Como ficará segurança em SE após eleição com vitoriosos e derrotados?

0


“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A pergunta cuja resposta certa ganhará um picolé de mangaba:

Embora seja legítimo o exercício da cidadania por delegados, policiais civis e PM’s, como ficará a segurança pública de Sergipe, após 15 de novembro (ou 29 de novembro 2º turno), com os vitoriosos e derrotados?

Enfim, espera-se que aos derrotados reste a nobreza da consciência cívica para o exercício do espírito público de suas responsabilidades, enquanto aos vitoriosos o baixar de guarda para exercerem seus encargos, livres da intolerância e da politicagem.

Ainda cabe uma reflexão:

Diante da natureza dos serviços de segurança pública, seria legítima a candidatura político-eleitoral de delegados, agentes, escrivães, PM’s e de integrantes das forças armadas a cargos eletivos?

Em caso de resposta afirmativa, qual o bem que tais candidaturas trariam à consolidação do Estado Democrático de Direito, no Brasil?

Enfim, o TSE e o STF estão em dívida para com o Estado brasileiro, cujo pagamento dar-se-á com uma interpretação moderna dos termos da Constituição da República, cujo princípio da isonomia impõe que se trate a todos igualmente, na proporção de suas desigualdades.

Igual tratamento vale para juízes, promotores e auditores cujos encargos públicos os tornam incompatíveis com a disputa político-eleitoral. Como um delegado, promotor ou auditor pode fazer uma investigação isenta quando é ativo politicamente?

Preocupa parte da sociedade brasileira essa maciça intromissão das forças de segurança na política nacional.


A experiência de Moro deixou uma grande lição: a polícia é para investigar, o Ministério Público para denunciar e o judiciário para julgar! Do ex-deputado federal, João Fontes: “Toda eleição uma história diferente: em 2018 a eleição do Brasil foi pautada pela vitória de um grupo ligado à segurança pública do país. Em Sergipe, o delegado Alessandro arrebentou nas urnas com uma votação muita expressiva. Em 2020, o povo manda um recado: a política é para os políticos! A sociedade cansada pelo isolamento social para o combate da pandemia do coronavírus não respalda o discurso agressivo bem no estilo policialesco! A experiência de Moro deixou uma grande lição: a polícia é para investigar, o Ministério Público para denunciar e o judiciário para julgar! No Brasil, Bolsonaro cresce nas pesquisas, mas não consegue turbinar a campanha dos seus aliados na eleição municipal de 2020, como vê-se nos números das pesquisas de Salvador, Recife, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e outros!”

 “Entre Tapas e Beijos“  Mais uma de João Fontes filosofando pelas redes sociais: “É triste ver esse grupo político que domina Aracaju há 35 anos ganhar mais uma eleição. Um grupo incompetente que quebrou o estado. O problema é que a sociedade percebe que a nossa oposição é uma tragédia! Todos já estiveram bem juntinhos embalos pela canção: Entre Tapas e Beijos 

STF declara LEI sergipana inconstitucional Por 6 votos a 4, o Plenário virtual do Supremo Tribunal Federal (STF) declarou inconstitucional, na última segunda-feira, 26, uma Lei aprovada pela Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), cujo projeto havia sido encaminhado pelo ainda Procurador Geral de Justiça (PGJ) do Ministério Público Estadual de Sergipe (MPE/SE). A lei restringia o acesso de Promotores para a disputa ao cargo de PGJ.

STF declara LEI sergipana inconstitucional II A justa decisão do STF foi uma grande vitória para os Promotores, mas principalmente para a sociedade sergipana, pois quando “autoridades” do Executivo, do Legislativo e de outro órgão faz de conta estão por trás de restringir a participação de Promotores na disputa ao cargo de PGJ boa coisa não é. A decisão foi um banho de água fria, aliás, água gelada, nos interesses do atual PGJ, que tenta, a todo custo, buscar a sua reeleição, e de outras autoridades.

STF declara LEI sergipana inconstitucional III Segundo uma fonte da Alese, muito ligada ao deputado Luciano Bispo, “o PGJ não cumpriu com a palavra com toda a classe do MPE/SE, pois durante a campanha em 2018 havia prometido que jamais iria lutar para revogar a lei que permitiu aos Promotores disputarem o cargo de PGJ.” Além de não cumprir com o compromisso assumido, contou com a ajuda do Presidente da Alese, o deputado cassado Luciano Bispo, e do governador Belivaldo Chagas. Aliás, no julgamento da ADI 6294, tanto a Alese quanto o governo do Estado aparecem como “interessados”, para surpresa de ninguém. Que coisa, hein!


Já no Palácio… Fontes Palacianas informaram a este blog que o governador Belivaldo Chagas já jogou a toalha e que tem certeza da derrota do atual PGJ na eleição, pois o mesmo não teve habilidade para lidar com a classe. “Fizeram de tudo pelo jeito, mas esqueceram de combinar com os russos”, afirmou uma fonte em tom de brincadeira. “Todos já estão certos da derrota do atual PGJ na eleição que ocorrerá na próxima sexta-feira, 30”, afirmou outra fonte palaciana. Agora é esperar a lista tríplice que será escolhida pelos membros do MPE/SE.

MP forte é MP Livre O blog apenas afirma e reafirma o que sempre defendeu: “Ministério Público forte é MP livre”. O STF derrubou uma lei que simplesmente empobrecia o Ministério Público de Sergipe, que tão combativo foi em tempos recentes. Viva a inconstitucionalidade da Lei do atraso!

Coisas de Itabaiana Este espaço tem acompanhado situações no mínimo risíveis na disputa por prefeituras. Uma delas, imaginem, vem de Itabaiana e do candidato de Luciano Bispo e de Galeguinho da Roupa, de quem é cunhado. O postulante à prefeitura fala em transparência, mas os dados que ele mesmo forneceu à Justiça Eleitoral mostram que ele se diz sócio de uma empresa que já faliu e, em outra frente, se diz comandante de uma empresa que funciona no endereço fornecido à Receita Federal. Este espaço voltará ao assunto em breve.

 Viva Bem para Lagarto O deputado federal Fábio Reis, candidato a prefeito de Lagarto pelo MDB, apresentou a proposta de criação do Programa Viva Bem, um benefício mensal inspirado no auxílio emergencial para famílias que não possuem renda ou que sofreram com a crise da pandemia do novo coronavírus.

 Viva Bem para Lagarto II “Muitos pais e mães de família perderam o emprego e ficaram sem nenhuma renda para sustentar a casa. Por isso pensamos no Viva Bem. Estamos falando de um programa ampliado, com valor maior que essa ‘Bolsa Família Municipal’ que está aí e não atende nem 1% da população”, pontuou Fábio. Ele destacou ainda que Com o Viva Bem o município de Lagarto terá mais qualidade de vida e mais dinheiro injetado no comércio local. “As vendas aquecidas geram mais emprego e renda e essa soma de benefícios ajudará Lagarto a superar a crise financeira que está vivendo hoje”, concluiu.

Foto do teaser da Petrobras

Tecarmo: área não pode ser transformada em empreendimento habitacional. Critérios de elegibilidade da Petrobras para venda estão restritos às empresas e traders das áreas de óleo e gás  Dos males o menor. A campanha publicitária da Petrobras direcionada para a venda dos campos terrestres em Sergipe tem um dado importante: o polo terrestre que compreende 11 concessões de produção, o complexo operacional na Atalaia (Tecarmo) e a base operacional que se encontra em Carmópolis só podem ser adquiridas por empresas do setor de óleo e gás; empresas de trading que comercializem petróleo e/ou derivados e que possuam faturamento anual acima de US$ 150 bilhões; empresas que operem oleoduto, de transporte ou transferência, e/ou gasoduto, e que possuam faturamento anual acima de R$1bilhão ou instituições gestoras ou financeiras como private equities, fundos de pensão, fundos soberanos e asset managers, cujo valor dos ativos sob gestão (AUM: Assets under management ‐ valor total de mercado dos investimentos que a instituição negocia em nome dos seus investidores) seja superior a US$ 300 milhões.

Manifestações da bancada federal e do governo do Estado E o ex-deputado José Carlos Machado lembou que há menos de dois anos o superintendente da Petrobras prometeu investimentos para Sergipe inclusive sobre o início de exploração em águas profundas, previsto para este ano. “Hoje temos que assistir a notícia sorrateira de que Sergipe perderá importantes postos de empregos e desenvolvimento, parece uma contradição. Lamentavelmente, também não observo manifestações da bancada federal e governo do estado.”

Questionamentos de Machado Pergunto-me quando haverá discussão entre a bancada federal, governo e os responsáveis por essa venda bilionária que tanto pode refletir negativamente nas contas estaduais. Ora, a venda tem cláusula que garante a atividade do Tecarmo? Do polo de Carmópolis? Existe algum plano incluso nessa articulação?  É preciso levantar esta discussão entre os representantes do povo. Abafar o andamento do processo será irreversível para história de Sergipe. Quanto ao Tecarmo, não limito minha fala apenas ao governo, existem soluções para a área a ser vendida. Teremos um novo projeto de preservação ambiental em Aracaju ou assistiremos mais uma vez um grande empreendimento surgir na Av. Melício Machado? “Sergipe merece respeito! O povo merece resposta.”

Itabi: Rubens Feitosa divulga Fake news em redes sociais divulgando pesquisa sem registro e vai ter que prestar contas a Justiça Eleitoral Com base em áudio divulgado pelo próprio candidato a prefeito de Itabi, Rubens Feitosa, em rede social, onde ele divulgou uma pesquisa não registrada, o juiz eleitoral da Zona de Gararu notificou o mesmo para dar explicações com multa de 20 mil reais para que ele se abstenha de divulgar a pesquisa. E o juiz alertou ainda que o art. 33, § 3o, da Lei 9.504/97, prevê que a divulgação de pesquisa sem prévio registro das informações de que trata o mencionado artigo sujeita os responsáveis a multa no valor de cinquenta a cem mil UFIR.

 Pesquisa não registrada “O áudio anexado pelo representante comprova que pessoa que se identifica como o representado divulga pesquisa não registrada  perante a Justiça Eleitoral. Trata-se, portanto, se verdadeira a imputação, de flagrante violação ao referido dispositivo da Lei das Eleições.Deste modo, concedo a liminar, a fim de determinar ao representado que se abstenha de divulgar a referida pesquisa, sob pena de multa de R$ 20.000,00. Notifique-se o representado, para ciência da decisão liminar, bem como para apresentar resposta, no prazo de cinco dias.”
Procurando sarna para se coçar E servidores de um órgão importante na área da ação do desenvolvimento rural estão revoltados com um sindicalista que resolveu procurar um político com mandato para reivindicar benefícios para eles. “Foi o mesmo de procurar sarna para se coçar. Ele quer o fim da Emdagro para que as ONGs dele se beneficiem do dinheiro público. Quem não lembra das ONGs ligadas ao partido dele.” Vixe Maria!

Em nota, a Emsurb, esclarece planejamento de serviços essenciais na Orla “A Prefeitura de Aracaju recebeu oficialmente da SPU, em março passado, a gestão da orla da Atalaia. Neste período teve início a pandemia do novo coronavírus e apenas a execução de serviços essenciais foi autorizada. De acordo com a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), assim que houve a liberação o planejamento feito para os espaços começou a ser colocado em prática, a exemplo da revitalização dos módulos de banheiros situados no Mundo da Criança, Praça de Eventos e região da Passarela do Caranguejo. Daí por diante, conforme a Emsurb, uma sequência de atos de vandalismo atingiu o módulo da Passarela. Um desses, ocorrido há cerca de 15 dias, foi apresentado em vídeo por este blog no dia de ontem (27), e o último registrado na madrugada desta mesma terça-feira. Sobre o arrombamento e depredação desta terça, a Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), por meio da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), informa que realiza, de maneira sistemática, o patrulhamento na Orla da Atalaia para reforçar a segurança do espaço público e proteção ao patrimônio, e acrescentou que estão sendo providenciadas as imagens das câmeras do Ciosp, para que o caso possa ser investigado. A Semdec adiantou, inclusive, que haverá adequações e intensificação do patrulhamento.”


Banese, agência Atalaia: clientes largados à própria sorte. Não tem segurança? Cadê o acolhimento da inclusão social? É assim quase todos os dias. Logo cedo quem procura o autoatendimento da agência do Banese no Bairro Atalaia encontra gente dormindo bem na porta. É preciso fazer um malabarismo para entrar, porque tem até colchão. Sem contar que mulher sozinha é perigoso, porque não é apenas um, sempre tem dois ou três dormindo no local. Não dá para saber se passaram a noite consumindo drogas. Enquanto isso na agência tem segurança dentro ou não? Esse é o retrato fiel do banco que já foi dos sergipanos: largado! E os clientes largados à própria sorte.

Acolhimento E a falta mostra também a falta de uma inclusão social firme, tanto na área estadual como municipal. Não tem uma política de acolhimento aos moradores de ruas. Falta tudo…

Cadê o arcebispo de Aracaju? Um ”amigo” do padre Genário, vigário geral e segundo homem mais forte da arquidiocese, perguntou e não obteve resposta. Depois do último compromisso púbico no sábado, dom João Costa não apareceu mais e a agenda não foi divulgada. Após o surto da pandemia Covid-19 no Seminário Maior todo cuidado é pouco!

Álcool em Gel não se usa mais? Agora só pensam em eleição! Pelo jeito não existe mais fiscalização nos ambientes públicos e privados referente a utilização do uso do álcool em gel 70%. Muitas repartições, escritório, restaurantes, condomínios, lanchonetes, mercadinhos feiras e outros relaxaram na obrigatoriedade de oferecer o produto álcool em gel. Tem local que nem abastece mais os frascos de álcool. Cadê a fiscalização?

Famoso advogado tido pelos colegas como boçal E nos corredores do Palácio de Despacho se comenta que um advogado muito bom de lobby, um bom degustador de vinho e diz que não gosta de aparecer muito na mídia, resolveu se instalar quase que diariamente no poder do governo estadual. Nada demais se ele não estivesse sendo observado por um órgão fiscalizador pela sua atuação não republicanada em prol de alguns prefeitos. Será que vem bomba?

Funcionários com Covid-19 Uma grande rede de hamburgueria, localizada em um dos bairros mais nobres da cidade, quase fica sem funcionar nos últimos dias porque a maioria dos funcionários foi constatada com o Covid-19. Será que estava seguindo todos os protocolos exigidos? E mais: como estava sendo o serviço de entrega desse serviço saindo das mãos dos funcionários até o cliente?

Promotor de Justiça do MP lança livro ‘Abuso do Poder Religioso nas Eleições’  O promotor de Justiça do Ministério Público de Sergipe, Peterson Almeida, lançará nesta semana o seu livro “Abuso do Poder Religioso nas Eleições – A Atuação Política das Igrejas Evangélicas”. Os lançamentos ocorrerão nesta quinta-feira, 29, a partir das 17h30, no Museu da Gente Sergipana, e na sexta-feira, 30, a partir das 8h30, no hall do auditório do MPSE.

Influência A obra se dedica com exclusividade ao tema da influência das igrejas evangélicas no processo eleitoral, considerado o mais palpitante deste ano no cenário eleitoral nacional. O autor faz uma análise dos aparente conflitos existentes entre os princípios da liberdade religiosa e o da legitimidade e normalidade do processo eleitoral, ambos de matriz constitucional, e promove uma digressão histórica para demonstrar como não há nada de original nesta aliança Igreja/Estado, havendo apenas uma mudança nos oprimidos, vulneráveis sob os pontos de vista econômico e intelectual.

68 julgados “Em minhas pesquisas, encontrei 68 julgados que tratam do abuso do poder religioso e, em todos, apenas pastores evangélicos, especialmente neopentecostais, figuram como réus. Não existe a ‘cristofobia’ sempre alegada em suas defesas. Os fiéis são vulneráveis econômica e intelectualmente, já que o público das igrejas evangélicas é, em sua imensa maioria, mulheres, negras, pobres e moradoras da periferia, com escolaridade fundamental e renda de até dois salários-mínimos. Estas igrejas chegam aonde o Estado some. Nas confissões religiosas encontram assistência, pertencimento. Fragilizados, inclusive emocionalmente, vão aos templos em busca de alento, e, é neste momento, que tem suas consciências ultrajadas com pedidos de votos”, contextualiza o promotor de Justiça e autor do livro, Peterson Almeida.

Citação no TSE Ainda de acordo com o autor, o interesse destas confissões na política é explicado a partir das teologias adotadas pelas igrejas neopentecostais, e conclui que a “democracia pode estar ameaçada por este pós secularismo com ares de teocracia, caso medidas de contenção (sugeridas) não sejam imediatamente adotadas pelo Parlamento”, pontuou. Antes mesmo de ser lançado oficialmente, o livro foi recentemente citado em julgamento inédito do Tribunal Superior Eleitoral sobre o tema, já tendo o autor participado de diversos encontros virtuais (lives) por todo o Brasil, tendo a mídia nacional despertado o interesse através de matérias publicadas em grandes veículos de comunicação. (fonte: ascom/MPE/SE).

Adepol: comissão eleitoral homologa inscrição de chapa única A Comissão Eleitoral, responsável pela condução do pleito para escolha da nova diretoria da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol/SE) para o próximo triênio, homologou na tarde de ontem, 27, a inscrição de uma única chapa – ‘Prosseguir Inovando’. Participaram da reunião os membros da Comissão Eleitoral: os delegados Arruaires Lima (presidente), Ataíde Alves (secretário) e Tiago Lustosa (membro). As inscrições das chapas para a eleição da nova diretoria da Adepol/SE ocorreram entre os dias 16 e 23 de outubro, na sede da entidade. Somente um registro foi encaminhado à comissão e de acordo com o calendário eleitoral, o prazo para a impugnação de chapa finalizou na segunda-feira, 26.

Cidadania O presidente da Comissão Eleitoral, o delegado Arruaires Bezerra da Lima, comentou a importância do pleito da categoria. “O processo eleitoral representa um instrumento de cidadania, calcado na participação do povo, como verdadeiro detentor do poder. Nesse sentido, é uma honra presidir um procedimento de tamanha envergadura axiológica, notadamente, no que tange à eleição da diretoria da Adepol, visto que se trata de uma instituição que preza pela defesa dos primeiros garantidores de direitos, a saber, os delegados de polícia. Logo, a comissão está empenhada em observar o devido processo eleitoral, garantido, assim, a lisura e a higidez da decisão que será consignada pelo eleitor delegado de polícia civil”, ressalta. O processo de escolha dos novos dirigentes para os próximos três anos (2021-2023) acontece no dia 1º de dezembro, das 8h às 17h, na sede da Adepol.

Censo Previdenciário A fim de garantir maior celeridade ao segurado aposentado ou pensionista do estado, o SergipePrevidência também estará realizando o Censo Previdenciário no Dia do Servidor Público, nesta quarta-feira, 28. Mesmo com o ponto facultativo, o serviço irá funcionar em seu horário normal. Para a realização do Censo, é necessário agendar, previamente, sua vaga, através do agendacenso.com.br/sergipe ou pelos telefones (79) 3142-8080 (ligação), e 99876-9473 e 99659-0312 (whatsapp, somente mensagem).

Censo Previdenciário II Caso o segurado aposentado, pensionista ou ativo não se recorde se já fez o Censo Previdenciário, pode confirmar a informação acessando o mesmo site. Se já tiver feito o Censo, o sistema irá emitir o seguinte aviso de confirmação, “Atenção! Dados informados já realizou o recadastramento!”. Se não tiver feito o Censo, o sistema irá exibir o “Formulário de Agendamento” e o aposentado deve preencher as informações solicitadas, para confirmar o agendamento.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

A Varanda do Velho Chico ao quintal da vergonha Tribuna do Velho Chico, por André Fontes: “Sabemos que na política muitas máscaras caem. Por vezes, os eleitores são ludibriados com rostinhos bonitos e sorrisos largos. Alguns chegam a defender políticos retirados da vida pública pela Justiça e outros até chegam a apoiar regimes autoritários. Mas em Propriá um caso nos faz sentir ojeriza. Todos conhecem os empreendimentos comerciais localizados na BR101, conhecidos como “Ponte”. Uma borracharia, pontos de vendas de artesanatos, restaurantes e pousadas movimentam o comércio local. Três restaurantes e uma pousada são da família da candidata a vice prefeita “Luanda da Ponte”, jovem extrovertida, mas carrega no sangue a marca da sua líder política, vereadora que tentou 4 vezes, sendo de um único mandato, dona de uma enorme rejeição no eleitorado propriaense.” Leia todo o texto aqui: https://www.instagram.com/p/CG2f9cvJ-UM/?igshid=189ysh70grp5h

                                                                                                                                                                                        
Do instagram Mulheres de Peito (https://www.instagram.com/movimentomulheresdepeito/ )A Lojas Vesty aderiu à nossa causa e vai destinar uma porcentagem de todas as vendas do seu Saldão, de 26 à 31 de outubro, para o Mulheres de Peito.
                                                                                                                                                                                                     

 

 

Estão abertas até o dia 30 de outubro as inscrições para o V Concurso Cultural de Desenho, Pintura e Poesia da Infância e Juventude da Ordem dos Advogados do Brasil, em Sergipe (OAB/SE) Os trabalhos, juntamente com os formulários necessários deverão ser encaminhados para o e-mail editalcultural@oabsergipe.org.br. Confira mais detalhes aqui.



EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO
                                                                                                                                                                                                 

 

Evento exclusivo para profissional médico, hoje, 28/10, às 19h Evento internacional realizado pela ABRAz, com a participação de pesquisadores renomados, em parceria com a SBGG – Seção São Paulo! O evento acontecerá nos dias 28 de outubro e 04 de novembro, no modelo on-line, restrito para profissional médico! Inscreva-se agora: www.alzheimerconnection.com.br O projeto conta com apoio exclusivo da SANDOZ, A NOVARTIS DIVISION.





PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK


O TECARMO como Unidade de Conservação Ambiental Por Antônio Samarone

O desenvolvimento de Aracaju teve o peso da Petrobras. A partir de 1963, com a produção de petróleo em Carmópolis, a Capital sergipana foi ganhando ares de modernidade.

Com o anúncio oficial da saída da Petrobras de Sergipe, o desastre não será apenas econômico. A Petrobras está deixando uma “Chernobyl” no coração de Aracaju.

O petróleo produzido em Carmópolis é trazido por oleodutos até o TECARMO, em Aracaju, onde fica armazenado. Depois é bombeado por tubulações até o mar e embarcado em navios. Esta é a estrutura montada.

Na década de 1960, o TECARMO era um sítio longínquo. A cidade foi se aproximando. O que era Zona de Expansão virou um núcleo densamente povoado. Aqui mora o perigo.

A Petrobras em Sergipe era um símbolo poderoso, empregava muita gente, pagava royalties, fazia parte do nosso progresso. Por conta, sempre foi tratada a pão de ló em nosso Estado. Nunca pagou um centavo de IPTU pela ocupação do TECARMO.

No TECARMO estão implantados 5 tanques de armazenamento de petróleo, com a capacidade de 168 milhões de litros. Em outras palavras, uma bomba de Hiroshima no meio da cidade.

A Petrobras é uma grande empresa, com estrutura, corpo técnico qualificado, competência para manutenção dessa unidade de armazenamento, com alto índice de segurança. Mesmo assim os riscos sempre existiram.

Ocorre que a Petrobras botou tudo isso à venda. Quem vai operar o TECARMO? Não se sabe…

Uma coisa é certa: Aracaju passa a correr um risco bem maior. Inaceitável! Essa bomba relógio não pode continuar na zona urbana de Aracaju. Que procurem outra forma para transportar o petróleo produzido no Campo de Carmópolis.

Carmópolis fica praticamente no litoral, próximo as praias desabitadas. Não faz mais sentido o petróleo percorrer 48 km de oleodutos até Aracaju.

Se o TECARMO, pelos riscos, não pode mais ser uma base de armazenamento de 168 milhões de litros de petróleo, qual o melhor destino para o TECARMO?

Ser leiloado para a indústria da construção civil e virar prédios? Claro que não!

Nesse sentido, o caminho é a transformação imediata do TECARMO em uma Unidade de Conservação Ambiental, por ser um ecossistema de restinga conservado, e ter como destino uma área verde para Aracaju, tão necessitada.

Esse o caminho da qualidade de vida. É o caminho do desenvolvimento econômico sustentável.

Por onde andam as nossas autoridades?

Mais textos Samarone: http://blogdesamarone.blogspot.com/


PELO TWITTER

www.twitter.com/bbcbrasil Esse coronavírus é um “mestre do disfarce” e engana o nosso corpo

 

www.twitter.com/frednavarro  Deviam inventar logo uma vacina contra o vírus que infectou pessoas que discutem sobre vacina. Urgente.

www.twitter.com/SF_Moro O que dificultou a governabilidade do Brasil nos últimos anos foi a corrupção desenfreada e a irresponsabilidade fiscal, não a Constituição de 1988 nem a Justiça ou o MP.

www.twitter.com/blogdosakamoto Recomendo o imprescindível “A República das Milícias – Dos Esquadrões da Morte à Era Bolsonaro”, novo livro do grande Bruno Paes Manso. Leiam!

 


www.twitter.com/depfmitidieri Em resposta a @SigaMarcovisk e @BlogClaudioNun Amigo, não quero saber a quem são ligados. Eles deveriam ser profissionais, isentos e idôneos. Agora virou moda, se a pesquisa dá boa, ótimo. Se meu candidato não está bem, é falsa. Estou falando de credibilidade, ou da ausência dela, dos institutos. Estão desmoralizados!


Siga Blog Cláudio Nunes:           

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Senhor, fazei-me um instrumento de Vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor. Onde houver ofensa, Que eu leve o Perdão. Onde houver discórdia, que eu leve a união. Onde houver dúvida,que eu …” Oração de São Francisco de Assis.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários