Coisas de Política

0

Gualberto anuncia Nilson Lima
na Comissão de Finanças da AL

 

O líder do Governo na Assembléia Legislativa, deputado Francisco Gualberto, PT, usou a tribuna no Pequeno Expediente, para dar três informes e começou anunciando a visita de Nilson Lima, secretário da Fazenda, na próxima quinta-feira, dia 15, quando fará uma exposição sobre a situação financeira do Estado, na Comissão de Finanças da Assembléia.

Gualberto lembrou que nessa quinta-feira será comemorado o Dia Internacional da Mulher e falou que tem assistido homenagens as deputadas, senadoras, juízas, diretoras de empresas e outras. Mas é preciso que as pessoas não percam na memória o que gerou o Dia Internacional da Mulher, que tem outra origem, que não festiva, mas sim trágica.

O deputado voltou no tempo e fez breve relato da história das têxteis norte-americanas que fizeram uma greve, tentando sair do trabalho escravo e os patrões colocaram fogo na fábrica, revoltando o mundo. A partir dai criou-se um marco no avanço das conquistas femininas.

Gualberto destacou as mulheres operárias, que muito têm contribuído para o incremento da economia brasileira.

Acrescentou que estava se ausentando da Assembléia, para uma audiência com o secretário de Estado da Saúde, da qual participariam o deputado Antônio Passos, PFL-SE, e o prefeito de Porto da Folha, Manoel de Rosinha, PT.

 

Gilmar ressalta espancamento do

 juiz e advogado em Itabaiana

 

O espancamento por policiais militares de um juiz de direito e um advogado no jogo Itabaiana x Bahia, na cidade de Itabaiana, foi destacado pelo deputado estadual Gilmar Carvalho, PSB.

O parlamentar disse que os dois foram agredidos fisicamente no Estádio Presidente Médici, por policiais.

O juiz Roberto Fonseca Barbosa informou que, quando foi abordado, duramente pelos policiais, com receio da agressão, puxou a carteira funcional e disse que era Juiz de Direito, mas de nada adiantou. E se fosse um pedreiro, um lavrador ou um lavador de carro, que geralmente não têm carteira de trabalho, o que aconteceria? Há discriminação e com isso não concordo, disse.

Gilmar registrou os protestos da OAB (seccional de Sergipe) e da Associação dos Magistrados, entendendo que são corretos. Mas quem fala pelos policiais? Indagou Gilmar Carvalho.

Destacou que os policiais não podem falar, porque são proibidos de qualquer expressão, dando a versão deles, publicamente. A Polícia Militar não saiu em defesa dos seus integrantes, o que seria correto, disse.

Gilmar apresentou Requerimento, convocando os policiais e seus superiores, para que possam dar a versão sobre o que houve, na Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa. Entende o deputado que todos devem ter o direito de se defender e de se expressar.

 

Venâncio Fonseca destaca restrição do

presidente de Lula ao direito de greve

 

Ao iniciar seu pronunciamento, o deputado Venâncio Fonseca, PP, saudou os integrantes da Coopetaju, que aguardam a votação do veto ao projeto que garantia a eles o transporte de passageiros no Estado.

Venâncio disse que ficou feliz com o retorno de Gualberto (o deputado tinha passado mal na sessão anterior) e chegou de verde (gravata, camisa). Eu fico muito feliz, quando vejo Vossa Excelência vestido assim, assinalou Venâncio.

O parlamentar pepista comentou nota no jornal Folha de São Paulo, onde destaca que Lula cogita proibir greve de setores considerados essenciais.

Quem diria que Lula faria isso. Imagine se isso acontecesse em outro Governo, haveria uma carnaval do PT pelo Brasil afora, mas justamente no Governo do PT, o senhor Luís Inácio Lula da Silva está querendo proibir o direito de greve em alguns setores da sociedade brasileira, completou.

Venâncio pediu que os petistas dessem uma justificativa convincente aos sergipanos e aos brasileiros.

 

Tânia Soares quer Delegacia da Mulher

 funcionando aos sábados e domingos

 

O reaparelhamento e redimensionamento das Delegacias da Mulher são reivindicações da deputada Tânia Soares, PC do B, dizendo que se tem o atendimento de grupos vulneráveis em relação à mulher, com um trabalho perfeito.

Agora com a Lei Maria da Penha, teremos o primeiro 8 de Março sob a égide desta Lei, que dá proteção a mulher que denuncia de ter sido vítima da violência, comentou.

Ela citou que até agora, só em Aracaju, foram registradas 400 denúncias de agressões físicas.

Citou que em governos anteriores foram feitas várias reivindicações, por isso Tânia está pedindo que a Delegacia da Mulher abra aos sábados e domingos, porque não há feriado e nem dia santo para que os violentos ajam.

 

Conceição Vieira ressalta o

Dia Internacional da Mulher

 

A deputada estadual Conceição Vieira, PT, destacou o Dia Internacional da Mulher, dizendo que as deputadas estaduais vão apresentar um documento, com reivindicações das mulheres.

Conceição diz que é importante ao lado das comemorações se ter uma direção política, sobretudo, a aplicação da Lei Maria da Penha.

Informou que esse trabalho de materialização da Lei Maria da Penha terá participação das parlamentares, promotores, juízas e outras profissionais.

A parlamentar petista disse que a abordagem nas delegacia, em alguns casos, há um julgamento da pessoa, na hora em que ela apresenta a queixa na Delegacia.

Conceição diz que essa questão da abordagem deve ser reciclada, como também enfatizou que tem se buscar direitos iguais das mulheres trabalhadoras no campo.

 

Augusto Bezerra premiado por

 luta em favor do São Francisco

 

O deputado estadual Augusto Bezerra, PFL, começou seu pronunciamento, dizendo que a Comissão de Transporte irá discutir o redirecionamento do setor em Sergipe.

Augusto disse que receberá um prêmio em Santa Catarina, o Troféu Integração Imprensa, patrocinado pelo Jornal da Cidade de Araranguá, Web TV Studios, Jornal A Gazeta, TV Programa Hélio Henrique, Programa Câmera 1, por sua luta em favor da revitalização das águas do Rio São Francisco.

O deputado disse que é um motivo de satisfação e o reconhecimento de todos os que lutam na Assembléia Legislativa do Estado Sergipe em favor do Velho Chico.

 

André Moura defende os moradores da

 Praia da Costa na Barra dos Coqueiros

 

Os proprietários de bares e restaurantes e moradores da Praia da Costa, que estão ameaçados de despejo, foram defendidos pelo deputado André Moura. Eles estão ameaçados de despejo e o Ministério Público Federal já determinou que treze estabelecimentos comerciais sejam derrubados.

Disse que a questão vem se arrastando desde 2005 e várias reuniões foram feitas, envolvendo as partes interessadas, inclusive a Prefeitura Municipal da Barra dos Coqueiros.

André denunciou que o prefeito da Barra, Aírton Martins, PT, não compareceu a reunião do Ministério Público, esquecendo o seu papel de gestor público e seu compromisso com aqueles que o elegeram e não moveu uma palha para resolver o problema desta gente, que agora se encontra numa posição delicada, acuado pela possibilidade de verem seus sonhos, seus investimentos  e suas vidas sendo arrastados pelos tratores na sexta-feira.

Destacou que os moradores e comerciantes apresentaram um projeto arquitetônico, que não foi aceito pelo Ministério Público.

Como o prefeito da Barra não fez nada, argumentando que “não podemos interferir na atuação do Ministério Público”, André Moura disso que orientou a sua assessoria jurídica para agir, em defesa dos comerciantes da Barra dos Coqueiros.

Enfatizou que os comerciantes não são invasores e sim trabalhadores que pagam impostos à Prefeitura da Barra dos Coqueiros.

André desafiou Aírton Martins a se engajar na luta dos moradores e comerciantes da Praia da Costa, defendendo os interesses de 33 famílias.

Disse que o Ministério Público Federal teve uma postura conciliadora e fez de tudo, para resolver o problema, mas o prefeito Aírton Martins ficou omisso o tempo todo, inclusive não comparecendo às audiências no MPF.

Em aparte, os deputados César Mandarino, PSC, e Venâncio Fonseca, PP, Augusto Bezerra, PFL, ficaram solidário com os comerciantes, moradores e André Moura.

Conceição Vieira, PT, se colocou à disposição para fazer uma interlocução na questão.

André aceitou a intermediação e recebeu o apoio de Susana Azevedo, PSC.

 

Professor Wanderlê Correia vê especulação

imobiliária na questão da Praia da Costa

 

O professor deputado estadual Wanderlê Correia, PTB, disse que teve um bar na praia de Aruana, em Aracaju, e foi proibido de comercializar, mas a mesma restrição não ocorreu para o pessoal da Atalaia Velha e Sarney.

Ele disse que se admirava que bares eram proibidos, mas se permitia a construção de prédios, de até oito andares.

Wanderlê acha que alguma coisa está por trás da questão do pessoal da Praia da Costa, em Barra dos Coqueiros, uma vez que se permitiu a construção do Hotel da Ilha e de bares de um outro lado de onde estão sendo proibidos outros estabelecimentos.

Acha o deputado que por trás disso tudo está a especulação imobiliária. Revelou que uma de suas filha, a Rebeca, nasceu, quando ele morava no bar da Aruana, do qual foi despejado. Ele se colocou à disposição do pessoal que está ameaçado de despejo.

O deputado acha que tem que haver uma discussão com a Prefeitura Municipal da Barra dos Coqueiros e lembrou que ele e outros comerciantes fizeram um projeto alternativo, sob a responsabilidade da arquiteta Ana Libório, para ocupação da área, mas não foi aceito.

Pré-vestibular– Professor Wanderlê Correia destacou a questão do pré-vestibular e do sumiço das 123 toneladas de carne, que deveriam ser entregues para a merenda escolar.

Wanderlê leu matéria sobre o Centro de Excelência Marco Maciel, onde foram construídos alguns quiosques e um deles já caiu e os demais estão condenados pela Defesa Civil.

Wanderlê estranhou, também, notícia de que o Governo do Estado vai acabar com o pré-vestibular da rede pública estadual, conforme declarações do deputado Augusto Bezerra.

O petebista disse que ninguém do Governo tem essa informação do fim do Pré-SEED.

Augusto Bezerra, PFL, disse que Wanderlê não viu desabado o terminal rodoviário e uma parte do teto da Prefeitura de Aracaju.

O parlamentar pefelista disse que não pode defender quem desviou a carne da merenda escolar e pediu que o SINTESE discuta a qualidade de ensino, dos salários dos professores e outros problemas, deixando a questão da carne, para apuração da Polícia.

Augusto Bezerra aproveitou para denunciar que o Governo Déda já acabou com o Banco do Povo, com o pré-vestibular e vai acabar com mais coisas, para reconstruir. Eu acho até que esse Governo não é de políticos, mas sim de pedreiros, porque só falam em reconstruir, completou.

Wanderlê disse que o pré-vestibular não acabou com o Governo Déda e falou que a sua história é de luta em favor dos mestres, desde a década de 80 e foi perseguido e demitido, por ter participado da primeira greve dos professores em São Cristóvão.

Wanderlê só espera que não se puna a servente da escola no caso do desvio da carne da merenda escolar.

Venâncio Fonseca, PP, em aparte, fez um breve resumo das obras do Governo Déda, que estão se deteriorando rapidamente e lembrou que o Hospital Nestor Piva, inaugurado com tanta pompa, teve que ser transformado em posto de saúde, porque não tem estrutura para ser hospital e acusou o SINTESE de ser um comitê político e só discute “cifrão”.

Wanderlê defendeu o SINTESE e foi desafiado por Venâncio a mostrar um projeto do sindicato em prol da educação, porque o SINTESE só faz política e pensa em dinheiro.

 

Conceição Vieira adverte para

 riscos do aquecimento global

 

Há risco do desaparecimento de várias cidades, por conta do aquecimento global e alertou que estão previstas ondas de dois metros na zona costeira de Aracaju. Disse que os problemas estão sendo causados pela ação do homem contra a natureza.

Lastimou que as discussões são esporádicas sobre o meio ambiente, quando deveria haver uma discussão mais profunda, para se conhecer alternativas reais de novas fontes de energia.

Enfatizou que o Governo Federal já começou a discutir importantes alternativas, para favorecer a biodiversidade e minorar a questão do aquecimento global.

 Segundo ela, não apenas a cana-de-açúcar pode servir como alternativa energética, mas outras plantas, para que os pequenos agricultores possam participar desse processo, uma vez que a cana é monopólio dos grandes produtores.

Conceição Vieira advertiu que é preciso que a sociedade acorde para os problemas do aquecimento global e é preciso investir, para que os pequenos produtores tenham melhor condição de vida.

Demonstrou a sua preocupação com Aracaju, que está apenas 50 centímetros acima do nível do mar, portanto, todos têm que oferecer sugestões para diminuir a dependência do petróleo, com um reordenamento na ocupação do campo, baseado na biodiversidade, para se ter qualidade de vida.

Afirmou que o Governo transformará Sergipe num estado novo, com melhoria para os aracajuanos e todos os sergipanos.

 

Angélica Guimarães reivindica

 a Delegacia da Mulher em Própria

 

Aproveitando as comemorações do Dia Internacional da Mulher, a deputada Angélica Guimarães, PSC, pediu Delegacias da Mulher no interior como Estância, Propriá, Glória, Tobias Barreto, Porto da Folha, Lagarto e outras regiões.

Ela disse que as mulheres estão sofrendo muito com as agressões físicas, portanto, é imperativo que sejam instaladas unidades, cobrindo todo o Estado, mesmo que regionalmente.

Atualmente, existem em Aracaju e Itabaiana, havendo necessidade de outros municípios terem essa delegacia.

O deputado César Mandarino, PSC, em aparte, disse que apresentou Indicação, solicitando o aumento de postos policiais em Salgado e Itaporanga D’Ajuda.

Conceição Vieira, PT, também, fez aparte, dizendo que é importante que o atendimento seja 24 horas nas Delegacias da Mulher.

Angélica Guimarães disse que a sua reivindicação é de que a Delegacia da Mulher não feche e que novas turmas de servidores sejam colocadas à disposição, porque não pode ser apenas uma delegada, mas sim várias e equipes multidisciplinares, como psicólogos, assistente social, entre outros profissionais, para atenderem as mulheres vítimas da violência. E o atendimento ser 24 horas, os sete dias da semana, na capital e interior.

Venâncio Fonseca defendeu ser importante a implantação de delegacias especiais, uma vez que as mulheres ficam constrangidas, porque são atendidas por homens.

Venâncio disse que em Estância já existe a Delegacia da Mulher. Angélica não sabe se ainda funciona.

Por não saber se vai participar da sessão dessa quinta-feira, Venâncio Fonseca já fez seus elogios ao trabalho da mulher nos diversos segmentos da sociedade, como Justiça, Engenharia, Política e outras áreas.

Arnaldo Bispo, PFL, disse que há alguns anos que funciona a Delegacia Especial da Mulher em Itabaiana e concordou com a tese de Venâncio e de Angélica que todas as cidades tenham uma Delegacia da Mulher.

Afirmou Bispo que nada justifica uma agressão à mulher.

Angélica disse que o número de casos de violência decresceu em Itabaiana, com a Delegacia da Mulher, porque o homem sabe que haverá punição, para quem agredir as mulheres.

Para Angélica Guimarães, é fundamental que o governador Marcelo Déda, PT, coloque como prioridade à construção de Delegacias da Mulher.

O Dia da Mulher é toda dia “e nós temos que vencer com coragem, dedicação, porque devemos ocupar nosso espaço na sociedade e todo dia é o nosso. Temos que vencer todos os obstáculos, sobretudo, a discriminação”, disse Angélica.

 

GRANDE OPORTUNIDADE

 

VENDE-SE OU TROCA POR CARRO TERRENO LOCALIZADO NO ROBALO, PRÓXIMO AO SÍTIO DO TERENÇO. VALOR R$ 15.000,00 – CONTATO PELO TELEFONE: 9959-2600.

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais