Como surgir líder político novo e jovem

0

 

 

   Hoje a coluna publica um artigo do leitor Narcizo Machado Filho: Excelente a comparação do filme “um corpo que cai” feita pelo leitor. Na política sergipana  a mais de vinte e cinco anos não se ver uma ascensão de lideres políticos, porque será? Em meio a esse período ocupava o cargo de Presidente Estadual do Partido Republicano Progressista, ouvir muito “precisamos de lideres novos e jovem” o que se ver é os novos obedientes aos velhos caciques com medo do corpo cair. Necessário se faz analisar: o DEM sem João que caminho seguir, quem substituirá? PSDB, com ou sem Albano, não a muito que fazer, o muro é o limite, PT com Déda caminho claro,  pelo menos nos próximos oito anos, e depois quem será? – o vice, PSB é Valadares, que já emergi o sucessor, seu Filho, PMDB – briga que perdurará por muitos anos, ideologia política não há predomina o interesse de mandar e adquirir “prestigio político”.PSC pelo que se ver e lê partido de domo, seus discípulos político obediente ao cacique, voar alto nem pensar, só especulação político, PCdoB, Edvaldo Nogueira  sobreviverá sem o PT, só o futuro dirá, e os demais, tentam na sobra de antigos caciques galgar o primeiro lugar no pódio da política”.

 

Se for para surgir lideres novo é jovem, que tal esses Partidos, cada um lançar um candidato a Prefeitura de Aracaju nas próximas eleições. Que pretensão, isso não será possível tudo em nome da governabilidade e de um projeto político, se aplicarmos a pirâmide de Maslow veremos que os de baixo dificilmente chegará ao meio, que dirá ao topo, é preciso ter cacife, ou melhor, ser cacique. Os novos lideres político que por ventura surgiram, sem os caciques não alcançaram o topo, e lá chegando, a obediência será dobrado, se não o corpo cai. É fundamental que os novos lideres criei sua própria independência política é que, os caciques cobrem apenas dos seus discípulos político honestidade e trabalho em prol de uma governabilidade que produza benefícios para a sociedade que o elegeu. Se a preocupação do cacique é com o esquecimento do seu nome, isso não será possível, o povo gosta daquele que faz e deixa os outros fazerem, exemplo melhor é a Bahia, alguém vai esquecer ACM, impossível porque tudo foi feito entorno de um só objetivo, o bem estar da sociedade.

 

 

Para não ver o corpo cair é que vários caciques políticos mudam de cenários políticos ou se submetem a cargos aquém daqueles que outrora ocupou, o desprendimento político nessa hora não faz diferença, que vale é ouvir seu íntimo falar; eu sou o tal, sem mim vocês não são nada, e o tempo vai passando e os cordeirinhos fazendo jus a fana de ser cordeiro. No cenário político sergipano para se ver uma ascensão política, fora das hostes familiar é difícil, isso não é de agora. Lembro-me quando um político sergipano, de Aracaju, quis, dar um vôo mais alto, asas foram cortadas, através do seguinte argumento “não quero fazer suplente, quero eleger Deputado” palavra do cacique, não atendida pelo discípulo político, que a época faltou pouco para chegar a Assembléia mesmo na condição de suplente, mas o cacique não quis.

 

 Portanto, é preciso independência política, aprender a administrar a coisa pública para quando lá chegar por em prática aquilo que sempre apregoou, e mostrar aos caciques que a tribo que ele comandava tem e terá índios capazes de substituí-lo, sem colocar em risco o esquecimento do seu nome. (Narcizo Machado Filho – graduado em ciências contábeis, pós-gradua em gestão fiscal é planejamento tributário). 

 

 

Edvaldo recebe apoio no PSB e no PSDB

O prefeito Edvaldo Nogueira fechou a sexta-feira comemorando. Pela manhã foi saudado no Seminário do PSB pelas lideranças presentes como um administrador que merece continuar à frente da Prefeitura de Aracaju. Recebeu elogios do presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos pela organização da cidade e o jeito de administrar. Ainda pela manhã, foi ao seminário do PSDB, acompanhado do petista Sérgio Góes, onde foi recebido também pelas lideranças nacionais. Lá, cordialmente apertou a mão do senador Almeida Lima (PMDB), que participou do evento.

 

Afinado com Fabiano Oliveira

Edvaldo almoçou ao lado dos tucanos e, durante o show de Valtinho do Acordeon, tocou bateria e Fabiano Oliveira o triangulo. Fabiano disse que a afinação está completa e dentro do PSDB de Aracaju não tem problema. Ele disse que o pré-candidato a vereador Kennedy Fonseca não é contra a aliança com o PCdoB e sabe que já tem garantida uma coligação proporcional com o PDT.

 

Tucano pousa no ninho errado

Foi hilário. Durante o seminário do PSB, no espaço Sobre as Ondas, o vereador de Lagarto, Xexeu, cometeu uma gafe. Chegou ao local com alguns amigos, pegou as pastas com o material do seminário e sentou para assistir o evento. Quando viu na frente o senador Valadares, Déda, Edvaldo e os outros socialistas, pulou da cadeira.  Saiu de fininho com os amigos. Xexeu é tucano e, parece que tem problemas de visão ou não sabe ler. Mesmo com as faixas grandes na entrada do evento, com uma pomba enorme (que nada parece com um tucano) e o nome do PSB por todo local, Xexeu errou de lugar. O seminário do PSDB se realizava no Hotel Parque dos Coqueiros.

 

Mudança política no Nordeste

Durante o seminário do PSB, o presidente nacional do partido e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, ressaltou a mudança política ocorrida no Nordeste com as eleições de 2006 e lembrou que o país passa por um momento especial, onde ficou parado por três décadas e hoje voltou a crescer, principalmente na região Nordeste. Para ele as eleições municipais deste ano cobrarão do candidato uma proposta de gestão pública com compromisso com a população. “Precisamos ter como referencia um serviço público funcionando”, disse, dando vários exemplos de ações que vem colocando em pratica à frente do governo de Pernambuco.  O governador Marcelo Déda (PT), reforçou o discurso de Eduardo Campos, lembrando que essa nova geração de políticos vem resgatando as bandeiras históricas, mas sem a visão retrograda do passado. “Estamos construindo hoje governos populares, não apenas no rotulo, mas na sua essência”, disse.

 

Campanha memorável em Pernambuco

Ainda no seminário do PSB, no painel sobre comunicação e marketing, o expositor, o publicitário Edson Barbosa, expôs a campanha vitoriosa que realizou em 2006 em Pernambuco quando Eduardo Campos era o terceiro nas pesquisas atrás de Humberto Costa (PT) e Mendonça Filho (DEM). Edinho, como é conhecido o publicitário baiano, mostrou uma sensibilidade grande ao conseguir passar para os pernambucanos nas peças publicitárias um sentimento de mudanças baseado nas tradições culturais do Estado. Ele revelou que o discurso mais bonito que assistiu foi o de Déda, no último comício do 2º turno em Pernambuco. Ariano Suassuna teve papel importante na campanha. Participaram também do debate os publicitários Mauricio Pimentel, Paulo Henrique e Theotônio Neto.

 

TJ vem mudando prédios com nomes de pessoas vivas

Nessa questão de prédios com nomes de pessoas vivas –destacando inclusive várias figuras do mundo político, conforme citei ontem neste espaço, ponto para o Presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Desembargador Artêmio Barreto. Para se ter idéia, no mês de abril o bonito Fórum de Propriá denominado “Dra.Leonor Franco”, ganhou nova identidade: “João Fernandes de Britto”, pai do Ministro Carlos Britto. Na capital, o edifício de oito andares onde funciona o anexo administrativo na Rua Pacatuba, deixou de ser Albano Franco para abrigar outro nome: o do ex-Presidente do Judiciário, Des.Antonio Góis. Que o bom exemplo do Desembargador Artêmio Barreto ganhe novos adeptos. A coluna está aberta para publicar as adesões. 

 

Revista do Governo I

A Secretaria de Estado da Comunicação (Secom) explica que a confecção da revista Sergipe de Todos, ao contrário do que tem sido dito na Assembléia Legislativa do Estado pelos deputados da oposição, obedeceu aos princípios da economia dos gastos públicos e da publicidade dos atos de governo. A sua elaboração representou aos cofres públicos um custo de R$ 1,44 por exemplar, numa tiragem total de 400 mil exemplares. A distribuição da publicação foi integral e ocorreu dentro e fora do Estado.

 

Revista do Governo II

Enquanto isso, a gestão atual da Secretaria encontrou nos depósitos do órgão 31 mil exemplares não distribuídos de uma revista feita pela administração passada, de um total de 100 mil feitos. A publicação foi produzida para divulgar o Estado. Com apenas quatro páginas, o material foi feito a um custo de R$ 1,18 a unidade. A diferença é grande, já que a revista Sergipe de Todos possui 36 páginas. Nesse caso, o seu custo real fica em R$ 0,04 contra R$ 0,29 da anterior, sem contar que disponibiliza nove vezes mais informação a um custo menor.

 

Publicidade

A Secretaria de Comunicação também esclarece que a veiculação das ações governamentais e de publicidade institucional do Governo do Estado nas revistas locais ‘Nos Bastidores’ e ‘Ícone’ obedeceu ao preço de tabela de cada publicação. As revistas seguem as orientações do Sinapse – Sindicato das Agências de Publicidade de Sergipe – para que não seja ultrapassado o valor de mercado local. Todos os custos das publicações são públicos e obedecem aos princípios de economia e gastos de publicidade do governo.

 

PT nacional atenua decisão contra aliança com tucanos

Deu na FSP, dia 31: “O PT nacional recuou duplamente ontem da decisão sobre a aliança com o PSDB em Belo Horizonte. O veto da Executiva Nacional foi transformado em “recomendação”, e o prazo final para decidir sobre a participação dos tucanos na chapa liderada por Márcio Lacerda (PSB), ex-secretário do governador Aécio Neves (PSDB), foi adiado para 23 de junho. A resolução aprovada por 79 votos a 2 resolveu “recomendar que o diretório municipal de Belo Horizonte volte a deliberar sobre a política de alianças aprovada, afastando a possibilidade de coligação com PSDB e PPS”. Em seguida, diz que caberá à Executiva Nacional, caso necessário, se reunir novamente para analisar a coligação, levando em consideração duas resoluções anteriores que vetaram expressamente a união de petistas e tucanos em BH”.

 

 

Investimentos apresentados a empresários

Na tarde da última sexta-feira, 30, cerca de 200 empresários estiveram reunidos durante a 3ª edição deste ano do “Almoço com Empresários” promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese). Na ocasião o secretário de estado do desenvolvimento econômico, ciência e tecnologia, Jorge Santana, ministrou uma palestra onde apresentou os investimentos para o setor via Sedetec. De acordo com o mesmo, o plano de desenvolvimento econômico estadual prevê programas de incentivo e qualificação de mão de obra especializada, parcerias público-privadas de crédito, além da implantação de uma zona de processamento de exportações. O plano estabelece ainda políticas específicas para micro e pequenas empresas e arranjos produtivos locais para as cadeias produtivas. O Secretário afirmou também que as obras do Sergipetec, iniciam ainda este ano em São Cristóvão e que no Estado há aproximadamente 32 e três hotéis em processo de implantação. “Sergipe está crescendo e a Sedetec está fazendo o que pode para colaborar neste processo, atualmente existem dois resorts e 25 indústrias em avaliação”, afirmou o secretário.    

 

 

Processo contra Flávio no TC I

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Heráclito Rollemberg, afirmou nesta sexta-feira que o Processo Administrativo Disciplinar, aberto em março, contra o conselheiro afastado Flávio Conceição de Oliveira Neto, está sendo conduzido dentro dos princípios da legalidade, da ética e da moralidade. “Nada foi ou será feito fora destes princípios basilares”, garantiu. Heráclito no entanto, considerou o comportamento de Flávio Conceição estranho. “Ele está protelando o andamento do processo quando deveria está trabalhando suas provas de defesa”. Para comprovar suas afirmações o conselheiro Heráclito enumerou em detalhes cada passo dado até o momento pelo Tribunal de Contas para assegurar o bom andamento do processo, “mas temos deparado sempre na resistência de Flávio”, disse. Faz trinta dias hoje (30/05) que o Tribunal está tentando notificá-lo. No dia 12/03 os conselheiros aprovaram em sessão do Pleno a aberturas do processo. No dia  07/04 foi feita a publicação no Diário Oficial do Estado. No Dia 29/04, o relator do processo, conselheiro substituto Luiz Augusto Ribeiro, solicitou da presidência que fosse feita a notificação de Flávio, abrindo o prazo de 20 dias, para que ele apresente suas provas de defesa.

 

 

Processo contra Flávio no TC II

No dia 30/04, Heráclito expediu a notificação e determinou que dois servidores do TCE fossem à residência de Flávio fazer a entrega. No mesmo dia os dois servidores do TCE foram informados pela porteira do prédio, senhora Emilia, que Flávio não se encontrava em casa. Notificação idêntica e também no dia 30/04 foi encaminhada ao advogado Gilberto Vieira. Os servidores do Tribunal foram informados pela secretária de nome Rose que “Dr. Gilberto havia informado não ter procuração para receber a referida notificação”. Heráclito dá prosseguimento ao relato para demonstrar que o Tribunal de Contas tem buscado cumprir sua parte, mas vem encontrando dificuldades na entrega da notificação à Flávio Conceição. “Dia 06/05 um funcionário do Cartório do 10º ofício esteve na residência de Flávio Conceição para entregar a notificação às 18 hs, no dia 07 retornou às 12 hs, no dia 8 às 7 hs, dia 9 às 19 hs, dia 10 às 9 hs, dia 12 às 20 hs, dia 13 às 8 hs, dia 14 às 19h30m, dia 15 às 18 hs e dia 16 às 20 hs. Nestes  10 dias e horários variados o funcionário do cartório era sempre informado que Flávio não estava em casa, o que levou o Cartório a emitir certidão com o testemunho do senhor Clodoaldo de Jesus Pereira de que era sempre informado que Flávio não estava em casa.

 

Processo contra Flávio no TC III

No dia 21 foi emitida notificação através dos Correios com o registro 0445392545 BR. No dia 26, três dias após o Tribunal ter feito a notificação através do Diário Oficial do Estado, a correspondência foi devolvida pelos Correios com o carimbo “Recusada”, exemplificou o presidente. Ele informa ainda que no dia 03/04 enviou ao Tribunal de Justiça duas cópias do CD contendo as gravações feitas pela Polícia Federal. Uma cópia para a desembargadora relatora do processo e outra para Flávio Conceição. No dia seguinte remeteu outra cópia para a residência de Flávio, mas esta não foi recebida. Assim sendo, a quem e como encaminhar documentos ou mesmo o CD com as gravações para Flávio Conceição, questiona Heráclito, para em seguida observar: “ Infelizmente, Flávio Conceição, tem feito tudo para atrasar o bom andamento do processo e não tem feito nada para fazer sua defesa, que é o que interessa neste momento”, disse. (Ascom/TCE).

 

São Cristovão: Nota de Esclarecimento I

O prefeito de São Cristóvão, Alex Rocha (PDT), através de sua assessoria de imprensa, vem por meio deste direito de resposta, esclarecer alguns fatos divulgados neste espaço de forma equivocada. A princípio esclarece que em nenhum momento esteve no palanque do ex-governador João Alves Filho ou que tenha deixado de reconhecer o trabalho do ex-governador por Sergipe. A nota se equivoca ao afirmar que o prefeito tenha votado em João Alves Filho e não em Marcelo Déda. Na eleição passada Alex Rocha de forma independente subiu ao palco das oposições, assim como fez Wanderlê Correia, hoje deputado estadual, seu aliado político, e tantos outros. Queremos crer que a informação passada ao jornalista responsável por este blog foi maldosa, política e com segundas intenções. Quem conhece Alex Rocha sabe muito bem da sua independência política e do seu voto em Marcelo Déda, desde o primeiro momento de sua candidatura, diferente de alguns que resolveram declarar apoio somente após este se eleger governador, numa clara demonstração de oportunismo.Quanto à citação de que o ex-prefeito de Itabi, Valdione Sá, responde em nossa administração pela coordenação administrativa e política, a nota dá uma informação inverídica, pois, Valdione Sá não faz parte desta administração.

 

São Cristovão: Nota de Esclarecimento II

Por fim, em nenhum momento Alex Rocha mudou de lado por oportunismo, muito pelo contrário, decidiu apoiar Marcelo Déda a partir da concretização da sua candidatura, acompanhando decisão do seu grupo político. O apoio de Alex Rocha a Marcelo Déda partiu desde a época em que este estava na condição de vereador de São Cristóvão, integrante do grupo de apoio do prefeito Zezinho da Everest. Quanto à citação de que este prefeito está no cargo por empenho do ex-governador e por “aberrações jurídicas”, como afirma a nota, creio que a Justiça de nossa terra, independente, séria e sabedora de suas responsabilidades, jamais manteria alguém no poder de forma inconstitucional. Portanto, são denúncias infundadas, inverídicas e de cunho exclusivamente político. Que caminhemos juntos e unidos, em prol de um Sergipe melhor e de uma São Cristóvão progressista. (Ascom/Prefeitura de São Cristóvão).

 

 

Projeto beneficia deficientes auditivos

Projeto de lei apresentado pelo deputado federal Iran Barbosa (PT), na última quinta-feira, 28, beneficia os deficientes auditivos te todo o país. O PL torna passível de dedução, no Imposto de Renda (IR) das pessoas físicas, os gastos com aparelhos auditivos. Dados da Sociedade Brasileira de Otologia revelam que 25 milhões de brasileiros têm diminuição auditiva, dos quais 90% poderiam ser ajudados por tratamentos médicos, cirúrgicos ou por aparelhos de audição. Hoje, a Lei 9.250/95 permite dedução apenas para pagamentos efetuados a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e hospitais, bem como com as despesas com exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias.

 

Comportamento de Gualberto no Sindipetro

De um leitor: “Ontem, ao passar em Carmópolis conversando com companheiros que faziam campanha pela Chapa 2 para o Sindipetro, “teoricamente” apoiada pelo PT, que faz frente a chapa 1 apoiada pelo PSTU, ouvi muitas, mas muitas mesmos, críticas ao PT Sergipano, especificamente ao Francisco Gualberto que, segundo os ativistas, não se predispôs a comparecer a FAFEN para tentar reverter a vantagem aparente da Chapa 1 naquela empresa por causa de, segundo eles, “compromissos” do parlamentar com parte da base sindicalista ligada ao PSTU! Segundo eles isso vai ser averiguado e, se confirmado, demonstra que na verdade o Gualberto tem um projeto dele e não do partido PT. Este fato é lamentável e preocupante, pois o PSTU tem demonstrado ser oposição ao PT na esfera Estadual e Federal! Vamos ver o comportamento do partido frente a possibilidade de derrota de sua corrente no Sindipetro!”.

 

 

Profissionais qualificados

A coordenação dos cursos de Eventos e Turismo da Unit realiza no período de 2 a 6, nas dependências do Campus Aracaju Farolândia, cursos que visam capacitar profissionais que atuam especificamente em dois importantes segmentos turísticos: os restaurantes da Orla da Atalaia e a rede hoteleira composta por hotéis e pousadas. Os cursos de capacitação para garçons, na segunda-feira, dia 2, e de capacitação para recepcionistas na terça-feira, dia 3, serão ministrados na sala 48 do bloco B de forma gratuita e antecedem a Semana do Curso Tecnológico em Eventos, que será realizada às 19 horas no minishopping em frente ao bloco A.

 

Recuperação da estação do Marcos Freire II

A  Deso e a Adema assinaram na sexta-feira, 30, a ordem de serviço para as obras de reforma da Estação de Recuperação de Qualidade de Efluentes Norte (ERQ-Norte), estação tratamento de esgotos situada no conjunto Marcos Freire II, em Nossa Senhora do Socorro. Essas obras são as primeiras a serem executadas em 20 anos desde a sua construção. A primeira etapa da obra é o investimento no isolamento da área, com a construção de um muro de aproximadamente dois mil metros de comprimento e três de altura, evitando assim que pessoas não autorizadas tenham acesso à área. Neste primeiro momento, estão sendo investidos R$ 160 mil com recursos próprios da Deso, o que significa o compromisso no investimento em recuperação e manutenção da estrutura da empresa. Nas etapas seguintes, com valor final orçado em cerca de R$ 1,2 milhão, a Deso vai investir na aquisição de novos equipamentos, realizar a manutenção das caixas de areia e dos registros, recuperar toda a parte de iluminação e, por fim, a limpeza das lagoas de estabilização.

 

Posições polêmicas sobre assuntos polêmicos

De um leitor: “A TV Cultura de S. Paulo entrevistou na noite da última segunda-feira, 26 no  programa Roda Viva, o jornalista e escritor português Miguel Sousa Tavares. conhecido pelas suas posições progressistas e avançadas que é contra proibições como de fumar em público. Na entrevista se estranhou que ele se colocou contra a doção simples de crianças por casais homossexuais. Ele se defendeu dizendo que isso aí é porque trata-se de dirigir um ser humano, a criança, não se sabe se mais tarde  ele ficará constrangido ou aceitará possíveis criticas ou problemas que enfrentará dos demais. O jornalista e escritor é contra também a reforma ortográfica entre Brasil e Portugal”.

 

 Frase do Dia

“Eis uma missão dignificante: estimular crianças e jovens a ler literatura. A literatura faz pensar e alimenta o espírito crítico. Exemplo: ler Lima Barreto ajuda a aprender a ser brasileiro” (de um comentário de um professor).

 

 

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários