Conversa de peixe

0

De passagem por Sergipe, o vice-presidente do PSC, pastor Everaldo Dias, andou distribuindo pílulas de entusiasmos aos seus peixinhos aliados. Quem o ouviu chegou a acreditar que seu partido elege fácil o prefeito de Aracaju e algumas dezenas no interior do Estado. Leigo na política sergipana, o reverendo ainda sacramentou que a deputada estadual Susana Azevedo será escolhida pela Assembleia para a vaga de conselheira do Tribunal de Contas do Estado. Pela conversa do peixe-pastor, o PSC reina absoluto nas terras sergipanas e, por isso, a eleição do prefeiturável Zeca da Silva são favas contadas. Não é bem assim, seu Everaldo Dias. Fora do seu aquário estão políticos calejados, como João Alves Filho (DEM), Antônio Carlos Valadares (PSB), Marcelo Déda (PT) e tantos outros, todos doidinhos para comer uma apimentada moqueca de traíra nas eleições deste ano. Será que o líder do PSC não sabe que peixe morre pela boca?

Mala e cuia

Deve ser terrível ser despejado de um hotel que no passado já ostentou o luxo de um cinco estrelas. Foi o que aconteceu ontem com os hóspedes do falido Parque dos Coqueiros, na Orla de Atalaia. Por determinação da Justiça Federal, quem estava hospedado no hotel teve que se mudar de mala e cuia para outra estalagem para que os novos donos ocupassem o local. Que situação constrangedora, sô!

Secretariado

O governador Marcelo Déda (PT) pretende anunciar em abril próximo a reforma do seu secretariado. Segundo ele, os convites aos futuros auxiliares ainda não foram feitos, pois ainda está na fase de reflexão em torno da nova ordem política estabelecida depois do rompimento com os irmãos Edvan e Eduardo Amorim. Déda não confessa, mas ele só deverá definir os nomes dos novos secretários após a escolha pela Assembléia do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Produtores rurais

Na próxima quinta-feira a região agreste de Sergipe receberá mais uma ferramenta de fomento à produção agrícola. Trata-se da Associação dos Produtores Rurais do Agreste de Sergipe (APRAS), que será inaugurada no povoado Canário, em Itabaiana. Formada por 17 produtores rurais, a entidade é fruto do “Pequeno Produtor, Grande Empreendedor”, um dos projetos desenvolvidos pelo Instituto GBarbosa (IGB).

DESOrganização

A Deso, que no primeiro governo petista foi totalmente reestruturada, virou saco de pancadas. Ontem, a Defensoria Pública do Estado fez uma reunião para tratar sobre as elevadas tarifas cobradas pela Companhia. Amanhã, moradores do conjunto Augusto Franco realizam uma manifestação para cobrar agilidade nas obras realizadas ali pela Deso. Também há queixas contra a exagerada demora da empresa para fazer ligações de água. É ou não uma DESOrganização?

Prepare o bolso

A população vai pagar até 5,85% a mais na hora de comprar remédios a partir do próximo dia 31. O aumento será baseado em um modelo de teto de preços baseado com base, entre outras coisas, em um fator de produtividade e no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo IBGE. As unidades de comércio varejista deverão manter à disposição da população as listas dos novos preços de medicamentos.

Concorrência

O prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) abriu ontem a primeira audiência pública sobre a licitação para o transporte coletivo de Aracaju. Uma comissão formada por técnicos da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito explicou como funcionam as etapas do processo licitatório e pontos fundamentais para elaboração do edital para a concorrência pública. A ideia da Prefeitura é fazer a licitação dos transportes até o final do ano.

Mais empregos

Em fevereiro último foram contratados em Sergipe 9.782 trabalhadores e desligados 8.498, gerando um saldo positivo de 1.284 novos postos de trabalho. Nos últimos 10 meses o emprego com carteira assinada no Estado teve um crescimento de 6,83% em termos relativos, e 17.806 novos vínculos em termos absolutos. Segundo o Dieese, os setores que mais empregaram no mês passado foram construção civil, com 644 empregos ou 1,86%, e o setor de Serviços, com 1.083 empregos ou 1,04%.

Nova obra

Será assinada daqui a pouco pelo governador Marcelo Déda a ordem de serviço para a restauração e melhoramento da Rodovia SE-100, entre o município da Barra dos Coqueiros e a SE-240, que liga o Porto à BR-101. As obras são operacionalizadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, mediante execução do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe.

Do baú político

“Política é como nuvem. Você olha e ela esta de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.”. A frase do ex-governador mineiro Magalhães Pinto serve como alerta para muitos prefeituráveis que, diante da boa performance nas primeiras pesquisas, se acham eleitos antes mesmo de se iniciar o processo eleitoral. Uma das grandes vítimas desse excesso de confiança foi o governador Marcelo Déda (PT) quando disputou em 1988 a Prefeitura de Aracaju. Em janeiro daquele ano, o Ibope o colocava com 35% das intenções de votos, bem à frente do pefelista Lauro Maia (6,3%) e de Wellington Paixão (PSB), que aprecia com minguados 0,3%. Em agosto, Déda mantinha-se na frente com 38%, Lauro já somava 32% e Paixão patinava com 9%. No mês seguinte o petista perdeu a dianteira, aparecendo com 24%, enquanto Maia tinha 28% e o candidato do PSB 10%. Apurados os votos, Wellington Paixão venceu a eleição com 46%, bem à frente do bom Lauro (27,07%) e do outrora favorito Marcelo Déda, que conseguiu somente 6,25% dos votos. Portanto, aquela que parecia a eleição mais fácil para o líder petista sergipano se transformou na pior derrota de sua carreira política.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais