Compra de votos: SE entre os estados onde se registra maior número

0
Levantamento realizado pelo “O Estado de S. Paulo”: Sergipe ocupa, entre os estados do Nordeste, uma triste quarta posição na compra de votos.

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A cada eleição a história se repete. As primeiras madrugadas de outubro são recheadas de adrenalina e aventura para os velhos conhecidos da politicalha brasileira: os compradores de voto. Os alvos mais fáceis são sempre moradores de bairros afastados, povoados e pessoas vulneráveis socialmente. A compra de votos fere a democracia, altera o objetivo principal da eleição e cria um exército de fora-da-lei que após os pleitos desfilam cinicamente no seio social como “pessoas de bem”. Além de hipócrita estes canalhas são criminosos. Isto mesmo, para a lei, quem compra voto é um criminoso tal qual estrupadores, homicidas, latrocidas e correlatos, diferenciando-se destes apenas pela natureza do crime e da pena imputada.

E o mais complicado de diferenciar um ladrão de meia tigela de um comprador de votos é a de que neste último há um quê de demência e distúrbio de caráter. O cinismo é tanto que não é de se estranhar de encontrá-los a frequentar a missa ou o culto agradecendo pela “graça alcançada” quando conseguem a custa de enganar e surrupiar a boa vontade alheia colocar no poder os fantoches que compartilharão as beneficies e mordomias estatais e públicas. Os compradores de votos frequentam cinemas, festas badaladas, podem sair em colunas sociais, e o pior: são pessoas instruídas, geralmente com nível médio, superior ou até pós-graduação.

No entanto, o mais triste é perceber que nem com o endurecimento das leis a vigilância dos órgãos fiscalizadores amedrontam estes criminosos de ocasião. Uma pesquisa feita Tribunal Superior Eleitoral, em 2014, constatou que 28% dos brasileiros revelou ter conhecimento ou testemunhado a prática de compra de votos

O processo político-eleitoral brasileiro é marcado ao longo de sua história por várias denúncias de corrupção que maculam a confiança do eleitor. Diante de tais circunstâncias, muitas vezes sistêmicas, o ordenamento jurídico veda algumas condutas extremamente reprováveis, tais como o abuso de poder político e a compra de votos. Estas se tornam mais danosas ao funcionamento democrático das eleições em virtude de sua disseminação.

Já um levantamento realizado pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e publicado em julho deste ano aponta que o Norte e Nordeste são as regiões brasileiras que registraram, proporcionalmente, o maior número de investigações por crimes eleitorais nos últimos dez anos no Brasil. A compra de votos, responsável pela maioria dos inquéritos policiais abertos, afeta negativamente a democracia representativa e altera completamente o principal objetivo de um processo eleitoral: garantir que a população escolha livremente os seus representantes. Por sua vez, este cenário vai contra um dos pilares básicos da democracia, ou seja, eleições livres e regulares.

Conforme os estudos, Sergipe ocupa, entre os estados do Nordeste, uma triste quarta posição, perdendo apenas para o Alagoas, Paraíba e o Rio Grande do Norte. Ou seja, os políticos sergipanos ainda lançam mão desta inominável prática que compromete a lisura do processo democrático e atesta o quão limitados são nossos ilustres líderes. Se o discurso não convence, o dinheiro arrasta, parafraseando a máxima tão conhecida. A matéria completa.

E o arsenal para comprar os votos são os mais diversos, conforme consta na nossa legislação. Entre as leis que tratam do tema estão o Código Eleitoral e da Lei das Eleições. A compra de votos é coibida no ordenamento jurídico brasileiro e o próprio Código Eleitoral apresenta:

“Art. 299. Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita: Pena – reclusão até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa.”

Já a Lei de Eleições, por sua vez, traz uma nova punição para a captação ilícita de sufrágio, a famigerada compra de votos. De acordo com o artigo 41-A:

“41-A. Ressalvado o disposto no art. 26 e seus incisos, constitui captação de sufrágio, vedada por esta Lei, o candidato doar, oferecer, prometer, ou entregar, ao eleitor, com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição, inclusive, sob pena de multa de mil a cinquenta mil Ufir, e cassação do registro ou do diploma, observado o procedimento previsto no art. 22 da Lei Complementar no 64, de 18 de maio de 1990.”

Mas existem dois subterfúgios muito usados por quem procura ludibriar a legislação e vencer as eleições à base da ganância e da enganação: o abuso do poder político e do poder econômico. O primeiro se configura quando a autoridade utiliza da sua função ou cargo para beneficiar a sua própria candidatura ou a candidatura de determinada pessoa; enquanto o poder econômico é criado a partir de doações acima do limite legal, caixa dois, dinheiro não contabilizado e tudo isso desequilibra financeiramente as candidaturas, favorecendo uma em detrimento de outras.

De sorte que nestas movimentadas noites da primeira semana de outubro, enquanto os movimentos em direção às camadas populares se avolumam, será que dormirá em berço esplêndido o MPE e MPF Eleitoral e PF? E a população, vai fingir que nada vê ou será altiva e denunciará os compradores de votos ou seus mensageiros? Vamos ao nascer do sol dos próximos dias.

Debate TV Sergipe Pelas redes sociais os partidários dos sete candidatos comemoraram cada um puxando a “sardinha” para o seu.  A verdade é que o percentual de telespectadores que não tinha candidato e assistiu ao debate  foi ínfimo. Quem não gosta de política não fica acordado até 1 hora da madrugada para assistir um debate, principalmente em plena terça-feira. 

Fazenda da Esperança Num passado recente, quando uma personalidade sergipana ocupava uma determinada Secretaria do governo do Estado, a Fazenda foi muito perseguida e maltratada. Poucas pessoas sabem da humilhação e dos “chás de cadeira” que o então bispo de Propriá, Dom Mario, recebeu. Ele sempre foi o grande “padrinho” em Sergipe dessa nobre instituição.

Fazenda da Esperança II Os que sempre prejudicaram a Fazenda da Esperança, com o atraso de repasses para a manutenção da mesma, posam, hoje, de palatinos da moral. Deus tá vendo tudo!

5º Capítulo da novela “Os Pothocas de Socorro”: desespero eleitoral E o “Pothoca” rei está desesperado nos últimos dias. Passou do limite na loucura brigando com lideranças do interior porque o seu “chefe” está caindo pelas tabelas. Nervoso briga com todo mundo cobrando votos. Só um milagre para reverter o quadro. Tudo porque o povo está atendendo o pedido do próprio chefe.

Cáritas e um parcelamento não cumprido O blog recebeu documentação mostrando que uma ex-gestora não cumpriu o prazo de um recurso enviado pela Cáritas Brasileira e depois fez um parcelamento que não cumpriu. O processo ainda tramita mesmo a passos de tartaruga. Alguém sabe o motivo do processo não andar normalmente?

Quem quer dinheiro E na terra de Sergipe Del Rey onde tudo “se pode” um candidato a deputado recebeu R$ 100 mil do fundo partidário e não resolveu gritar “quem quer dinheiro.”

Reta final é cada um por si Na semana que antecede a eleição os nervos estão à flor da pele e o clima dentro das coligações é quase sempre de desarmonia. É cada um por si… Na coligação governista, por exemplo, a turma está “p da vida” com alguns candidatos a deputado que não se empenharam a favor dos candidatos majoritários. Um dos alvos mais atacados dentro das hostes da situação é o deputado Zezinho Guimarães (vejam vídeo antigo que mostra sintonia entre o deputado e Amorim https://www.youtube.com/watch?v=-MXjDuviu7w  ) a quem acusam de fazer corpo mole. Os ataques também são direcionados à Gorete Reis, e até ao sempre benquisto Garibalde Mendonça. Estes, e outros estão na alça de mira de possíveis retaliações do grupo que comanda o estado atualmente.

Laércio Oliveira e Fábio Mitidieiri Já os postulantes à Câmara Federal também tem sido alvos de constantes reclamações de terem feitos suas campanhas paralelas. É o caso do neogovernista Laércio Oliveira e Fábio Mitidieri que pouco se vê nas movimentações do grupo a que pertence. Laércio Oliveira além de ser tachado de ingrato por ocupar cargos no governo é, via de regra, chamado de golpista por alguns. Mas tudo em off. Já a reclamação contra os Mitidieri é que eles articularam a ida de Belivaldo ao PSD e depois passaram a  concentrar suas ações mais nas candidaturas familiares.

Receita Federal detalha para associados da ASEOPP segunda etapa do eSocial A segunda etapa da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial), que está em andamento, foi detalhada para os associados da Associação Sergipana de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP, pelo auditor fiscal Nilson Lima com a presença do Delegado da Receita Federal em Sergipe, Marlton Caldas e Souza.

Ação conjunta O projeto eSocial é uma ação conjunta dos seguintes órgãos e entidades do governo federal: Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social – INSS e Ministério do Trabalho – MTb. Por meio desse sistema, os empregadores passarão a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS.

Simplificação A implantação do eSocial viabilizará garantia aos diretos previdenciários e trabalhistas, racionalizará e simplificará o cumprimento de obrigações, eliminará a redundância nas informações prestadas pelas pessoas físicas e jurídicas, e aprimorará a qualidade das informações das relações de trabalho, previdenciárias e tributárias. A legislação prevê ainda tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas. O delegado da RF, Marlton Caldas e Souza destacou a importância que é de fundamental importância que o empresário tenha o conhecimento total deste novo sistema.

Todos segmentos Ao fazer uma apresentação minuciosa sobre todo o sistema Nilson Lima ressaltou que o empresário precisa entender agora que todos os segmentos da empresa devem se envolver e não apenas os contadores. “É preciso entender que no e-Social simplesmente deixar para o contador não resolve”, disse ao destacar a segurança do sigilo dos dados da empresa e a agilidade do sistema através da integração de diversos órgãos. “A sociedade ganha, as empresas ganham com a redução do custo Brasil e os trabalhadores têm mais segurança.”, registrou Nilson Lima.

Agradecimento O presidente da ASEOPP, Luciano Barreto, agradeceu a presença dos gestores da Receita Federal em Sergipe e disse que todos empresários querem trabalhar de acordo com a legislação. “Temos a esperança que apareça uma legislação mais simples e caminhando para que todos paguem um pouquinho menos”, disse.

Combate a informalidade Luciano Barreto pontou algumas necessidades alertando que o maior problema hoje para os pequenos e médios empresários é a concorrência desleal com a chamada informalidade que hoje chega a construir mil casas, através do financiamento do FGTS, mas sem recolher para o fundo como fazem as empresas. “Esses empreendedores individuais não registram os trabalhadores e não recolhem as contribuições”, arguiu pedindo para que os órgãos envolvidos no e-Social combatam essa informalidade desigual. “Não pode considerar informalidade quem constrói mil casas sem as condições exigidas para as empresas formalizadas”, reforçou.

TRE-SE emite alerta aos eleitores: Cuidado com as Fake News Com a proximidade das eleições, o número de Fake News criadas para tentar enganar os eleitores aumentam exponencialmente. O TRE-SE orienta que tais mensagens não sejam compartilhadas e conta com a colaboração de todo o eleitorado sergipano para que sejam garantidos a segurança e o sigilo do voto.

Informações falsas Entre as centenas de informações falsas há uma que afirma ser necessário votar em todos os cargos, pois caso o eleitor vote apenas para Presidente, por exemplo, tornaria todos os votos nulos, inclusive o de presidente. A Justiça Eleitoral esclarece que tal afirmação é falsa. Exemplificando com um caso concreto, caso o eleitor decida votar apenas para deputado federal, é possível deixar os outros votos em branco, ou mesmo anular os demais, mantendo-se íntegro o voto inserido na urna. O mesmo raciocínio se aplica para os demais cargos.

Crimes Outra Fake News que está circulando pela internet orienta que o eleitor anote no caderno de votação o número do seu candidato de predileção. O TRE-SE alerta que esta atitude é proibida e pode configurar a prática de crimes eleitorais como boca de urna, desobediência e desordem. O TRE-SE disponibiliza em seu sítio eletrônico o guia do eleitor contendo informações sobre ordem de votação, locais de votação, links para manuais de mesários, sobre fiscalização nas seções eleitorais, entre outros assuntos.

Antes de compartilhar, desconfie! Confirme sempre as informações por meio do site do TRE-SE (www.tre-se.jus.br ), ou mesmo nas publicações feitas por veículos de imprensa com credibilidade. Por fim, vale lembrar que os criadores das Fake News eleitorais, bem como aqueles que as compartilham, podem ser penalizados por tal ato. A Justiça Eleitoral, Ministério Público e Polícia Federal estão atentos as práticas que objetivam lesar a legitimidade das Eleições Gerais de 2018.

Academia Sergipana de Letras homenageia Augusto Leite Em ato solene que aconteceu no final da tarde da última segunda-feira, o médico Augusto Leite foi homenageado pela Academia Sergipana de Letras, com a aposição de sua foto na Galeria de Honra da casa da intelectualidade de Sergipe. O homenageado, considerado uma das mais expressivas referências da Medicina em Sergipe, foi também fundador, em 1º de junho de 1929, da Academia Sergipana de Letra, sendo o primeiro ocupante da Cadeira nº 35.

Presenças A sessão solene dirigida pelo imortal Anderson Nascimento, presidente da Academia, foi prestigiada com presença de diversos imortais da ASL, membros da Academia de Medicina de Sergipe, da Sociedade Médica e de familiares do homenageado, entre eles, a sobrinha, a desembargadora aposentada e imortal, Clara Leite de Rezende, e o neto, o ex-governador e também imortal Albano Franco, que em nome da família agradeceu a homenagem.

Resumo Na oportunidade, foi apresentado resumo sintético da vida e da obra de Augusto Leite, que se destacou como médico clínico e cirurgião, professor, escritor e político, Como médico humanitário e dotado de espírito inovador, Augusto Leite foi fundador, entre outros marcos da Medicina em Sergipe, do Hospital de Cirurgia, da Maternidade Francisco Melo, da Escola de Auxiliares de Enfermagem e da Faculdade de.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Atenção Justiça Eleitoral: SMTT prevarica a não multar carro em canteiro de candidato do governo Pelo zap: Nós que alugamos vans para candidatos da oposição estamos recebendo multas em excesso da SMTT, enquanto isso diariamente, no fim da tarde essa amarok preta (NZN- 3067) que trabalha para a campanha governista é estacionada no canteiro da Avenida Tancredo Neves com a Avenida Beira Mar e os agentes de trânsito fecham os olhos. Um absurdo! Nós trabalhadores temos que pagar multas, mas quem faz parte do esquema governista pode estacionar em qualquer lugar. Será que a Justiça eleitoral não pode punir o candidato responsável pelo veículo?”

Contrassenso e negligência Pelo zap: “Seca no sertão, violência na Região Metropolitana de Aracaju, desemprego no estado e nesta reta final a maior parte dos candidatos ao Governo do Estado se preocupam em fabricar pesquisas de instituto de familiares ou criar factóides virulentos e maldosos contra seus opositores. Graças as redes sociais, que de um lado massifica as “fake news”, também tem raio de alcance capaz de desmentir os fatos mentirosos. Um contrassenso e uma negligência descabida de quem pretende lidera o povo sergipano nos próximos quatro anos. Contra as redes sociais e uma imprensa livre não há marketing que suporte.”

Folclore nas noitadas de Aracaju Pelo zap: “No folclore político sergipano tem de tudo. O “Barba Branca,” antigo rato de rádio que conseguiu emergir da escuridão dos esgotos para defensor de administrações que melhor lhes paguem. Este danado anda aprontado pelas ruas de Ará. Outro personagem bem autêntico não é Rapunzel, não é a Bela Adormecida. A personagem deixou os sete anões a anda sorrateira nas periferias da capital. Não porta um cesto de maçãs, mas leva sempre um catálogo de animas das águas e das florestas bem queridos pelo povo. Mas se procurar bem os seres mitológicos que perambulam nas madrugadas da cidade vão encontrar de monte.”                                                                       

Mais uma obra, que saiu do papel… Agora é realidade! Pelo zap, da ascom A Prefeitura de Maruim, através da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, está finalizando a obra de construção da praça, que fica entre as ruas Santo Amaro e Santa Luzia. Será o mais novo cartão-postal para quem entra em nossa cidade pela Rodovia SE-431. A obra faz parte de convênio firmado com o Governo Federal, através do Ministério do Turismo.

“Jackson Barreto odeia Ribeirópolis”, afirma vereador Max O líder do prefeito, vereador Ney Max Santana Oliveira (Max de Zé de Toinho/DEM) listou as promessas feitas pelo ex-governador Jackson Barreto em Ribeirópolis e não cumpridas em sua gestão.

Promessas Na tribuna, Max citou as promessas: pavimentação asfáltica da estrada que dá acesso ao Povoado Fazendinha, reabertura da fábrica de calçados, recuperação da Rodovia Pedro Paes Mendonça, pavimentação asfáltica das ruas na sede do município, além de atraso nos repasses do convênio da saúde (clínica da família) e o atraso nos repasses do convênio para o transporte escolar.

Burocracia O democrata também frisou e lamentou a burocratização da Adema para liberação de licenças ambientais do cemitério municipal e a limpeza da barragem do Povoado João Ferreira (o maquinário chegou quando a barragem estava cheia). Segundo Max, todas as promessas mencionadas foram feitas pelo ex-governador Jackson Barreto e não foram cumpridas.

Dívida “Ficaram devendo mais de R$ 800 mil de repasses para educação. Aí quando reclamam que a Praça Padre Aleixo (Baixa Fria) não foi reformada é porque o prefeito Antonio Passos prioriza a educação, o transporte escolar, a saúde com os recursos próprios”, comentou Max. (Franklin Andrade/ASCOM/Câmara de Ribeirópolis).

São Cristóvão: Paulo Júnior é eleito presidente do legislativo  A Câmara de Vereadores de São Cristóvão, na Grande Aracaju, realizou ontem (2) a eleição para a composição da Mesa Diretora para o biênio 2019/2020. O vereador Paulo Roberto de Santana Júnior, mais conhecido como Paulo Júnior (PSL), foi eleito o novo presidente da Câmara a partir de janeiro de 2019 e vai assumir a vaga ocupada hoje por Vanderlan Correia (MDB). Natural de São Cristóvão, Paulo Júnior, tem 31 anos, é bacharel em Direito e servidor público estadual.
Composição A chapa, liderada por Paulo Júnior, foi a única que concorreu ao cargo e recebeu 14 votos. A composição da Mesa Diretora eleita para o biênio 2019/2020 ficou da seguinte forma: Paulo Júnior (PSL) – presidente, Edson Pereira(SD) – vice-presidente, Djalma Santana(PRP), – 1° secretário e Diego Prado (PSDB) – 2° secretário.
Renovação Ao final da votação, Paulo Júnior fez uso da palavra e agradeceu aos vereadores.“Diante do processo de renovação da Mesa Diretora, após o resultado posso dizer que não houve vencedores nem vencidos. Quero agradecer a cada vereador aqui presente que me confiou o voto. Contem comigo, faremos uma administração transparente com ética e repeitando os demais vereadores e funcionários desta casa, para que juntos possamos fazer ainda mais por São Cristóvão. Nosso desafio é implementar o plano de cargos e salários dos servidores efetivos desta casa, dar mais publicidade as ações dos parlamentares nesta casa, bem como futuramente a realização do concurso público”, finalizou.  O vereador Rafael Oliveira do PT se absteve da votação.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

DO BLOG ESPAÇO MILITAR

DOCUMENTO OFICIAL COMPROVA QUE VIATURA APA DO CBMSE CONTINUA SEM A DEVIDA MANUTENÇÃO.

O blog Espaço Militar teve acesso a um documento oficial, datado de ontem (01), que comprova que uma das principais viaturas do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE), a APA (Alta Plataforma Aérea), que serve para combate a incêndio e salvamento em prédios e edificações acima de três andares, está sem condições de operação em decorrência da falta de manutenção.

O documento mostra claramente a importância da devida manutenção na citada viatura, visando resguardar a integridade do equipamento e, principalmente, a segurança dos bombeiros militares que estejam operando, sendo transportados e/ou estejam próximos durante a operação do equipamento, visto que o mesmo é de alta complexidade e que esteve parado por um longo período e com partes expostas a sol e chuva, podendo gerar danos às válvulas e sensores.

Só para se ter uma ideia, o documento detalha quando foram feitas as últimas manutenções da citada viatura:

– Chassi Scânia – realizada no dia 20/04/2017 e vencida no dia 20/10/2017.

– Equipamento Bronto – realizada no dia 06/07/2017 e vencida no dia 06/10/2017.

Ou seja, ambos com quase 01 (um) ano de manutenção atrasada.

De acordo com o item 8º da página 08 do manual Instruções Operacionais da Bronco Skylift, onde trata de “Instruções e Alertas Gerais Sobre a Segurança Operacional”, diz o seguinte: “Não opere a unidade que não tenha sofrido a manutenção adequada ou que não tenha passado pelas revisões regulares”.

Nos itens 6º e 7º, na página 04 da Tabela de Manutenção Periódica, diz o seguinte:

– “Precauções a serem tomadas antes de grandes períodos de inatividade: dependendo do clima, a unidade deve ser limpa e tratada com o componente protetor adequado”.

– “Antes de religar a unidade após grandes períodos de inatividade, efetuar a revisão de 250 horas”.

Portanto, tal documento só vem a comprovar que a viatura APA (Alta Plataforma Aérea), está sem há devida manutenção há mais de 11 meses.

Deixamos a pergunta: será que o blog Espaço Militar e outros órgãos da imprensa estão faltando com a verdade ou desinformados?

Encaminhados o documento para o whatsapp do Secretário de Comunicação do Governo do Estado, para saber se gostaria de se manifestar acerca do mesmo, porém até a publicação desta matéria não obtivemos resposta, mas estaremos à disposição para publicação de alguma resposta caso queira se manifestar.

Gostaríamos de deixar claro que o blog Espaço Militar prima pela segurança dos bombeiros militares e de pessoas que necessitem serem salvas com a utilização de tal viatura, devendo esta estar com suas manutenções em dia.

ADVOGADO OFICIA MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL SOLICITANDO QUE APURE O FATO DA FALTA DE MANUTENÇÃO DA VIATURA APA DO CBMSE.

Na manhã da terça, dia 02, o advogado Márlio Damasceno oficiou o Ministério Público Estadual, mais precisamente as Promotoras de Justiça Dra. Euza Maria Gentil Missano e a Dra. Mônica Hardman, respectivamente responsáveis pela Promotoria de Defesa do Consumidor e pela Promotoria de Relevância Pública, solicitando que apure a falta de manutenção da viatura APA (Alta Plataforma Aérea) do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE), fato que já perdura por vários meses, conforme consta de documento oficial da corporação, veiculado na imprensa sergipana, cujo fato preocupa a sociedade sergipana e principalmente, os bombeiros militares que operam equipamento tão complexo e caro.

No ofício foi destacado que a falta de manutenção, conforme documento anexado, visa resguardar a integridade do equipamento e, principalmente, a segurança dos bombeiros militares que estejam operando, sendo transportados e/ou estejam próximos durante a operação do equipamento.

Ressalte-se ainda, que a viatura APA é importante para combate a incêndio e resgate em prédios e edificações acima de três andares. Só para se ter um exemplo, tal viatura foi primordial para combater o incêndio ocorrido no Makro, pois com a plataforma içada, os bombeiros puderam direcionar de cima, os jatos de água para os principais focos.

Obs: Será que a falta de manutenção da APA deve ser o presente dado pela comemoração de mais um ano da corporação comemorado ontem? Uma pergunta que não quer calar no Corpo de Bombeiros.

PELO TWITTER

www.twitter.com/AntonioJMoraes Vocês conhecem alguém que já foi preso e processado por ter vendido ou comprado voto?! EU NÃO! Os órgãos de fiscalização fazem vista grossa para isso para continuarem a receber recursos para bancar suas pomposas aposentadorias e pensões, além de seus auxílios-moradia.

www.twitter.com/WillamesSilvad3 Boa tarde! Meu amigo, precisamos que comecem a falar e levar a sério o nosso transporte publico do estado, é anos sem melhorias. Cadê a licitação do transporte intermunicipal, vamos ficar viajando de “VAN” sem banheiro e sem AC até quando ? 2060? Absurdo demais.

www.twitter.com/dilsonramoslima Outra ‘limpa’ de robôs no Twitter e lá se vão duas centenas de seguidores. Como diria uma amiga minha, “é ruim ,mas é bom”

www.twitter.com/frednavarro No Twitter, que tem especialistas pra tudo, uma turma de destaca: a de especialistas que sabem votar melhor do que você. Inclusive, já têm um candidato bem melhor que o seu. Caras incríveis…

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa. ” Jô Soares.

Comentários