Crime não tem idade

0

Aterrorizados com a crescente violência urbana, a grande maioria dos brasileiros já é a favor da redução da maioridade penal dos 18 para 16 anos, como se esse fosse o único remédio para conter a onda de criminalidade. Não é. Diferente do que pregam os defensores desse absurdo, não existe idade definida para o individuo começar a delinquir. A assustadora violência é causada por fatores mais complexos como a falta de políticas públicas para os jovens das periferias, os cada vez mais constantes conflitos familiares e a facilidade como as drogas chegam para viciar as nossas crianças. Mandar simplesmente garotos infratores para os presídios apenas aumentará a população dos horripilantes depósitos de seres humanos. Induzidos pelo meio em que vivem, outros meninos de 14 e 15 anos serão escravizados pelo crack e, como zumbis, continuarão a violência praticada hoje pelos futuros maiores de 16 anos. Como diz o adágio popular, ‘a ocasião é que faz o ladrão’, não a idade.

Vai vetar

As nove emendas incluídas pela oposição no projeto autorizando o governo a contrair um empréstimo de R$ 250 milhões serão vetadas pelo governador Jackson Barreto (PMDB). Segundo ele, os deputados da oposição apresentaram as emendas unicamente para inviabilizar o empréstimo junto ao BID. Resta saber se Jackson tem votos suficientes na Assembleia para impedir a derrubada dos vetos.

Braços dados

A direção nacional do PT não criará problemas se os petistas sergipanos se aliarem ao DEM nas eleições estaduais deste ano. Pelo menos foi o que garantiu o presidente do partido, Rui Falcão, ao deputado federal e pré-candidato a senador Rogério Carvalho (PT). E não poderia ser diferente, pois pior que o DEM sergipano é Paulo Maluf (PP), a quem os petistas de São Paulo pediram ajuda para eleger o prefeito Fernando Haddad.

Entusiasmado

E o deputado federal Mendonça Prado (DEM) não esconde o entusiasmo com a popularidade do governador Jackson Barreto (PMDB). O moço tem usado as redes sociais para comemorar a popularidade do peemedebista que, segundo diz, é o grande favorito na corrida ao governo. Nem precisa dizer que alguns democratas simpáticos à pré-candidatura do senador Eduardo Amorim (PSC) têm feito biquinhos para a euforia de Mendonça.

Recupera-se

Após 26 dias em coma, o ex-vereador aracajuano Abrahão Crispim teve uma ligeira melhora e foi transferido ontem da UTI para um apartamento. Por conta de sua baixa imunidade, os médicos proibiram visitas. O blog torce pelo rápido restabelecimento de Abrahão, que atua como assessor parlamentar na Assembleia Legislativa.

Idade nova

Podem parabenizar o governador Jackson Barreto (PMDB), que está completando nesta terça-feira 70 anos de idade. O presente dos sonhos do peemedebista é a sua reeleição em outubro deste ano. Vai ter que esperar cinco meses pela abertura das urnas.

Pulando a cerca

E quem anda injuriado com o governo é o prefeito de Tobias Barreto, Dílson de Agripino (PT). Contrariado com a influência do adversário Diógenes Júnior (PSD) junto ao governador Jackson Barreto, o petista reuniu aliados políticos para anunciar independência nas eleições deste ano. Há quem garanta que se o governador não acalmá-lo logo, Dilson se transfere de mala e cuia para o lado do senador Eduardo Amorim (PSC).

Direitona

O prefeito João Alves Filho (DEM) desenvolve em Aracaju um projeto segregador, policialesco e profundamente opressor. Quem pensa assim é a jornalista Bárbara Nascimento, a nova presidente do Psol aracajuano. Segundo ela, a ascensão da velha direita apresenta impactos em todas as dimensões na vida de quem mora na capital sergipana. Vixe Maria!

A casa caiu

A Polícia Civil prendeu ontem o traficante Diego Santos de Gois, flagrado em Nossa Senhora do Socorro com 120 quilos de maconha. Enquanto isso, a partir de hoje a maconha poderá ser produzida e comercializada livremente no Uruguai, primeiro país do mundo a legalizar a produção e a venda da Cannabis sativa.

Últimos dias

Acaba amanhã o prazo para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicitar a transferência do local de votação para uma seção eleitoral especial. Os procedimentos previstos na Resolução nº 21.008 determinam que os locais especiais de votação sejam de fácil acesso, com estacionamento próprio e instalações que atendam às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Recorte de jornal

Publicado no Sergipe Jornal em 28 de outubro de 1936

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários