Criatividade é talento; seja uma usina de ideias

0

CRIATIVIDADE É TALENTO: seja uma usina de ideias (*)

 

Uma recente pesquisa realizada pela IBM[1] consultou cerca de 1500 CEO´s em todo o mundo e, como resultado, constatou que a criatividade é a competência mais importante da atualidade.

A primeira coisa que precisamos entender é que a criatividade é uma habilidade natural de todo o ser humano. A definição mais clara que conheço sobre criatividade foi dada por Dewit Jones, fotógrafo da revista National Geografic, que afirma: “A criatividade consiste em olhar para o ordinário e ver o extraordinário.”

A meu ver essa é uma definição excelente da criatividade porque evidencia essa competência, ou seja, a capacidade de olhar para o comum e ver os muitos aspectos incomuns que estão contidos naquele processo, produto ou serviço. Portanto, é uma definição simples que mostra justamente o poder do espírito criativo que envolve todos os grandes gênios da Humanidade.

Ruth Noeller, Professora de Matemática foi convidada para trabalhar na CEF[2] porque a instituição queria não apenas entender o conceito de criatividade, mas principalmente encontrar uma maneira de explicar o seu funcionamento. Depois de muitos anos de estudo e pesquisa foi definido pela profa. Noeller e membros da CEF o significado da criatividade como sendo: “uma função atitudinal (fa) do conhecimento (Cn), imaginação (I) e da avaliação (Av)”, ou seja: C = fa(Cn, I, Av). Portanto, a função atitudinal é um componente essencial para que a criatividade aconteça porque é justamente a capacidade de se expor, de persistir, de correr atrás, de fazer acontecer que é tão comum nos indivíduos verdadeiramente criativos. Todavia, os outros componentes essenciais também são importantes: conhecimento, imaginação e capacidade de avaliação.

Todavia, pela própria definição não adianta ter atitudes e não possuir os demais componentes (conhecimento, imaginação e avaliação), bem como também não adianta ter esses três componentes bem desenvolvidos e não possuir atitude para se expor.

Como vivemos numa sociedade na qual as pessoas julgam muito e têm muito medo de serem julgadas, na maioria das vezes, a função atitudinal impede que a criatividade possa aflorar.

Bem, a boa notícia é que nem tudo está perdido, existem maneiras de se resgatar e  desenvolver o pensamento criativo.

É justamente para deixar esse conhecimento claro, transparente e acessível à população interessada que a Fundação Brasil Criativa realiza em Aracaju, SE,  desde 1999, os Fóruns Internacionais de Criatividade e Inovação, com a participação de mais de mil pessoas vindas dos mais diferentes Estados do Brasil.

A décima edição do Fórum Internacional de Inovação e Criatividade – X FIIC, acontecerá no período de 18 a 20/11/2010, no Hotel Parque dos Coqueiros, Praia de Atalaia, Aracaju, SE. Considerado o maior evento do Brasil sobre o tema criatividade e inovação, o seu objetivo principal é deixar claro que a criatividade é uma etapa inicial e fundamental do processo que culmina com a inovação e que é necessário se desenvolver a criatividade para ao final do processo ter-se inovação. Para este ano, além das palestras magnas, painéis, palestras interativas e dos workshops pré-fórum foram incluídas duas novas atividades ao evento: os núcleos temáticos e os “voos noturnos”.

Os “Núcleos Temáticos” serão conduzidos por líderes da FBC com experiência internacional e permitirão que os participantes vivenciem e participem intensamente do processo de resolver um problema utilizando a metodologia Solução Criativa de Problemas.

Os “Voos Noturnos” serão espaços abertos na programação noturna do evento para apresentação de projetos e cases de cunho acadêmico ou cientifico e que estejam diretamente relacionados às empresas ou instituições participantes do evento.

Em todas as edições anteriores o FIIC tem contado com um uma média de 1.000 participantes oriundos de vários Estados do Brasil e do Exterior. Este ano além dos 22 especialistas brasileiros de altíssimo nível, estarão também presentes seis especialistas vindos Exterior (USA, Canadá e Portugal) que estarão no evento trocando experiências e conhecimentos com todos os presentes.

A repercussão internacional deste evento coloca o Estado de Sergipe em destaque, visto ser o único Estado do Brasil a desenvolver, desde 1999, ações focadas essencialmente nos temas criatividade e inovação competências sobremaneira valorizadas no mundo atual.

E se você deseja saber como resgatar e desenvolver a sua criatividade e possuir esse diferencial de competência aproveite essa grande oportunidade.

A FBC e a sua rede de parceiros está trazendo para Aracaju especialistas nacionais e internacionais em criatividade aplicada.

Acompanhe as notícias do X FIIC.

 

 

(*) Fernando Viana

www.fbcriativo.org.br

 

 



[1] Capitalizando na Complexidade, Institute for Business Value, 2010

[2] Creative Education Foundation, Buffalo, NY, USA.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais