Cobre santo errado

0

O governo de Sergipe jura não ter dinheiro para reajustar os salários dos servidores, mas segue repassando grande soma de recursos para a Assembleia, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Tribunal de Contas pagarem seus aposentados e pensionistas. Economistas garantem que se deixasse de assumir compromissos financeiros dos outros, o Executivo teria dinheiro de sobra para melhorar o salário de fome pago ao funcionalismo. A alegação do governo é que repassa recursos para que os outros poderes não extrapolem a Lei de Responsabilidade Fiscal, porém, ao fazer isso, fica com a corda no pescoço, vivendo no limite prudencial. É como se tivesse descobrindo um santo para cobrir outro. Ora, não é justo que o governo assuma indefinidamente despesas alheias e deixe de honrar os próprios compromissos, causando grandes prejuízos aos servidores.

Sucessão

O Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe deve eleger até o final do mês a lista tríplice da qual sairá o substituto da desembargadora Geni Schuster, aposentada compulsoriamente. 16 juízes estão disputando a indicação, mas é voz corrente que a escolhida será a magistrada Iolanda Guimarães. Ela é a preferida do presidente Cláudio Déda, a quem cabe usar o critério de merecimento para indicar o novo desembargador.

Disputa

Promete ser disputada a eleição para escolher a nova diretoria da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio). Marcado para maio próximo, o pleito será disputado pelo atual presidente Abel Gomes Filho e pelo ex-presidente Hugo França. Os dois já estão em campanha para conquistar a maioria dos 12 sindicatos com direito a voto.

Carnalita

Com o título acima, o colega Eugênio Nascimento publica no blog Primeira Mão a seguinte nota: O prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PR), encaminhou à Câmara de Vereadores o projeto de lei regulamentando a distribuição do ICMS da carnalita, seguindo o mesmo modelo aprovado pela Assembleia Legislativa de Sergipe. Iniciativa idêntica foi tomada há 12 dias pelo prefeito de Japaratuba, Hélio Sobral (PMDB).

Mais gás

A Sergás espera apenas a Vale anunciar o início da implantação do Projeto Carnalita para começar a tratar sobre a viabilização de um gasoduto visando fornecer à mineradora algo em torno de 800 mil m³ de gás natural por dia. “Somente este cliente comprará três vezes mais do que o volume de gás consumido hoje em Sergipe, que é cerca de 280 mil m³ por dia”, explica o presidente da Sergás, Akira Ota.

De volta

E quem está retornando hoje a Aracaju é o prefeito João Alves Filho (DEM) e a grande comitiva que o acompanhou na viagem que fez à Colômbia. Durante os 10 dias em que visitou Bogotá e Medellín, o demista conheceu exemplos de mobilidade urbana, inclusão social, cidadania e combate à violência. Tão logo desembarque na capital, Alves Filho reassumirá o cargo que vem sendo exercido interinamente pelo presidente da Câmara, vereador Vinícius Porto (DEM).

Proredes

Os deputados estaduais devem aprovar hoje nas comissões temáticas o Proredes, que autoriza o governo a contrair um empréstimo de R$ 250 milhões para aplicar na saúde. Orientada pelos irmãos Amorim, parte da bancada da oposição tem criado dificuldades para aprovar a matéria. Estes opositores não querem aprovar o empréstimo para, desta forma, desgastar a imagem do governador Jackson Barreto (PMDB). Ao agirem assim, estes deputados penalizam ainda mais quem precisa da saúde pública.

Vacina

Começa hoje a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Este ano, a imunização deve atingir mais crianças do que em anos anteriores. Com a nova regra, crianças de 6 meses a menos de 5 anos poderão ser vacinadas. A vacina também será disponibilizada para as pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, indígenas, gestantes, mães até 45 dias após o parto, presidiários e funcionários do sistema prisional.

Pouco tempo

Termina em menos de um mês o prazo para fazer a inscrição eleitoral, pedir a transferência do título de eleitor ou ainda solicitar a transferência para votar em uma seção eleitoral especial nas eleições deste ano. O cidadão tem até o dia 7 de maio para realizar qualquer um desses serviços junto à Justiça Eleitoral. O interessado deve procurar um cartório eleitoral mais próximo de sua residência.

Picaretas

A ação predatória de construtoras que só existem no papel e participam de concorrências com preços aviltantes tem preocupado o Sinduscon/SE. O presidente do sindicato dos construtores, Tarcísio Teixeira, explica que, ao vencerem as licitações e depois abandonarem as obras pela metade, estas empresas picaretas causam enormes prejuízos ao poder públicos, ao cidadão, que fica mais tempo sem o empreendimento, e, principalmente, às pequenas e médias construtoras sérias, vítimas da concorrência desleal.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista em 21 de maio de 1950

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários