Como ver a vida com um belo sorriso!

0

“Se você faz o que sempre fez, você obterá o que sempre obteve.”  (Anthony Robbins)

Para se manter um sorriso bonito e saudável o principal é ter uma boa saúde bucal. Toda boca necessita de cuidados específicos para manter a chamada saúde bucal, incluindo os dentes, as gengivas, os ossos da face e outras estruturas de apoio dessa região, porém o principal conceito é de que uma boa saúde bucal certamente irá afetar de forma positiva toda a saúde do organismo de forma integral.

É muito Importante para se ter uma boa saúde bucal e a prevenção das doenças que podem atingir as gengivas é manter os dentes sempre livre de “cáries”.

O mau cuidado com a boca afeta sua aparência, a sensação de bem-estar e a autoestima, tendo sido associado também a problemas de sono e de comportamento, em crianças.

Além disso, pode comprometer a capacidade de se alimentar de maneira adequada, interessante é que essa questão se torna mais visível quando lembramos que manter uma alimentação balanceada ajuda a melhorar a saúde bucal.

Salientamos de que a saúde bucal independe da idade, sexo ou condição física, porém é mais importante nos idosos que tenham conseguido manter os seus dentes.

A má saúde bucal pode levar a graves repercussões no organismo como um todo, por exemplo: a gengivite (inflamação gengival) pode atingir o osso onde os dentes se apoiam; é muito importante referirmos de que caso não seja feito um tratamento adequado em tempo hábil, o indivíduo pode perder os seus dentes e facilitar o advento de doenças orofaríngeas ou da árvore respiratória.

Essas infecções formam placas dentárias compostas por bactérias que crescem continuadamente, ficam espessas e grudam nos dentes, e se não forem removidas na limpeza bucal podem evoluir para a formação do tártaro que contribui ainda mais para a ocorrência da gengivite.

Essas placas podem migrar para a traqueia ou pulmões levando a infecções bastante graves. Devemos salientar que os diabéticos descompensados têm maior risco que os não diabéticos de desenvolver gengivites.

Cuidados importantes:

  • Visite o dentista a cada 6 meses
  • Não Fume
  • Consuma de forma equilibrada bebidas alcoólicas
  • Escove os dentes no mínimo 2 vezes ao dia (prefira um creme dental com flúor) ao acordar e antes de dormir
  • Siga sempre a orientação do seu dentista
  • Use fio dental pelo menos 1 vez ao dia
  • Alimente-se de forma saudável
  • Evite o uso de “chicletes ou gomas de mascar”

Escova de Dente:

A ideal deve ter cerdas macias e com as cabeças menores, pois são mais adequadas na retirada de placas bacterianas e restos alimentares, além de terem um alcance maior, notadamente na região mais posterior da boca.

Porém elas têm uma vida útil curta, em torno de três meses devendo serem  trocadas após esse tempo; ou então após infecções orofaríngeas para evitar uma reinfecção após a cura.

Fio Dental:

  • O seu uso requer alguns cuidados:
  • Separe cerca de 40 – 50 cm de fio dental e enrole as pontas em cada um dos dois dedos médios deixando aproximadamente 2-3 cm de fio livres para uso
  • Mantenha o fio bem posicionado com os polegares e dedos indicadores
  • Passe o fio ao redor e entre os dentes, cuidadosamente no espaço entre o dente e a gengiva, tentando remover as placas
  • Cada vez que você mudar de espaço, vá desenrolando o fio em um dos dedos e enrolando no outro, de forma que sempre use porção nova de fio.

Escovar bem os dentes para se ter uma boa saúde bucal!

O bom senso nos recomenda que a escovação correta não deve ser nem muito rápida nem demasiadamente longa, em média dois a três minutos são necessários e suficientes para uma boa escovação.

É bom lembrar que os movimentos da escova devem ser suaves e curtos, procurando atingir principalmente a região localizada entre os dentes, aonde eles se encontram com as gengivas e aqueles mais posteriores ou que foram restaurados.

Dicas:

  • Inicie na parte dos dentes voltada para as bochechas, começando nos dentes superiores e após nos inferiores
  • Prossiga pela parte interna dos dentes (sempre inicie pelos de cima)
  • Passe então para a região dos dentes que é usado para mastigação
  • Conclua com uma boa escovação da língua, para finalizar de forma completa a limpeza bucal.

Portanto, um sorriso bonito deve ter em sua retaguarda o apoio de uma boa saúde bucal. Devemos salientar de forma bastante segura que a promoção, a prevenção e a recuperação da saúde bucal, devem fazer parte do contexto de trabalho de todas as instituições que prezam pela saúde e pela qualidade de vida de nossa população.

Uma excelente semana com muito sorriso e bastante saúde.

Comentários