Cidade suja

0

Elogiada por ser uma cidade limpa e bem cuidada, Aracaju tem apresentado nos últimos dias sinais de desleixo com a limpeza pública. É visível que a coleta de lixo foi reduzida, principalmente nos bairros periféricos, onde os detritos se acumulam nas ruas e praças, para desespero dos aracajuanos. O trabalho de limpeza das feiras livres, por exemplo, perdeu a costumeira e elogiada agilidade. Há quem afirme que a empresa responsável pela coleta de lixo diminuiu as atividades visando pressionar a prefeitura a pagar débitos acumulados antes do fim da atual administração. Em sendo isso verdadeiro, é um comportamento reprovável. Cabe à concessionária acionar a justiça para receber o que tem direito, ao invés de punir a população, que continua pagando impostos para ter direito a um serviço público de qualidade.

Internado

O vereador aracajuano Iran Barbosa (PT) está internado no Hospital Primavera tratando de uma pneumonia. Segundo publica no Jornal da Cidade o colega Ivan Valença, o partido já levantou a hipótese de Iran ter de se afastar nos primeiros dias de 2013, deixando a cadeira para o suplente Jose Américo, o “Barbeiro” (PMDB). A expectativa, contudo, é que o petista se recupere antes do dia 1º, pois, como o mais votado, caberá a ele presidir a sessão da Câmara que empossará os demais vereadores.

Boicote

Grande parte dos aracajuanos permanece boicotando os shoppings Jardins e Riomar. Desde segunda-feira passada, quando o estacionamento de veículos passou a ser pago, os consumidores abandonaram aqueles centros de compras. Queixo duro, os donos dos shoppings insistem na cobrança, mesmo sabendo dos enormes prejuízos que estão causando aos empresários ali instalados. Uma lástima!

Secretários

O prefeito eleito de Estância, Carlos Magno (DEM), anunciou mais cinco secretários: Maria José (Educação), João Emídio (Controle Interno), João Carlos (Finanças), Laelson (Agricultura), Martinho Barreto (Indústria e Comércio) e João Leite (Transporte). O demista já havia anunciado anteriormente os titulares das Secretarias de Comunicação (Magno de Jesus), Cultura (Miguel Viana), Chefe de Gabinete (Joseane Soares), e Ação Social (Daisy Garcia).

Proteja-se

Quatro em cada 10 jovens acham que não precisam usar camisinha em um relacionamento estável. Além disso, três em cada 10 ficariam desconfiados da fidelidade do parceiro caso ele propusesse sexo seguro. A pesquisa Juventude, Comportamento e DST/Aids  apurou que 40% dos jovens não consideram o uso de camisinha um método eficaz na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis ou gravidez. Que equívoco!

Segurança

O acesso às dependências do Palácio da Justiça e ao Fórum Gumersindo Bessa estará condicionado à passagem pelos novos equipamentos de raio X. A medida, que entra em vigor nesta segunda-feira, objetiva aumentar a segurança dos prédios do Poder Judiciário. Os equipamentos são semelhantes aos utilizados em aeroportos e outros órgãos do Judiciário, a exemplo do Supremo e do Superior Tribunal de Justiça.

Agenda

O governador Marcelo Déda (PT) participa hoje em Aracaju de dois eventos. Pela manhã, em companhia do vice Jackson Barreto, ele inaugura a reforma da Escola Estadual José Augusto Ferraz, no bairro Industrial. À tarde, Déda e Jackson prestigiam o lançamento do Diário Oficial eletrônico. Será no auditório do Senai, vizinho à sede da Segrase, responsável pela edição do DO.

Incentivos

Deve chegar hoje na Assembleia Legislativa um Projeto de Lei do governo ampliando de 15 para 25 anos os incentivos fiscais concedidos à Brahma e a outras 49 empresas atraídas para Sergipe a partir de 1995 pelo governo de Albano Franco. Caso os deputados não aprovem a prorrogação dos incentivos, a cervejaria promete transferir sua fábrica localizada em Estância para outro estado nordestino. Seria horrível para a economia sergipana.

Sem namoro

O prefeito eleito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), nega uma possível aproximação política entre ele, o governador Marcelo Déda (PT) e o vice Jackson Barreto (PMDB). Entrevistado pelo colega Chico Freire, do Jornal do Dia, o demista disse que essa conversa de acordo político entre os três não passa de boato: “Não há qualquer ‘namoro’ entre nós”, afirma João. Então, tá!

Do baú político

Durante uma mobilização em defesa de reajuste salarial dos servidores administrativos do estado, o sindicato da categoria organizou um café da manhã em frente ao Palácio de Despachos para protestar contra o governo. Entendendo que a reivindicação da categoria era muito justa, o deputado estadual Zé Franco (PDT) foi levar seu apoio. Após ouvir as reivindicações, sentou para saborear as frutas, sucos, leite, cuscuz com carne cozida, macaxeira e, naturalmente, o café com adoçante, tudo levado pelos manifestantes. Foi aí que um servidor se aproximou dele e mostrou o contracheque com o salário miserável. Após analisar o holerite, Zé Franco dirigiu-se ao presidente do sindicato, Valdir Rodrigues, e saiu com essa: “Rapaz, o salário da turma é realmente de miséria, mas este café aqui é várias vezes melhor do que o da minha casa”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais