Cozinhando o galo

0

Passada a fase das filiações, lideranças políticas e partidos entram na fase de banho Maria, que prossegue até o início de 2014. Só mesmo a partir de março começam pra valer as conversas sobre coligações. Até lá, todos vão cozinhar o galo e, para não perder o costume, estimular cizânias nos redutos adversários com o objetivo de dividi-los, enfraquecê-los. Portanto, evite fazer apostas agora sobre as eleições do próximo ano e não duvida de possíveis uniões, por mais que os envolvidos sejam inimigos figadais. Não esqueça que em política tudo é possível, desde que os fins justifiquem os meios.

De saída

A secretária estadual de Desenvolvimento Urbano, Lúcia Falcon, teria entregue o cargo ao governador Jackson Barreto (PMDB). A informação circulou ontem nas emissoras de rádio e até o momento o governo não desmentiu nem confirmou. No Palácio, é tida como certa a extinção da Secretaria ocupada por Falcon.

Xilindró

O ex-prefeito de Indiaroba, Eduardo Viegas Araújo, está vendo o sol nascer quadrado. Preso pela Polícia Federal em Brasília, o político sergipano se encontra na Cadeia Pública Territorial de Socorro. A prisão foi determinada pelo juiz federal Rafael Soares Souza. Viegas é acusado de praticar crimes em licitações públicas.

Campanha

Centenas de petistas prestigiaram ontem o ato público organizado em Aracaju pelo deputado federal e candidato a presidente estadual do PT, Rogério Carvalho. Após ouvir vários filiados, Rogério disse que o partido deve estar sempre mobilizado e que seu desafio é reconquistar os petistas que ao longo dos anos deixaram o partido. Não será fácil!

Sem polícia

A população anda assustada com a redução do número de policiais no interior sergipano. Segundo o deputado estadual capitão Samuel (PSL), no último final de semana sete delegacias ficaram fechadas por falta de efetivo. Em Telha, por exemplo, apenas um soldado protegia as instalações e os armamentos. O parlamentar garante que a violência só não é maior por falta de bandidos. Homem, vôte!

Na saúde

E o ex-deputado federal Jorge Alberto (PMDB) é o novo secretário da saúde de Japaratuba. Ele substituiu a vereadora Sizina Alcântara, que retorna às suas atividades parlamentares. Empossado ontem pelo prefeito Hélio Sobral, o peemedebista disse ter aceitado o convite visando colaborar com a melhoria da saúde daquele município.

Trotes

Quem for flagrado passando trote telefônico pode ser punido com multa inicial de R$ 1 mil. É o que prevê projeto de lei apresentado na Assembléia pela deputada estadual Ana Lúcia (PT). Ela espera que a punição reduza a ação daqueles que insistem em passar informações infundadas para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e SAMU. Segundo a deputada, de janeiro a maio deste ano foram passados quase 6 mil trotes para o Samu aracajuano. Uma lástima!

Vavá reage

O senador Antônio Carlos Valadares não gostou das insinuações de que o presidenciável Eduardo Campos (PSB) pode trocar os neosocialistas sergipanos pelo grupo liderado por Edvan Amorim. Em resposta a tais comentários, Valadares postou o seguinte no twitter: “Aos trânsfugas, navegantes e oportunistas: Eduardo Campos não usará a imposição contra companheiros para forçar alianças dissonantes em Sergipe”. Então, tá!

Greve segue

Os bancários rejeitaram ontem a contraproposta apresentada sexta-feira pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e decidiram continuar em greve. A proposta, que elevou o reajuste de 6,1% para 7,1%, foi considerada “melhoria irrisória” pelos grevistas. Os bancários pedem reajuste de 11,93% (aumento real de 5%) e valorização do piso salarial e dos vales refeição e alimentação, entre outros benefícios. Pelo visto, o acordo vai demorar mais um pouco.

Troca-troca

Dois senadores e 52 deputados federais trocaram de partidos até sábado passado. De Sergipe, apenas o deputado Almeida Lima mudou de time. Primeiro ele deixou o PPS pelo PTB, mas, como não conseguiu se manter no comando dos petebistas sergipanos, migrou para o PMDB do primo e governador Jackson Barreto.

Do baú político

Esta é da lavra do jornalista Luiz Eduardo Costa: Durante décadas, o radialista Silva Lima liderou a audiência em Sergipe com seu noticiário “Infomativo Cinzano”, transmitido diariamente pela rádio Liberdade/AM. Filho do dono da emissora, o procurador aposentado Aerton Silva conta que um dia estava conversando com o pai, o empresário Albino Silva, quando chegou o padre João de Deus. “Seu Albino, o senhor precisa por um freio na boca suja de Silva Lima”, disse o reverendo muito nervoso. Albino pede que ele explique melhor o que deseja. “Silva Lima falou assim no Informativo Cinzano: ‘E atenção, atenção, muita atenção para esta notícia que chega do Vaticano. O Concílio Vaticano II, ontem reunido, decidiu que os padres vão em breve poder casar-se. Os sacerdotes da Igreja Católica Apostólica Romana, sem os impedimentos do celibato, já podem então começar logo a namoricar, preparando-se para um futuro casamento’”. O padre fez uma pausa e concluiu: “Mas o pior, seu Albino, é que ele terminou a notícia fazendo assim: ‘Quá, quá, quá…’”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários