Contratos, capinagem e etc…

0

  Na última sexta-feira (O2/03) a coluna publicou, sob o título “Alerta ao Governador”, a informação de que a Secretaria de Estado da Educação – Seed, estava ofertando serviços de capinagem de forma fracionada, prática condenada pela legislação vigente. A publicação da nota foi o suficiente para que a coluna bastidores escrita no jornal Correio de Sergipe (de propriedade da família do ex-governador João Alves) aproveitasse para fazer um comparativo entre o tratamento que este colunista estava dispensando ao novo governo, afirmando que se o fato tivesse ocorrido na gestão do ex-governador João Alves Filho (PFL), seria reportado como escândalo, maracutaia e etc.

  Não respondendo ao jornalista, mas prestando uma satisfação aos leitores desta coluna, é preciso lembrar que durante o governo passado essa coluna por diversas vezes denunciou a utilização inadequada do portal eletrônico denominado Comprasnet.se e a única diferença existente até agora, está na forma imediata com que agiu o governador Marcelo Déda (PT), para anular a ação ilegal. Demonstrando responsabilidade administrativa e preocupação com o controle das ações praticadas por seus subordinados, não utilizando-se de declarações demagógicas tipo: “Vamos apurar a denúncia para evitar que fatos idênticos continuem a ocorrer”.

   Por outro lado a coluna tentou alertar ao invés de condenar o governador, porque antes de publicar a nota, tomou conhecimento de que o servidor responsável pelas contratações de serviços, ainda é a mesma pessoa comissionada, que contratava na gestão passada, que para surpresa de muitos aliados de Déda ainda continua respondendo por um dos setores mais importantes da Seed, com a mesma autoridade e tranqüilidade que atuava anteriormente. Portanto o carnaval anunciado pela coluna bastidores, do jornal da família do ex-governador,  somente encontrou guarida, porque a coluna limitou-se a não informar o nome da responsável pelas contratações. Se houvesse informado os aliados do ex-governador saberiam muito bem de quem se tratava, e pela aliada que ela foi, teriam desconsiderado a nota.

  Em tempo: este colunista informa que pelas informações recebidas, já deve ter chegado ao conhecimento do atual diretor-administrativo, diversas informações relacionadas a compras e contratações naquele órgão. Quanto ao fato de denunciar este governo este jornalista fará com a mesma tranqüilidade, todas as vezes que algum fato escandaloso chegar ao conhecimento deste espaço. Porque, ao contrário de muitos, este colunista não mudou seu  comportamento a partir de 01 de janeiro de 2007.

 

Cerca de 500 carteiras no almoxarifado da Seed

Ontem à noite, foi veiculada no telejornal d SETV segunda edição da TV Sergipe uma matéria mostrando a falta de carteiras escolares em uma escola estadual do município de Riachão do Dantas. Nada demais, se no almoxarifado da Secretaria de Estado da Educação (próximo ao CEFET), não tivessem guardadas cerca de 500 carteiras. A informação passada por este jornalista é de uma “fonte” bastante segura. Ficam no ar as perguntas: Quem é responsável por isso? Ou a matéria foi somente para manter a guerra entre esse governo que aí esta, com o que saiu?

 

A Deso de lá e a Deso de cá

Quem escutou o pronunciamento ontem do deputado estadual César Mandarino (PSC) na Assembléia, relatando que a Deso – que foi administrada pelo irmão dele, Victor Mandarino – está em perfeita ordem, teve a impressão que existe duas Desos. A de lá, cantada em prosa e verso por ele e a de cá, cuja realidade reflete na situação dos servidores concursados, débitos, empréstimos (R$ 36 milhões) e tudo mais. Esqueceu também de citar no relatório os diversos empresários que devem alguns milhões a empresa.

 

Companheiro Victor Mandarino

Pelo andar da carruagem o deputado César Mandarino deve recomendar ao irmão dele, Victor Mandarino, que não se filie ao PSC para ser candidato a prefeito de Itaporanga, mas ao Partido dos Trabalhadores. Já imaginou Victor numa reunião com o sindicalista Antônio Góes, do Sindisan, chamando de companheiro? Parece que todo mundo está errado. Aliás, a auditoria que está sendo feita pelo novo governo vai tirar todas as dúvidas e mostrar quem realmente está dizendo a verdade.

 

Mal estar de Gualberto na Assembléia

Não passou de um breve mal estar o que sentiu ontem o deputado estadual Francisco Gualberto, PT, líder do Governo, após fazer um discurso na tribuna sobre a situação financeira da Deso. Por ter sentido uma repentina tontura, Gualberto encerrou a fala e procurou imediatamente a equipe médica da Assembléia. Repousou por cerca de 15 minutos, recebeu toda a atenção das médicas e logo em seguida foi liberado normalmente para o almoço. Na sessão de hoje, na AL, Francisco Gualberto encaminhará para leitura os primeiros projetos de lei enviados à Casa pelo governador Marcelo Déda.

 

 

Reunião de Lula com os governadores

Trecho de matéria da Folha de São Paulo de hoje: “A primeira reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu segundo mandato com os 27 governadores do país terminou com 4 dos 14 pontos de negociação atendidos e sem nenhum dinheiro extra do governo federal, mas deixou os Estados satisfeitos, mesmo os comandados pela oposição.O governo cumpriu o que tinha dito e se recusou a dividir com os Estados a receita das contribuições federais, como a CPMF. Ficou acertado que os governadores poderão renegociar a dívida que têm com a União, por meio de bancos: se conseguirem empréstimos a juros mais baixos no mercado financeiro, podem pegar esse dinheiro e pagar a dívida com o governo federal. Assim, poderiam aumentar o prazo de pagamento, a juros mais baixos. Não ficou claro se isso permitirá que os Estados façam novas dívidas, além das que foram renegociadas justamente porque os governos não conseguiam pagar os juros do mercado.”A idéia é que possa fazer um pouco mais de dívida, mas isso não ficou fechado. A proposta foi do Aécio, o [ministro Guido] Mantega [Fazenda] ficou de estudar”, disse o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT)”.

 

Troca-troca de partidos é condenado I

Em discurso na Câmara dos Deputados, Valadares Filho (PSB) defendeu a necessidade de uma ampla reforma política com a inclusão da fidelidade partidária para garantir que o político se filie através dos seus ideais e ao programa do partido e não por conta do quadro político. “Dificultando as trocas partidárias, o partido sairá fortalecido. Da forma que as coisas estão hoje, o partido vem sendo enfraquecido através da lamentável troca-troca de partidos que costuma ocorrer antes de cada nova legislatura”, ressaltou.

 

Troca-troca de partidos é condenado II

O parlamentar socialista defende que a reforma política torne mais articulada, produtiva e harmoniosa a relação entre os poderes da República, em particular entre Legislativo e Executivo. “Defendo a reforma política a partir da concepção que tenho do mandato que me foi delegado pelo povo, um mandato que farei questão de que tenha um perfil popular, democrático, voltado à defesa intransigente das comunidades mais pobres, da juventude, da inclusão social”, afirmou Valadares Filho, acrescentando que lutará em defesa das mais urgentes demandas da população carente, além de defender políticas públicas para a juventude, incentivos para os pequenos e médios agricultores e a preservação do rio São Francisco.

 

 

PEC da revitalização do Rio São Francisco será votada

O governador Marcelo Déda e o senador Valadares (PSB) tiveram uma audiência ontem com o presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP). Com a presença também da bancada de Sergipe, os dois receberam a informação de que a proposta de emenda à Constituição (PEC) – de autoria de Valadares – que cria o Fundo de revitalização hidroambiental do Rio São Francisco, aprovada pelo Senado Federal e enviada à Câmara dos Deputados em 2002, irá a Plenário naquela Casa.

 

Debate em comissão sobre transposição do São Francisco

Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional convidará o ministro da Integração Nacional, Pedro Brito, para debater o Projeto de Integração da Bacia do Rio São Francisco às Bacias do Nordeste Setentrional. Conhecida como transposição do rio São Francisco, a obra é uma das mais polêmicas do Governo Lula, e não há consenso sobre o tema entre os parlamentares. Segundo o autor do requerimento, deputado José Guimarães (PT-CE), o ministro teria declarado recentemente que os editais de licitação para as obras da transposição, que totalizam R$ 3,3 bilhões, terão, em 2007, um aporte de recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da ordem de R$ 730 milhões. Esse aporte seria feito por meio da rubrica Infra-Estrutura Hídrica, o que, de acordo com Guimarães, representa um importante apoio à realização do projeto.

 

Machado demite diretor de habitação

Notas da coluna Painel da Folha desta quarta-feira: “Em obras. Responsável pelo gerenciamento dos apartamentos funcionais da Câmara, José Carlos Machado (PFL-SE) demitiu o diretor de Habitação, Luiz Souza. O sucessor será o arquiteto Carlos Laranjeira, técnico da Casa. O dorminhoco. José Carlos Machado ficou perplexo com o pleito de Átila Lins (PMDB-AM): o deputado quer interromper a reforma do edifício onde mora sob a alegação de que ela o impede de dormir depois do almoço”.

 

Transporte sem segurança no interior I                                                                                               

Até policial utiliza do transporte sem segurança no interior do Estado.

Na última segunda-feira a coluna publicou artigo mostrando a falta de segurança no transporte de pessoas no interior, através de pick-ups, tipo D-20. A foto ao lado, do fotojornalista César de Oliveira, mostra que até um policial militar usa este tipo de transporte que coloca em risco a vida de muitas pessoas. Quem desejar conhecer mais do trabalho de César de Oliveira é só acessar o site www.photosdesergipe.com

 

Transporte sem segurança no interior II

De um leitor: “Gostaria de somar-me ao leitor que  enviou o relato sobre a segurança no transporte no interior do estado.Há alguns anos atrás, um trágico acidente envolvendo tiradores de laranjas do povoado Água Fria no município de Salgado,chocou o país, deixando lembranças e seqüelas que ainda hoje causa sofrimento as pessoas envolvidas naquela tragédia e em seus familiares.Infelizmente,ainda hoje depois de uma lição amarga como esta,continua-se na região sendo praticado o mesmo tipo de transporte,pessoas sendo levadas em cima de caminhões carregados de laranjas,e o que é pior, sob o conhecimento  da policia rodoviária estadual”

 

Empresas de Sergipe podem fazer diagnóstico da mídia

Sobre a possível contratação pelo governo estadual, do Ibope Mídia, para realizar um diagnóstico preciso de toda mídia sergipana, o presidente da Associação Sergipana de empresas de Pesquisa e proprietário da Única, Alexandre Wendel, defendeu que em Sergipe existem empresas aptas a prestar o mesmo serviço da Ibope Mídia. Além disso, o preço deve chegar a metade do valor. Wendel lembrou que o Instituto Única acertou as pesquisas na última eleição ao lado do Ibope.

 

Albano participará de Comissão deliberativa

O deputado federal Albano Franco (PSDB) foi eleito nesta terça-feira, (06.03), membro titular da Comissão Deliberativa do Grupo Brasileiro da União Interparlamentar, integrada por 25 congressistas, sendo 07 senadores e 18 deputados federais. O Grupo foi fundado em 25 de outubro de 1954 e reconhecido como serviço de cooperação interparlamentar, no Senado Federal, pela Resolução nº 9 de 06 de junho de 1955 e na Câmara dos Deputados, pela Resolução nº 28 de 22 de junho de 1955.

 

ILBJ recebe homenagem do Tribunal de Contas.

O Instituto Luciano Barreto Júnior será homenageado com a outorga do Colar do Mérito Gumercindo Bessa pelo Tribunal de Contas de Sergipe. A solenidade acontece no próximo dia 08, às 17h, no auditório do TC. A comenda homenageia personalidades e instituições que prestam relevantes serviços à sociedade. A indicação do Instituto Luciano Barreto Júnior foi apresentada pelo Presidente do Tribunal, Carlos Alberto de Souza Sobral e aprovada por unanimidade pelos sete Conselheiros. Além do ILBJ, o Ministro do Tribunal de Contas da União, Luciano Brandão Alves de Souza também será agraciado com a comenda.

 

Exposição “Aracaju de Outrora”

Em comemoração aos 152 anos de Aracaju, a Prefeitura Municipal, por meio da Funcaju, iniciou no dia 5, a mostra “Aracaju de Outrora”, na praça de eventos do Shopping Jardins. A exposição conta a história da evolução arquitetônica da capital sergipana, através de reproduções fotográficas de cartões postais no Centro da cidade. Todo o trabalho de pesquisa histórico-fotográfico foi assinado pela fotógrafa e historiadora, Naide Barbosa, que sempre sonhou em fazer um trabalho de pesquisa mais aprofundado sobre Aracaju. .“Aracaju de Outrora” permanece no Shopping Jardins até o dia 18 de março.

 

Frase do Dia

“Inveja é o ódio da felicidade alheia, ou dor que se sente no coração por causa do sucesso alheio.” Albertano da Brescia.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários