Crime e política juntinhos

0

Não surpreendeu a denúncia do jornal Estadão de que as Milícias do Sudeste podem interferir nas eleições deste ano em Sergipe. A organização criminosa agiria vendendo segurança a políticos e até exterminando adversários de seus pagadores. O envolvimento da política com o crime não é novidade: nas eleições de 2016, uma acusada de comandar o tráfico de drogas no Baixo São Francisco quase se elegeu vereadora em Propriá. Mesmo estando presa, a candidata Maria Luciene dos Santos, a “Ciene” (SD), obteve 235 votos. Felizmente, indigitada não foi eleita, porém sua votação contribuiu para o Solidariedade eleger dois vereadores naquele município, inclusive a mais votada do pleito. Portanto, a suspeita levantada agora pelo Estadão sobre a atuação das Milícias nas eleições, apenas comprova que a política e o crime organizado permanecem de mãos dadas. Coisas deste Brasilzão de meu Deus!

Se a canoa não virar…

A continuar recebendo apoios, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (futuro PDT), terá dificuldades para acomodar tanta gente em seu palanque de reeleição. Já aderiram ao projeto do ex-comunista partidos como PSD, Progressista e Republicanos. O PSC e alguns demistas também querem se juntar a Nogueira. O perigo é a canoa virar na turbulenta campanha. O animado grupo, porém, prefere cantar a outra parte da modinha: “…olê olê olê olá/ Eu chegou lá”. Aff Maria!

Cara, crachá!

Como perguntar não ofende: por que na hora do voto a Justiça Eleitoral exige do eleitor a apresentação de um documento com foto? Será que não acredita em seu moderníssimo sistema biométrico, desenvolvido justamente para identificar quem teve as impressões digitais previamente cadastradas pelos próprios cartórios eleitorais? Misericórdia!

Hora da vingança

A depender do pastor Jony Marcos, presidente do Republicanos em Sergipe, o vereador aracajuano Pastor Alves não terá a chancela do partido para disputar a reeleição. Segundo Jony, a legenda não vai ter como candidatos proporcionais “nenhum vereador ou tubarão. Não vamos priorizar ninguém”. Há quem diga, contudo, que o manda chuva do Republicanos está simplesmente indo à forra, pois o pastor Alves passou todo o mandato arrotando cobras e lagartos contra o colega de pastoreio. Crendeuspai!

Sã e salva

A delegada de Polícia Georlize Teles levou o baita susto quando o carro em que viajava capotou e caiu numa ribanceira. Apesar da gravidade do acidente, a delegada e os outros quatro ocupantes do veículo foram socorridos e passam bem. Atual secretária de Defesa Social de Estância, Georlize Teles alimenta o desejo de disputar a prefeitura de Aracaju pelo DEM, mas o partido ainda não decidiu se terá candidato próprio. Aguardemos, portanto!

Quaraquaqua 

Vira e mexe, o Tribunal de Contas de Sergipe critica e promete punir prefeitos com salários superiores a R$ 30 mil. De fato, é um absurdo ver gestores de municípios pobres abocanhando tanta grana. O problema é que quem ganha um xibilhão, como os conselheiros do TCE, não tem moral para chamar os prefeitos de marajás. É o sujo falando do mal lavado. Cruz, credo!

Vera critica o INSS

E a ex-candidata à Presidência da República, Vera Lúcia (PSTU), tá invocada com o tratamento dispensado pelo INSS a quem deseja se aposentar. Ouvida pelo blog Primeira Mão, a moça abriu o verbo: “É uma vergonha o que está acontecendo nos postos do INSS. O governo Bolsonaro, além de aprovar uma Reforma da Previdência que vai castigar os mais pobres, faz um verdadeiro desmonte do INSS”. Desconjuro!

Pé na estrada

O Cidadania colocou os pés na estada rumo às eleições deste ano. O partido liderado pelo senador Alessandro Vieira vai percorrer o estado para definir candidaturas próprias a prefeito e fechar as chapas dos candidatos a vereador. A Caravana do Cidadania também conversará com a população na tentativa de mudar a forma como a política é feita em Sergipe. Então, tá!

Cartão vermelho

Dependesse apenas da tendência petista Articulação de Esquerda o deputado estadual Francisco Gualberto seria expulso do PT. A turma não o perdoa por ele ter votado favorável a nefasta Reforma da Previdência estadual. A Articulação de Esquerda já solicitou à direção do partido que chama Gualberto para se explicar na comissão de ética. Mas nada disso deve acontecer. Além de elogiar Chiquinho, o presidente do PT, deputado federal João Daniel, afirmou que o partido não fechou questão sobre a Reforma da Previdência, não havendo motivos para punir quem aprovou o projeto. Marminino!

Contra o reajuste

O vereador Cabo Amintas (PTB) defende que a Prefeitura não reajuste o preço da passagem dos ônibus de Aracaju. Segundo ele, a população precisa reagir contra a possibilidade do aumento da tarifa. Cabo Amintas também cobra do prefeito Edvaldo Nogueira (futuro PDT) que realize a prometida licitação dos transportes coletivos. Quer apostar uma mariola de goiana como o prefeito não ouvirá as ponderações do petebista? Homem, vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha de Sergipe, em 9 de julho de 1886

Comentários