Combustíveis em SE. No DF, Cade baixou 10%

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

As notas do blog publicadas ontem,24, sobre a redução do preço de combustíveis em quase todos os postos de combustíveis, principalmente em Aracaju, chamou a atenção de vários leitores. Eles concordaram com a posição do blog que não foi “coincidência” e sim uma demonstração que existe um cartel através de um acordo entre os postos. A redução foi por conta da venda baixa.

É certo que tem donos de postos e redes que atuam corretamente, mas também tem alguns que utilizam do artifício do acordo entre colegas para aumentar ou reduzir os preços.

Veja só o que está ocorrendo no Distrito Federal e bem que as autoridades poderiam fazer por aqui. Matéria do jornal Correio Brasiliense:

Desde março, consumidores vêm sentindo refresco no bolso. Mas dizem que o cartel desbaratado pela Polícia Federal ainda mantém a força.

Combustível chegou a ser vendido a quase R$ 4 o litro. Agora, com a maior rede sob controle do Cade, pode ser encontrado por R$ 3,59. Com a redução dos valores nas bombas, a inflação no Distrito Federal cedeu e é a menor do país em maio.

Demorou, mas a decisão do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade) de intervir nos postos de combustíveis do Distrito Federal está dando resultados. Desde o início de março, quando o órgão decidiu nomear um administrador para a maior rede da capital federal, a Cascol, os preços da gasolina já registram queda de até 10%. Na média, o litro do derivado de petróleo era vendido a R$ 3,935. Agora, é ofertado, por R$ 3,624. Mas quem pesquisar bem pode encher o tanque a R$ 3,590 o litro.

Como os combustíveis têm peso importante no cálculo da inflação de Brasília, o custo de vida cedeu. Segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), divulgado na última sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a carestia na capital do país cravou alta de 0,55% em maio, contra 0,86% da média nacional. No acumulado do ano, a taxa está em 2,76%, ante 4,21% do Brasil. Em 12 meses, o indicador aponta alta de 8,73% frente aos 9,62% do país. A tendência é de que a gasolina continue contribuindo para o alívio no bolso dos brasilienses.

Na avaliação de técnicos do Cade, não havendo nenhum fator atípico, como aumento de impostos, ainda há espaço para que o combustível fique mais barato. O órgão regulador calcula que, na média, os preços da gasolina praticados no Distrito Federal antes da intervenção nos postos estavam 20% acima do normal. Eles chamam a atenção para o recuo mais forte dos preços nas bombas a partir de abril, quando o interventor Wladimir Eustáquio Costa assumiu a gestão da Cascol. Aos poucos, ele está desmontando o cartel que sempre foi característico no DF.

Concorrência – A percepção dos técnicos do Cade é sustentada pelo IBGE. De acordo com o IPCA-15, nos 30 dias terminados em 15 de maio, os combustíveis ficaram, na média, 3,05% mais baratos na capital federal. Somente a gasolina apontou queda de 2,99%, o maior tombo entre as 11 capitais pesquisadas. “A situação melhorou bem. Mas a gasolina ainda continua cara. Acredito que os preços podem cair mais”, afirma o assistente financeiro Daniel Fernandes, 22 anos. “O cartel não foi desmontado por completo”, acrescenta.

A intervenção no grupo Cascol foi um desdobramento da Operação Dubai, deflagrada pela Polícia Federal em 24 de novembro de 2015. Sete pessoas foram presas, suspeitas de participação no cartel dos combustíveis. Como consequência, a Cascol assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT). “O acordo serviu como um limitador contra os abusos”, avalia Alisson Proazzi, gerente de um posto. Segundo ele, mesmo os revendedores que não fazem parte do grupo, que detém quase 30% do mercado de combustíveis do DF, acompanham o movimento forçado pelo Cade e pelo MPDFT.

Os consumidores querem mais. Mesmo tendo reduzido em 15% os gastos mensais com gasolina entre março e maio, o empresário Luís Aires, 30 anos, vê o alívio como insignificante. “Durante muito tempo,S fomos explorados pelos postos, arcando com valores muito acima do real”, diz. Para ele, é importante que a queda continue para que, ao longo do tempo, a economia realmente valha a pena. “Cansamos de ser enganados. O cartel que foi desbaratado nunca mais deve voltar. As autoridades não podem nos decepcionar”, ressalta.

Transparência – Para especialistas, os combustíveis mais baratos dão um refresco no orçamento das famílias, que estão sofrendo com o desemprego e o elevado nível de endividamento. “Os preços administrados, nos quais se incluem os da gasolina, do álcool e do diesel, vinham subindo muito. Tanto que o consumo desses produtos caiu bastante”, afirma Fábio Bentes, economista-sênior da Confederação Nacional do Comércio (CNC). Ele ressalta que o recuo dos curtos dos combustíveis deve se refletir por toda a economia, já que o grosso do transporte de mercadorias pelo país é feito por estradas. “Veremos fretes mais baratos. Essa, pelo menos, é a expectativa”, acrescenta.

“Negócio é  Negócio”, slogan de Temer 
Em  poucos dias, a gestão de Michel Temer virou um futuro obsoleto. Logo, logo o lema positivista que o marqueteiro do PMDB retirou da bandeira para servir de slogan para o novo governo será substituído. Em vez de ‘Ordem e Progresso’, o mais adequado talvez seja ‘Negócio é Negócio’.

Dos “consiglieres”
Todo "Capo" precisa de alguns "Consiglieres" para urdir ou entabular os seus "negócios". No filme "O Poderoso Chefão" se pode observar bem isso. No caso de FHC, por exemplo, ele tinha o "trator" Sérgio Motta, que sabia todos os segredos obscuros  do grão-tucanato. O jornalista Xico Sá diz que tem gravações bombas do grande Serjão, o homem da compra da reeleição, da privataria e mentor de todas as danações tucanas, e que um dia irá divulgá-las  (divulga já, grande Xico!!). Por outro lado, Frankstemer tem em Jucá, Moreira Franco e Eliseu Quadrilha a sua trinca diabólica. Um já voltou para o inferno, Jucá, faltam os outros dois. Vade retro, Satanás!

Proteção
Eclesiastes 7:12 "Pois a sabedoria é uma proteção, assim como o dinheiro é uma proteção. Mas a vantagem do conhecimento é esta: a sabedoria preserva a vida de quem a possui."

Luciano Bispo perde mais uma no TSE
E ontem, 24, o pleno do TSE indeferiu o recurso ordinário do então candidato Luciano Bispo pedindo contra a impugnação do

Print do twitter oficial do TSE. 

 registro da candidatura em 2014. Os ministros seguiram o voto da relatora, ministra Luciana Lóssio, contra o recurso.

Recurso especial alegando matéria constitucional. Que não é
O blog conversou ontem à noite, 24, após a decisão do TSE, com dois advogados renomados de Sergipe que atual na área eleitoral. Os dois deram a mesma opinião: como foi unanimidade no pleno só resta um recurso especial alegando matéria constitucional. Como o processo não é (segundo os dois advogados) e tem sumula no TSE, o recurso será julgado rapidamente. E Luciano perderá o cargo.

Contas rejeitadas
Os ministros consideraram que o candidato teve contas públicas, enquanto prefeito, rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE-SE) por irregularidades graves e insanáveis, que o tornam inelegível.Ao acolher o recurso da Coligação Digo Sim a Sergipe contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) que manteve o parlamentar no cargo, a relatora, ministra Luciana Lóssio, informou que o TCE-SE constatou nas contas de Luciano Lima uma série de irregularidades.

Irregularidades
A ministra citou, entre elas, irregularidades no controle de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF), informações deficientes sobre despesas com pessoal, falhas e escolhas indevidas de modalidade de licitação em diversos procedimentos, e emissão de vários cheques sem fundos.

Desobediência
“Destaco que as que mais me chamaram a atenção foram condutas reiteradas em desobediência à lei de licitações, a inobservância das disposições contábeis, que impedem a regular fiscalização da aplicação dos recursos públicos e, principalmente, os pagamentos realizados com cheques nominativos à própria prefeitura e cheques sem fundos”, salientou a ministra Luciana Lóssio.

Má-gestão
Segundo a relatora, esses atos revelam a má-gestão por Luciano Lima dos valores recebidos. “As citadas irregularidades ostentam gravidade suficiente, principalmente considerado o seu conjunto. E, por isso, têm natureza insanável e consubstanciam ato doloso de improbidade”, finalizou.   (Ascom/TSE)

Campanha em Aracaju
Pela primeira vez as principais candidaturas a prefeito de Aracaju terão nomes de consultores políticos exclusivos de Sergipe.Se encontrarão nos debates fatalmente Theotônio Neto, Carlo Cauê e Ubiriratan Suassuna (O Bruxo). A opinião do blog é que daí sairá o vencedor da estratégia no marketing político da campanha em Aracaju.

Atenção Deso! Asfalto cedendo na canal 5 no Augusto Franco. Serviço mal feito
Quem transita de carro pela avenida Canal 5 no conjunto Augusto Franco, sentido Avenida Heráclito Rolemberg ( no trecho entre o GBarbosa e o condomínio Mar Azul) corre um risco sério de ser engolido por um buraco da Deso. O serviço realizado pela empresa após a colocação da rede de esgoto foi mal feito.

Zezinho, por méritos próprios, conquistou candidatura
Ontem, 24, um dos membros do PMDB mais próximos do governador Jackson Barreto, reforçou as declarações do presidente estadual, João Gama que a candidatura de Zezinho Sobral a prefeito de Aracaju é irreversível. “Ele conquistou a candidatura por méritos próprios”.

PT perdido. Ao invés de candidatura própria ficará à reboque
Quem diria. As lideranças do PT de Aracaju brigam para que o partido indique o vice, de Edvaldo ou de Zezinho. Ninguém pensa em candidatura própria. Rifaram Ana Lúcia e agora  não sabem o que fazer. Aliás, Edvaldo e Zezinho são de partidos fieis ao PT em Sergipe.

André Moura contrata empresa investigada pelo Deotap
Infonet – Além dos contratos firmados com vereadores de Aracaju, que estão sendo investigados pelo Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deotap), a empresa Elo Consultoria, Empreendimentos e Serviço Ltda também recebeu recursos da Câmara dos Deputados. O deputado federal André Moura (PSC), líder do governo, firmou contratos com a Elo entre os meses de janeiro de 2013 e janeiro de 2014, usando as verbas indenizatórias destinada pela Câmara aos deputados federais. Matéria completa:https://.infonet.com.br/politica/ler.asp?id=186797&pagina=1

Esclarecimentos Ipesaúde sobre plantão odontológico
Da Assessora de Comunicação: “Em resposta à nota publicada no seu blog nesta terça-feira, 24, dando conta da ausência de Plantão Odontológico, o Ipesaúde vem esclarecer que o caso relatado foi resolvido no mesmo dia e que o Plantão Odontológico funciona diariamente (incluindo domingos e feriados), até às 23h, em sua sede à rua Campos, 177, bairro São José.

Esclarecimentos Ipesaúde sobre plantão odontológico II
Em relação ao problema no equipamento de esterilização que, por ser antigo, apresenta dificuldades para aquisição de suas peças de reposição, já está sendo equacionado através de um contrato emergencial para que o serviço seja realizado por empresa especializada, assegurando o atendimento de qualidade aos beneficiários, até a solução definitiva do problema, que deve ocorrer nos próximos dias.

Serviços públicos
A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou, na manhã de ontem (24), Projeto de Lei do deputado Fábio Reis (PMDB-SE), que obriga concessionárias federais e permissionárias que exploram serviços públicos, como telefonia, água, luz e esgoto a oferecer ao usuário final pelo menos seis opções de datas de vencimento das faturas.Atualmente, apenas as concessionárias dos Estados e do Distrito Federal têm essa obrigação.

Opção
“Com esta alteração, o usuário terá opção de escolher a melhor data para seus débitos para todos os serviços públicos prestados mediante concessão e permissão, não importa qual seja o ente titular do serviço”, explicou o parlamentar.O projeto ainda será analisado, de forma conclusiva, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, quanto à sua constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa.

Estre e o mau cheiro
A empresa Estre Ambiental vem dando muita dor de cabeça para a população de Rosário do Catete. O mau cheiro gerado pelo aterro sanitário que fica nas proximidades da cidade vem incomodando a comunidade e as soluções que a empresa diz estar fazendo não estão surtindo efeito algum. O odor continua o que vem provocando diversas manifestações nas sessões da Câmara de Vereadores do município. O grupo da Oposição sempre acompanhou de perto todo o processo de instalação da empresa e também procurou por diversas vezes os diretores da Estre para tentar resolver o problema. Eles agora ganham o reforço do vereado João Fontes, que estava licenciado da Casa e agora volta com a mesma reivindicação dos demais colegas: solução para o problema do mau cheio.

Triste realidade
Durante o processo de construção do aterro a Estre Ambiental fez diversas audiências públicas com a comunidade, prometeu mundos e fundos, mas até agora pouca coisa saiu do papel. Essa realidade tem tirado o sono de muitos da cidade o que vem incomodando os vereadores de Rosário, que enfrentam os mesmos problemas. Tanto João Fontes, como o resto dos parlamentares querem uma solução emergencial por parte da empresa e também criticam a apatia da Prefeitura, que só fica observando o que está acontecendo e não tem feito muito para mudar essa situação.

Porte arma para advogados abre precedente para muitos
A Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados aprovou porte de arma para advogados. Justificativa: defesa pessoal para risco profissional. “Se o risco profissional for a justificativa para armar a população, o que dizer dos taxistas, motoristas de ônibus, balconista, etc”, levanta o ex-deputado estadual Jorge Araujo que tem a convicção que arma só serve para matar. “Querem fazer o Brasil voltar aos tempos do Faroeste!”, escreveu nas redes sociais.

Ação contra reajuste de mais de 300% na taxa de ocupação de imóveis
A assessoria jurídica da Associação Sergipana de Empresários de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP deve ingressar nos próximos dias com duas ações relacionadas ao aumento da taxa de ocupação, ou foro, de imóveis da União em terrenos de Marinha, principalmente em Aracaju.

Exorbitância
O tema foi levantado na reunião-almoço desta semana pelo vice-presidente, Francisco Costa, exemplificando que terrenos tiveram o reajuste da taxa acima de 300%. “Algo exorbitante e fora da realidade econômica atual do país”, desabafou Francisco.

Medida cautelar
De imediato o presidente da ASEOPP, Luciano Barreto, pediu a assessoria jurídica que analisasse duas ações. Uma, pedindo medida cautelar, para suspender o reajuste abusivo, fora da realidade econômica atual. E outra, com base numa análise publicada recentemente que muitas áreas que são consideradas terreno de marinha em Sergipe, principalmente em Aracaju, na verdade não são.

ENIC
Na reunião também os associados da ASEOPP que participaram do 88º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) realizado em Foz do Iguaçu (PR), fizeram um relatório do que foi debatido, principalmente nas comissões temáticas. A maioria defende que a associação monte um cronograma de participação nas comissões da Comissão Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) para que as ideias da ASEOPP sejam apresentadas e debatidas.   Um dos exemplos dados foi a comissão de segurança e medicina do trabalho que está agindo e se reunindo com o TCU.

Nota de Pesar
O senador Eduardo Amorim (PSC) lamentou o falecimento do ex-prefeito da cidade de Itabi, Valdione de Sá, ocorrido na madrugada desta terça-feira, 24, em Aracaju, de infarto fulminante. A seguir a íntegra da nota do senador.

Nota de Pesar II
Foi com grande pesar que recebemos na manhã desta terça-feira, 24, a triste notícia sobre o falecimento do amigo e ex-prefeito da cidade de Itabi, Valdione de Sá, vítima de um infarto fulminante. Neste momento de dor, eu e a minha família, prestamos total solidariedade à esposa Lena Valdione, familiares, amigos e admiradores do seu trabalho. A todos, muita força e fé incondicional.”Eduardo Amorim.

VIII Seminário Estadual do Fórum Estadual de ONGs AIDS de Sergipe
De 26 a 28 de maio do corrente ano na Funesa, com a participação das entidades filiadaS, e observadora de diversos espaços da sociedade, movimentos, gestores, professores e estudantes, será realizado o VIII Seminário Estadual do Fórum Estadual de ONGs AIDS de Sergipe com o tema  “Articulação, Equidade, Educação Popular e Políticas Efetivas na Saúde para Portadores de DST – HIV/AIDS, Sífilis e Hepatites”.

VIII Seminário Estadual do Fórum Estadual de ONGs AIDS de Sergipe II
Segundo a organização a  relevância do Seminário se dá porque nele se discute os novos panoramas, desafios e perfis da epidemia da AIDS no Brasil, em especial em Sergipe. As discussões servirão de instrumento norteador para que as entidades de Sergipe possam construir suas agendas políticas e de ações específicas para o enfrentamento da epidemia.As ações coletivas elaboradas no evento devem estimular a participação e a mobilização das ações do movimento social de AIDS do Estado, como uma estratégia de enfrentamento da epidemia do HIV/AIDS e fortalecer ações que adotem a dinâmica de trabalho em rede.

Blog no twitter: https://.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Eu, que tenho mais consciência, terei menos liberdade!” Pedro Calderón de la Barca, dramaturgo e poeta espanhol, morreu em 25 de Maio de 1681 (n. 1600).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários