Compasso de espera

0

Até que a Assembleia vote novamente o Proinveste, provavelmente na 1ª quinzena de março, a máquina estadual permanecerá em compasso de espera, com secretários e dirigentes do 2º escalão aguardando a anunciada reforma administrativa. Sem saber se ficam ou se deixam o governo, muitos auxiliares estão empurrando os compromissos com a barriga, pois temem tomar providências que seriam desfeitas pelos substitutos. Em outras palavras, o Executivo está em marcha lenta e deverá permanecer assim por mais algum tempo. Há quem suspeite que a reforma do secretariado, anunciada no início do ano, só será concluída no final de abril. Se isso acontecer, a máquina administrativa ficará emperrada por quase todo este 1º semestre.

Ciúme tolo

Lideranças políticas ligadas ao governo têm se queixado da oposição, que anda alardeando no interior ser a responsável pela provável aprovação do Proinveste e, por conseguinte, pelas obras estruturantes a serem executadas no estado. A reclamação é tola, pois o próprio governador Marcelo Déda (PT) já disse que ninguém será pai dos investimentos realizados com os recursos do Proinveste. Em vez de ficarem com ciúmes bobos, os governistas deveriam colocar o pé na estrada, como têm feito os oposicionistas.

Prestígio

Corre à boca miúda que o governo estadual está tendo dificuldades para conseguiu junto à Caixa Econômica Federal a liberação do servidor Jeferson Passos, convidado para assumir a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. Não deve ser verdade, pois mesmo sendo oposição ao governo federal, o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), conseguiu rapidamente que a Caixa liberasse Luciano Paes para assumir a Secretaria Municipal de Planejamento e Orçamento.

Salários

A Câmara Municipal de Capela vota amanhã dois Projetos de Lei do Executivo relacionados à situação dos servidores efetivos. O primeiro trata da revisão anual do piso salarial dos professores, que passa a vigorar com reajuste de 7,97%. O outro trata sobre o reajuste salarial de 9% para cerca de 400 servidores, entre os quais serventes, vigilantes e auxiliares de serviços gerais.

Inimiga nº 1

Qualquer hora dessas o Sindicato dos Professores da Rede Estadual considera a prefeita de São Cristóvão, Rivanda Batalha (PSB), a inimiga número um da categoria. E não é pra menos. Desde que assumiu, a prefeita tem retirado benefícios dos educadores. Na última sexta-feira, a Câmara de Vereadores aprovou um projeto excluindo da remuneração do Magistério a regência de classe, titulação e triênios. Falta pouco para também suspender os salários. Que horror!

Japoneses

A empresa japonesa Yazaki pretende instalar-se ainda este ano em Sergipe. É o que informa o jornalista Eugênio Nascimento no blog Primeira Mão. Os japoneses deverão vir a Sergipe em março próximo para comunicar ao governador Marcelo Déda (PT) o início das obras. A fábrica irá produzir componentes elétricos (chicotes elétricos automotivos) para os veículos que são produzidos na Bahia e Pernambuco.

Por quê?

E a SMTT vai esperar até quando para a empresa VCA substituir os 40 ônibus que foram apreendidos por decisão Judicial? Desde que estes coletivos saíram de circulação da Grande Aracaju, o sistema de transporte coletivo ficou ainda mais precário. Como perguntar não ofende, por que será que a SMTT já não aplicou uma pesada multa na VCA? Será que o contrato de concessão não prevê punição para empresas que deixam os usuários a ver navios?

Mudança

Estão bem encaminhados os entendimentos para o pastor Virgínio Carvalho (PSC) substituir a senadora Maria do Carmo Alves (DEM). Primeira dama de Aracaju, a demista deverá assumir a Secretaria Municipal de Assistência Social, cargo que já ocupou com sucesso quando seu esposo João Alves Filho (DEM) era governador de Sergipe. Há quem garanta que dona Maria se afastará do Senado nos próximos dias. Aguardemos, portanto!

Feira de animais

Foi aberta ontem em Aracaju mais uma edição da Feira Agropecuária do Estado de Sergipe. Uma das atrações do evento, que prossegue até domingo, é o Bode Shop Show, mostra de produtos de caprinos e ovinos, incluindo churrasco de cabritos e cordeiros, sorvetes de leite de cabra, produtos cosméticos e artesanato de couro. Promovida pela Federação Sergipana da Agricultura no Parque de Exposição João Cleofas, a feira tem o apoio do Sebrae.

Valeu, amigo!

Um forte abraço de agradecimento ao colega César de Oliveira, que, gentilmente, fez a foto do titular deste espaço para ilustrar o blog.

Do baú político

Os partidos de esquerda já foram tão radicais que se apegavam nos argumentos mais subjetivos para recusar uma filiação. Dizem que alguns chegaram ao desplante de questionar até a cor da cueca usada por quem pretendia se filiar. Duas vítimas dessa visão caolha dos partidos foram a jornalista Ilma Fontes e o poea Mário Jorge, de saudosa memória. Entrevistada pelo jornalista Osmário Santos, Ilma conta que, embora reconhedidamente de esquerda, os dois foram rejeitados pelo Partido Comunista Brasileiro e Partido Comunista do Brasil. “Eu era louca para entrar no PCB, mas me rejeitaram. Tanto o Pecebão quando o Pecebinho não nos consideravam sérios, só porque agente dançava twist no Iate e gostava dos Beatles”. Pode uma coisa dessa?

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais