Contrato irregular

0

A Assembleia foi impedida de levar à frente o projeto de desmoralizar o Ministério Público. Liminarmente, a Justiça considerou irregular a contratação do advogado criminalista Carlos Alberto Menezes. O causídico ia ganhar R$ 200 mil do Legislativo para confrontar os promotores responsáveis pelas investigações sobre a vergonhosa farra bancada pelas verbas de subvenções do Legislativo. Mesmo estando evidente que o contrato afronta princípios da legalidade, finalidade, impessoalidade e moralidade, a presidência do Parlamento promete recorrer contra a decisão judicial. Seria mais prudente se, em vez de gastar dinheiro público para tentar desmoralizar os promotores, a Assembleia se juntasse ao Ministério Público visando identificar as possíveis irregularidades cometidas com as verbas de subvenção. Só assim, aquela Casa reconquistará o respeito do povo sergipano.

De olho em 2016

O secretário estadual da Saúde, Zezinho Sobral (PMDB), é o mais novo eleitor de Aracaju. Atendendo pedido do governador Jackson Barreto (PMDB), ele transferiu o título de Laranjeiras para a capital. A mudança de domicílio faz parte do projeto peemedebista, que pode ter candidato próprio a prefeito de Aracaju. Sobre esta hipótese, Zezinho diz que só Jackson pode tratar.

Despedida
Petistas de várias partes do país foram, ontem, a Belo Horizonte se despedir do ex-senador Zé Eduardo Dutra, que morreu domingo vítima de um câncer. Entre os sergipanos presentes ao velório estavam o senador Antônio Carlos Valadares (PSB), Eliane Aquino, viúva do ex-governador Marcelo Déda (PT) e Márcio Macedo, tesoureiro do PT. O corpo do ex-presidente da Petrobras foi cremado no final da tarde.

PCCV mais perto
O corte de despesas feito pelo governo estadual começa a apresentar os primeiros resultados. Segundo o governador em exercício Belivaldo Chagas (PSB), o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (46.55%) está cada dia mais próximo: “Já chegamos quase aos 50%, mas hoje a despesa com a folha de pessoal caiu para 47.65% da receita”, festeja. Chagas garante que se a queda persistir, em 2016 o Estado pode efetivar o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos servidores. Tomara!

Pé no chão
E o governador licenciado Jackson Barreto começou a caminhar e até já saiu de casa. Há pouco mais de um mês, JB se submeteu a uma cirurgia no tendão do pé esquerdo. O jornalista Diógenes Brayner publica em sua coluna Plenário que, no final de semana, Jackson foi almoçar num restaurante da orla de Atalaia. Diante da visível recuperação, o governador esperar o laudo médico para reassumir.
Braços cruzados

Quem precisa resolver alguma coisa na rede bancária é bom ir tirando o cavalinho da chuva, pois os bancários estão em greve a partir de hoje. Em Sergipe a única exceção é o Banese, que funciona normalmente. A categoria rejeitou a proposta de reajuste salarial de 5,5%, apresentada pela Fenaban. Portanto, enquanto as partes não chegarem a um acordo, os bancos vão permanecer fechados.

Mudança no MPF

O Ministério Público Federal em Sergipe tem agora no comando o procurador da República Heitor Alves Soares. Além da chefia institucional, ele continuará coordenando o Núcleo de Combate à Corrupção no MPF/SE. O procurador-chefe substituto é José Rômulo Silva Almeida, que segue com as atribuições de procurador Regional Eleitoral.

Olho por olho

O uso da força por parte da polícia é apoiado pela metade da população. Pesquisa do Datafolha mostra que 50% das pessoas concordam com a afirmação “bandido bom é bandido morto”. A faixa mais velha da população, com 60 anos ou mais, é a que tem maior aceitação da força letal. Segundo a pesquisa, 65% concordam com a morte de criminosos e 30%, não.

Lambe-Sujos

Turistas e os moradores de Laranjeiras serão brindados no próximo domingo com a apresentação anual dos Lambe-Sujos e Caboclinhos. São dois grupos folclóricos unidos num folguedo que se baseia no episódio da destruição dos quilombos. Após uma alvorada festiva, os Lambe-Sujos e Caboclinhos saem às ruas, acompanhados por pandeiros, cuícas, reco-recos e tamborins. Prestigie!

Chapa única

Dirigentes esportivos participaram ontem da apresentação da chapa “Renovação”, que tem o desportista Milton Dantas como candidato a presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF). Único concorrente ao cargo, Miltinho apresentou os companheiros de chapa e a empresa de marketing contratada para trabalhar a imagem da entidade e fazer a captação de recursos e cotas de patrocínios. A eleição será no próximo dia 13, devendo a posse da nova diretoria ocorrer em janeiro de 2016.

Recorte de jornal

Publicado no Correio de Aracaju em 30 de dezembro de 1921

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários