Coisas de Política

0

 

Empresas concessionárias de ônibus fazem apelo ao governo

 

“Estamos pedindo socorro ao governo”, apelou o superintendente do Transpase, José Álvaro de Melo, que reúne as empresas concessionárias das linhas estaduais de ônibus. Segundo o dirigente, desde a implantação do sistema de transporte alternativo, já foram retirados de circulação 130 ônibus, por conta da redução da demanda, que caiu de 12 para 4 milhões de passageiros.

 

Na contramão das concessionárias de ônibus, que alertam para o desemprego crescente no setor, o presidente da Coopertalse, Valdenes Ferreira, criticou os efeitos da chamada “Lei da Apreensão”. Criada para regulamentar o fretamento de carros entre capital e interior, a Lei 5735 vem estimulando, na avaliação do dirigente, um número cada vez maior de táxi-lotação.

 

Além de piorar a situação, o deputado Valmir Monteiro (PSC) apurou que os donos dos táxis estão invadindo os espaços do terminal rodoviário Luiz Garcia. Para facilitar o embarque de passageiros, acrescentou, eles estão comprando ou alugando casas próximas do terminal, onde estacionam normalmente os veículos.

 

Título de Cidadão Sergipano

 

Foi aprovado por unanimidade no último dia 25 de maio de 2006, o Projeto de Resolução nº 08, que concede Título de Cidadão Sergipano ao Ilustríssimo Senhor Professor Universitário e Coronel da Policia Militar do Estado de Sergipe, Eduardo Santiago Pereira.

 

O homenageado ainda irá marcar a data, para receber o merecido Título de Cidadão Sergipano. Parabéns por mais este grande reconhecimento dos representantes legais dos sergipanos no Legislativo Estadual.

 
Gualberto ressalta a greve dos professores municipais

 

A recente greve dos professores da rede municipal de ensino de Aracaju e as prisões de sindicalistas foram destacadas pelo deputado petista Francisco Gualberto, enfatizando que o governador João Alves Filho, PFL-SE, na época tinha dito que mandara soltar os sindicalistas. Isto é um absurdo, porque quem manda soltar, também, manda prender.

 

Gualberto recordou que ele foi preso duas vezes, quando sindicalista, da mesma forma que Rômulo Rodrigues, Antônio Cruz, João Sessenta de Glória e Miúda, mas doutor João se esqueceu de mandar soltá-los.

 

Francisco Gualberto disse que João estava por trás da greve municipal dos professores de Aracaju, como também das prisões. Na realidade, doutor João não mandou soltar um sindicalista e sim seu cabo eleitoral, disse, referindo, obviamente ao presidente do Sepuma, Nivaldo Fernandes Santos.

 

Jorge Araújo pede sinalização na rodovia de N.S. das Dores

 

O deputado Jorge Araújo, PSDB, cobrou da direção do D.E.R., providências, visando sinalizar, adequadamente, um trecho da rodovia que liga as cidades de Nossa Senhora das Dores a Nossa Senhora da Glória, exatamente às margens da cidade de Feira Nova, onde uma curva perigosa continua causando acidentes, sem que nenhuma medida seja adotada.

Em Indicação apresentada na Assembléia Legislativa, o deputado Jorge Araújo, solicitou ao D.E.R. a implantação dos conhecidos “ tachões florescentes”, visando sinalizar o tráfego naquela curva, que durante o período noturno, oferece maior risco e é justamente quando necessita de uma melhor sinalização, oferecendo maior segurança naquele trecho da rodovia.

 

Ana Lúcia cobra reajuste para servidores públicos

 

A deputada Ana Lúcia Menezes, PT, destacou a publicação do Diário Oficial do Estado que traz o relatório fiscal do Estado e mostra que até abril o Governo gastou 40% da arrecadação com os servidores públicos e, conforme estudo dentro dos limites prudencial e legal, na projeção, ficou claro que o Governo tem uma margem de até 16% para chegar no prudencial e 22% para o legal.

 

Diante desse quadro, Ana Lúcia espera que o Governo dê os 15% que deu ao magistério, para os demais funcionários, para recuperar a perda salarial dos últimos anos no Governo João Alves.

 

Ana Lúcia pediu sensibilidade, para que o funcionário público possa melhorar a sua condição de vida.

 

Belivaldo Chagas diz que Governo gasta muito com não concursados

 

Belivaldo Chagas, PSB, destacou que o Governo do Estado tem dinheiro, para dar aumento com o funcionalismo público.

 

O deputado disse que parece que o governador João Alves Filho, PFL, ao invés de utilizar dinheiro para dar aumento salarial aos servidores públicos, está usando os recursos, escancaradamente, para pagar a não concursados.

 

O deputado socialista disse que, até agora, não ouviu qualquer pronunciamento do Ministério Público e nem do Tribunal de Contas do Estado com relação a esses gastos.

 

Belivaldo quer saber do MP do andamento com relação à representação encaminhada pela oposição, porque todos os dias está havendo contratação de pessoal, principalmente por meio da Secretaria de Estado da Educação.

 

Segundo o deputado socialista, o que acontece é um verdadeiro escândalo. Insiste Belivaldo que o TC e MP têm que agir, porque não se pode admitir tantas contratações de pessoas, sem concurso público.

 

Ana Lúcia cobra reajuste para servidores públicos

 

A deputada Ana Lúcia Menezes, PT, destacou a publicação do Diário Oficial do Estado que traz o relatório fiscal do Estado e mostra que até abril o Governo gastou 40% da arrecadação com os servidores públicos e, conforme estudo dentro dos limites prudencial e legal, na projeção, ficou claro que o Governo tem uma margem de até 16% para chegar no prudencial e 22% para o legal.

 

Diante desse quadro, Ana Lúcia espera que o Governo dê os 15% que deu ao magistério, para os demais funcionários, para recuperar a perda salarial dos últimos anos no Governo João Alves.

 

Ana Lúcia pediu sensibilidade, para que o funcionário público possa melhorar a sua condição de vida.

 

Belivaldo Chagas diz que Governo gasta muito com não concursados

 

Belivaldo Chagas, PSB, destacou que o Governo do Estado tem dinheiro, para dar aumento com o funcionalismo público.

 

O deputado disse que parece que o governador João Alves Filho, PFL, ao invés de utilizar dinheiro para dar aumento salarial aos servidores públicos, está usando os recursos, escancaradamente, para pagar a não concursados.

 

O deputado socialista disse que, até agora, não ouviu qualquer pronunciamento do Ministério Público e nem do Tribunal de Contas do Estado com relação a esses gastos.

 

Belivaldo quer saber do MP do andamento com relação à representação encaminhada pela oposição, porque todos os dias está havendo contratação de pessoal, principalmente por meio da Secretaria de Estado da Educação.

 

Segundo o deputado socialista, o que acontece é um verdadeiro escândalo. Insiste Belivaldo que o TC e MP têm que agir, porque não se podem admitir tantas contratações de pessoas, sem concurso público.

 

Ana Lúcia cobra reajuste para servidores públicos

 

A deputada Ana Lúcia Menezes, PT, destacou a publicação do Diário Oficial do Estado que traz o relatório fiscal do Estado e mostra que até abril o Governo gastou 40% da arrecadação com os servidores públicos e, conforme estudo dentro dos limites prudencial e legal, na projeção, ficou claro que o Governo tem uma margem de até 16% para chegar no prudencial e 22% para o legal.

 

Diante desse quadro, Ana Lúcia espera que o Governo dê os 15% que deu ao magistério, para os demais funcionários, para recuperar a perda salarial dos últimos anos no Governo João Alves.

 

Ana Lúcia pediu sensibilidade, para que o funcionário público possa melhorar a sua condição de vida.

 

Belivaldo Chagas diz que Governo gasta muito com não concursados

 

Belivaldo Chagas, PSB, destacou que o Governo do Estado tem dinheiro, para dar aumento com o funcionalismo público.

 

O deputado disse que parece que o governador João Alves Filho, PFL, ao invés de utilizar dinheiro para dar aumento salarial aos servidores públicos, está usando os recursos, escancaradamente, para pagar a não concursados.

 

O deputado socialista disse que, até agora, não ouviu qualquer pronunciamento do Ministério Público e nem do Tribunal de Contas do Estado com relação a esses gastos.

 

Belivaldo quer saber do MP do andamento com relação à representação encaminhada pela oposição, porque todos os dias está havendo contratação de pessoal, principalmente por meio da Secretaria de Estado da Educação.

 

Segundo o deputado socialista, o que acontece é um verdadeiro escândalo. Insiste Belivaldo que o TC e MP têm que agir, porque não se pode admitir tantas contratações de pessoas, sem concurso público.

 

Antônio Passos elogia trabalho executado pelo IBGE em Sergipe

 

  O presidente da Assembléia Legislativa, Antônio Passos (PFL), elogiou o trabalho executado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em Sergipe, ao longo de 70 anos. Em Ribeirópolis, domicílio eleitoral do deputado, Manoel Otávio de Vasconcelos era o agente do IBGE, quando Passos elegeu-se prefeito e sempre recorria para elaborar projetos municipais enviados aos ministérios, “De vez em quando, eu contestava os dados do Instituto sobre a população da cidade. Mas o agente tinha a paciência de explicar a metodologia do trabalho e como os pesquisadores chegaram àquele resultado”, afirmou.

 

Na opinião do presidente, o IBGE – criado pelo presidente Getúlio Vargas em 1936 — é uma das instituições nacionais que “cativam” a população. Passos disse que o IBGE modernizou-se, ampliou seus serviços e hoje mantém um banco de dados respeitável e consultado por estudantes, técnicos e administradores públicos.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários