Convite ao PMDB

0

    Em entrevista ontem ao programa apresentado por Gilmar Carvalho, o deputado federal Jorge Alberto disse que o PMDB não está exigindo a candidatura a vice-governador para apoiar a candidatura de Deda (PT), ao governo estadual. Segundo Jorge, o partido está numa fase de conversação e não ocorreu nenhuma imposição.

     Em avaliação jornalística feita ontem no programa que apresenta, Gilmar Carvalho disse que o apoio do PMDB a candidatura de Deda, levaria apenas Jorge Alberto e Benedito Figueiredo. Gilmar deu como exemplo algumas bases do deputado Jorge Alberto, como o prefeito de Laranjeiras, Paulinho das Varzinhas, que apóia o peemedebista para deputado, mas se Jorge for o candidato a vice não terá o apoio dele, já que o mesmo dá sustentação ao governador João Alves. A mesma avaliação vale para o prefeito de Aquidabã, Euriquinho, o grupo da ex-prefeita de Canindé, Rosa Maria. “Botar o PMDB na chapa majoritária neste caso é querer reinventar a matemática a não ser que esteja com medo de outro tipo de disputa”, entende Gilmar.

    Já o presidente estadual do PMDB, Benedito Figueiredo explicou que o partido foi convidado pelo PT para participar da chapa majoritária. Ele disse que não foi diretamente para o cargo de vice-governador, mas para um dos cargos majoritários. “Ao PMDB foi oferecido, mas não gosto de barganha, vamos ouvir os companheiros”, disse afirmando que está claro que o partido nacionalmente não irá apresentar candidato a presidente da República.

 

Opção

Benedito Figueiredo revelou que já fez sua opção política pessoal, mas não vai revelar para não influenciar os filiados já que é o presidente e necessita ter isenção. “Quero continuar sonhando”, avisou.

 

Programa

Tanto Benedito Figueiredo como Jorge Alberto se apressaram em negar qualquer veto a Almeida Lima no programa estadual do PMDB. Os dois lembraram que no 1° semestre, como pré-candidato ao governo naquele momento, Almeida ocupou grande parte do horário eleitoral.

 

Verticalização I

Por 6 votos a 1 o TSE endureceu mais ainda a verticalização nas eleições deste ano. Pela decisão tomada as alianças nacionais terão de ser inteiramente respeitadas nos Estados. Exemplo: partidos com candidato a presidente – essas siglas terão nos Estados que repetir exatamente a mesma coligação realizada no plano federal. Outro exemplo: partidos sem candidato a presidente só poderão lançar nos Estados candidatos sozinhos ou em coligação com outras legendas que também não tenham candidato a presidente.

 

Verticalização II

 “Tivemos de tomar essa decisão, porque de outra forma a verticalização seria pela metade. Uma ficção. Ou é verticalização completa ou não é verticalização”, diz o presidente do TSE, Marco Aurélio Mello. A decisão dificulta ainda mais a situação de alguns partidos, a exemplo do PSDB em Sergipe.

 

Cassação

“Sou amigo de São Cristovão”. Essa frase estava em dezenas de faixas espalhadas ontem em Aracaju. Em algumas delas, embaixo tinha outra frase: grupo de apoio ao professor Wanderlê. Detalhe: o professor Wanderlê é candidato a deputado estadual pelo PTB e irmão do prefeito de São Cristóvão, Zezinho da Everest. A oposição já tirou fotos de várias faixas e enviou a Justiça Eleitoral para as devidas providências. Propaganda eleitoral antecipada camuflada é considerada como crime grave com cassação de candidatura. E agora?

 

 

Pesquisa I

O radialista Marcos Aurélio, fez ontem uma leitura dos números apresentados pela ultima pesquisa divulgada pelo Dataform. Com o título “O que os números dizem”, Marcos publicou os dados num site de notícias de Itabaiana. Lembrando que toda pesquisa apresenta os resultados em percentuais, Marcos aplicou os mesmos sobre o quantitativo de votos em cada município pesquisado, para obter um resultado eleitoral baseado no voto.

 

Pesquisa II

Pelo levantamento feito por Marcos Aurélio a soma dos votos nos 14 municípios pesquisados é de 442.581 eleitores. Com isso, Deda pela pesquisa teve exatamente 197.423 votos, equivalente a 44,61% e João Alves receberia 107.237, equivalente a 24,23%. Pela análise feita por Marcos Aurélio, chegou-se a uma diferença real de votos de 90.186, representando 20,38%.

 

Pesquisa III

Para chegar a este resultado, Aurélio disse que foi bastante simples. Precisou apenas aplicar os percentuais obtidos por cada candidato em cima do número de eleitores dos respectivos municípios. Segundo Marcos Aurélio, por essas diversas leituras que as pesquisas permitem fazer é que elas provocam muita polêmica, principalmente em épocas que antecedem as eleições, e isso confunde a todos. “Afinal elas são sempre analisadas de acordo com o ponto de vista de cada parte interessada”, explicou o radialista.

 

Pesquisa IV

Ainda sobre pesquisa, um leitor (que pediu para não ser identificado) lembrou que leu

Recentemente, um questionamento sobre pesquisa do Ibope em que houve alteração de quantidade de entrevistados por faixa de renda. “É o seguinte: em uma certa data utilizou-se de um percentual de entrevistados na faixa de renda de até cinco salários mínimos. Adiante esse percentual foi ampliado. Conclusão: Se o candiato “A” tem maior aceitação naquele segmento alterado, é óbvio que os índices dele tendem a melhorar. Então são detalhes que o cidadão menos observador ou mesmo alheio a eles, tendem a sofrer influência de pesquisas”, explicou o leitor.

 

Pesquisa V

O leitor lembra ainda que “essa questão de se informar apenas que a pesquisa foi registrada é limitadora para se ampliar o debate sobre os métodos utilizados. Não sei quem foi que disse, mas sei que disseram, que há três tipos de mentira: A mentira, a mentira deslavada, e as pesquisas. Sei que a coisa não é assim, feita de forma tão grosseira, mas sei também que a manipulação pode ser feita da forma mais científica possível, a que fica longe dos olhos do cidadão comum”, disse.

 

Compras

Ontem a tarde, um Santana cinza, locado pelo governo estadual, placa KGO-2502, estava parado em frente ao G.Barbosa com o motor e o ar-condicionado ligados. Lá dentro um funcionário público fazia compras. Detalhe, pela verificação feita junto à locadora o veículo está à disposição da Codise. Quando o governador terá coragem de acabar com isso? Já existe uma lei que obriga a identificação de todos os veículos, inclusive os locados. Cadê o Ministério Público?

 

Investigação

Entre os cinco procuradores regionais da República que foram designados pela Procuradoria Geral, para atuarem nas investigações relacionadas à Operação Sanguessuga, está o procurador Paulo Jacobina que trabalhou em Sergipe até 2004 e hoje está lotado na Procuradoria Regional da República da 1ª Região (Distrito Federal).

 

Saúde

Ontem, o comentário era se a exoneração de José Lima de Santana, da Secretaria de Saúde não foi uma “abertura de portas” para o acordão com Albano Franco. Tudo porque foi ventilado o nome da ex-secretaria Marta Barreto. Sendo ou não, o  governador João Alves Filho (PFL), nomeou logo o substituto, Silvanir Alves Pereira, que já faz parte da equipe  e foi superintendente da CEF em Sergipe.

 

Revisão I

Estudantes do 3° ano do Colégio Modulo, estarão realizando nos dias 10 e 11 (sábado e domingo) uma grande revisão para quem vai fazer o vestibular da Unit. A revisão será realizada no auditório do Colégio Módulo, com professores de renome. No sábado, as aulas começam às 7h com os professores Vânia Rocha (português), Anselmo Góis (inglês), Donoso (biologia), Jorge Quintino (história) e Wilson Montalvão (física).

 

Revisão II

No domingo a revisão continua no mesmo horário, às 7h, com os seguintes professores: Edvonaldo (química), Valdemar (geografia), Assis (matemática) e Alexandre Santos (literatura). O preço para um dia é de apenas R$ 6,00 e para os dois R$ 10,00. Inscrições pelo telefones: 9957-4048/3249-1005. A renda será revertida para a formatura da turma do 3° ano.

 

Frase do Dia

“O conformismo é o carcereiro da liberdade e o inimigo do crescimento”.  John Kennedy.

 

 

 

 

 

Comentários