Copa: Ou Dilma age, ou Brasil passará vexame

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Um texto que reflete a atual realidade do futebol brasileiro e que o blog assina embaixo. Do jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, publicado na FSP:

O pior Brasileirão da história dos pontos corridos terminou com o pior episódio de todas as rodadas finais. Não faz ainda duas semanas das mortes no estádio do Corinthians em Itaquera e quatro pessoas foram levadas para o hospital São José, em Joinville.

Entre os dois acontecimentos, a presidente Dilma Rousseff discursou sobre o futebol estar no coração de cada brasileiro.

É tempo de estar no dela.

O futebol é questão de Estado. A participação no PIB é de 0,2%, contra 1,2% na Espanha. Fazer do futebol um espetáculo seguro onde todos queiram estar presentes transformará sua participação na economia do país.

Ou a presidente Dilma Rousseff age ou fará o Brasil passar vexames semanais daqui até a Copa do Mundo –e durante ela também– como passou nas duas últimas semanas.

A vergonha nacional desta temporada passa pelo que se viu neste ano em campo.

Tecnicamente, o Campeonato Brasileiro foi o pior dos últimos dez anos. A pior média de gols também, empatado com a competição do ano passado com 2,47 por partida. Na Alemanha, a média de gols é de 3,23 por jogo.

Na quinta-feira, na Costa do Sauipe, o técnico italiano da Rússia, Fabio Capello, elogiou a seleção brasileira, comparando-a às equipes europeias: "Scolari escala um meio de campo robusto", disse.

Uma parte do que se vê no campeonato é característica do futebol do Brasil, seu estilo. Outra parte, falta de atualidade.

O Cruzeiro foi campeão jogando bem, mas com muito mais espaço entre suas linhas de volantes e atacantes. Muito mais do que deveria haver.

Tem a ver com o cansaço dos jogadores.

Os jogos do segundo turno foram piores do que os do primeiro, porque se jogou sem descanso em todas as quartas e domingos. Se o jogador tem pernas para correr, corre. Ocupa espaços, cria boas jogadas, melhora a qualidade do jogo.

Nos últimos dez anos, discutiu-se a qualidade dos jogos disputados no Brasil, mas não o equilíbrio. Neste ano, também houve espaço demais na tabela de classificação. Doze pontos entre o campeão e o vice é a terceira maior distância entre os dois melhores times do campeonato. Só o título do São Paulo de 2007, com 15 pontos sobre o segundo colocado, e do Cruzeiro em 2003, 13 acima do segundo colocado, foram maiores.

Mesmo com tudo isso, esta segunda-feira poderia ser o dia de comemorar a participação mais forte de clubes de fora do Rio de Janeiro ou de São Paulo. Foi só a terceira vez na história em que campeão e vice não foram cariocas nem paulistas. Não acontecia desde o título do Bahia em 1988, com o Inter em segundo lugar.

O que há de bom fica em segundo plano. Ficará enquanto o Estado brasileiro não agir.

Alerta Geap: convênio não cobre consulta inicial em maternidade
Os usuários do plano de saúde Geap (servidores federais) que necessitarem de atendimento de urgência em uma conceituada clínica de maternidade em Aracaju descobrem que o convênio cobre, mas o exame médico inicial tem que ser pago pelo usuário.

Atendimento pela metade?
Só para se ter uma ideia nesta clinica, a paciente para realizar o exame inicial tem que desembolsar R$ 200,00. Um alerta para quem administrar o Geap em Sergipe. Até porque não existe assistência médica sem médico. E será que essa cobertura é juridicamente correta? Afinal ao se dirigir a um estabelecimento de saúde o paciente não vai acreditar que essa seja pela metade.

Valor
Ademais, quem está doente não fica numa clinica ou hospital apenas tipo hospedagem(hotel) e por tem haver a intervenção do médico. Segundo informações o Geap paga R$67,00 (sessenta e sete reais) por consulta. Não seria o caso de reajustar o valor?

Calçadão: Monumento em homenagem a Antônio Teles precisa ser recuperado
Na semana passada um motorista perdeu a direção do veículo e colidiu justamente no monumento feito em homenagem ao cantor Antônio Teles,  no calçadão da Beira Mar, próximo a entrada do farol da Unit. As câmeras da SMTT devem ter a placa do veículo que destruiu o monumento. A Prefeitura, através da Emsurb, precisa repor e cobrar a conta do motorista infrator.

Moção em prol da Secretaria dos Direitos Humanos
O vereador Iran Barbosa (PT) defendeu, em Sessão Especial realizada na ontem, 09,, na Câmara Municipal de Aracaju, dedicada ao Dia Mundial dos Direitos Humanos que, numa possível reforma administrativa que venha a ocorrer no governo de Jackson Barreto (PMDB), a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e da Cidadania  possa ser preservada e fortalecida.O parlamentar estará protocolando na Casa Moção de Apelo a Jackson neste sentido.

Luta
“Pela história de luta pelos direitos humanos que tem Jackson Barreto, pelo que ele sofreu, venha a reforma administrativa que vier, que não se tire esta conquista deixada pelo governador Marcelo Déda ou que a secretaria venha a ser fragilizada”, disse o petista.

Marcelo Déda é homenageado em Missa de 7º dia
Infonet – Palavras de força, carinho e admiração marcaram a realização da Missa de sétimo dia do governador Marcelo Déda, ontem, 9. A missa, celebrada na Catedral de Aracaju pelo arcebispo Dom Palmeira Lessa e pelo bispo auxiliar Dom Henrique, contou com a presença de familiares, amigos, autoridades e povo sergipano.

Missão
“O tempo inteiro eu coloquei em minha cabeça que Deus tem uma missão muito melhor para Déda e por isso, precisou levá-lo. Eu sei que através dele, a gente ainda vai ter muita coisa boa, pois ele estará olhando por nós e por nosso estado”, disse a esposa de Marcelo Déda, Eliane Aquino.


O governador em exercício, Jackson Barreto, participou da celebração ao lado da família de Déda e ressaltou a importância da fé em Deus para a superação do momento difícil. “Deus é o começo, o caminho, a verdade e as vidas. As coisas começam e termina com ele. Temos que imploram proteção, sabedoria e compreensão para entendermos a vida”, afirma.

Posse no PT/SE
O deputado federal Rogério Carvalho assumiu, oficialmente, ontem, 9, a presidência estadual do Partido dos Trabalhadores em Sergipe. Rogério participou da eleição direta no último dia 10 de novembro, onde obteve, 2960 votos e iria disputar o segundo turno com o também deputado federal Márcio Macedo, que desistiu diante do acordo entre Rogério Carvalho e a tendência Articulação de Esquerda, comandada pela deputada Ana Lúcia Vieira.

Acordo
Com o acordo, entre outras determinações para a condução do PT, ficou certo que Rogério presidirá o PT por dois anos e meio e Ana Lúcia, a atual vice-presidente, por um ano e meio. No dia 10 de fevereiro deve ser realizado um grande ato político do PT, que marcará o início dessa nova gestão e homenageará o governador Marcelo Deda. Também no mês de fevereiro, deverá ser realizado o primeiro planejamento estratégico do PT, envolvendo todos os 72 diretórios, para definir os rumos do partido, fazer análise de conjuntura e organizar o PT para 2014 e para o futuro.

Jackson Barreto e os Correios
Pelo menos duas vezes por ano uma equipe, de forma voluntária, elabora uma revista trazendo informações e ações de Jackson Barreto relacionando a sua atuação política voltada aos interesses dos trabalhadores e da instituição Correios. Segundo Geraldo Feitosa, ex-presidente do Sindicato da Categoria, Jackson sempre esteve ao lado da categoria, seja na constituição de Grupo Parlamentar para, nas campanhas salariais anuais, soma-se ao Movimento Sindical em defesa melhores reajustes e condições de trabalho, seja na luta contra a quebra do monopólio Postal e/ou pela não privatização dos Correios, bem como em favor do abono de risco de 30% do salário para os carteiros do Brasil, projeto este em vigor, tendo o senador Valadares como relator, com aprovação unânime no Senado Federal.

Biografia
Na última revista consta a biografia de JB, depoimentos de Chico e Gilson dos Correios, prefeito de Glória e vereador de Aparecida respectivamente, ambos da casa e ligados politicamente ao hoje governador de Sergipe, além de outras informações importantes. Sem esquecer que Jackson Barreto iniciou suas atividades profissionais nos Correios, ainda jovem, com 16 anos, no cargo de carteiro.

Homenagem ao conselheiro Reinaldo Moura
Na tarde  de ontem, 09, o programa "Batalha na TV" apresentado por Carlos Batalha na TV Cidade, homenageou o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, Reinaldo Moura que se aposentará amanhã (10). A deferência contou com a participação, por telefone, do deputado federal André Moura, filho do Conselheiro.

Orgulho
De Brasília, o deputado anunciou que retornará a Sergipe para participar da última sessão de Reinaldo no TCE/SE e disse se orgulhar da vida pública do pai tanto como legislador, quando foi deputado estadual por seis mandatos sendo, inclusive, presidente da Assembleia Legislativa, quanto como conselheiro do TCE, pois nas duas funções agiu sempre com lisura de caráter.

Chinelos X Padre de Macambira
E a imprensa continua divulgando as peripécias do padre Américo, aquele protegido do bispo Dom Lessa que a cada dia

 afasta os fiéis das missas em Macambira. A charge ao lado, do JD, mostra bem a atitude do padre em barrar quem for para a missa de chinelos. Pelo jeito se Cristo voltasse a terra seria o primeiro a ser barrado pelo padre que faz o contrário do que prega o Papa Francisco.  Já pensou se o Papa tem conhecimento do que o padre faz? Nem Dom Lessa escaparia da intervenção.

I Ciclo de Palestras Tobias Barreto nessa quarta-feira
Acontecerá nessa quarta-feira, 11/12, às 18 horas, no auditório do Tribunal Pleno, no 8º andar do Palácio da Justiça, Centro de Aracaju, o encerramento do I Ciclo de Palestras Tobias Barreto de Menezes. A palestra será ministrada pelo advogado José Lima, membro da Academia Sergipana de Letras. Na ocasião, haverá o lançamento da Revista Eletrônica 2013 do TJSE, cujo tema é ‘Tobias Barreto – O Himalaia da Cultura Jurídica Sergipana’.

Aniversário
A palestra inicial do I Ciclo de Palestras Tobias Barreto aconteceu no dia 7 de junho deste ano, aniversário de nascimento do homenageado. A palestra ‘Tobias Barreto, vida e obra’ foi proferida pelo Ministro Castro Meira, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo o Vice-Presidente do TJSE, Desembargador Edson Ulisses de Melo, “a iniciativa do evento decorre da consciência que Tobias Barreto é um sergipano que não tem recebido dos sergipanos os elogios merecidos pela repercussão que suas obras têm no Brasil e na Europa”.

Transparência
A partir de janeiro, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) passará a adotar um sistema automatizado de procedimentos administrativos e fiscais que tornará ainda mais transparente o acompanhamento dos processos pelo contribuinte. O Sistema de Virtualização do Processo Administrativo Fiscal faz parte de um política de modernização fazendária do governo do Estado e é uma ferramenta tecnológica que tem o objetivo de adequar todo o processo tributário para o meio virtual, automatizando e integrando procedimentos, desde a lavratura do auto de infração a até o encaminhamento da ação de execução da dívida na Justiça.

Treinamento
Desde a última quinta-feira, 5, gerentes, subgerentes, coordenadores e gestores ligados à Superintendência de Gestão Tributária da Sefaz estão passando por um treinamento para uso da nova ferramenta, assim como também contribuintes, servidores da PGE, TJ e de demais órgãos serão capacitados pela Sefaz para se adequar ao sistema.

AMESE realiza vistoria no serviço de Pronto-Atendimento Ipesaúde
Na noite  de ontem, 09, a AMESE, através do seu presidente Sargento Jorge Vieira e do assessor jurídico da entidade Dr. Márlio Damasceno, esteve fazendo uma vistoria no Serviço de Pronto-Atendimento do Ipesaúde, quem funciona em anexo ao HPM, com o objetivo de fazer um levantamento da real situação da unidade médica.

Autorização
A vistoria que teve a devida autorização do Ministério Público, foi realizada no horário das 19 às 20 horas, sendo encontradas diversas irregularidades conforme se faz provar com as fotos retiradas pelo Dr. Márlio Damasceno, as quais serão repassadas posteriormente à Promotoria dos Direitos à Saúde, para instruir a representação que fora feita pela AMESE junto ao Ministério Público Estadual e cuja apuração está em curso.

Condições
Apesar da informação do Ipesaúde de que o atendimento de urgência será também feito por hospitais particulares, a AMESE entende de que o Serviço de Pronto-Atendimento deve ser mantido, dando-se condições reais de trabalho e um melhor atendimento ao funcionalismo público, até porque, em caso de um colapso em um dos hospitais particulares credenciados será importante a continuidade do serviço prestado na unidade do próprio Ipesaúde.Desde já a AMESE agradece aos promotores Drª. Euza Missano e Dr. Alex Maia pela atenção dada à representação feita pela entidade, apurando-se os fatos de forma minuciosa.

Mostra de Direitos Humanos
Fazendo parte das comemorações do Dia Internacional dos Direitos Humanos, o Cinema Vitória receberá na quarta e quinta, 11 e 12, respectivamente, a 8ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos da América do Sul. Serão exibidos de forma gratuita os filmes Doméstica  (na quarta-feira às 15 horas) e As hiper-mulheres (quinta-feira às 15 horas). Confira a programação completa na imagem anexa.

Vamos ajudar? A Rede de Postos Presidente realizará no próximo domingo dia 15/12 o Natal Solidário
A Festa acontece há 29 anos. A previsão nesse ano será entregar 1.100 cestas básicas. Além das cestas, todas as

crianças presentes terão uma tarde de lazer com um parque de diversões, cinema 6D, sorteio de bicicletas e lanches. As comunidades atendidas são os bairros: Veneza, São Carlos, Maria do Carmo e adjacências. Venha você também e participe desse Natal Solidário. Troque o óleo e filtro do seu carro e ajuda a uma família carente.

Agenda
10 de dezembro – terça-feira. Faltam 15 dias para o Natal e 21 para o final do ano 2013.  Hoje é o dia do palhaço e também o dia mundial dos direitos humanos. A propósito, o Estado de Sergipe ainda não possui uma Comissão Especial da Verdade. Espera-se que sua instalação ocorra no próximo ano.
No ano de 2008, o democrata Barack Obama é o primeiro negro a ser eleito presidente dos Estados Unidos. Obama foi reeleito em 2012. Sua popularidade caiu bastante no primeiro ano de seu segundo mandato. No Brasil, no final de 2007 para começo de 2008, é anunciada a exploração de petróleo na camada do pré-sal, com o campo de Tupi, na bacia de Santos. Abre-se a perspectiva de que, em alguns anos, o país tenha uma das maiores reservas de petróleo do planeta. Cinco anos depois, realiza-se o leilão do campo de Libra. A PETROBRAS vive uma grande crise. Há poucos dias, as ações da empresa petrolífera caíram 10 por cento, na Bolsa de Valores de São Paulo.
“A vida irrefletida não vale a pena ser vivida.” – Sócrates, filósofo grego (469 a.C./399 a.C.) – Obras principais: Relatos de Platão sobre a vida e a filosofia de Sócrates na Apologia e em vários diálogos. Pensamento basilar da filosofia socrática: “Só sei que nada sei.”
Ontem (09.12), o FMI analisou novo índice de preços da Argentina, que sofreu censura do órgão por ter estatísticas pouco confiáveis. Hoje (10.12) – Senado do Uruguai pode votar descriminalização da maconha, no último passo para que projeto se torne lei. Entrega dos prêmios NOBEL, exceto o da paz, em Estocolmo. Amanhã (11.12) – Decisão da Taça Libertadores da América: Lanús X Ponte Preta. Sexta-feira, 13 – Na Líbia, deve começar o julgamento de Saif al Islam, filho do ditador Muammar Gadaffi, acusado de vários crimes. Domingo (15.12) – Sepultamento de Nelson Mandela em Qunu (África do Sul), aldeia onde o líder passou a infância.
Após ataque, as Farc anunciam cessar-fogo. Gigantes da WEB pedem controle da espionagem. Torcida encara neve intensa para assistir a jogo de futebol americano em Filadélfia (EUA). Banco Mundial publica relatório em que aponta a desorganização e a ineficiência do SUS – Sistema Único de Saúde do Brasil. Governo brasileiro reconhece a crítica do Banco Mundial e promete redesenhar a rede hospitalar.

Curtas
COMISSÃO DA VERDADE DIZ QUE JK FOI ASSASSINADO PELA DITADURA MILITAR. /// EXCESSO DE IMÓVEIS COMERCIAIS FAZ ALUGUEL CAIR EM SÃO PAULO. /// JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL PROÍBE A VENDA DE ANDADORES INFANTIS EM TODO O PAÍS. /// MINISTRO DA JUSTIÇA É CONVOCADO PARA EXPLICAR DOSSIÊ SOBRE CORRUPÇÃO NO GOVERNO. /// DILMA EMBARCA PARA A ÁFRICA DO SUL ACOMPANHADA DE EX-PRESIDENTES: SARNEY, COLLOR, FERNANDO HENRIQUE E LULA. /// TARSO GENRO REBATE TUMA JÚNIOR: “NÃO HOUVE DOSSIÊS.” /// JACKSON BARRETO TOMA POSSE HOJE, OFICIALMENTE, NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, COMO GOVERNADOR DE SERGIPE. /// ÚLTIMO ANO SERÁ MARCADO PELO ESTILO JB. /// PPS NACIONAL DEFINE-SE POR APOIAR EDUARDO CAMPOS PARA A PRESIDÊNCIA.

ESPORTE  – O  ESPAÇO DO ALCEU –  por Alceu Monteiro

As (ex) potências do eixo
Durante décadas, os clubes de futebol do Rio de Janeiro e de São Paulo foram considerados verdadeiras “potências” do futebol brasileiro. Repetindo o que ocorre em nosso país em outros setores, como o da política, Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo (RJ) e Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos (SP) reinaram quase que de forma absoluta no cenário futebolístico. Aos poucos, porém, equipes de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul foram desenvolvendo-se, acompanhadas por clubes do Paraná, Goiás, Bahia e outros estados menos votados. O retrato do futebol brasileiro no momento atual mostra, de forma clara, insofismável, o retrocesso das outrora consideradas “potências” do eixo Rio/São Paulo. Por exemplo, dentre os quatro primeiros colocados do Brasileirão 2013, não há um clube sequer do futebol paulista. Um deles é carioca, o Botafogo. Se partirmos para observar os quatro últimos (rebaixados) para a Série B, encontramos dois cariocas (Vasco e Fluminense) e um paulista, a Ponte Preta de Campinas. Esse equilíbrio é salutar para o nosso futebol. Antes de seu começo, o Brasileirão tinha cerca de 8 ou 10 equipes consideradas candidatas firmes ao título máximo. Como 20 é o número de participantes, percebe-se o quanto a competição é equilibrada. O Fluminense, campeão brasileiro em 2012, foi rebaixado para a Série B (segunda divisão). O Corinthians, campeão da Libertadores e do mundial de clubes em 2011, foi outra decepção em 2013. Dos 4 primeiros colocados, o Cruzeiro (campeão) é mineiro, o Grêmio é do Rio Grande do Sul, o Atlético, de Curitiba. Já o Botafogo, ficou em quarto lugar e poderá disputar a Libertadores, se a Ponte Preta não conquistar a Copa Sul-Americana. O Flamengo (RJ) e o Atlético (MG), têm participação garantida na principal competição do futebol continental. O primeiro sagrou-se campeão da Copa do Brasil, enquanto que o segundo é o atual campeão da Libertadores. É preciso que os clubes rebaixados saibam reconhecer que sua queda teve como culpados eles próprios. Reestruturar-se, renovar suas equipes e promover um esforço concentrado visando a retornar à Série A. Aí está o grande desafio para os rebaixados. É bom lembrar que há vários bons times na Série B, que é, também, um campeonato bastante equilibrado. Erra por completo quem achar que em 2013 só há duas vagas para os disputantes da Série B, porque as outras duas já têm dono: Vasco e Fluminense. O tempo vai mostrar isso. O que é angustiante, mesmo, é a situação do nosso futebol. Entra ano, sai ano e nenhum clube sergipano consegue sair da Série D.

Bola na mesa
Quem esteve recentemente no programa apresentado por Ricardo Vieira na Rádio Cultura foi o veterano narrador esportivo Antônio Barbosa. Com a irreverência que lhe é peculiar, o Barbosinha apimentou a nova atração esportiva da emissora católica. O programa é apresentado aos domingos, logo após a Hora Católica.

Atalaia FM
Vai mudar, completamente, a partir de primeiro de janeiro, sua programação.

Copa São Paulo
Emissoras sergipanas preparam-se para a cobertura da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A competição é promovida anualmente pela Prefeitura de São Paulo.

Memória esportiva

10 de dezembro – Em 1950, o jogo Portuguesa 3 X 1 Palmeiras é o primeiro com transmissão pela TV no Brasil. A TV Tupi, de São Paulo, exibe a partida. Em 1959, o Bahia derrota o Santos de Pelé & Cia. no Pacaembu, por 3 a 2. O tricolor de aço da Boa Terra chegou a estar perdendo por 1 a 0. O Bahia sagra-se campeão da Taça Brasil. Em 1968, o Santos derrota o Vasco por 2 a 1, no Maracanã, e conquista o Torneio Roberto Gomes Pedrosa. O time de Pelé termina em primeiro lugar no quadrangular final, que tinha, ainda, as equipes do Internacional e do Palmeiras.

Jogo rápido
Osvaldo Oliveira deixa o Botafogo e vai dirigir o Santos. /// Tite afirma que vai dar uma pausa em sua carreira. Só voltará a trabalhar após a Copa do Mundo. /// Procurador-Geral do STJD vai pedir 20 jogos de perda de mando de campo para o Atlético do Paraná e 10 para o Vasco. /// MP enviou ofício à PM. Mas nega que tenha proibido policiamento no interior do estádio em Joinville. /// Dilma e Aldo Rebelo manifestam indignação com as cenas de violência de domingo, no jogo Atlético PR X Vasco. /// O Bahia dispensou o técnico Cristóvão Borges. /// 5.000 torcedores lotam o aeroporto de Confins, em BH, no embarque do galo mineiro para o Marrocos. /// O Atlético vai disputar o campeonato mundial de clubes. /// FIFA anuncia que Messi, Cristiano Ronaldo e Ribéry vão disputar a bola de ouro. Resultado final sai em janeiro. /// Neymar concorre ao gol mais bonito de 2013, com o que marcou contra o México, na Copa das Confederações. /// Confiança e Itabaiana deverão viajar para São Paulo dias antes da estreia na Copa São Paulo. /// BANESE recusou apoio ao torneio da Liga Nacional de Futsal. As disputas começam esta noite, no Ginásio Constâncio Vieira. /// Reinaldo Moura deverá ser aclamado presidente do Sergipe no dia 17 de dezembro.

PELO TWITTER

www.twitter.com/ffariajr  Não devemos ter medo dos confrontos… até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas. Bom dia!

www.twitter.com/jrobertotgomes  Se vai me convidar para confraternização de fim de ano lembre-se: prefiro um inimigo declarado a um amigo oculto.

www.twitter.com/clovis_silveira  Somos o resultado de como vivemos  nossa vida, e a nossa conduta em relação à vida é que faz a diferença!

www.twitter.com/DiegoVicktor  Dentre várias escolhas você nunca estará certo. Acho que a única opção correta é sempre aquela que nem é elegível…

www.twitter.com/DjCello "A abelha atarefada não tem tempo para a tristeza"

www.twitter.com/ThalesBrandao  As cenas do jogo Vasco e Atlético – retratam o terror de um país desequilibrado. Imagens fortes, heim! Desgosto desse Brasil!

ARTIGO

Desafios da segurança pública, eventos esportivos e serviço particular  por Eduardo Marcelo Silva Rocha

No dia de ontem o noticiário foi inundado pelas imagens absurdas do confronto entre torcidas em Joinville/SC. O fato em si não é nenhuma novidade, afinal torcidas de futebol – principalmente as organizadas – nos “brindam” com espetáculos desta natureza há muitos anos. Mas a informação de que a segurança do evento estava sendo efetuada apenas por agentes particulares chamou a atenção. Principalmente daquele veículo de comunicação que  mais se beneficia com o “negócio futebolístico”. Nem todas as questões envolvidas foram abordadas, especificamente quem arca com o custo da segurança nesses eventos. E a quem o cabe.

Não podemos deixar de lembrar que o fenômeno da violência das torcidas de futebol é algo antigo. Neste contexto, não por acaso, desde os anos 60, torcedores ingleses violentos – apelidados de “hooligans”, termo que significa vândalos – tornaram-se famosos em todo o mundo. Um pouco mais próximo, na América Latina, notabilizaram-se os Barra Bravas, cujo maior expoente é a facção Argentina. E em nada “deixam a desejar” em relação aos hooligans.

Em nosso país, muitas são as torcidas organizadas com histórico de violência, fato que já motivou pedidos de dissolução de tais agremiações pelos órgãos de controle. Aqui em Sergipe, em que pese o tamanho e a pouca mobilização da sociedade pelas equipes locais, temos diversos registros de violência, inclusive com resultado morte. Para constar e explicar a complexidade do fato, existem duas torcidas organizadas de um mesmo time – uma  dissidência da outra – que mais costumam brigar entre si do que com as  torcidas dos outros clubes.

Frisemos, deixando o “link” para uma outra oportunidade, que em todo o país, a imprensa sempre dá maior ênfase às manifestações violentas que ocorrem dentro das praças desportivas, reservando atenção claramente menor à violência que acontece em seu entorno. Uma morte dentro de uma praça desportiva parece ser “valer mais” que uma morte que ocorra fora. Lembremos que emissoras de TV, principalmente, muito lucram com esse “negócio”.

No caso apontado no início, verificou-se que a segurança do evento era feita por agentes particulares contratados por um dos clubes, segundo intervenção do MP local. O entendimento utilizado reconhece ser o citado evento como particular, devendo ser a segurança custeada pelos seus promotores, não pelo Estado, que deve cuidar da área externa do evento.

As palavras do Oficial Cmt. Do Batalhão responsável pela área, traduzem bem a questão maior em “jogo”: "É um evento privado, e a segurança era de responsabilidade de uma empresa privada contratada pelo Atlético-PR. Tudo vai ser analisado em razão das imagens. A Polícia Militar tinha que fazer o policiamento na parte externa do estádio, como está fazendo". http://revistaforum.com.br/blog/2013/12/acao-do-mp-impediu-policia-militar-no-estadio/

O futebol trabalha com cifras imensas, recentemente um repórter local, chateado com uma reunião na qual não fora franqueada a participação à imprensa, revelou que o repasse feito pela FIFA à federação local de futebol iria aumentar de R$ 50 mil, para R$ 100 mil. Além disso, diversos são os interesses envolvidos, vide a “lei da copa” – tal qual o regramento da nossa prévia carnavalesca de janeiro, que proíbe a venda de bebida de outra marca diversa à marca do patrocinador – primorosa por interceder em questões relacionadas às atividades econômicas ligadas ao evento, alterando direitos históricos como o direito à meia-passagem dos estudantes.

Mas conforme defendeu o MPE/SC, eventos futebolísticos como o em questão, são eventos particulares, uma vez que ocorrem em local fechado sob a exigência de pagamento em dinheiro para se ter acesso ao local e assistir os jogos. Se fosse evento público não poderia haver cobrança de “entrada”.

Por isso, se um evento é particular não cabe ao Estado executar segurança interna, pois as funções de polícia do Estado devem ser desenvolvidas em prol da coletividade, o que não se verifica nesse tipo de evento.

Por mais que se queira falar da importância e da tradição do futebol para o país, isso não modifica em nada a questão principal: de que ali é um evento privado! A sua relevância não pode servir de justificativa para se proceder ao arrepio da Lei, como se a administração pública fosse passional. O administrador deve agir com respeito aos cidadãos e à coisa pública. Principalmente com os recursos que devem beneficiar a coletividade.

Respondendo qualquer dúvida que possa se existir, tomemos como paradigma o parecer nº 5146/2008 da Procuradoria do Estado, que assim coloca:

“Caso o evento seja particular e de maiores proporções, a sua segurança interna fica ao encargo da pessoa física ou jurídica responsável pela sua organização, entrementes, a segurança externa, nas vias públicas, nas ruas de acesso ao local do espetáculo, evidentemente fica ao encargo do poder público[…]

Evidentemente que referidas atribuições devem ser desempenhadas em qualquer lugar dentro do Estado […], independentemente de um evento ser organizado pelo poder público  ou por instituições  ou empresas privadas.

[…] A carreira policial é caracterizada por atividade continuada e inteiramente devotada às finalidades da polícia militar”. Portanto, […] direcionada […] às suas finalidades, sempre regidas pelo Estado, encontrando-se como finalidade precípua a atuação na segurança pública […]”

Portanto, temos três posicionamentos de segmentos envolvidos diretamente com esta questão: um Ministério Público, um Organismo de Segurança e uma Procuradoria de Estado, alinhados, reconhecendo que os “jogos de futebol” são eventos privados, não cabendo ao Estado responsabilizar-se pela segurança interna deles.

Neste diapasão, tal entendimento visa o respeito ao contribuinte e aos recursos públicos. Afinal, se toda atividade esportiva exigir que em suas apresentações haja polícia estadual para garantir a segurança, sob a alegação de que assim como o futebol aquilo é um evento público, as polícias militares não poderão mais efetuar sua missão precípua.

Ou a cumprirá sob o signo do sacrifício dos seus integrantes.

Em regra, para se efetuar policiamento em praças desportivas, duas opções são as mais razoáveis: 1) o uso do efetivo policial de serviço normal; 2) o uso de policiais de folga; no primeiro caso, temos um claro prejuízo ao todo da sociedade, uma vez que muitos policiais deixarão de efetuar suas funções comuns de patrulhamento em sua área, para atuar em um evento, particular, e fixo em uma área infinitamente menor que a original.  Está perdendo a sociedade, duplamente, pois perde o policial nas ruas e o recurso público do seu salário, que estará custeando a segurança do evento privado.  No segundo caso a perda é menor e por isso, exatamente, que poucos criticam essa solução. Nela, para assegurar o efetivo em tais eventos, simplesmente convoca o homem em pleno gozo do seu descanso, para que ele vá trabalhar de “escala extra”. Ele será o maior prejudicado, sem dúvidas, pois historicamente nunca foi remunerado por este tipo de serviço.

Por maiores que sejam as críticas –  enfatizadas por setores da imprensa que lucram muito com a exploração do futebol – à vedação do Estado efetuar segurança dentro de estádios de futebol, essa parece ser a atitude mais alinhada com a técnica e com o Direito Constitucional/Administrativo em vigor. O entendimento diverso, mas ainda majoritário, tende a causar prejuízos à população, que perde efetividade em sua defesa, uma vez que parte dos agentes públicos que deveriam estar lhe defendendo de forma ampla, estão atuando de forma segmentada, em evento eminentemente privado, principalmente quando muito se diz acerca da deficiência de efetivo.

E enquanto a imprensa grita, reclamando do que houve em Santa Catarina, poderiam desenvolver a seguinte reflexão, constante no link:http://esportefino.cartacapital.com.br/brasil-violencia-torcedores-torcidaorganizada-estadios-vasco-atleticopr-joinville-briga/.

*contato: http://eduardomarcelosilvarocha@yahoo.com.br

ARTIGO

O CIOSP não funciona como deveria, tenho saudade do COPOM da PM  por  Edgard Menezes*

Algumas pessoas não sabem que quando ligam para o número de emergência 190, não é a polícia que atende, e sim uma pessoa que trabalha como atendente de Call Center, e ai está o problema do atendimento de emergência da policia militar.

Primeiro quero afirmar que são pessoas educadas e que atendem muito bem, além de realizarem um bom serviço, se não fosse esse, um serviço de emergência da Polícia Militar, eles seguem um scripit do qual não tem culpa, e dentro do que são treinados para fazer, fazem bem, só que para a polícia não serve.

Passei recentemente por três constrangimentos com o Ciosp, por isso resolvi escrever sobre o assunto. O primeiro uma senhora adentrou na sede da companhia que trabalho reclamando ter sido roubada nas imediações do bairro Jardins, imediatamente desloquei uma viatura para o local, mas pedi que a mesma formalizasse a queixa ao Ciosp através do 190, 40 minutos depois a senhora ainda não havia conseguido, fizeram tanta pergunta que a mesma desistiu da ocorrência, fiquei com a sensação de impotência.

Na segunda vez foi um casal que teve seu veículo furtado nas proximidades da companhia, repeti o procedimento e para minha surpresa o cidadão colocou o telefone no meu ouvido, estava tocando música de espera, resolvi ligar do telefone funcional, o resultado foi o mesmo.

E por último, um veículo tomado de assalto, colocaram a arma na cabeça da motorista mandaram-na descer e evadiram-se com o veículo, isso ocorreu nas proximidades do shopping no bairro Jardins.Esse foi o pior momento para mim, pois o próprio Ciosp já estava pelo rádio dando o alerta sobre esse assalto, a proprietária do veículo chegou na companhia aos prantos me informando que estava acompanhando o deslocamento do seu veículo pelo GPS, pensei, ficou fácil.

Para minha surpresa ligo para o Ciosp, me identifico, informo que estou de serviço, informo minha condição de sargento de dia da 3ª Cia do 1º Bpm, e falo, esse veículo que vcs estão dando o alerta geral eu sei onde está, me vem a resposta, “ Um momento senhor, vamos cadastrar a ocorrência”, eu disse, não, eu estou acompanhando o deslocamento desse carro que vcs estão dando o alerta geral, vem uma pergunta, “ O senhor então quer uma viatura no local?”, eu respondi, amiga a viatura eu já enviei, está na minha área de atuação, estou informando porque poderemos precisar de reforço e vcs mesmos já estão ciente da situação, novamente o Ciosp, então vamos abrir o protocolo, perdi a paciência e desliguei.

Se estando de serviço, devidamente identificado passo por isso, fico imaginando o cidadão vítima de algum ilícito. Que saudade do Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) eram policiais que atendiam as chamadas, num caso desse depois que eu informasse a localização do veículo, não tenho dúvida, cercariam toda a área, a comunicação era fácil, policial com policial, até a voz um dos outros nós reconhecíamos por telefone ou rádio.

Era gostoso acompanhar passo à passo o desenrolar da ocorrência, as viaturas se comunicando entre si, o COPOM no ar recebendo e passando informações, acompanhando tudo, no final da ocorrência todos sabiam o resultado, quando positiva era só confraternização.

Até hoje eu não sei com quem falam para modificar as coisas, porque a nós ninguém pergunta nada, as pessoas que opinam nas mudanças do nosso serviço, muitas vezes nunca prendeu ninguém, nunca trocou tiros com bandidos, nunca perdeu uma noite numa viatura e principalmente, não fazem ideia da importância da comunicação ágil entre nós na resolução ou na prevenção dos crimes. QUE SAUDADE DO COPOM, acho que é por esses motivos que elenquei que a Polícia Militar de São Paulo, a mais profissional do Brasil, nunca abriu mão do seu Centro de comunicações.

Fiquem com Deus, abraços.

*cidadão brasileiro

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun  

 
Frases  do Dia
“A esperança tem asas. Faz a alma voar. Canta a melodia mesmo sem saber a letra. E nunca desiste. Nunca.”

“Não sei quando virá o amanhecer, por isso abro todas as portas.”

Emily Dickinson, poeta estadunidense, nasceu em 10 de Dezembro de 1830 e morreu em 1886.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários