Com a benção de Santo Antônio!

0

Por  Luciana Ramos

Tivemos hoje (domingo, 14) aqui em Aracaju a XXV Corrida Rústica Santo Antônio, organizada e executada pelo amigo Jorge Henrique Leal, que está dando continuidade a uma história muito bonita de amor às corridas de rua. Eu explico: essa prova foi organizada pelo pai de Jorge durante 24 anos, até o seu falecimento, a alguns anos atrás. Era uma prova tradicionalíssima na cidade e este ano, Jorge a retomou como forma de homenagear a memória do seu pai, que hoje deve estar sorrindo e batendo palmas pelo brilhante desempenho do filho!

Pra quem não conhece Aracaju, temos um bairro chamado Santo Antônio, um dos mais antigos da cidade, onde está a colina do Santo Antônio e a igreja do dito Santo. Nada grandiosa, uma singela igreja, simples, linda, arejada, de onde se tem uma vista fabulosa da cidade e de parte dos municípios vizinhos. O acesso principal é pela Av. João Ribeiro que culmina numa ladeirinha de uns 200 m… muito filé! Eu já tinha tido o prazer e o desafio de subi-la de bike, uhuuu! Mas correndo… hmmmm sei não!

Aos iniciantes em corrida vou logo avisando: preparem-se! Corredor é movido a desafios. Talvez sua ficha não tenha caído ainda, mas vai cair … a gente começa assim: com provinhas simples, planas, asfalto, tudo bonitinho ( Não vale pra Will essa observação, rs) aí vai se encantando com o novo: uma corridinha na areia da praia, outra nas estradas de piçarra, uma  na chuva, uma ladeira … acostume-se! É muito bom que seja assim, seres humanos são movidos pela superação, senão a gente estagna e fica tudo muito repetitivo e chato.

Foi mais ou menos essa linha de argumentação que usei pra convencer muita gente a encarar essa prova, além de que, especialmente pra nós mulheres, malhar os glúteos é bom e no verão todo mundo fica feliz!

Vamos lá: prova marcada para as sete da manhã, tempo nublado, já tinha chovido pela madrugada. Meu irmão, Cristiano, foi comigo, chegamos faltando uns 15 minutos pra largada, a festa estava boa! Muita gente, muitos amigos, antigos e novos, minhas queridas Divas super animadas, parti logo pro aquecimento, Livinha jogando duro! Largada pontual, no alto da ladeira. Eu tenho mais medo de descer ladeira que subir, sempre acho que vou me estabacar no chão, desastrada e estabanada que sou.

Fui com cuidado até o final da colina, aí foi sebo nas canelas! Meu ritmo de prova eu só mantenho se determinar no primeiro quilômetro, então forcei um tiquinho pra tentar manter no resto da prova. Um pouco depois desse km emparelhei com minha amiga Diva Marilda, estávamos no mesmo ritmo e lá fomos nós! Começou a cair uma chuva, que delícia! Nisso a gente já tava quase na metade da prova, uma seguindo a cadência da outra, as duas dando o máximo de si, uma levando a outra no ritmo.

Assim fomos! Marildinha,  você foi um anjo, como foi bom correr ao seu lado! Toda vez que eu pensava em caminhar eu olhava pra você e me sentia de alguma forma responsável por manter o ritmo que a gente estava levando e ao mesmo tempo te via correndo tão bonitinha, toda trabalhada na postura, foi um grande incentivo!

Tirando alguns motoristas grosseiros, estúpidos e sem educação, correu tudo de forma tranquila. Muita água nos postos de hidratação, staff super simpático. Delícia foi entrar na avenida que leva de volta à colina! Como eu já tinha feito o percurso num treino de reconhecimento na semana passada, ficou bem mais fácil adaptar a distância ao ritmo. Recomendo: todo corredor devia fazer o percurso da prova antes! Aprendi isso agora, porque eu nunca tinha me ligado nesse cuidado.

O cansaço já era grande, lá vem ela, a ladeira do Santo Antônio! Subi, quase parei, subi (valeu Luiz e Edvaldo, ver um fotógrafo faz a gente correr melhor, kkkk), e terminamos a prova juntas, de mãos dadas, super emocionadas e felizes!  Lembrei do Sr. Antônio Pedro que conheci em Salvador, que botava um nome em cada medalha. Se eu fosse fazer isso hoje, a minha se chamaria Marilda, sem dúvidas! Correr com um amigo não tem preço!

Desafio cumprido, foram 5,8 km de prova, pace médio de 6,15 min/km. Tive a felicidade de ver pessoas queridas iniciando, como Thiago Souza, o prazer de ver meu irmão numa prova e o orgulho de fazer parte dessa família linda dos Corredores de Aracaju.  As queridas Divas Runners, eita mulherada corredora! Vocês  são maravilhosas, de uma alegria sem igual.

Beijos especiais para a querida Dangelly Lins, o que dizer de você minha querida? A homenagem foi justíssima, #todosporNatielly, nossa pequena e forte guerreira.  Para Marcela Matos que faz aniversário amanhã e teve um parabéns especial. Eu adoro correr gritando o nome de todo mundo que eu conheço, isso tá ficando cada dia mais complicado, muita gente! Tô feliz!

Do meu ponto de vista, a corrida foi um sucesso! Esse Jorge é um danado, meio tucudo né? Fez quase tudo sozinho! Ainda bem que temos os amigos socorristas e teimosos que ajudaram, Flavinha, Andrey, Joaquim e Juliano, parceiros do bem!

Valeu a festa, a interação, a troca de energia que faz a gente começar a semana com a pilha recarregada. Ano que vem subiremos a colina novamente!

Luciana Ramos é professora, bióloga, corredora e curiosa do mundo!

Pague Menos – No dia 23 de agosto Aracaju receberá o 6º Circuito de Corridas Pague Menos. As inscrições abrem nesta terça-feira, 15, nas lojas físicas da farmácia em Sergipe e no site. Em outras cidades, a exemplo de Fortaleza, o evento foi um grande sucesso e as inscrições esgotaram em menos de uma semana. Pra participar dessa tem que começar a correr o quanto antes. Essa tem sido uma das provas mais comentadas nos últimos anos. O diferencial começa com o kit composto por diversos produtos de uso diário, como escova de dente, protetor solar, sabonete, absorvente, desodorante, xampu, entre diversos outros. A corrida já aconteceu em cidades como Manaus, Salvador, Recife, Fortaleza, São Paulo, Florianópolis e Rio de Janeiro.

Circuito Qualidade Caixa – Uma das corridas mais conhecidas do país é o Circuito Qualidade Caixa. Reconhecida pelo padrão de qualidade na organização, a prova deve reunir milhares de corredores na Orla de Atalaia no dia 9 de agosto. As inscrições já estão abertas. Basta clicar aqui.

Corrida Rei e Rainha – Serão abertas mais 100 vagas para a Corrida Rei e Rainha do Parque. A prova acontecerá no dia 16 de agosto no Parque da Cidade. O evento promete ser um desafio para os corredores. O local é conhecido pelas ladeiras íngremes que exigem muito do atleta. Serão 4 e 8 km em um circuito técnico entre asfalto e trilha. Do alto do parque é possível, além de correr, apreciar a cidade de Aracaju  com uma visão panorâmica. Clique aqui para mais informações sobre a corrida.

Calendário – Sergipe não possui um calendário fixo de corridas de rua. Esse é um ponto que precisa ser analisado com mais cuidado pela Federação e os organizadores, incluindo neste caso as prefeituras. Importante frisar que, para o bem comum, uma corrida não atropele a outra. Para saber um pouco mais sobre as provas que irão acontecer no Estado basta acessar o link calendário do blog 1000 Corridas Antes de Morrer.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais