Contra os pobres

0

É muito estranho o silêncio de grande parte dos congressistas sobre a chantagem deste governo militar, que promete somente socorrer financeiramente os estados se os congressistas aprovarem a funesta reforma da Previdência. É muito estranho que os nossos deputados e senadores não reagem contra esta criminosa chantagem? Será que concordam com ela? É bom que o eleitor fique de olho naqueles que, apesar desta maldade do Palácio do Planalto, votarem para que milhões de trabalhadores pobres fiquem sem à minguada aposentadoria, pois morrerão antes. Os deputados e senadores que apoiarem tamanha perversidade são inimigos do povo e merecem ser punidos com a não reeleição, pois – sabe-se lá por quais motivos – pretendem se curvara aos interesses escusos deste governo desalmado. Santo Cristo!

Feito à ordem

Após a grande repercussão sobre a desastrosa prisão de um cadeirante por truculentos guardas municipais de Aracaju, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) resolveu chamar o feito à ordem. Mandou abrir um Procedimento Investigativo Disciplinar e afastar os guardas envolvidos até o fim das apurações. A Secretaria de Ação Social já ouviu ouvir as organizações representantes pessoas com deficiência. Nogueira também pretende firmar um convênio com a Polícia Federal para capacitar os guardas municipais. Melhor assim!

Corda bamba

A qualquer momento, a Justiça pode decretar a prisão do ex-deputado estadual Paulinho da Varzinha (PTdoB). É que a primeira turma do Supremo Tribunal Federal revogou a decisão liminar que suspendia o cumprimento da pena pelo ex-parlamentar. Ele foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado, sob a acusação de ter usado em benefício próprio verbas de subvenção da Assembleia. Situação idêntica é a do ex-deputado estadual Augusto Bezerra (PTC), condenado em 2ª instância pelo mesmo motivo. Danôsse!

Política externa

E quem almoçou com Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores, foi o deputado federal Valdevan Noventa (PSC). Antes do regabofe, parlamentares evangélicos debateram com o ministro sobre soberania nacional, reorientação da política externa brasileira, liberdade religiosa e as relações entre Brasil e Israel. Noventa garante que o encontro com Ernesto Araújo foi pra lá de proveitoso. Então, tá!

Lesma lerda

O Tribunal de Contas de Sergipe é mais vagaroso que uma lesma. Pois não é que só ontem, os conselheiros tiveram tempo para julgar processos de prefeituras referentes a 2012, 2013, 2014 e 1015. Tá achando muita lentidão? Pois na mesma sessão, a conselheira Angélica Guimarães votou pela aprovação das contas anuais da Prefeitura de Umbaúba referentes ao exercício de 2006. Homem, vôte!

Agora é crime

O Supremo Tribunal Federal decidiu criminalizar a homofobia. Agora, o crime de racismo será enquadrado nos casos de agressões contra lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis. A homofobia também poderá ser utilizada como qualificadora de motivo torpe no caso de homicídios dolosos ocorridos contra homossexuais. Religiosos e fiéis não poderão ser punidos por racismo ao externarem suas convicções doutrinárias sobre orientação sexual, desde que estas manifestações não configurem discurso discriminatório. Ah, bom!

Imobiliária oficial

A Câmara de Aracaju autorizou a Prefeitura a vender terrenos públicos localizados em vários pontos da capital. Em 2014, os vereadores também aprovaram projeto permitindo a venda de 100 mil metros quadrados de terrenos públicos no bairro Coroa do Meio. Na época, a justificativa para autorizar o comércio foi a de que os terrenos não eram utilizados e que geravam despesas para a sua conservação. É, pode ser!

Contra a maré

Sem solução para o grande volume de areia lançado diariamente pelas marés na praia Treze de Julho, a Prefeitura de Aracaju colocou um trator para abrir o acesso das águas ao canal da avenida Anísio Azevedo. É a mesma coisa que enxugar gelo, pois horas depois de retirada, a areia é devolvida pelas águas. Neste caso, bom mesmo só para o dono do trator, alugado para “nadar contra a maré”. Crendeuspai!

Boa causa

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) fez uma doação de R$ 5 mil ao Instituto Beneficente Emmanuel. O dinheiro foi resultado da indenização por danos morais paga ao comunista pelo presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe, João Augusto. Nogueira provou na Justiça que o sindicalista lhe fez declarações caluniosas. A presidente do instituto, Maria Heloisa Ballester, disse que o dinheiro vai pagar a reforma do telhado da instituição. Maravilha!

Olho no santo

A procissão em homenagem a Santo Antônio atraiu, ontem, grande número de políticos para Itabaiana. Além das lideranças filhas do município, estiveram por lá o governador Belivaldo Chagas (PSD), os deputados federais Fábio Mitidieri (PSC) e Bosco Costa (Pros), entre outros menos votados. Com um olho no santo e o outro na multidão, os políticos aproveitaram a festa religiosa para medir a popularidade junto ao eleitor. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no aracajuano Jornal de Notícias, em 31 de março de 1932

Resumo dos jornais

Comentários