CPI Covid: pizza enorme à moda brasileira e da maioria dos políticos

0

                                  Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça
“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Num país sério, a CPI da Covid seria realmente pautada por uma investigação rigorosa, séria e apontando realmente os irresponsáveis pela tragédia que o Brasil passa e que deveria ser bem menor se estivesse se preparado desde o ano passado.

A CPI é um instrumento de inquérito que deveria ser séria, através de uma investigação rigorosa e, sobretudo, apartidária. Exige imparcialidade e lisura. Começou errado ao colocar como relator um senador cuja a própria imprensa e grande parte da sociedade sabe dos seus processos que, inclusive, estão engavetados há anos.

Porém, no país chamado Brasil, a CPI da Covid vai ganhar um mês de manchete na imprensa e depois, com as centenas de requerimentos, de ações e tudo mais, ficará enfadonha como assunto principal e ao seu final será mais uma pizza à moda brasileira feita pela maioria da classe política.

Mesmo que uma meia dúzia de senadores esteja com boa intenção isso não basta. A questão é mais profunda, está na espinha dorsal do legislativo e a promiscuidade do relacionamento com o Executivo, seja ele quem for. O fisiologismo vence a boa intenção da CPI.

Num país sério, a CPI, ao seu final, responsabilizaria os culpados, mas também os colocaria fora da vida pública e, até mesmo, fariam responder criminalmente pela barbárie que submeteram boa parte dos brasileiros. A maioria que conseguiu sobreviver está desempregada, desesperada e passando fome.

Não apostem que as ruas podem mudar o jogo mesmo. No atual momento não mudará, mesmo com a insatisfação popular enorme todos estão em isolamento social por conta da Covid-19.

Até junho o Brasil deve chegar a 500 mil mortos. Sem contar o desemprego e a fome que assola milhares de brasileiros. Um quadro fértil para uma CPI de verdade, mas no Brasil os interesses para 2022 passam por cima da ética, que deveria ser humanitária neste caso.

Está longe o dia que o Brasil deixará de ser o país da piada pronta e de que as leis só funcionam para poucos. A CPI da Covid será mais uma piada melancólica para a desastrosa história da política brasileira.


HOMENAGEM PÓSTUMA – Descanse em paz, Tânia!

Por volta da madruga de ontem, o telefone do titular deste espaço toca e do outro lado da linha uma chamada vinda do hospital da Unimed, em Aracaju, feita por um amigo, comunica que Tânia Maria dos Santos, a dedicada funcionária da arquidiocese de Aracaju, faleceu vítima da covid-19.

Tânia faleceu no dia 29 de abril, uma data significativa para a Igreja Católica, pois é o dia da festa de Santa Catarina de Sena, uma mulher corajosa e guerreira que se firmou pelas suas fortes convicções. Tânia, você foi uma guerreira e trabalhava incansavelmente, apesar de ser bastante adoentada, porém não foi dispensada do trabalho presencial.
Foram inúmeros os alertas que o blog fez das constantes reuniões e pelo trabalho presencial realizados na cúria metropolitana de Aracaju.

Agora ficará a saudade dos seus familiares, amigos, colegas de trabalho e tantas pessoas que receberam a sua mão amiga no trabalho prestado na Igreja Católica. E que os seus familiares possam ser amparados e recebam da arquidiocese a ajuda necessária para a sobrevivência daqueles que, com tanto sacrifício, você amava e sustentava: o seu esposo, as suas filhas e netos.

Descanse em paz, Tânia, e de onde estiver olhe para os seus familiares, colegas de trabalho e por todo o povo!

NOTAS

Sepultamento O sepultamento de Tânia Maria dos Santos, funcionária da arquidiocese, ocorreu ontem à tarde no Cemitério São Benedito, em Aracaju. Amigos, colegas e familiares participaram da despedida de Tânia, que contou com a participação do pe. Anderson Gomes, pároco da paróquia São Pedro Pescador do bairro Industrial. O arcebispo, o coordenador da cúria, o vigário geral e o chanceler da cúria não compareceram ao sepultamento.

Alerta O blog reforça o alerta às pessoas que estiveram nos últimos 20 dias na cúria metropolitana de Aracaju que procure o mais rápido possível fazer o teste para a covid-19. Também faz um apelo para que seja realizada a sanitização do ambiente da cúria, pois alguns funcionários continuam, infelizmente, trabalhando presencialmente. É preciso proteger a vida das pessoas.

Membro efetivo IAB Tomou posse na condição de membro efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) o advogado Vitor Lisboa Oliveira, que também é Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe (OAB/SE). A posse contou com a participação do ex-presidente da OAB/SE e Conselheiro Federal, Cezar Britto, do presidente da OAB/SE, Inácio Krauss, e do representante do IAB em Sergipe, o advogado Sandro Mezzarano. Vitor agradeceu a todos e reiterou o seu compromisso com o IAB, dedicando-se à cultura e debate de importantes temas jurídicos, além da defesa do Estado Democrático de Direito.

CMA diz que é falsa a notícia de votação contra à punição de agressores Em decorrência de informação inverídica publicada em redes sociais na madrugada desta quinta-feira, 28, a Diretoria de Comunicação da Câmara Municipal de Aracaju esclarece que não procede a informação de votação contrária ao projeto de lei que pune agressores de mulheres, cassando o direito de nomeação para cargo público no âmbito de Aracaju. Informa que tramitou na 35ª sessão legislativa, foi votado e rejeitado por maioria, em plenário virtual, o requerimento de n° 144/21, que pede tramitação em caráter de urgência, dispensando requisitos regimentais previstos no Regimento Interno da Câmara Municipal de Aracaju, conforme anexo. A Câmara Municipal de Aracaju, em nome se seus 24 membros democraticamente eleitos pelo voto popular, repudia toda forma de criminalização da atividade parlamentar e alerta o cidadão aracajuano para o caráter deletério da propagação de toda informação falsa. Ante ao exposto, a Diretoria de Comunicação se coloca à disposição da sociedade e dos veículos de imprensa para mais informações.


Poço Verde: ampliação da rede abastecimento na comunidade da Barragem Esta semana,o prefeito de Poço Verde, Iggor Oliveira, já realizou uma reunião de trabalho com a equipe de planejamento da Prefeitura e, ao lado do vice-prefeito, Binho de Dona Elza, que faz parte da área, debateu sobre o andamento das obras, alinhamento das metas e o planejamento futuro. Já na quarta-feira fez uma visita à obra de ampliação da rede de abastecimento de água na comunidade da Barragem ao lado do vereador Plinio de Santana, dos secretários Eliel Santana e Saulo Abreu, além do coordenador operacional da Deso na região, James Ribeiro.

Avanços Na visita, Iggor Oliveira lembrou que quando assumiu a gestão, em 2017, em 19 dias já havia devolvido a alegria a mais de 300 famílias da comunidade que passaram anos e anos de abandono. “De lá pra cá os avanços são imensos e a alegria saltando no coração”, disse acrescentando que em 2019 já ampliou a rede em mais 2 mil metros e agora está recebendo uma nova ampliação. “O nosso trabalho tem sido assim: árduo, batalhado e contínuo, mas que dá gosto de ver a minha cidade crescendo e se desenvolvendo! Temos muito trabalho à frente e, sob as bênçãos de Deus, muita gente de bem receberá os frutos desse trabalho.”

Socorro: Prefeitura realiza sorteio da localização dos imóveis dos beneficiados com as mil casas Na manhã de ontem, 29, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan) e da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas), realizou o sorteio da localização dos imóveis dos beneficiários das mil casas populares. O sorteio foi realizado por um sistema digital, altamente seguro e auditável, e foi transmitido pelas redes sociais da Prefeitura de Socorro, como Instagram, Facebook e Youtube. Seis beneficiários foram convidados para o sorteio, cada um representando um grupo de contemplados. Entre os convidados, estavam Sheila Conceição, dona de casa, e Renata Santos, auxiliar de estética, que auxiliaram no processo inicial do sorteio. Confira aqui: https://www.facebook.com/prefeitura.desocorro/videos/456145012346543

Laranjeiras realiza Audiência Pública para debater PPA, LDO e LOA Atendendo ao disposto no artigo 48 parágrafo único da Lei de Responsabilidade Fiscal e em acordo com a Lei nº 10.257/01 (Estatuto da Cidade), a Prefeitura de Laranjeiras realizou nesta quinta-feira, 29, a audiência pública em FORMATO OLINE para apresentação e discussão do PPA (Plano Plurianual – 2022 a 2025), LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e da LOA (Lei Orçamentária Anual) para o ano de 2022.

Demandas O evento foi aberto pelo prefeito José de Araújo (Juca), que destacou a importância da participação popular na construção de uma Laranjeiras melhor pra se viver. “Com a participação popular, temos a oportunidade de conhecer melhor as demandas enviadas pela população e, assim, buscar recursos para a execução, seja dos cofres do município ou através de recursos estaduais, federais e aqueles oriundos dos parlamentares sergipanos”, disse Juca.

Importância para a gestão Após a abertura, o secretário de Assuntos Jurídicos, Luiz Gustavo Maia, fez uma explanação a respeito do PPA, LDO e LOA. “Estas são leis que têm uma correlação entre si e são de fundamental importância para a gestão e para toda a sociedade. O PPA planeja as ações a serem executadas por um período de quatro anos, a LDO explicita metas para cada ano, enquanto a LOA reserva recursos para sua execução”, acrescentou o secretário. Todas as leis estão sendo amplamente discutidas com a comunidade de Laranjeiras. Por conta da pandemia, a audiência foi adaptada para um formato online, assim como, a Prefeitura da cidade disponibilizou no site: www.laranjeiras.se.gov.br um formulário, para que a população envie sugestões de ações a serem executadas pela gestão nos próximos anos.

Byron convoca reunião com a Frente Parlamentar de Turismo para discutir impactos das obras da Orla Sul aos comerciantes da área Ontem, 29, o vereador de Aracaju e segundo secretário da Câmara Municipal, Sargento Byron (Republicanos), fundador do projeto Estrelas do Mar, demonstrou-se preocupado com a situação dos comerciantes dos bares e restaurantes instalados na área onde acontecem as obras da Orla Sul da capital sergipana. O parlamentar chamou a atenção para o sofrimento vivenciado pelos donos dos estabelecimentos daquela área que, além dos impactos causados pela pandemia, ainda sofrem com os transtornos ocasionados pelas obras no local.

Embates O parlamentar convocou uma reunião entre a Frente Parlamentar de Turismo para discutir sobre os embates que afetam a categoria. “Aqueles comerciantes já sofrem na pele as consequências trazidas pela pandemia. Não podemos deixar que essas pessoas continuem sofrendo ainda mais com essas obras. Os restaurantes e bares já estão sendo fechados nos finais de semana, que é quando esses estabelecimentos têm um fluxo melhor de vendas, agora estão sofrendo também com os transtornos ocasionados por essas obras da Orla. Precisamos ouvir os representantes da Associação de Bares e Restaurantes da Orla Sul. O poder público precisa agir”, disparou.

Políticas públicas Para Byron, a criação de políticas públicas para o setor, principalmente para essa classe, deve ser colocada em discussão por parte do poder público. “Entendo que o empreendimento será extremamente importante para alavancar o desenvolvimento do turismo em nossa cidade, assim que a pandemia passar, mas precisamos conversar para que possamos encontrar soluções que possam ajudar a minimizar o sofrimento daqueles empresários”, avaliou.

Doação de relógios eletrônicos ao Hospital Cirurgia A Cooperativa dos Anestesiologistas de Sergipe (Coopanest-SE) realizou a doação de 11 relógios eletrônicos para todas as salas dos centros cirúrgicos do Hospital de Cirurgia, na última segunda-feira (26). A entrega foi feita pelo presidente da Cooperativa, Roberto Menezes, para a Direção do Hospital, com a presença da interventora Márcia Guimarães, além dos anestesiologistas Eduardo Amorim e José Roberto Mellara. De acordo com o presidente da Coopanest, os relógios são instrumentos essenciais para gerenciar o tempo durante a realização dos procedimentos cirúrgicos. “A Coopanest quer proporcionar cada vez mais segurança e qualidade nos atendimentos e serviços prestados, pois a modernidade desses relógios facilitam muito o trabalho dos anestesiologistas e de toda a equipe médica do hospital”, ressaltou. Além de data e hora, os relógios possuem cronômetro, temperatura e podem ser higienizados, seguindo os procedimentos de higienização hospitalar.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018             

 

Moradores da Rua Espírito Santo, bairro Siqueira Campos, solicitam a poda da árvore que fica em frente ao almoxarifado da Secretaria Municipal da Ação Social.

 

 

 

 


Que tal um banho super delicioso nas águas mornas da cachoeira da Ribeira? Considerada uma da mais lindas de Sergipe. Dia 8 de maio (sábado) e no domingo, dia 9 tem: Bica da Água Fria, Cachoeira da Água Fria, Poço 17 com sua cachoeira e várias Cascatas de águas cristalinas e pra fechar com chave de ouro, Pôr do Sol no alto do Cruzeiro… Serra da Miaba! Garanta já a sua vaga, porque elas são limitadas… Confira nos vídeos e ligue WhatsApp: 79 99959.2100.

 



EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

Rebecca Melo lança single “Caminho de Volta” Nesta sexta-feira, 30 de abril, chega a todas as plataformas de streaming o primeiro single da cantora Rebecca Melo, “Caminho de Volta”. A canção representa o ingresso da cantora sergipana no universo da música autoral e marca nova fase na sua trajetória artística, agora centrada na defesa do forró tradicional. Composta em parceria com Raquel Diniz, “Caminho de Volta” é a primeira faixa do EP de mesmo nome, produzido com recursos da Lei Aldir Blanc, através de edital da Fundação de Arte e Cultura Aperipê – Funcap Sergipe. Segundo Rebecca, “Caminho de Volta” é uma canção que fala de amor, a partir de uma narrativa que mescla elementos da natureza e do universo da música. “Fala sobre um sentimento bonito e sobre uma relação que mostra motivos para ser resgatada. Ela foi concebida na praia, meu cenário preferido de composição. Ao escutar, é possível perceber de imediato a influência do ambiente na canção. Raquel tinha me mandado essa melodia, com harmonia de Saulinho Ferreira. Achei belíssima e um dia, na praia, me veio a letra. Virou um xotezinho gostoso. A composição em parceria é um dos prazeres que descobri nesta pandemia”, revela. Além de Raquel, Rebecca compôs outras canções juntamente com Lucas Campelo, Bob Lelis, Taíme Gouvea, Álvaro Müller, e sua mãe, Graça Melo. Quem assina a produção musical de ‘Caminho de Volta’ é Evandro Schiruder, músico conhecido na cena poprock sergipana que, há alguns anos, vem se destacando no trabalho de produção musical de diversos artistas. Ela conta que ele aceitou o desafio com alegria, de produzir o seu trabalho, na linha do forró tradicional. “Schiruder é um grande profissional, criativo e comprometido. Ele acolheu com carinho as minhas ideias e foi muito além, produzindo um arranjo encantador com grande sensibilidade, imerso na pesquisa, em busca da melhor sonoridade possível para o estilo que estávamos buscando. Para mim, o resultado não poderia ter sido melhor”, afirma Rebecca. Além do arranjo, mixagem e masterização, Schiruder foi o responsável pelas linhas de guitarra, e dos violões de aço, nylon e 12 cordas. A sanfona virtuosa e dançante é de Missinho do Acordeon; o baixo swingado, de Júnior de Lima; bateria e percussão marcadas e pulsantes são de Júlio Fonseca. Segundo Rebecca, esse é o time que acompanha as gravações de todo o seu novo trabalho, que será lançado nas plataformas sequencialmente ao longo do ano, e que inclui, ainda, canções inéditas de outros compositores sergipanos, que Rebecca prometeu divulgar em breve. O pré-save de “Caminho de Volta” já está disponível na BIO do perfil @rebecca_melo no Instagram, onde também estarão disponíveis os links para acesso às principais plataformas, a partir de sexta-feira.


PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK



ARACAJU: SERÁ QUE A SMTT VAI CUMPRIR A DECISÃO JUDICIAL E ACABAR COM A FARRA DE VEÍCULOS NO VIRAL?

A pedido do MPF, Justiça proíbe tráfego de veículos na faixa de areia das praias ao longo da Rodovia Inácio Barbosa, em Aracaju

pós ação civil pública ajuizada em 2014 pelo Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal proibiu o tráfego de veículos automotores na faixa de areia das praias existentes ao longo da Rodovia Inácio Barbosa (antiga Rodovia José Sarney), em Aracaju. A decisão abrange o trecho desde a praia da Aruana até a região do Rio Vaza-Barris, também conhecida como Viral. Na ação, o MPF comprovou o alto risco à segurança dos banhistas, a ocorrência de atropelamentos e a existência de vários pontos de acesso à praia ao longo da rodovia e relatou o flagrante de veículos estacionados em área de preservação permanente.

Além de proibir a circulação de automóveis, a Justiça também condenou o Município de Aracaju e a Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) a fiscalizar o acesso irregular ao local. O Departamento Estadual da Infraestrutura Rodoviária (DER), que também é réu na ação, foi condenado a instalar defensas fixas e móveis na lateral da Rodovia Inácio Barbosa, em todos os pontos de acesso à praia por veículos automotores.

A procuradora da República Lívia Tinôco, responsável pela ação, destaca que o risco aos banhistas era iminente e que a medida judicial é fundamental para a segurança de quem frequenta as praias da capital. “Na ação, destacamos o caso de 2020 em que uma jovem foi atropelada por uma caminhonete enquanto tomava sol e quase perdeu a vida. São esses casos que a medida judicial pretende evitar”, destacou a procuradora.

Ação – Em 2013, o MPF recebeu denúncias de tráfego de veículos das praias da Aruana até a foz do Rio Vaza Barris, conhecida também como Viral, que atualmente é viabilizado pelas entradas existentes ao longo da Rodovia Inácio Barbosa. Ficou comprovado, além dos fatos denunciados, que ao longo da rodovia existem vários pontos que permitem o acesso de veículos automotores à faixa de areia da praia e que há circulação de veículos automotores, inclusive em regiões frequentadas por banhistas. Constatou-se também, por meio de investigação do MPF, que, no acostamento da rodovia, o poder público realizou rebaixamentos na calçada como verdadeiro incentivo ao tráfego de veículos que transitavam da rodovia em direção à faixa de areia.

De acordo com o MPF, a permissão de tráfego de veículos automotores na praia não se harmoniza com as regras que protegem as áreas de preservação permanente. Tal uso permite a compactação da faixa de praia, com impedimento à reprodução de espécies como as tartarugas marinhas, e a destruição de outras espécies como águas-vivas e estrelas-do-mar. Também não haveria utilidade pública nem interesse social que autorizasse o tráfego de veículos automotores em área de preservação permanente, uma vez que pode causar dano à fauna. Outro ponto ressaltado foi a ameaça à segurança dos banhistas, que ficam sujeitos a atropelamentos e acidentes.


Decisão – Acatando as solicitações do MPF, a Justiça Federal determinou a proibição do tráfego de veículos automotores na faixa de areia das praias existentes ao longo da Rodovia Inácio Barbosa, em qualquer horário, desde a praia da Aruana até a região estuarina do Rio Vaza-Barris, também conhecida como Viral, ressalvados aqueles veículos, públicos ou particulares, necessários para o atendimento do interesse público. O município de Aracaju e a SMTT foram condenados à obrigação de fiscalizar o acesso irregular.

O DER também foi condenado a instalar defensas fixas e móveis na lateral da Rodovia Inácio Barbosa em todos os pontos de acesso à praia identificados pelo MPF. Além disso, a Justiça decidiu que o DER deverá promover a completa sinalização de toda a extensão da rodovia na faixa de areia das praias e colocar obstáculos nos locais em que se verificar essa prática, enquanto as defensas fixas e móveis não forem instaladas.

Ficou determinado, por fim, que a SMTT exerça a sua atribuição legal e impeça todo e qualquer veículo automotor de transitar na faixa de areia das praias entre a Aruana e o Viral, devendo apreender aqueles que desrespeitarem a proibição.

Recurso – Os réus da ação já interpuseram recursos contra a sentença, mas a legislação permite que seja executada provisoriamente a proibição do tráfego de veículos, já solicitada pelo MPF, e que deve ser fiscalizada pela SMTT e pelo município de Aracaju. (fonte/MPF/SE).



PELO TWITTER


www.twitter.com/profanselmo Estamos no sanatório geral! Um diz que está chegando a hora de botar o exército “dele” na rua pra todo mundo ir pegar o vírus. O outro passeia sem máscara no shopping. O outro tomou a vacina escondido. E tem aquele que culpa o chinês pela Pandemia. Eita povo doido!

www.twitter.com/fabioreis1515 O Brasil chegou a 400 mil mortos pot Covid. Lamento pelas vidas perdidas até aqui: pais, mães, filhos, avós. 400 mil pessoas importantes para tantas outras milhares de pessoas. Para alguns especialistas, há o risco de o país ter uma terceira onda da pandemia. Então, por favor, se puder fique em casa. Não aglomere, use máscara. E quando chegar sua hora, se vacine.

www.twitter.com/EdcarlosQueiroz A situação está tão terrível que até o carro do ovo sumiu.

www.twitter.com/Jefferson_PT Sumiu o carro de ovo e aumentou a população em situação de rua.

www.twitter.com/leo_koury Não é o trabalho por si que guarda a sua essencialidade. O essencial é a vida! A vida humana e de todo planeta, sem restrições. Pietro tem toda razão, afinal ele é um ótimo chargista.

www.twitter.com/andretrig Alcançamos há pouco 400 mil óbitos pela covid no Brasil. Fora os sequelados pelo vírus. Fora os dilacerados pela dor da perda dos entes queridos. Fora a exaustão dos profissionais de saúde. Fora a vergonha dos profetas do negacionismo. Fora o resto. #tragédia

www.twitter.com/orlandoguerreir “Se você sente dor, você está vivo. Se você sente a dor das outras pessoas, você é um ser humano.” (Liev Tolstói)

www.twitter.com/PauloCO49410408




Siga Blog Cláudio Nunes:             

Instragram

 Facebook

 Twitter

 


Frase do Dia
“Se você calar a verdade e enterrá-la, ela ficará por lá. Mas, pode ter certeza que, um dia, ela germinará.” Émile Zola, escritor francês.


https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-04/papa-motu-proprio-nova-lei-anticorrupcao-dirigentes-vaticanos.html


O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais