Das campanhas e o poder econômico

0

Definitivamente a campanha eleitoral deste ano em Sergipe ficará marcada na história política não pela disputa para o governo estadual, mas pela disputa para o Senado Federal e a Câmara dos Deputados. O poder econômico de alguns candidatos supera tudo que já aconteceu nas eleições estaduais em Sergipe, até mesmo a de 1998, cujas histórias escabrosas dos bastidores – por conta da venda da então Energipe – são contadas até hoje.

 

O importante é que o eleitor consciente procure entender o que leva um candidato a gastar alguns milhões para conquistar um mandato, seja de senador ou deputado federal. E, por favor, caro leitor, não acredite nas prestações de contas das campanhas. São verdadeiros “faz de conta”. O candidato apresenta e a Justiça Eleitoral, acredita e ponto final. O blog está se referindo ao que está acontecendo nos bastidores onde um simples vereador, de um município pequeno, custa R$ 20 mil.

 

O eleitor precisa entender que o candidato que tenta a tudo o custo conquistar um mandato com a força do poder econômico, nunca (mais nunca mesmo) estará no Congresso Nacional representando os interesses de uma população. Estará sim, colocando seus interesses pessoais e, principalmente empresariais, acima de qualquer interesse coletivo ou de um projeto de governo.

 

O leitor esclarecido tem um papel fundamental na conscientização das pessoas que o cercam, seja no seu ambiente de trabalho, no circulo de amigos e na sua família. E a legislação ainda arranjou um termo diferente para confundir ainda mais o eleitor inocente: captação de sufrágio.

 

Dizer não a compra de um mandato que estará à serviço dos interesses pessoais e empresariais é uma forma de exercer plenamente a democracia. Diga não ao poder econômico. Diga não aos que fazem de suas candidaturas um projeto de vida, do qual não faz parte o interesse do povo sergipano. Como bem escreveu Montesquieu: “Um homem não é infeliz porque tem ambições, mas porque elas o devoram”

 

Circo sem pão I

Lendo ontem, 09, o Jornal do Dia, foi publicada seguinte nota na coluna da jornalista Ria Oliveira: “O circo da Fazenda Boa Luz, de propriedade de Laurinho Menezes entrou na campanha de Eduardo Amorim (PSC) para o Senado. Na segunda-feira, o próprio Laurinho, que é candidato a primeiro suplente de senador, comandava o grupo em Canindé do São Francisco. O projeto é repetir as apresentações em outros municípios”.

 

Circo sem pão II

Ou o blog está ficando maluco ou isso quer dizer que alguém está burlando a lei eleitoral. O que significa mesmo esse tal de “circo”? É aquilo que todos estão acostumados, com palhaços, equilibristas, mágicos, trapezistas e coisas que tais? Em sendo isso, não é crime eleitoral?  Tem animais também? Rita Oliveira está “entregando”  ou aplaudindo a criatividade dos ditos cujos? Com a palavra a Justiça Eleitoral.

 

O troco

E o candidato Albano Franco não gostou das investidas de Edvan Amorim em algumas lideranças que apoiavam a sua candidatura e foram, diga-se assim, “convidadas” a apoiarem outro candidato. Albano já pediu a alguns aliados, como Ivan Leite e Gracinha de Itaporanga que deixem de lado os apoios a Eduardo Amorim.

 

Apoio “bem costurado”

E uma destas lideranças, que também é candidata, que já tinha anunciado o apoio a Albano e firmado o “compromisso” está numa situação difícil. É porque o “compromisso” foi forte e agora são reuniões e reuniões para resolver o problema.

 

Teatro nos bairros

Pense num vereador sério: o médico Emerson, vereador do PT em Aracaju (este jornalista não o conhece pessoalmente, nem votou nele). Mas pela correção do seu mandato está claro sua postura e lucidez política. O blog foi informado que ele está preparando uma peça teatral que irá para os bairros de Aracaju conscientizando o eleitor no combate a compra de votos. Uma excelente ideia.

 

Acervo investigado

Além do MPE, que abriu processo para apurar o desaparecimento de um acervo comprado em 2006, pela Casa Civil, a Delegacia dos Crimes contra a Ordem Tributária, que tem á frente a delegada Daniele Garcia também está investigando. Foi R$ 1,2 milhão dos cofres públicos. E pelo histórico do trabalho da delegada Daniele Garcia, que sempre atua com competência e eficácia, quem tiver culpa que se prepare. Ontem, 09, alguns sindicatos protocolaram o pedido de investigação na delegacia, mas o inquérito já existe.

 

Grande Ato pela Cultura Sergipana I

Na próxima segunda-feira, 13, artistas de todos os segmentos se reunirão às 17h, no Iate Clube de Aracaju para pactuar com Marcelo Déda mais mudanças na cena cultural sergipana. Denominado como Grande Ato Público Mais Cultura, a iniciativa contará com a presença de artistas, produtores, agentes culturais, historiadores e pesquisadores apresentando 13 propostas – produzidas coletivamente – para que a cultura sergipana continue dialogando com os gestores, mantenha o alinhamento da política estadual às diretrizes do MinC e que assim possa continar seguindo em frente.  

 

Grande Ato pela Cultura Sergipana II

Foram várias reuniões, um único objetivo: construir um pacto pela cultura sergipana. Uma teia cultural com vários sentidos e um sonho coletivo de ver, no final, o sucesso. O resultado disso tudo é um documento com as 13 propostas para a área cultural nos próximos quatro anos e que será apresentado na segunda-feira, 13. Trata-se de um pacto que quer ver cada vez mais viva a cena cultural sergipana. Quer fazer da cultura uma política pública envolvente e consistente. Uma cultura que consiga ter na sua dimensão simbólica a força pra se dizer sergipana, brasileira; que na dimensão econômica possa entender a cultura como uma ferramenta para o desenvolvimento de Sergipe; e que na cidadã ela funcione como uma indutora da inclusão social.

 

MP não cederá as pressões

Quem conhece os integrantes do MPE de Sergipe sabem que todos eles são imunes a determinadas pressões e, principalmente, quando usam o povo como massa de manobra para manter privilégios escusos. É o que vem acontecendo nos últimos dias por conta da decisão do MPE, através do TAC, para ser cumprida a resolução estadual que retira da rodoviária velha o transporte interestadual. Tem gente (no momento certo o blog vai denunciar todos os nomes) que está usando o povo para tentar manter privilégios que, entre outras coisas, causam uma grande evasão de receita pública.

 

E qual o momento melhor?

Ontem, aqui na Infonet, foi publicada uma matéria sobre o assunto e em um trecho o diretor de trânsito da Seinfra, Carlos Henrique diz que  “esse não era um bom momento para realizar a transferência. Isto se configura como impacto muito grande. São mais de 48 mil passageiros que circulam todos os dias pela rodoviária. Com essa mudança, 16 linhas de ônibus serão deslocadas. Isso talvez possa ser precipitado”, esclarece o diretor.

 

Precipitação, caro diretor?

O governo tem quase quatro anos e dizer que não é “o melhor momento” soa estranho. Primeiro porque o MPE deu um prazo de 90 (noventa) dias. Ou seja, pode ser realizado por etapas ou a direção de transporte não sabe o que é planejamento? A preocupação maior deve ser o ordenamento do transporte público, sem protecionismo e sem direcionamento nenhum e, principalmente, não aceitando pressão de qualquer empresa. Aliás, o secretário Valmor Barbosa tem peito e coragem e não se furtará a colocar a resolução em prática. Tomará que o diretor não seja indicação política e ocupe o cargo pelas qualidades técnicas. Assim esperasse.

 

Estudo não está pronto: E a Oficina?

E o diretor diz que está aguardando um estudo, mas pelo que se sabe este estudo já foi feito pela firma “Oficina”, de São Paulo. Seria bom que os membros do MPE solicitassem uma cópia e, inclusive, disponibilizasse para a imprensa. Só para alertar: a empresa foi contratada analisar a demanda para cada cidade, no sentido de nortear a licitação de transportes que será feita talvez no próximo ano, como horários, tarifas, quantidade de veículos, etc. E não definir quais linhas devem permanecer na Rodoviária Velha. A resolução do CET já disse em 2008, é só cumprir.

 

SMTT é peça importante

E em todo este processo a SMTT tem papel importante para definir os terminais de integração que devem ser ampliados e o aumento do número de linhas no terminal Leonel Brizola (ao lado da rodoviária nova) para suprir o aumento da demanda. Precisa também ter uma fiscalização pesada nos clandestinos que atuam livremente (por política) em Aracaju e no entorno da Rodoviária Velha. Tudo tem que ser feito por etapas, mas parece o interesse maior é empresarial e nada mais.

 

Prefeitura atende solicitação do TRE

Atendendo orientação e requisição do Ministério Público Eleitoral, através de expediente encaminhado pelo procurador regional eleitoral, Ruy Nestor Bastos Melo, e da juíza titular da 2ª Zona Eleitoral, Bethzamara Rocha Macedo, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) vem retirando das vias públicas material de propaganda eleitoral que está em desacordo com as normas estabelecidas na Lei nº 9.504/1997, com modificações posteriores (Lei nº 12.034/2009).

 

Poluição sonora

Outra atividade determinada à Emsurb foi o serviço de medição da intensidade sonora provocada por carros de som, mini-trios e trio-elétricos que servem de palanque para comícios. De acordo com o diretor de Espaços Públicos e Abastecimento da Emsurb, Antônio Carlos Mota, a atuação faz parte de uma determinação. “É importante ressaltar que a Emsurb foi convocada pela Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe para integrar uma “força-tarefa” visando intensificar a fiscalização da propaganda eleitoral, juntamente com outros órgãos e entidades a exemplo da Polícia Militar, CPTran, Polícia Rodoviária Federal, SMTT, OAB, CONAL e Ministério Público Estadual”, informa.

 

Devolução

Todo o material irregular retirado nas ações da Emsurb é devolvido aos candidatos, que são orientados sobre os locais onde a propaganda é permitida nas vias públicas. “É importante frisar que a Emsurb, antes de realizar a retirada da propaganda irregular, tem mantido contato com candidatos e coordenadores de campanhas ou de comitês, solicitando a regularização”, destaca Mota.O cidadão que constatar alguma irregularidade nas vias públicas deve procurar o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe e denunciar o fato através dos telefones 2106-8777 e 3211-1683, ou do e-mail ouvidoria@tre-se.gov.br.

 

Vagas para deficientes

Alguns motoristas insistem em estacionar seus veículos em vagas para deficientes físicos. Não tem o mínimo respeito com uma parcela da população que necessita das vagas, não como privilégio, mas para garantir o direito constitucional de ir e vir. Ontem à noite um agente da SMTT autuava alguns veículos no Shopping Jardins. Correto é uma pena que a multa deveria ser bem mais cara e pesada. Para tocar não só no bolso, mas na consciência destes “cidadãos”.

 

Projeções foram reavaliadas pela Emsetur

A Empresa Sergipana de Turismo (EMSETUR) reavaliou as projeções do Aeroporto de Aracaju para 2010. Segundo José Roberto, presidente da empresa, com a chegada da Azul – que passa a operara em 01/10 ligando Aracaju à Campinas e Maceió – e a expectativa de novos voos ligando Aracaju a São Paulo (GRU) no início de novembro, a previsão é que o movimento de passageiros ultrapasse a marca de 1 milhão de embarques e desembarques em 2010. Em 2009 a movimentação total foi de 727.679 passageiros. O tamanho do incremento –  mais de 38% – caracteriza o momento atual que vive o turismo Sergipano.

 

Investimentos

Investimentos da Infraero e do Governo do Estado, elevarão à categoria de combate a incêndio do aeroporto de 06 para 07. Isso significa a possibilidade de receber aeronaves maiores, como o Airbus A-320 e Boeing 737-800. “A chegada de mais voos, certamente reduzirá o preço das passagens aéreas para Aracaju. Além disso, estamos começando a ocupar o Aeroporto com horários muito mais confortáveis para os turistas e a população sergipana”, ressaltou o presidente da Emsetur. O novo vôo da Gol previsto para o início de novembro deverá operar a rota Aracaju-São Paulo, com saída as 06:20, com retorno São Paulo-Aracaju as 19:35, sem escalas.

 

Crimes históricos em Sergipe

O advogado e conselheiro do TCE, Clóvis Barbosa está publicando no blog dele uma série sobre os crimes históricos ocorridos em Sergipe. Já escreveu sobre os assassinatos de Fausto Cardoso e Olimpio Campos. Leia em: http://clovisbarbosa.blogspot.com/

 

Secretário visita Distrito Industrial em Itabaiana

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo, Jorge Santana, visitou nesta quinta-feira, 10, as instalações do Distrito Industrial de Itabaiana. No local foram investidos mais de R$ 500 mil por parte do Governo de Sergipe em obras no sistema viário, cercamento da área e instalação de água e energia elétrica.Na área estão sendo implantadas duas empresas, a Alumínios Serrana e a K3 Laboratórios Ópticos. Juntas elas serão responsáveis pela geração de quase 70 empregos e R$ 1 milhão em investimentos no município. Os empreendimentos serão inaugurados até o final deste ano.

 

Uses realizar projeto em parceria com UNICEF e a IIDAC

A União Sergipana dos Estudantes Secudaristas – USES, está ultimando a parceria em projeto com o Instituto Internacional para o Desenvolvimento da Cidadania – IIDAC, através da UNICEF. Desde 2002 o UNICEF e o Voz dos Adolescentes atuam juntos no incentivo ao protagonismo juvenil e a participação cidadã dos adolescentes brasileiros.Para o ano de 2010 o UNICEF e o Voz dos Adolescentes lançam a Chamada Nacional Voz dos Adolescentes edição 2010.

 

Aniversário da AABB

Fundada no dia 10 de setembro de 1945, a Associação Atlética Banco do Brasil completa, hoje, 65 anos de existência. Em seus primórdios, sua sede localizava-se na rua João Pessoa. Depois, passou a funcionar em um casarão na Praça Tobias Barreto. A sede da rua Riachuelo, na esquina com Zaqueu Brandão, a terceira, resistiu até o ano de 1989, quando se deu a inauguração das novas e modernas instalações situadas na praia do Robalo. Camillo Calazans, então presidente do Banco do Brasil, foi o grande incentivador de um antigo sonho dos funcionários do BB em Sergipe: uma moderna sede, na orla marítima, condizente com o desenvolvimento de nossa cidade. 21 anos depois, a AABB continua sendo o mais moderno clube social de Sergipe. O atual presidente é José Aloísio de Jesus.

 

Crescimento do kardecismo

A doutrina reencarnacionista formulada por Allan Kardec, pseudônimo do escritor francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, nascido em 1804 e desencarnado em 1869, tem registrado um expressivo crescimento, em nosso país. Os aspectos básicos da referida doutrina, calcados nos ensinamentos de Jesus Cristo, têm sido alvo de obras teatrais, novelas de TV e produções cinematográficas. Atualmente, está em cartaz em todo o Brasil, exibido em 435 salas, o filme “Nosso Lar”, baseado na vida de André Luiz. Anteriormente, teve “Bezerra de Menezes” e “Chico Xavier”, ambos registrando êxito pleno de bilheteria. Na principal rede de televisão aberta, a Globo, estão no ar a novela “Escrito nas Estrelas “, em sua fase final e a série “A Cura”, também abordando temas ligados ao espiritualismo.

 

60 anos da TV no Brasil

A TV TUPI, de São Paulo, foi a primeira emissora de televisão do país. Inaugurada em 1950, a iniciativa foi de Assis Chateaubriand, o “Chatô”, empresário que comandava os “Diários e Emissoras Associados”, organização que englobava emissoras de rádio, televisão e jornais. Em Sergipe, a pioneira é a TV Sergipe, fundada em 1971, graças à iniciativa de um grupo de empresários idealistas e progressistas. Em 1975, era criada a TV Atalaia e anos depois a TV Aperipê, pertencente ao Estado.

 

Direção do Sindijor obtém 97% de aprovação nas urnas

 A chapa “Sindijor na Luta” obteve 97% dos votos na eleição, em segunda chamada, realizada nesta quinta-feira, 9/9, para renovação da direção do Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe – Sindijor – e vai dirigir a entidade no triênio 2010-2013. A chapa aglutina nomes da atual direção do sindicato com alguns novos dirigentes.Para o presidente reeleito, George Washington Silva, o percentual maciço de votos na chapa aponta para uma aprovação da direção que vem conduzindo o sindicato no último triênio. “São muitos os desafios, mas a vontade de trabalhar para superá-los é muito maior. Aproveito para agradecer aos companheiros do Sindisan pelo apoio que deram na condução desta eleição”, disse o presidente.A posse da nova diretoria do Sindijor será ainda este mês, faltando apenas a definição do dia e local.

 

Autora portuguesa visita Arquivo Judiciário de Sergipe

O Arquivo Judiciário de Sergipe recebeu na segunda-feira, 6, a visita da professora doutora Margarida Louro Felgueiras, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, na Universidade do Porto, de Portugal. Autora de obras como “Para uma História do Professorado Primário em Portugal no Século XX”, ela veio a Aracaju para participar de um evento na Universidade Federal de Sergipe. Acompanhada da professora doutora Eva Maria Siqueira Alves, do Departamento de Educação da UFS, e de dois estudantes, Margarida Felgueiras foi recebida pela Diretora do Arquivo, professora mestre Eugênia Andrade.

 

ARTIGO

 

Dos 70 anos do irrequieto Luciano Barreto  – Cláudio Nunes

 

Até pouco tempo o empresário de sucesso era visto por algumas categorias como algo nocivo a população. A teoria da “mais valia”, da exploração da força do trabalho, era o mote dos discursos de muitos que deixavam de lado a realidade de que numa sociedade capitalista este relacionamento, desde que respeitoso, é vital para o desenvolvimento de qualquer nação.

 

E o que se vê hoje em dia é boa parte do empresariado preocupada não só com o crescimento de suas empresas, mas com o bem estar de seus funcionários. E em Sergipe um nome se destaca, não só pela preocupação com o social, mas também pela simplicidade como atua e em tudo que toma à frente: Luciano Barreto.

 

Hoje, 10, Luciano Barreto completa 70 anos. Um homem que conquistou sucesso empresarial com muito trabalho e determinação. Poderia hoje, se dedicar apenas a família, já que as filhas já estão participando ativamente da administração da Celi e de todos os negócios. Mas Luciano Barreto continua no mesmo ritmo de trabalho e sempre procurando algo mais.

 

Aos 70 anos, mas irrequieto, continua pensando e gerando novas idéias a cada dia.  No lado social, os colaboradores da Celi, têm programas importantes, além da preocupação com a capacitação profissional. A solidez e o compromisso da Celi com seus clientes, são apenas a continuidade das marcas registradas na vida de Luciano Barreto.

 

Do Instituto Luciano Barreto Junior, toda sociedade já conhece e o blog republicou na última segunda-feira, 06, um artigo do jornalista Luiz Eduardo Costa que sintetizou bem o que representa a entidade hoje: um instrumento não só de capacitação de centenas de jovens carentes, mas um instrumento que vem transformando vida e valorizando o ser humano. Só essa iniciativa bastava para representar a vida de Luciano Barreto.

 

Mas a inquietude de Luciano Barreto não fica apenas no ILB. Se tivesse a mente tacanha – como alguns grandes empresários – não teria a iniciativa de juntar forças para fortalecer os médios e pequenos empresários da construção civil em Sergipe. Foi assim no Sindiscon, onde teve uma passagem rápida, e é hoje na ASEOPP entidade que agrega empresários da construção civil. A frente da entidade Luciano Barreto não mede esforços diários para que os pequenos e médios empresários sejam valorizados, já que muitas vezes por não terem capital de giro, paralisam obras devido ao atraso de pagamento do poder público.

 

E o irrequieto Luciano Barreto foi mais longe: chegou ao presidente Lula onde apresentou uma proposta para melhorar a qualidade das obras no país, através de um relacionamento correto com as construtoras, principalmente o fortalecimento das médias e pequenas empresas. A preocupação é que as obras tenham qualidade, dentro do prazo, mas o poder público tenha regras rígidas para pagar também dentro do prazo.

 

E hoje os familiares e amigos de Luciano Barreto sabem que ele apenas cumpre mais uma etapa na sua vida e que os 70 anos de vida servirão como um estímulo maior para continuar na caminha vitoriosa sempre preocupada em ajudar ao próximo.

 

E os familiares e amigos têm a certeza, que nos próximos dias surgirá mais uma idéia, fruto da juventude de um homem que sempre pensa à frente do seu tempo. Por isso, este jornalista tem o orgulho de dizer: Parabéns Amigo! Você ainda tem muito a fazer por Sergipe.

 

ESPECIAL ESPORTE

 

XII Copa Patriota de Karatê em Natal

O Clube de Karatê União irá participar da XII Copa Patriota de Karatê em Natal nos dias 18 e 19 deste mês. Cerca de 350 atletas de todo país participarão do evento. É uma competição de grande importância para o clube pois em novembro irá disputar a Copa Sergipe que é aberta para todo o Brasil. O Clube vai participar com vários atletas, entre eles nomes importantes do karatê sergipano como por exemplo, José Cláudio (patrocinado pela Indaiá e bi-campeão brasileiro); Roberto Yan (campeão brasileiro) e Rivaldo Moises (vice-campeão brasileiro). O União é um clube que  não fica somente satisfeito com competições estaduais mais prepara os alunos com competições fora do Estado.

 

Judô: sergipano ganha ouro e prata na Argentina I

O judoca Francisco Carlos Filho, 16 anos, foi um dos destaques da delegação brasileira, no torneio de Judô realizado na cidade de Berazategui, na Argentina no final de agosto. Ele conquistou duas medalhas de prata e uma de ouro, nas categorias até 90 kgs juvenil. O torneio de Berazategui é uma competição tradicional, que reúne estudantes de todas as Américas.Segundo Francisco Filho, que é aluno e atleta do Colégio Arquidiocesano, a conquista dessas medalhas representa a evolução e a posição que o esporte sergipano começa a ocupar um lugar, também em competições internacionais.

 

Judô: sergipano ganha ouro e prata na Argentina II

Para conquistar a medalha de prata individual, Francisco enfrentou dois adversários. Perdeu a final para um argentino bom de tatame, mas que contou também com a ajuda da torcida, já que atuava em seus domínios. A outra medalha de prata foi conquistada por equipe até a faixa marrom.  A medalha de ouro foi fruto de duas vitórias contra lutadores argentinos.A presença de Francisco Carlos na Argentina contou com o apoio do governo do estado, através da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL). “Aproveito a oportunidade para agradecer publicamente à SEEL, o apoio e incentivos recebidos. Como atletas amadores, dependemos do apoio oficial, do incentivo e principalmente do patrocínio da iniciativa privada, para participar dessas competições, que só elevam e dignificam o nome do estado de Sergipe”, concluiu Francisco Carlos

 

“Zeus Fight” foi sucesso I

Em noite inspirada à equipe GFTeam mostrou quem realmente domina o cenário das lutas no estado. Os atletas Wagner e Wancler Oliveira (irmãos), e Laus Rocha, passaram literalmente o carro nos seus adversários no evento “Zeus Fight”, realizado no dia 04, sábado, na quadra do Colégio Brasília, em Aracaju, capital sergipana.Os confrontos foram firmados entre Wancler Oliveira (GFTeam) x Rômulo Vieira (Nova União/DFC), até 80 kg, Wagner Oliveira (GFTeam) x Matheus Mota (DFC), até 87 kg e Laus Rocha (GFTeam) x Rodrigo Campos (Nova União), até 61 kg.

 

“Zeus Fight” foi sucesso II

E como esta é uma equipe unida pelos laços de amizade e companheirismo, os professores da GFTeam/RIO Marcus Bello (Boquinha, fundador da equipe em Sergipe), Sérgio Henrique (Serginho), Álvaro Babadilla e o recém integrado Rafael, estiveram presentes pra apoiar os companheiros nos treinos finais e no ginásio no dia do combate. A primeira luta foi entre Laus Rocha e Rodrigo Campos, um combate acelerado, em que Rodrigo tentava intensamente passar a intrasponível e encaixotada guarda do veterano Laus e, diferente do que muitos pensavam, o cansaço chegou primeiro pra Rodrigo que embora seja um atleta muito mais jovem, foi surpreendido pelo preparo físico e principalmente mental em que Laus estava no combate. E após raspar, passar e tentar pegar as costas, Laus deslizou e em uma de suas especialidades, encaixou um arm-lock invertido, forçando seu adversário bater, fazendo com que a imensa torcida GFTeam colocasse o ginásio pra balançar.

 

“Zeus Fight” foi sucesso III

Em seguida veio Wancler Oliveira, enfrentando Rômulo Mota, que logo sentiu que o atleta GFteam não estava ali pra brincadeira, quando Wancler lhe impôs um frenético jogo de trocação em pé, colocando-o por duas vezes pra fora do ringue, isso após uma bela combinação de socos. Ao retornar pela segunda vez ao ringue, Rômulo viu a consolidação do extremo grau de concentração em que seu adversário estava no combate, Wancler pegou as costas, colou os ganchos e após machucá-lo com alguns cruzados, finalizou com um firme mata-leão, levando o público presente ao delírio, recebendo logo em seguida o abraço de seu pai que subiu ao ringue pra cumprimentá-lo.

 

“Zeus Fight” foi sucesso IV

Pra encerrar a noite de gloria da GFTeam, subiu ao ringue o já temido Wagner Oliveira, tendo como adversário Matheus Mota, que veio muito maior do que no dia anterior (na pesagem ele estava muito mais enxuto), a luta começou muito complicada, ambos os competidores oscilavam no comando do combate, Wagner com suas perfeitas entradas de quedas, estava sempre um pouco à frente na pontuação, mas Matheus insistia em dificultar com sua trocação, tentando desestabilizá-lo chamando para bater em seu rosto, mas foi em vão. Em mais uma estilingada veloz, Wagner cinturou e colocou pra baixo, passou e quando chegou à lateral, encaixou um estrangulamento perfeito, daí foi só esperar o adversário fazer o que a torcida já gritava enlouquecida, “uhhh vai bater, uhhh vai bater”, e quando ele bateu, o grito de um gladiador foi ouvido por todos no ginásio.

 

“Zeus Fight” foi sucesso V

Os atletas da GFteam/SE com a supervisão, apoio e camaradagem (entre outros adjetivos) da GFTeam/RIO, mostraram em cima do ringue que o trabalho sério e profissional que é realizado por seus professores e instrutores rendeu frutos. Acima da qualidade e técnica mostrada por eles, o mais louvável foi o exemplo deixado, o respeito ao adversário, colocando totalmente por terra a velha história de que ali há inimigos, firmando o propósito colocado no lema da equipe, “Educar campeões dentro e fora dos tatames, criando amigos através do esporte”. A resposta foi dada dentro do ringue, eles são os melhores!!! (Da assessoria).

 

DO LEITOR

 

Rodoviária Velha incomoda muito mais gente

Do leitor Messias Gonçalves: “Parece que dessa vez, irão acabar com o transtorno causado pela invasão autorizada, ao longo dos anos, onde permitiram que taxis, Vans de Cooperativas além de ônibus de diversas linhas que não as consideradas Suburbanas, que realmente foram definidas no século passado, para terem a permissão de ali estacionarem. Para as demais, o ex-governador José Rollemberg Leite (in-memória), construiu o terminal rodoviário que levou o seu nome. Ou seja, para as linhas interestaduais e intermunicipais, a origem para embarque e o destino de desembarque para essas linhas seriam aquele terminal. A inoperância do DER/SE, daquela época, permitiram o isolamento de toda uma estrutura, para o inchaço de outra área dentro do centro de Aracaju. O comodismo e a subserviência para alguns empresários do setor de transportes de passageiros, assim como as ingerências políticas de alguns caroneiros, fizeram com que fosse gerado esse problema. Depois de adotarem essa política de esvaziamento da chamada rodoviária nova, muito dos empresários, na sua maioria pequenos comerciantes viram os seus comércios falirem. O DER/SE entregou a empresas que só visaram lucros e mais lucros. A concepção sonhada com o seu idealizador era que todos os serviços fossem gratuitos. Depois de 1987, chegam novos dirigentes com a mentalidade do lucro pelo lucro.Já houve algumas tentativas de devolverem esse fluxo ao seu verdadeiro lugar. Em todas elas, sempre aparecem o Sasás Mutemas da vida.  Agora parece que as coisas irão voltar a sua normalidade. O centro de Aracaju não mais comporta essa movimentação em torno daquele terminal. Neste momento, não podemos pensar somente nos passageiros que diariamente ali desembarcam. É preciso ter coragem e responsabilidade para devolver a rodoviária nova, as suas linhas regulamentares, até pelo próprio regulamento de transportes de passageiros do estado de Sergipe, desafogando definitivamente aquela área central da cidade.Com certeza, as pessoas que hoje são mais prejudicadas são os transeuntes e não os que esporadicamente vêm das cidades do interior para resolverem os seus problemas.  Chega de omissão. Que ali ó estacionem os veículos que fazem a linhas da grande Aracaju”.

 

DA CAMPANHA ELEITORAL – Matérias dos majoritários enviados por suas respectivas assessorias:

 

João garante que vai cuidar dos mais carentes

Uma das maiores carreatas da coligação “Em Nome do Povo” foi realizada no Eduardo Gomes, em São Cristóvão no último final de semana, em clima de muita euforia. O candidato ao governo do Estado pela coligação, João Alves Filho ficou muito animado com a recepção do povo na entrada do conjunto habitacional construído por ele em seu primeiro Governo. João disse: “vou erradicar as casas de taipa, levar água e energia elétrica a todas as casas de Sergipe, principalmente dos povoados de São Cristóvão que estão completamente desassistidos pelo atual governo.

 

Recordações da infância

A carreata saiu às 11 h e percorreu todo o conjunto Eduardo Gomes ao som de buzinaço e gritos, o que chamou a atenção dos moradores que estavam dentro de suas casas. A música do Negão que tocava no mini-trio foi cantada por uma multidão que pediam a volta do candidato ao Governo. De cima da camioneta, João disse que se sente em casa quando está na antiga capital de Sergipe. “Aqui em São Cristóvão minha mãe Maria de Lourdes morou, guardo recordações de infância. Tenho um carinho especial pelo povo desse município” disse emocionado.O carinho de João pelo povo de São Cristóvão foi retribuído ao candidato durante a carreata no conjunto. As famílias saiam de casa, pedindo material de campanha do Negão para fixar nas portas e paredes de suas residências. Silvana Santos, moradora do conjunto desde a inauguração, assinalou que vai votar em “João da Água” porque ele trabalha para o povo carente e só promete o que pode cumprir.

 

Ensino público

O aposentado Pedro Moura que tinha acabado de chegar da igreja foi em direção a João para cumprimentá-lo de perto. Ele pediu a candidato a governador que salve a saúde do estado que está abandonada. O democrata assegurou que além da saúde vai devolver ao estado a condição de melhor ensino público do Nordeste. O Negão destacou ainda que o conjunto Eduardo Gomes voltará a ter segurança, “os bandidos e traficantes não terão sossego em seu Governo”. (Da assessoria)

 

Déda: assinei um ofício que não continha uma vírgula ofensiva aos médicos

“Jamais assinaria um documento com teor ofensivo aos médicos do meu Estado. Recebi um processo contendo um ofício para que eu assinasse, onde eu solicitava o apoio ao Conselho de Medicina para os cursos da Universidade de Lagarto. Li e assinei o ofício que não continha nem uma vírgula ofensiva a classe médica do Estado. É óbvio que o governador não lê o relatório técnico que tem centenas de páginas. Este é um trabalho para os técnicos da área. Quando tomei conhecimento do parágrafo, determinei à Secretaria de Estado da Saúde, Mônica Sampaio que pedisse desculpas públicas aos médicos”, afirmou o governador. Com essa justificativa, Marcelo Déda se apresentou junto a classe médica sergipana em almoço com representantes de diversas entidades médicas de Sergipe nessa quinta-feira, 09, na Sociedade Médica de Sergipe (SOMESE).

 

Investimentos de R$ 300 milhões

Estavam presentes ao evento diversos médicos, além de representantes de entidades da categoria, como a Associação Médica de Sergipe, o Conselho Estadual de Medicina, além de dirigentes de vários hospitais particulares e públicos, e do candidato ao Senado, o médico Eduardo Amorim (PSC), da coligação ‘Para Sergipe Continuar Seguindo em Frente”. Inicialmente, o governador fez uma explanação sobre as etapas que seu governo desenvolveu para a construção da política pública de Saúde em Sergipe, destacando o investimento de R$ 300 milhões que seu governo aplicou na Saúde Pública de Sergipe e os avanços já alcançados com relação ao aumento da rede de hospitais, clínicas, unidades de pronto atendimento e Samu; além dos investimentos aplicados no atendimento mais humanizado à população e valorização dos profissionais.

 

Emenda 29

O presidente da Somese, Sociedade Médica de Sergipe, Petrônio Andrade Gomes disse que esse era um assunto que deveria ser superado, que as justificativas já foram dadas, e em seguida, entregou um manifesto com algumas reivindicações da classe médica ao candidato Marcelo Déda. Segundo o presidente, o manifesto destaca dois pontos: a regulamentação da emenda constitucional n° 29 e a criação da carreira de médico no governo de Estado de Sergipe.“A emenda 29, de autoria do Senador Antônio Carlos Valadares, fixa os percentuais mínimos a serem aplicados pela União, Estado e Municípios que a partir do ano 2000 tiveram que investir 5% a mais do que havia investido no ano anterior e determinou que nos anos seguintes esse valor fosse determinado pela variação nominal do PIB. Os Estados ficaram obrigados a aplicar 12% da arrecadação dos impostos em Saúde”, destacou Petrônio.  (Da assessoria).

 

Albano recebe apoio em Itabaianinha I

– Por tudo que Albano fez pelo município, principalmente quando foi governador e realizou uma verdadeira transformação na cidade, tradicionalmente conhecida por suas olarias, e hoje destaque na indústria de confecções com a instalação de empresas que geram cerca de 3.400 empregos, é que nosso grupo tem o maior orgulho de trabalhar para eleger Albano o senador mais votado em Itabaianinha.

 

Albano recebe apoio em Itabaianinha II

A declaração é do ex-prefeito, Renildo Santana, em reunião realizada na noite desta quarta-feira, 08, em sua residência, para anunciar o apoio do seu grupo à candidatura de Albano e a reeleição do deputado estadual Luiz Mitidieri. Do encontro participaram cinco dos nove vereadores, ex-vereadores, líderes políticos e comunitários da região, além do empresário Jairo Carvalho, irmão do prefeito Joaldo Carvalho, um dos responsáveis pelo crescimento do pólo de confecções de Itabaianinha, implantado no governo de Albano. (Da assessoria).

 

Valadares visita feira do Mercado Albano Franco I

No início da manhã de ontem, 9, o senador Antônio Carlos Valadares visitou, sozinho, a feira do Mercado Municipal Albano Franco, localizado no centro de Aracaju, para cumprimentar os feirantes e os populares.Durante a visita, Valadares foi bastante cumprimentado, os feirantes ficaram felizes em rever o Senador da Gente no local. Valadares sempre faz suas compras no Mercado. Ele aproveitou para visitar o senhor Adilson, pai do prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, que possui uma lanchonete.

 

Valadares visita feira do Mercado Albano Franco II

Valadares ouviu reclamações dos lojistas, da seção de sapatos e vestimentas, sobre constantes assaltos e arrombamentos. A reclamação foi a falta de segurança no local, além de usuários de drogas e até prostituição. Feirantes mostraram ao Senador da Gente várias lojas fechadas dentro do mercado, consequência da queda de vendas, eles explicam que os moradores deixaram de fazer compras no local por conta dos riscos de serem assaltados. E que até mesmo os carros estacionados estão sendo arrombados.No mesmo instante o senador Valadares enviou um torpedo, via celular, para o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, responsável pela manutenção e fiscalização do mercado, passando essas informações para que as devidas providências sejam tomadas. (Da assessoria).

 

Amorim: “Estamos na reta final é a hora de dar o estalo e ir para cima

Faltando pouco menos de 26 dias para se concretizarem as eleições o candidato ao Senado Eduardo Amorim (PSC) intensificou sua agenda participando de diversas reuniões na capital e no interior. Na noite do feriado de 7 de setembro, Eduardo esteve em Itaporanga D”Ajuda na companhia dos candidatos a deputado André Moura (PSC) e Vitor Mandarino (PSC) para uma reunião com lideranças do município organizada pelo prefeito César Mandarino (PSC).Para o prefeito César, os candidatos, os quais ele apoia não têm projetos pessoais, ele afirma que as candidaturas acolhem o coletivo como prioridade “não sou político de projeto pessoal, porque se fosse eu não teria interrompido uma carreira de deputado para, com muito orgulho, voltar a ser prefeito”, disse.

 

Empenho de todos

Na reunião com lideres de Itaporanga, Eduardo Amorim, pediu o empenho de todos em sua campanha. “Estamos na reta final, queremos ser vitoriosos, então é a hora de dar o estalo e ir para cima. Se não vencermos o prejuízo é enorme, o arrependimento é por muitos dias. O mandato de deputado estadual e federal dura 1.461 dias. É muito tempo de sofrimento, logo temos que ter consciência de que temos que vencer, porque o objetivo aqui é fazer o bem. Pedir voto não deve causar constrangimento em ninguém, deve ser um ato de conscientização. O voto consciente abre portas de civilidade e o voto errado fecha hospitais, escolas e até desemprega, ou seja, quando escolhemos bem estamos pensando no futuro”, discursou Eduardo Amorim. (Da assessoria)

 

Machado participa da festa da padroeira em Lagarto

Nos compromissos desta quarta-feira,8, o candidato ao Senado pelos Democratas José Carlos Machado participou da festa da padroeira no município de Lagarto, Nossa Senhora da Piedade. As festividades que iniciaram dia 30, foram encerradas nesta quarta-feira, 8. Marcada por missa e procissão a festividade contou com autoridades locais. Ao findar as comemorações, a festa reuniu os fiéis na praça de eventos da cidade para curtir o show do Padre Fábio de Melo.(Da assessoria).

 

Professor Lula faz campanha de conscientização

Um dos candidatos do PCB ao Senado, professor Lula disse que está fazendo uma campanha de politização, chamando a responsabilidade do eleitor para a importância de um voto útil, evidenciando que a única maneira para que a ética seja respeitada, é não sendo indiferente com a situação atual, não barganhando o seu voto, e fazendo uma ponderação com o resultado e uma eleição e os anseios do povo. “A banalização de uma eleição reflete em parlamento fraco, sem compromisso com o povo, e despreparado para formular leis mais concretas. Demonstrar que a reflexão faz parte da evolução humana, porém, a repetição do erro cria um vício degradável e irreparável na sociedade. Lembrar que a essência do homem pode ser preservada com exemplos e atitudes da geração atual ou transformada em uma sociedade corrupta, insensível, egoísta. Lembrar mais uma vez que o seu VOTO é um elemento transformador para o bem ou para o mal de povo que deseja muito e tem tão pouco”. (Da assessoria).

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

Frase do Dia

“No meio de qualquer dificuldade encontra-se a oportunidade”. Albert Einstein.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários