Clóvis Barbosa, salários e o “mimimi” do prefeito

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

“Ele deixe de falar besteira conversa fiada, e administre a Prefeitura de Aracaju”. O desabafo foi do presidente do TCE/SE, Clóvis Barbosa ao ser

 entrevistado quando participava 1º Fórum Estratégico da Rede Siconv. Clóvis se referiu ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira que disse aos dirigentes sindicais que ele foi eleito prefeito e não Clóvis Barbosa.

E é verdade. Edvaldo é o prefeito mais tenta passar para a sociedade que vai pagar quatro salários em 2 meses. Mentira criada por ele e sua assessoria. 0 13º salário só foi pago porque as contas estavam bloqueadas por quem? Pelo TCE/SE. Ele não teve jeito. Agora vai parcelar o salário de dezembro em 12 meses e novamente que ludibriar a população, incluindo o salário de dezembro como pago, por conta do malfadado empréstimo que o servidor pode pegar para antecipar.

Bloqueio na pauta – Clóvis lembrou que Aracaju e o único caso onde o prefeito quer pagar o salário atrasado em 12 meses. Por isso na próxima semana consta na pauta do pleno do TCE o novo pedido de bloqueio das contas por parte de alguns sindicatos dos servidores.

Fugindo – Clóvis revelou ainda a imprensa que no período da transição Edvaldo se escondia para não ser notificado e vou preciso a intervenção firme do MPE. “É preciso ter responsabilidade ao invés de falar bobagem”.

Ninguém se engane é apenas o início do “mimimi”. Depois acusará a oposição de não ajudar Aracaju e por aí vai…

Clóvis cobra coerência e trabalho do prefeito e é tachado de “agressividade”.

Por sorte, à frente da presidência do TCE/Se encontra-se um dos poucos que não tem interesse eleitoral e não aceita pressão  de ninguém.

Diferença: em Socorro sim, servidor recebe dentro do mês
Só para deixar claro e fazer justiça: em Socorro, o padre Inaldo, concluiu ontem, 31, toda a folha dos servidores. A diferença é essa. Um cumpre sem fazer alarde. Outro alardeia e não paga dentro do mês e parcela salário em 12 meses.

Contabilidade

E as declarações de Clóvis sobre ex-prefeitos e contabilidade suscitaram o CRC. O conselho vai pedir que o conselheiro dê os nomes. Ele deve aguardar o fim da operação em curso, para não prejudicar a investigação. Já tem ex-prefeito a base de rivotril. 

DNOCS em SE: Totalmente sucateado
E o Departamento Nacional de Obras Conta a Seca – DNOCS, em Sergipe conta com uma coordenadoria estadual totalmente sucateada.  Só tem cinco funcionários, que estão se aposentando. E de quebra três meses de atraso dos vigilantes e serventes da empresa terceirizada.

Recursos emergenciais
Em audiência com o ministro da integração nacional Hélder Barbalho, os  senadores Valadares, Eduardo Amorim e os deputados André Moura e Valadares Filho, trataram da liberação de recursos para os municípios sergipanos que decretaram estado de emergência em virtude da seca.
Na oportunidade, foi confirmado um evento com os prefeitos sergipanos no próximo dia 7 aqui  Brasília para formalizar essa liberação.

Carmópolis
Ontem, 31, o TRE de Sergipe definiu o calendário da eleição suplementar em Carmópolis. Do dia 10 a 13 deste mês os partidos farão as convenções para definir os candidatos. E as candidaturas serão registradas até o dia 15. A eleição será no dia 02 de abril.

Bancas de revistas na praça da sede da SSP é arrombada. Só falta assaltar a SSP
E a banca de revistas situada na Praça Tobias Barreto, em frente a sede da SSP foi arrombada na madrugada da terça-feira. É bom reforçarem a vigilância na sede da SSP. Do jeito que os ladrões estão ousados não duvide que tentem arrombar a sede da SSP.

Pontos de táxis: SMTT tem que proibir transferência, até para parentes
Um leitor atento e conhecedor de concessão pública lembrou: Quanto a venda de ponto de táxi é fácil de resolver, proibir transferência, nem para patente , se o " dono" não atua mais , entregue o ponto. Já teve caso de entrar em " inventário " e juiz ordenou transferência para a viúva, imagine. Muitos alugam também, inscreve o inquilino como defensor , tem " direito " a ter dois defensores , tem milhares inscritos na Smtt como " defensor " mesmo não tendo carro para trabalhar.

George retorna ao rádio dia 06. Agora na FAN FM
Na próxima segunda-feira, 06, estreia o Jornal da FAN, das 6h às 9h, na FAN PM, 99,7, antiga Liberdade FM, com apresentação de George Magalhães, produção de Narcizo Machado e reportagens de Magna Santana e J. Pereira. E ainda tem o destaque esportivo com Adel Ribeiro.

Planalto
O ex-governador Albano Franco foi recebido em audiência, na tarde de ontem (31), pelo presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto. O encontro aconteceu por volta das 16 horas e, na oportunidade, eles conversaram sobre a situação política e econômica do país e as perspectivas para a aprovação das reformas pelo Congresso Nacional e a retomada do crescimento ainda este ano.

Reformas
Após a audiência, o ex-governador Albano Franco disse que foi uma visita de cortesia e registrou que o presidente Michel Temer, apesar da singularidade do momento e das condições adversas como assumiu o comando do país no final do primeiro semestre ano passado, está confiante que com a aprovação a implementação das reformas, o país vai superar os obstáculos e apresentará melhoria nos indicadores sócio-econômicos.

Justiça de Sergipe suspende venda da Suape e da Citepe pela Petrobras
Por Rodrigo Rocha Valor – A Petrobras informou em comunicado nesta terça-feira (31) que foi intimada da decisão da 2ª Vara da Justiça Federal de Sergipe que concedeu liminar, em ação popular, determinando a suspensão da venda da Companhia Petroquímica de Pernambuco (Suape) e da Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (Citepe).

Venda
A companhia havia anunciado em 28 de dezembro a venda das duas unidades para a mexicana Alpek, por US$ 385 milhões. “A Petrobras está tomando as medidas judiciais cabíveis em prol dos seus interesses e de seus investidores”, afirmou a empresa no comunicado.A Justiça Federal de Sergipe já havia sido responsável pela suspensão, em novembro, da venda dos campos de Tartaruga Verde e Baúna para a australina Karoon por US$ 1,5 bilhão.

STJ
No caso dos campos, a estatal teve seu recurso contra a suspensão da venda rejeitado em dezembro pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Na semana passada, segundo o Sindicato dos Petroleiros de Alagoas e Sergipe (Sindipetro-ALSE), a estatal recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Aluna de escola estadual em tempo integral alcança 1º lugar na USP
A aluna Giulia Oliveira Pardo, 18, aluna de escola pública estadual de ensino integral foi aprovada em 1º lugar para o curso de Enfermagem. Ela está matriculada no colégio desde o primeiro ano do ensino médio e já obteve destaque recentemente por ser a única representante sergipana no programa Parlamento Jovem Brasileiro, no qual, durante uma semana, atuou como deputada na Câmara, em Brasília.

Saúde
Focada em estudar na área da saúde, especificamente no curso de Medicina, Giulia, está na lista de espera para graduar-se na área pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), campus Lagarto. A jovem estudou até o ensino fundamental em escola particular, porém decidiu dar um novo rumo a sua vida, e para isso escolheu o Colégio Atheneu Sergipense.

Opção
“Ir para escola pública foi totalmente opção minha, pois não me sentia mais bem em unidade de ensino particular. O único colégio que tinha em mente para ir era o Atheneu. Foi um choque ir para uma escola pública e, de cara, com modelo de ensino integral, no qual tinha que passar o dia todo, sem conhecer ninguém. Na época me julgaram muito pela decisão, mas me adaptei bastante ao Atheneu e fiz amigos”, relembra a estudante.

Modelo
O Atheneu, assim como os centros de excelência Ministro Marco Maciel, no bairro 18 do Forte, e Vitória de Santa Maria, todos em Aracaju, oferta educação médio em tempo integral. Esse modelo de educação, segundo Giulia, foi fundamental para sua formação e aprovação em instituição de ensino superior.

Poluição sonora
No carnaval, blocos e festas de rua necessitarão de autorização ambiental para que os desfiles e celebrações possam  acontecer. Os responsáveis pelos blocos de ruas e organizadores de festas precisam comparecer à Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema) localizada na Avenida Pedro Paes de Azevedo, bairro Salgado Filho, para fazer o requerimento das informações. O período de solicitação  já começou e deve se estender até 15 dias antes do início da folia. Para preservar a saúde auditiva da população e fazer com que os limites de emissão sonora sejam cumpridos, os eventos festivos e concentrações só podem emitir sons de até 50 decibéis.

Poluição sonora II
Os estabelecimentos comerciais também devem estar atentos à autorização. Os donos de bares que estarão funcionando nos dias do carnaval também precisam estar com suas autorizações ambientais em mãos, assim como os blocos de ruas e festas, e precisam cumprir com volume permitido. Todas as informações são repassadas no ato de liberação da licença, que acontece dentro de uma semana após solicitação.

Meia Maratona de Sucesso
Ao abrir a temporada de corridas de 2017 em Aracaju, a Meia Maratona de Revezamento do Colégio do Salvador se torna tradição no calendário esportivo da capital. Nesta terceira edição, cerca de 800 atletas se reuniram nas primeiras horas do domingo, 29, para participarem da prova. Os 21,1km puderam ser cumpridos individualmente, em dupla ou em quarteto, tanto em formação feminina, masculina ou mista. Por ser uma corrida cujos principais atributos são: o trabalho em equipe, a diversão, a união e estímulo de uns atletas com os outros, as pessoas fazem desta prova uma verdadeira celebração da amizade em torno do esporte. Que venha a quarta Meia do Salvador!

SMTT informa: pontos de ônibus da Rua Lagarto serão transferidos para as Avenidas Anísio Azevedo e Gonçalo Prado
A partir desta quarta-feira, 1° de fevereiro, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju fará uma mudança de circulação provisória na Avenida Anísio Azevedo, devido à obra de reparo do pontilhão no cruzamento com a Rua Lagarto.

SMTT informa: pontos de ônibus da Rua Lagarto serão transferidos para as Avenidas Anísio Azevedo e Gonçalo Prado II
Com a mudança, os condutores não poderão mais acessar a Rua Lagarto pela Avenida Anísio Azevedo. Por esse motivo, os pontos de ônibus localizados na Rua Lagarto serão transferidos para a Avenida Anísio Azevedo, em frente ao Centro Médico Luis Cunha, e para a Avenida Gonçalo Prado Rollemberg, oposto à Diagnose.Para facilitar a identificação dos novos pontos de parada da linha de ônibus 709 – Dia/Centro (via clínicas), a equipe de sinalização da SMTT colocará placas indicativas nos respectivos locais.

PELO TWITTER

www.twitter.com/clovis_silveira  Quem diria: Um bilionário como Eike de cabeça rapada indo p/ Bangu onde tem um ex-governador preso. alguém me belisca,é difícil de acreditar

www.twitter.com/arielpalacios   Aviso: Nós, jornalistas,não somos psiquiatras (menos ainda de graça). Caros delirantes,p/essas áreas recomendo profissionais especializados.

www.twitter.com/frednavarro   Um bom investimento, no Twitter, é guardar opiniões. Se publicadas, desvalorizam rápido e em minutos não valem nada.

www.twitter.com/redeilha   "Não permitiremos que municípios façam qual quer festividade com salários atrasados". Clovis Barbosa. #JornalDailha

www.twitter.com/AdrianaEstevesI   Mulheres apoiando o Bolsonaro é a mesma coisa que árvore apoiando o desmatamento.

RECORDAÇÕES ELEITORAIS

1985: vejam como o sarapatel de coruja vem de muito tempo
E para o leitor mais afoito um lembrete: em Sergipe todo mundo já teve no mesmo palanque. A foto ao lado é de 1985, do acervo pessoal do 

Foto: arquivo pessoal professor Ludwig

professor Ludwig, mostra pela ordem: 01, José Carlos Machado; 02, Lourival Batista; 03, Antônio Carlos Valadares; 04, Franz Ludwig Hold, presidente da então Telergipe; 05, Benedito Figueiredo; 06, João Alves; 07, Antônio Doria e 08, Jackson Barreto, candidato de todos a prefeitura naquele ano.

ARTIGO

O mosquito, a politicagem e a frustração por Hebert Pereira*

Lendo os jornais e vendo os noticiários, tive esclarecida uma dúvida dos últimos tempos: ainda estávamos sofrendo um surto de dengue, chikungunya e zika vírus (e microcefalia), transmitido pelo mosquito aedes aegypti. O fato de o assunto ter deixado de ser uma das pautas principais dos noticiários me fez ter a esperança de que talvez as coisas haviam melhorado. Lêdo engano!

Mas e aí? Pensei, o que poderia fazer para além de evitar focos de mosquito na minha residência e tentar ajudar na sensibilização do máximo de pessoas. Pois, vencer esse mosquito depende de simples atitudes, mas que são tão difíceis de serem tomadas por muitos de nós.

Então me surgiu uma ideia bem simples, mas que passei a reconhecer sua grande importância após ler um livro chamado, “Bem vindo ao Clube: Como o poder dos grupos pode transformar o mundo”, de Tina Rosemberg.
Nesse livro a autora nos mostra como a pressão dos colegas pode ser uma força esmagadora para o bem. Examinando um fenômeno que inspirou e inspira pessoas no mundo todo a gerar mudanças sociais onde outros métodos falharam, trazendo exemplos brilhantes de como a mobilização de pessoas comuns (de pares) em torno de um propósito semelhante foi mais eficaz que campanhas institucionais e orientações de autoridades e notáveis.

Foi assim que tive a ideia de convidar nossa vizinhança para realizar uma ação de sensibilização entre vizinhos e moradores do bairro. Buscaríamos folhetos e materiais informativos na Secretaria de Saúde e visitaríamos as circunvizinhanças conversando com nossos semelhantes sobre a importância de realizarmos as ações básicas para livrar a comunidade do mosquito aedes.

Não havia o que dar errado! Certamente o poder público iria achar o máximo ter um reforço em seu trabalho de vigilância epidemiológica sem nenhum custo. Porém, o primeiro obstáculo surgiu de onde menos se imaginava: do próprio poder público!

Por volta do dia 24 de janeiro deste ano, fui à Secretaria Municipal de Saúde, no Núcleo de Vigilância Epidemiológica, local indicado onde conseguiria folhetos e cartazes da campanha de combate ao mosquito aedes. Lá, a servidora do setor me mostrou uma pilha de pacotes dos folhetos os quais necessitávamos. Porém, havia um problema: no canto inferior esquerdo dos folhetos existia uma minúscula logomarca da gestão passada, e não haviam sido confeccionados novos folhetos.

Por isso, a servidora informou que precisaria consultar a chefia do setor ou algum superior para saber se poderia liberar aquele material. Fiquei incomodado com o fato de uma minúscula logomarca poder inviabilizar a proposta de ajudar a nossa comunidade e contribuir com a saúde pública, mas guardei a esperança de que o bom senso venceria a politicagem.

Entretanto, para minha infeliz surpresa, ao entrar em contato telefônico com a Secretaria e o Setor de Vigilância Epidemiológica, no dia de hoje, a fim de receber a resposta sobre a liberação dos panfletos, inicialmente ouvi que não existiam tais panfletos. Após contestar e esclarecer que pessoalmente os vi empilhados no chão do setor e,  inclusive, trazendo comigo um exemplar, a funcionária, após se reportar a alguém que estava próximo, respondeu que não poderiam liberar os panfletos com a marca da gestão anterior.

Daí me veio a frustração e ao mesmo tempo a indignação, em ver como a politicagem se sobressai aos interesses da população!

*Cidadão, morador do Conjunto Orlando Dantas, Aracaju/SE.

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

Frase do Dia

“Então vem sempre aquela voz me dizer que: o começo é sempre hoje.” Mary Shelley, escritora britânica, morreu em 01 de Fevereiro de 1851 (n. 1797).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários