Decreto pijama

0

As insistentes tentativas de criar fatos negativos para desgastar o comando da Polícia Militar demonstram a necessidade de se fazer alguma coisa rapidamente visando reduzir a tensão provocada pela sucessão de fofocas. Uma boa alternativa é o decreto pijama, ou seja, mandar para a reserva remunerada pouco mais de uma dezena de coronéis, visando abrir a temporada de promoções desde o topo até a base da pirâmide. Além de tirar do caminho do comandante alguns subordinados que apostam no perigoso poder paralelo, o governador Marcelo Déda (PT) oxigenaria a Polícia e faria justiça aqueles que há muito esperam para ser promovidos.

Há vagas
O setor de comércio e reparação será o mais carente de trabalhadores com mão de obra qualificada para ocupar as vagas de emprego neste ano.  A informação é do Instituto de Pesquisa Econômica Avançada (Ipea). Outros três setores terão mais vagas que trabalhadores qualificados: educação, saúde e serviços sociais. O levantamento aponta, no entanto, que alguns setores terão menos vagas que o número de trabalhadores capacitados para preenchê-las. A indústria será o que deixará mais trabalhadores qualificados sem emprego.

Benefício
A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou dois projetos que beneficiam as empregadas domésticas. Um deles diminui a contribuição social dos empregadores de 12% para 6% sobre o salário da doméstica e revoga a dedução que eles podiam fazer no imposto de renda pelo pagamento. Assim, espera-se que ficará mais barato para os patrões manter a empregada com carteira assinada. Também foi aprovado, em caráter terminativo, o projeto que interrompe o prazo de aviso prévio em caso de notificação de gravidez. Assim, as mulheres que estiverem cumprindo os 30 dias de notificação da demissão e que ficarem grávidas passam a ter o emprego garantido até um mês após o fim da licença maternidade.

Distância informada
As empresas aéreas terão que informar aos passageiros a distância existente entre as poltronas dos aviões. Para isso, foi criado um selo que deverá ser exibido no sistema de vendas de passagens, além de uma etiqueta que ficará afixada nas poltronas dos aviões. 

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil, o objetivo é informar o consumidor para que ele possa escolher a companhia em que prefere viajar. Os maiores beneficiados com a medida serão os passageiros altos e as gestantes, que sofrem com o espaço limitado de muitas aeronaves.

Ameaça chinesa
A decisão do governo em aprovar uma sobretaxa de US$13,85, cerca de R$25,00, aos calçados chineses nos próximos cinco anos, resultou em beneficio para a nossa economia. A informação é do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe, Eduardo Prado de Oliveira. A preocupação dele agora é com a invasão de têxteis vindos das China. Segundo o empresário, governo precisa estudar mecanismos que possam controlar a entrada de têxteis chineses no Brasil. “Isso, sem dúvida, promoverá um ganho significativo para as indústrias de fiação, tecelagem e confecções brasileiras, com igual aumento de postos de trabalho”, frisou. 

Posse na Ademi
A nova diretoria e o novo conselho fiscal da Associação dos Dirigentes das Empresas Imobiliárias do Estado de Sergipe (Ademi-SE) tomam posse nesta quinta-feira, quando também serão comemorados os 30 anos de fundação da entidade. O novo presidente, pelos próximos três anos, é o empresário Júlio César Silveira, da construtora União. Ele substitui Danusa Silva, da construtora Cosil. “Nosso objetivo é dar continuidade às propostas, às metas traçadas pelas gestões passadas, onde a classe alcançou muitos ganhos”, revela César.

Sem incentivo
O empresário Adierson Monteiro, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp), garante que falta incentivo fiscal para o transporte público. Durante um café da manhã com a imprensa, ele disse que a licitação não resolve o problema do transporte coletivo em Aracaju. “A licitação vai reduzir o preço do combustível? Vai criar corredores de ônibus?”, indagou Monteiro. Segundo ele, o Estado não planejou as melhorias para o transporte e, por isso, os ônibus não circulam com maior rapidez.

Desafio Sebrae
Prosseguem até 15 de abril as inscrições para o Desafio Sebrae 2010. O jogo, que transforma universitários em empreendedores por meio da gestão virtual de uma empresa, este ano tem por tema uma fábrica de instrumentos musicais. As equipes devem ser formadas por no mínimo três e no máximo cinco integrantes. Das cinco fases, as três primeiras são jogadas via internet. As inscrições podem ser feitas pelo site http://www.desafio.sebrae.com.br.

Prepare o bolso
A partir do final deste mês, a Prefeitura de Aracaju começa a receber o IPTU 2010. Os bairros da capital foram divididos em seis grupos. No primeiro deles, a primeira parcela do imposto vence no próximo dia 29. O último grupo só pagará a primeira parcela do tributo no dia 6 de abril. O IPTU foi reajustado em 4,27%, com base no IPCA-E. Para facilitar o recebimento de impostos atrasados, a Secretaria Municipal de Finanças está negociando dívidas de IPTU, ISS e Taxa de Localização e Funcionamento.

Vôlei de Praia
De amanhã até domingo próximo, Aracaju sediará a 3° Etapa do circuito Estadual Banco do Brasil de Vôlei de Praia, competição que reúne os maiores nomes do esporte. Os jogos acontecerão na Orla de Atalaia, em frente do estacionamento da passarela do caranguejo. Na última etapa realizada em Aracaju, a dupla sergipana Vinicius e Augusto sagrou-se campeã.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários