás está em situação sofrível. Os quatro Estados restantes foram classificados nas categorias ruim (Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul) ou péssima (Roraima).

Paraná e Pará aparecem no topo do ranking da RC Consultores por já terem equacionado o endividamento e os gastos com pessoal, explica o coordenador do estudo, Everton Carneiro. “O Pará é um Estado relativamente pobre, mas bem administrado”, diz o economista, destacando a importância da mineração e do plantio e exportação de soja.”

Falta a Sergipe um governo de verdade. Um governador que tenha coragem de cortar cargos e privilégios de alguns que são amigos do poder.

Por isso a perseguição e o ódio contra os poucos que têm a coragem de dizer a verdade. O problema é de pura incompetência capitaneada por uma mesmice que entende que o interesse da coletividade não vale nada.

Enquanto o governador de Sergipe é só chororó culpando a crise a economia da Bahia só cresce Na Bahia e na capital Salvador, o governador Ruy Costa e o prefeito ACM Neto têm uma briga salutar para implementarem obras e investimentos. Lá não tem chororô e sim muita gestão e trabalho. Agora Salvador ganhará um hospital com investimento de R$ 300 milhões e mais de 4 mil empregos. Enquanto isso Sergipe Del Rey é só chororô. Leia a matéria do investimento aqui.

Nota de Esclarecimento PMSE O Comando da Polícia Militar do Estado de Sergipe vem a público esclarecer que, prezando pela transparência de suas ações, como vem sendo feito constantemente pela atual gestão, suspendeu temporariamente o Exame de Suficiência Técnico Profissional para o quadro da área de saúde da Corporação (QPMP-6), até que sejam apurados todos os questionamentos que envolvem o caso. A Polícia Militar reafirma seu compromisso de sempre respeitar os valores morais e éticos que norteiam as nossas

No processo que tramita na Justiça estão anexados prints das conversas intrigantes sobre as promoções

ações e definem a Instituição.

Exame de suficiência técnico profissional do HPM: decisão acertada da PM. Se espera que ninguém seja ameaçadoO blog alerta aos integrantes da corporação da PM que o processo não tramita em segredo de justiça e está a disposição de todo cidadão. O blog recebeu de uma fonte importante, inclusive com dados sobre outro processo, aquele escândalo dos combustíveis que terá um novo desdobramento em breve, com a inclusão de uma pessoa que não apareceu ainda. No caso do exame de suficiência o blog espera que ninguém seja ameaçado ou perseguido. E se for aberto algum IPM o blog estará na linha de frente pedindo o apoio da OAB/SE, do MPE e outros segmentos organizados para defender a verdade acima de tudo e de todos.

 

Verdadeira saia justa ou tiro de bazuca no pé? É impressionante a capacidade do prefeito Edvaldo Nogueira gerar problemas para ele mesmo. Só pode ser a falta de uma assessoria que diga a verdade. Tirar o urbanista Ricardo Mascarello da pasta do turismo, comércio e geração de emprego para colocar um indicado do deputado federal Gustinho Ribeiro, do Solidariedade não foi apenas uma saia justa, foi um tiro de bazuca no pé. Bem escreveu Samarone: “Cidade Inteligente? Trocar Ricardo Mascarello, grande urbanista, pelo primo do deputado gustinho, qual a justificativa, Edvaldo?”

Liturgia dos cargos Na reunião do Trade Turístico do estado, acontecida ontem, 25, duas presenças não provocaram a repercussão da liturgia dos cargos ocupados. Tanto o secretário de Estado do Turismo, Manelito Franco, quanto o secretário do município, Marlison Magalhães, passaram despercebidos. Um chegou atrasado, não foi notado pelos presentes e foi embora rapidamente sem ser percebido e o outro, ainda desconhecido do “métier” político, não foi muito percebido também. Quando anunciados, poucos os notaram. Sobre Marlisson, a turma ficava perguntando “Quem”?

‏ Interrupções e racionamento da Deso. Privatização à vista? Embora Belivaldo Chagas tenha dito, que “não está no radar” a privatização da Deso, o governador não negou peremptoriamente esta possibilidade. Suas palavras apontam que, neste momento, ainda, não pretende privatizar. Mas o constante e corte no fornecimento, para fins de manutenção, como diz as notas da assessoria da empresa, soa estranho. Como se preparasse o terreno para jogar a Deso nas mãos do capital privado. É só aguardar!

A Alese e suas publicações que só o GAECO pode descobrir Na sexta-feira, 22, a Assembleia Legislativa publicou no Diário Oficial de Sergipe resolução sobre diárias, mas só o extrato, sem mostrar os valores. Transparência zero. Qual a diária de um deputado hoje? Quem são os servidores e deputados que mais viajam? Ontem, 25, foram publicadas mais 61 nomeações para cargos comissionados. Só pedindo a intervenção do GAECO do MPE para decifrar as publicações da Assembleia. É o fim dos tempos.

Horas extras administrativos do HUSE O blog vem recebendo reclamações de servidores do administrativo do HUSE por conta do não pagamento das horas extras. Não são muitos servidores, mas são horas extras de outubro e novembro do ano passado e, segundo eles, o não pagamento é por pura perseguição da gerencia do RH, já que recebeu os comunicados internos dos outros gerentes solicitando o pagamento e todos estão com as folhas de ponto assinadas, com os pontos biométricos batidos, ou seja, tudo conforme a lei.

O silêncio do MDB sergipano diante da prisão de Temer Que havia divergências entre alguns caciques do MDB sergipano e o ex-presidente Michel Temer era notório. Mas diante da prisão do ex-mandatário o diretório estadual do partido não foi capaz de, sequer, emitir nota acerca do fato seja para se solidarizar com o correligionário preso ou para corroborar e apoiar a ação judicial que botou colocou atrás das grandes além de Temer, Moreira Franco, outro quadro da sigla. Nem Jackson Barreto que deve ter voltado renovado da Disney enquanto os servidores amargam o atraso salarial e os empresários a falta de pagamento do governo. O trio histórico do MDB em Sergipe, Jackson, Benedito e Gama se calou. Ah que falta faz a sinceridade de José Carlos Teixeira…

Heleno Silva, o onipresente no Sertão O irrequieto ex-deputado e ex-prefeito de Canindé, Heleno Silva, se mexe em todos os cantos: tenta encaixar algum apadrinhado na gestão de Edvaldo Nogueira, também já se redimiu do rompimento em 2018 com Belivaldo Chagas e fez o ritual do lava pés tentando algumas benesses na estrutura de Governo. Para se ter uma ideia da movimentação de Heleno, aos sábados ele consegue apresentar dois programas em rádios diferentes sem ter que está em cadeia: na Rádio Rio FM, de Porto da Folha, e na Rádio Xingó FM, de Canindé. Como é possível? Milagre ou tecnologia, pastor?

PSDB Sergipe realiza convenções municipais Seguindo o que estabelece o calendário nacional da sigla, o PSDB Sergipe realizará de 29 de março a 01 de abril as convenções dos diretórios municipais. Em Aracaju, a Convenção Municipal acontecerá no dia 29, das 9h às 17h, na sede do Diretório Estadual do partido, localizado na rua Frei Paulo, 444, bairro Suíssa. Mais informações no site www.psdb.org.br/se ou pelo telefone 3211-3595.

Proposta por Pimentel, audiência pública sobre autismo acontece em abril No dia 02 de abril, data mundial de conscientização do autismo, a Assembleia Legislativa realizará uma audiência pública sobre o tema. Proposta pelo deputado estadual Luciano Pimentel, a audiência visa promover um debate acerca do Transtorno do Espectro Autista (TEA) em Sergipe, buscando identificar os principais os desafios impostos à efetivação dos direitos concedidos às pessoas com TEA.

Regulamentação “A legislação federal considera o autismo como deficiência para todos os efeitos legais e confere aos autistas direitos que ainda não são atendidos em nosso Estado, a exemplo do atendimento preferencial e de vagas especiais. Neste sentido, propomos a audiência para contribuir com processo de regulamentação dessas garantias previstas em lei”, explica Pimentel.

Conscientização De acordo com o parlamentar, a conscientização é o primeiro passo para evoluir na prática. “É fundamental conhecer para incluir. Uma das barreiras que os pais e mães de autistas enfrentam é a falta de informação sobre o TEA. Isso porque, se tratando de transtorno que não é visível, os familiares sofrem constantemente com o preconceito e o descaso por parte de diversos setores da sociedade”, pontua Luciano, enfatizando a necessidade de discutir a temática. Pais, mães e profissionais das áreas da saúde e educação, que conhecem de perto o transtorno e suas particularidades, participarão da audiência que terá início às 14h, no plenário da Alese.                                                                                                                                                         

Deso faz serviço correto de tapa buraco na Rua Amazonas Depois que o blog publicou ontem, 25, reclamação de moradores da Rua Amazonas, no Bairro Siqueira Campos, entre as ruas Santa Catarina e Carlos Correia de um serviço de tapa buraco mal feito a Deso enviou uma nova equipe que fez o serviço correto conforme a foto ao lado enviada por moradores. O blog agradece a atenção da empresa.

Comissão de Negociação da Campanha Salarial dos Radialistas de Sergipe, entrega pauta de reivindicações 2019/2020 A comissão de Negociação da Campanha Salarial 2019/2020, fez a entrega da Pauta de Reivindicações dos Radialistas de Sergipe, ao Presidente do Sinertej, Radialista Messias Carvalho, na manhã de hoje (25) de março. No encontro o presidente do STERTS, Radialista Elton Rickarty, fez um comentário geral das propostas apresentadas e destacou a importância de implementação do vale alimentação para a categoria, visto que é uma reivindicação de muitos anos da classe. O presidente Messias Carvalho afirmou que ainda esta semana dará conhecimento ao colegiado patronal das propostas contidas na pauta, para que o mais rápido possível sejam iniciadas as negociações. A Comissão de Negociação, que foi eleita na última assembleia geral da categoria é composta pelos radialistas: Elton Rickarty, Alex Carvalho, Lula de Carmópolis, Fernando Cabral e pela companheira Márcia Meyreles.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

O Cinema em Itabaiana Por Antônio Samarone: A música e a fotografia são as manifestações culturais mais antigas em Itabaiana. A Filarmônica é 1745 e a fotografia do inicio do século XX, com Miguel Teixeira. Contudo, outras iniciativas foram surgindo. Itabaiana possui um cine clube organizado, sob o comando do Dr. Rômulo, funcionando regulamente no museu da Filarmônica, na Praça da Igreja.Antônio de Dóci escreveu que a primeira sessão de cinema em Itabaiana ocorreu em 1913. Santinho de Tetê e Zezé da Lagoa compraram um aparelho de projeção e um gerador, e exibiram numa residência na Rua do Sol, 196. O cinema chegou a Itabaiana apenas 18 anos após a famosa primeira exibição em Paris, no subsolo do Grande Café, no bulevar dos Capuchinhos, em 28 de dezembro de 1895.Todo o texto aqui.

Sobre posse de armas Uma excelente entrevista esclarecedora do delegado Wanderson Bastos no programa Cidade Alerta Sergipe, ao jornalista Douglas Magalhães, falando sobre o posse de armas. O vídeo:

 

 

 

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

ARTIGO

Que tal falar sobre Sergipe? Por Paulo Roberto Dantas Brandão

Forjei minha formação na década de 70. E desde lá, uma das minhas prioridades era pensar o desenvolvimento de Sergipe. A década de 70 foi animada nesse tema. Havia um pensamento trazido do Condese, e da própria Sudene, creditando à exploração dos nossos minérios o desenvolvimento do Estado. Afinal, desde meados da década de 60 que isso se mostrava pertinente. Houve a exploração do petróleo, e a instalação de uma fábrica de cimento, tudo isso dentro de um estado tradicional, agrícola e pouco urbanizado. A transferência de Maceió para Aracaju da sede da Região de Produção do Nordeste da Petrobras foi um marco. Numa cidade de pouco mais de 100 mil habitantes, de repente tem transplantadas mais de 10 mil pessoas, de uma só vez, ou seja 10% de sua população original, com uma renda média bem mais alta do que a dos habitantes originais. Aracaju, então, deu um salto de crescimento que refletiu em todo Estado.

A década de 80 tinha tudo para ser a consolidação do nosso desenvolvimento. Apostávamos na exploração do potássio, na instalação de uma fábrica de barrilha sintética, e na implantação de um Polo Cloroquímico. Mas os anos 80 foram de crise mundial. A barrilha não se mostrou viável. O potássio, só depois de uma longa batalha conseguiu ser viabilizado primeiro pela Petromisa, depois pela Vale. A Petrobrás instalou ainda a Fafen. E o Polo Cloroquímico mostrou-se um projeto datado, que chegou tarde, quando a economia já estava desregulamentada, sem mais qualquer chance de dar certo. A Petrobrás, por seu turno, começou a diminuir seus investimentos no Estado. E o porto, festejado como uma vitória retumbante, não passou de um acanhado terminal privado.

Nacionalmente, no início da década de 80 houve um consenso nacional que era necessário expandir a presença do estado e ampliar os serviços públicos. Para financiar tais gastos, ampliou-se a tributação ao máximo possível. Claro que isso atingiu Sergipe.

Mas atravessamos pelo menos metade da década de 90 com o sonho de um projeto passado, que já havia sido superado pelos acontecimentos. O que tinha que ser explorado, foi. O resto era sonho. E o almejado desenvolvimento ficou aquém, bem aquém do esperado.

Sem projeto de desenvolvimento, sem condições de aumentar mais os impostos, que já haviam chegado ao limite, o Estado de Sergipe começou a ratear. Serviços públicos sofríveis, para dizer o mínimo. Falta de recursos públicos mínimos para investimentos. E uma desindustrialização acelerada do nosso já pequeno parque fabril. A privatização da Energipe, em 1997, deu certo fôlego, mas foi algo fugaz, já que nenhuma mudança foi realizada na estrutura do Estado.

Entramos do século XXI numa crise eterna que paralisou a todos. Governo sem ideia de planos inovadores, sem a mínima noção de como tornar eficiente a máquina pública, numa transição de valores políticos, onde saíram políticos e dirigentes indolentes, com algumas exceções, para a entrada de políticos e dirigentes medíocres sem quase nenhuma exceção. Numa apatia total dos intelectuais, da academia, e de todos que teriam algo a contribuir com o Estado, e da própria imprensa tradicional, que se não morreu, agoniza.

Quem está no comando apresenta uma combinação explosiva de desconhecimento do passado, com falta de ideias sobre o futuro, com pitadas generosas de falta de vontade de contrariar privilégios.

Dia desses contestava um amigo próximo, que dizia que Sergipe caminhava para um desastre. Eu me dizia admirado com o seu “otimismo exagerado”.

A coisa está tão ruim, que há falta completa até daqueles que tinham o papel de provocar, de remexer, de usar aquela vara furão, que os carreiros nos carros de boi espetavam os animais para que andassem.

Poderíamos começar discutindo abertamente o Estado. Que tal?

PELO TWITTER

www.twitter.com/AntonioSamarone Cidade Inteligente? Trocar Ricardo Mascarello, grande urbanista, pelo primo do deputado gustinho, qual a justificativa, Edvaldo?

www.twitter.com/AlberthoJorge1 FUTEBOL SERGIPANO: VEXAME e VERGONHA!! Não há autoestima que resista. Ou muda, ou acaba !!!!

www.twitter.com/clovis_silveira Quem for dar ouvido o que escrevem aqui no Twitter, vai ficar louco. Cada um escreve as besteiras que quer ou coisa de seu interesse, achando que nossa vista é uma privada!

www.twitter.com/Diogoringenberg Obrigado pelas palavras. Hoje felizmente já há um contingente razoável de pessoas que fala sobre os Tribunais de Contas de maneira realista e que não aceita mais o faz-de-contas que durante muito tempo permeou o discurso institucional.

www.twitter.com/jornalistacf Rodrigo Maia está agindo como menino mimado. Quer doce antes do almoço… Rodrigo Maia, na verdade, quer intermediar “favores” do governo para os deputados e com isso tê-los nas mãos para se manter no cargo por mais tempo. Uma vergonha.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.” Confúcio.

Comentários