Déda deve pegar carona nos índices de Dilma

0

Pela qualidade dos programas apresentados ontem, 17, pela candidata Dilma Rousseff (os programas de Serra foram bons, mas o de Dilma superou a todos) e os números das últimas pesquisas, como a Vox Populi, onde ela aparece com 16% à frente de Serra, a candidata petista será  uma ajuda a mais para a campanha de Déda em Sergipe.

 

Os programas de Dilma estão alicerçados no alto índice de aceitação do governo Lula e por isso a imagem do presidente será usada em todos eles. Em Sergipe, esta parceria também será ressaltada nos programas eleitorais de Déda. E com o crescimento de Dilma nas pesquisas, principalmente no Nordeste, não precisa ser cientista político para saber que a candidatura de Déda pegará uma “carona” neste crescimento eleitoral de Dilma. Pode até mesmo ser decisivo para consolidar a diferença de Déda para João Alves Filho.

 

E a mídia nacional (até mesmo a que faz criticas diárias ao PT) publica hoje artigos analisando os primeiros programas eleitorais de Serra e Dilma e a maioria esmagadora destaca a qualidade dos programas da petistas. Leia o que diz Nelson de Sá, colunista da FSP, hoje, 18: PT busca fusão de Dilma com Lula, PSDB derrapa – Como primeiro capítulo de novela ou “teaser” de filme hollywoodiano, os programas de Dilma Rousseff gastaram à vontade, com imagem em película e uma edição ao detalhe. Esta abordou temas de risco, como o período em que foi “presa”, ficou na “cadeia”, expressões usadas para impacto e construção de personagem. Não faltou nem o “ex-marido”.

 

Na construção da personagem, principalmente à tarde, cenas recorrentes mostraram o percurso de caminhos, como uma estrada. À noite, em superprodução, um voo partiu do Chuí com Dilma para o rio Madeira com Lula -e o resto dos dez minutos seguiu na mesma viagem.Lula entrou poucas vezes à tarde, como escada, não protagonista. À noite, com a edição em ritmo acelerado, o programa buscou uma fusão de Dilma com Lula.

 

À tarde, em nenhum depoimento foi possível perceber o teleprompter, a começar de Dilma. À noite, pelo contrário, o texto foi controlado e expresso sem trégua, como se Dilma e Lula fossem um só, em edição que de início causou estranheza.José Serra, por outro lado, denunciou o que parecia teleprompter em boa parte de suas entradas à tarde. E o efeito não foi de naturalidade. A edição carregou no esforço de torná-lo popular, falando da “casinha num bairro operário” ou mudando o nome para “Zé” -como se viu na campanha anterior, sem sucesso, com o “Geraldo” de Alckmin.

 

À noite, seu discurso foi menos empostado, sem leitura aparente, e um jingle com imagens genéricas tomou o lugar de uma favela de cenografia, mal construída e editada, que havia aproximado o programa do desastre, à tarde. E o tema foi quase único, saúde.Mas a inadequação de Serra no palco eleitoral se mostrou incontornável. No dizer da “Economist”, antecipando-se à sua “apresentação”, “ele aparenta ser insípido, exceto quando sorri, quando parece assustador”.

 

Pastor Arivaldo com dificuldades, pode renunciar

Alicerçado no trabalho que realiza há vários anos e com respaldo no segmento evangélico que hoje é enorme em Sergipe, o pastor Arivaldo José (PSDC), foi estimulado por vários amigos e lideranças para ser candidato ao governo do Estado. Mesmo com algumas ponderações aceitou e fez o devido registro da candidatura.

 

Abandonado

Passado mais de um mês da campanha eleitoral o que se vê, ou melhor, o que não se vê, é qualquer tipo de material de campanha do pastor Arivaldo José em Sergipe. Amigos mais próximos do pastor dizem que ele está triste, mas prefere não citar nomes dos que estimularam sua candidatura e o abandonaram. Nos bastidores comentasse que até o Adelson, conhecido como “Meu Guerreiro”, foi o primeiro a abandonar o barco.

 

Conselhos de amigos e familiares

Ontem, 17, este jornalista tentou um contato com o pastor Arivaldo, mas não conseguiu. Amigos dele asseguram que o pastor Arivaldo José tem recebido conselhos para que convoque uma coletiva para anunciar a renúncia da candidatura.

 

Mesmo tratamento I

Hoje, 18, à noite, no telejornal 2ª Edição da TV Sergipe é a vez do candidato a governador João Alves Filho. Quando da entrevista com Déda, ele teve que responder sobre o processo que tramita no TSE, referente a outra eleição, saindo da esfera do programa de governo.

 

Mesmo tratamento II

Dentro deste contexto, com certeza, o candidato João Alves Filho vai preparado para responder uma pergunta sobre a Operação Navalha, da qual ele foi incluído como réu recentemente. A TV Sergipe, dentro da sua isenção jornalista vai tratar todos os candidatos da mesma forma. É o que a sociedade sergipana espera.

 

Candidatura de Leite é referendada pelo TRE

No final da manhã de ontem, 17, o pleno do TRE julgou hoje improcedente recurso impetrado pela coligação “Pra Sergipe continuar segundo em frente” e Antônio Leite (PV) tem candidatura referendada para o Senado Federal. O juiz relator foi Juvenal Francisco da Rocha Neto que deu parecer favorável a manutenção da candidatura.

 

Em Sergipe, para alguns, ética se confunde com subserviência

Em Sergipe, alguns entendem que a imprensa tem que agradar a todos, quando recebem criticas, ao invés de reconhecer o erro, é mais fácil criticar o profissional de comunicação. Querem subserviência, porque alguns adotam esta postura. Um fato grave que aconteceu nos bastidores recentemente ainda terá desdobramento, inclusive na Justiça Eleitoral.

 

TV Aperipê ainda não justificou porque não vai gerar programação

A nota de ontem, 17, deste espaço publicou que a TV Aperipê não iria transmitir o programa eleitoral, na verdade a estatal informou que por condições técnicas não têm as condições de ser geradora dos programas como farão as duas outras emissoras abertas. Qual o motivo? Ou a emissora é privada e não tem o que explicar a sociedade sergipana?

 

Explicações não existem

Ao invés de explicar o ofício enviado ao Tribunal Regional Eleitoral, a direção tenta desqualificar este espaço. O mesmo espaço que já serviu muito para divulgar o trabalho da estatal. Talvez porque estejam confundindo o público com o privado.

 

Servidores enviaram dados interessantes

Dois servidores da Fundação Aperipê enviaram dados interessantes sobre o que vem sendo realizado na estatal. O relatório, está sendo checado, mas mostra um outro lado que não foi passado para a sociedade, inclusive com um grande número de terceirizados.

 

Federais

Dos candidatos a deputado federal exibidos ontem, 17, chamou a atenção os programas de Valadares Filho, Laércio Oliveira e Almeida Lima. O de Almeida Lima teve um detalhe “curioso”: cantores sergipanos iniciaram o programa cantando uma música e depois Almeida aparece agradecendo o “presente”. Eitá presentinho que vai dar muita dor cabeça a cantor. E ainda teve o folclórico Pedro Firmino e seus problemas. Mas o programa de André Moura se superou… quando o filho fala meu pai, meu herói… na tela apareceu “Erói”…

 

Jornalistas: opinião do blog

Ontem, 17, à noite, este jornalista recebeu vários telefonemas de profissão para que se manifestasse sobre um debate que está ocorrendo entre membros do Sindicato e o jornalista Diogénes Brayner. O Brayner é um dos profissionais mais experientes deste Estado, e, com certeza, não quer um debate envolvendo pessoas, mas idéias e propostas para a categoria. O certo é que somos muitos, mas sem força e mobilização. Como disse o jornalista João Augusto: “falta é vontade e espírito de categoria”. O importante é a somação de todos e nada mais.

 

Leite alerta para venda da Energipe, por Albano

O candidato ao Senado pelo PV, Antônio Leite, lembrou que brasileiro tem memória curta e, baseado nesta afirmação popular, vale alertar a população sobre o passado recente da história da administração das coisas públicas, referente ao que é patrimônio público. “O tempo é de alerta. Os sergipanos precisam prestar atenção nas manobras políticas características das práticas tradicionais “eleitoreiras” , daqueles que  vivem de dar tapinhas nas costas, a dizer – na época de eleições – que o eleitor é amigo.  Após eleito, dilapidam o patrimônio publico, como foi o caso da Energipe. Quais benefícios a venda da Energipe trouxe para Sergipe?  Apenas o desemprego de centenas de trabalhadores”.

 

Déda e o programa eleitoral

De acordo com a coordenação da campanha de Marcelo Déda a expectativa é grande para o início dos programas. “Agora podemos mostrar o trabalho realizado em cada município sergipano. Essa é uma forma de contribuir com a democracia, pois é com informação que o eleitor define seu voto”, observa o coordenador de comunicação da campanha Carlos Cauê. Segundo Carlos Cauê os programas terão muito o que mostrar. “Déda realizou um volume impressionante de obras em todos os setores. Não existe um município sergipano que não tenha uma obra importante do governo e vamos mostrar que Déda é o candidato que pode continuar as mudanças” finalizou.

 

Nova fase

O candidato da chapa majoritária, Marcelo Déda, comenta que com o inicio dos programas de rádio e TV, a campanha entra em uma nova fase, que é a da comunicação direta com o cidadão. “Vamos convidar os sergipanos para conhecer nosso trabalho realizado e as nossas propostas. No programa eleitoral teremos a oportunidade de mostrar as verdadeiras mudanças que foram implementadas pela nossa administração e que estão mudando a face do nosso Estado”, revela.

 

Mobilização do cidadão

Os programas terão como referência também a alegria, a participação do povo e cenas da campanha exibidas. “Vamos usar esse período para mobilizar o cidadão, para mostrar que a democracia é participação e a participação não se esgota no voto, ela também é a presença do eleitor nos eventos, nos questionamentos aos seus candidatos. Será também um programa de propostas, de alto nível, de prestação de contas, respeitando os eleitores que nos receberão nas suas casas através dos aparelhos de rádio e de televisão, além da internet, onde pediremos o voto de cada sergipano que quer mais, e quem quer mais, segue em frente”, avisou o candidato do PT.

 

João Alves participa de chat da Infonet

O candidato ao Governo de Sergipe pelo Democratas, João Alves Filho participou na tarde de ontem, terça-feira, 17, da bateria de perguntas relacionadas ao seu plano de gestão pública. A entrevista foi organizada pelo portal Infonet e contou com a participação dos jornalistas Valter Lima (Cinform) e Janaína Cruz (Jornal da Cidade), além de perguntas dos internautas que tiraram várias dúvidas e saudaram o candidato por sua candidatura.

 

Vertentes de governo

João Alves esclareceu detalhes sobre importantes temas ligados ao desenvolvimento turístico de Sergipe. Também citou projetos para a saúde e a educação, informando ainda sobre ações para fomentar a agricultura e gerar milhares de empregos. “Não teremos pasta específica. Teremos duas vertentes de governo, onde todos se integrarão. Transformaremos Sergipe no estado com menor índice proporcional de miserabilidade do Brasil. Vamos implantar um projeto integrado de saúde voltado basicamente para os mais carentes, pois o atual governo praticamente demoliu o que havia na saúde pública de Sergipe. É o caso do hospital infantil, que foi construído dentro dos padrões de qualidade das melhores instituições de saúde pública do País e foi praticamente destruído a marretadas. Vamos reconstruir em Aracaju o Hospital João Alves e o Hospital Infantil. E recuperar os hospitais regionais, em sua maioria sucateados ou fechados na atual gestão. Terei uma preocupação especial com a medicina preventiva”, informou o candidato.

 

Fundação

“Em nosso governo, implantamos a fundação de saúde onde os funcionários teriam a garantia da estabilidade. O atual governo desmontou-a e implantou a fundação de saúde pública de direito privado, cujas bases não concordamos. Mas como até hoje tenho a satisfação íntima de nunca ter demitido um funcionário público, o direito dos aprovados pela fundação atual será garantido”, afirmou.

 

Agenda Marcelo Déda

Caminha no bairro Castelo Branco, em Aracaju, às 18h30, da saindo Caixa d´água.

 

Agenda João Alves

Entrevista na TV Sergipe, às 19h.

 

Agenda Leonardo Dias

O candidato do PCB estará ministrando aulas em escolas de Aracaju. No final da tarde Leonardo estará reunido com uma equipe de produtores para discutir os últimos pontos do material gráfico da campanha. Na noite de terça-feira, Leonardo esteve gravando com a cantora Paulinha Abelha que apóia a candidatura do PCB. 

 

Governador assegura Projeto Carnalita da Vale 

Nesta terça-feira, 17, o governador Marcelo Déda foi ao Rio de Janeiro onde manteve uma audiência com o presidente da Vale, Roger Agnelli. Na pauta do encontro, o interesse do Governo do Estado em mediar as negociações entre a Vale e a Petrobras para agilizar a implantação do Projeto Carnalita, cujo objetivo é expandir a exploração do potássio em Sergipe, a partir de investimentos de R$ 1,8 bilhão.

 

Produção de biocombustíveis

Ainda ontem, 17, o governador Marcelo Déda manteve uma audiência com o presidente da Petrobras Biocombustíveis (PBio), Miguel Rossetto, para discutir diversos aspectos relacionados com a expansão da produção de biocombustíveis em Sergipe. O encontro aconteceu na sede da empresa, no Rio de Janeiro. Déda expôs a evolução que fez a produção sair das 200 toneladas, em 2009, para 1.600 toneladas de sementes de girassol colhidas em 2010.

 

4 mil famílias

“Fiz questão de explicar ao presidente que esta produção se deve em grande parte ao trabalho de quatro mil famílias de pequenos agricultores que hoje contam com assistência técnica da Emdagro”, relatou o governador, referindo-se ao acompanhamento da produção realizado junto aos agricultores familiares pela Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe.

 

Fidelidade ao projeto

E o radialista e jornalista Gilmar Carvalho vem batendo os quatro cantos de Sergipe em busca de votos. Gilmar tem o apoio de várias lideranças e apóia a candidatura do governador Marcelo Déda e dos candidatos ao senado Amorim e Valadares. Gilmar está no chamado “chapão” e disputa em igualdade com os outros candidatos.

 

Danilo apóia Valadares Filho e Tânia

Afastado das atividades de vereador de Aracaju até o final do ano, Danilo Segundo (PSB) está em constante movimento. Integrando a coordenação da campanha do correligionário Valadares Filho à Câmara Federal e Tânia Soares (PCdoB), que disputa uma vaga na Assembléia Legislativa, ele tem acompanhado os dois candidatos nas visitas ao interior do Estado e bairros da capital. Esta semana esteve em Moita Bonita, Estância, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Poço Redondo e Poço Verde. Em alguns locais, chega a ser abordado se é candidato a deputado estadual. “Não sou, estou apoiando a colega Tânia Soares”, esclarece Danilo Segundo aos que fazem tal pergunta.

 

Parceria para recuperar orla da Caueira I

Em reunião realizada na sede da secretaria da Infraestrutura(Seinfra), com as participações do secretário Valmor Barbosa, do prefeito César Mandarino, presidentes do DER e Cehop, um procurador do Estado e secretários do município de Itaporanga, foi definida a parceria para a recuperação da orla da Praia da Caueira.Segundo Valmor desde quando foi avisado da situação na última sexta-feira, que as providências começaram a ser tomadas, iniciando com o agendamento do encontro que definiu as medidas. “No primeiro momento o DER está disponibilizando caçambas e máquinas para que a prefeitura faça a limpeza da área danificada, e em seguida faça um aterro para proteger os bares e os demais espaços da orla”, informou.

 

Parceria para recuperar orla da Caueira II

Ficou também acordado que a Prefeitura de Itaporanga vai contratar um especialista para apresentar um parecer técnico indicando os reparos que devem ser feitos para a recuperação da orla da Caueira. Com os dados levantados incluindo o orçamento, uma nova reunião será marcada para se definir a participação do Estado e do município na realização da obra. “O povo de Itaporanga pode fica tranqüilo que nós vamos recuperar a orla da Caueira. A prova disso é que o governo está investindo no local quase R$ milhões em infraestrutura com calçamento e drenagem”, afirmou Valmor.

 

Trabalhadores da Deso I

O presidente do Sindisan, Sérgio Passos, denúncia que o atual governo estadual se diz dos trabalhadores, mas em muitas de suas companhias, como a DESO, o trabalhador não tem sequer o direito de se manifestar. Ele informa que os servidores da DESO estão em campanha, de forma democrática, contra o Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCR) que a companhia que impor aos trabalhadores, sendo que o PCCR corta direitos, aumenta a carga horária de trabalho e é privatista, pois extingue dezenas de cargos para repassar os serviços para a iniciativa privada.

 

Trabalhadores da Deso II

Segundo Sérgio a atual direção da DESO não quer deixar trabalhador adentrar no seu local de trabalho com qualquer manifestação da campanha contra o PCCR, seja na forma de adesivos, camisas ou plotagem em veículos. “Trabalhador é cidadão e tem todo o direito de se expressar livremente. Vivemos numa democracia. Não dá pra tolerar certos autoritarismos. Muito ruim isso num governo em que muitos dos que estão agora no poder lutaram pela redemocratização do país e defendiam a total liberdade de expressão”, repudiou Sérgio Passos.

 

Banese é o 1º no repasse de recursos do BNDES

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) foi o agente público que apresentou o maior crescimento relativo no valor de repasse de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para micro, pequenas e médias empresas do país, no período de janeiro a julho de 2010. Em comparação com o mesmo período de 2009, o volume de recursos do BNDES repassados pelo Banese para as empresas cresceu 1.309,4%, de R$ 400 mil para R$ 5,3 milhões.

 

Atuação da equipe de negócios

Segundo relatório divulgado na última sexta-feira, 13, pelo BNDES, entre os agentes públicos (ver tabela), depois do Banese, quem mais cresceu em volume de recursos repassados para as empresas foi o Banco de Brasília (BRB), com 575,6% no período.Para o presidente do Banese, Saumíneo Nascimento, o relatório do BNDES confirma a forte atuação de fomento que o Banco do Estado vem implementando em Sergipe. “Esse resultado, fruto da competente atuação das nossas equipes de negócios, mostra que o Banese tem entre as suas prioridades o apoio aos trabalhadores autônomos e às micro, pequenas e médias empresas, pelo seu importante papel na criação de empregos e geração de renda. Investir nas companhias de menor porte, nas empresas familiares e nas pessoas físicas empreendedoras é ampliar a competitividade e fortalecer a economia sergipana e brasileira”, ressaltou Saumíneo.

 

Artes Visuais Sergipe

No próximo dia 27 de agosto tem inicio segunda edição do projeto Artes Visuais Sergipe: Conexões 2010, com a abertura da exposição “Junto de Oito”, lançamento da Revista Tatuí e palestra “Arte, Campo da Arte e Contexto Social”, a partir das 19 horas no Espaço Cultural Semear, na Sociedade Semear.

 

Seleção de estágio de jornalismo do MPF/SE

Os estudantes de jornalismo já podem se pré-inscrever na seleção de estágio do Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE). Os interessados devem preencher o formulário que está disponível no site do MPF/SE até o dia 27 de agosto. Poderão participar os alunos que estejam cursando do quinto ao sétimo período. As inscrições serão confirmadas de 30 de agosto a 03 de setembro, na sede do MPF (Av. Beira Mar, 1064, bairro 13 de Julho). Nesta ocasião, os candidatos deverão apresentar a documentação solicitada no item 3.4 do edital. O processo seletivo será feito em três etapas: análise do histórico escolar; prova subjetiva; e, entrevista e análise curricular. A bolsa de estágio atualmente é de R$ 800, mais auxílio transporte no valor de R$ 7 por dia efetivamente trabalhado. A carga horária é de 20 horas semanais, a serem cumpridas no horário compreendido entre 12h e 19h, de segunda a quinta-feira, e entre 8h e 18h, na sexta-feira.

 

Novas práticas na área da ortodontia

Os avanços na Ortodontia, Periodontia, Dentística Restauradora, Implantodontia e Odontologia Estética são destaque na III Jornada Científica de Ortodontia que começa nessa quinta-feira (19), em Aracaju. O evento promovido pela Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial de Sergipe (ABOR-SE) abre espaço para a participação de renomados especialistas que vão apresentar seus conhecimentos e experiências nos mais variados aspectos da ortodontia em forma de cursos ou palestras. O evento será realizado no período de 19 a 21 no Hotel Quality.

 

Chá Árabe do Portal Hanna Belly

O Chá Árabe ocorrerá em 28 e 29 de agosto, sábado e domingo, às 20 e 19 horas, respectivamente, no Salão Sahaara do Portal Hanna Belly (Rua José Roberto Ribeiro n. 5. Conj. Jardim Jussara. Jardins. Aracaju-SE). Serão apresentados solos de Dança do Ventre enquanto o público se delicia com o chá servido no estilo árabe. Dançarão, na ocasião, Lili Queiróz, Igllid Souza, Carla Rocha, Vânia Santos, Tássia Fontes, Laíza Lobão, Marcus Yang, Aisha (Joana Melo) e Hanna Belly (Cecilia Cavalcante).Entradas limitadas. Informações 79 3043-2822 (das 15 às 21h)

 

DO LEITOR

 

Quem multa a SMTT

Do leitor Roberto: “Quem já não vou multado por um agente de trânsito em nossa capital, você pode até está respondendo, eu, mas conhece alguém que já foi ou até mesmo um parente, muito embora esteja correto, mas eles arranjam sempre um pretexto para aplIcar a indesejável multa.E quando eles erram, quem lhe aplica essa multa. Pois bem, hoje (17 de agosto), terça -feira por volta das 6h25 minutos um agente de trânsito fardado da SMTT estava dirigindo um veículo SEM o cinto de segurança, o veículo foi um siena de placa policial IAF 2206 trafegando pela avenida ministro Geraldo Barreto no Jardins, depois entrou à direita e continuou pela avenida Tancredo Neves. E agora Superintendente. Quem  já conseguiu junto a JARI reverter uma multa que atire a primeira pedra”.

 

Sinal da TV Sergipe

E-mail do publicitário Vicente Filho: “A respeito da matéria sobre o sinal da TV Sergipe, dias atrás, conversando com o também amigo João Rosa (Ele tem um provedor de Internet na cidade de Estância, e a pouco tempo instalou uma antena com 42 metros de altura, na parte mais alta da cidade) ele me propôs que oferecesse  esta torre também a TV Sergipe, para que  o sinal chegasse com mais limpidez.Fiz isto e a resposta veio por intermédio do Engenheiro João Roberto que informou que a Televisão já possui uma torre na cidade. Então questionei porque o sinal na chegava limpo e por esta razão a maioria da população possui parabólica não por opção, mas por necessidade. Como publicitário que sou e com interesse em que se abrisse um novo mercado para ser explorado fiz esta tentativa mas…”

 

Senhora Maria Helena Tavares de Lima

De Ana Maria Lúcia N. Valença: “Você respondeu a minha carta endereçada exclusivamente para o Ivan, ele não precisa de saia feminina para responder, até   porque ele já deu a resposta suficiente  ao seu marido, a minha foi a respeito da locadora tocada no assunto que não tinha nada a ver. Eu não preciso de “filhos” ao meu lado para responder algo e nem marido, não sabia se você precisava de seus filhos para responder, isso mostra sua insegurança.  Outra: não falei sequer no seu nome para você responder, porque não mandou seu marido ?Olha senhora o Cheiro do Ralo tem mesmo a ver é com as óperas bufas praticadas  no senado  pelo seu marido que não faz nada para engrandecer Sergipe a não ser golpes baixos e oportunistas no Senado Federal . Outra vivo financeiramente muito bem e não preciso ganhar dinheiro escuso de ninguém, eu assumo o que escrevi e não tiro nada do  que disse. Quanto a venda da locadora muitos estão vibrando que fique com a Prefeitura, a para o seu curto conhecimento já teve tres pessoas da área da cultura que avaliou e o Prefeito  Edvaldo Nogueira é suficientemente inteligente para entender de leis , não precisa de sua explicação mal feita. Agora,quem  expele  odor é seu marido com as bobagens ditas no  Senado do Federal. Se quiser responder que seja diretamente a mim e mais a próxima carta escreva melhor que essa está muito mal feita”. Assina Ana Maria Lucia Noronha Valença. P.s:Agradeço ao jornalista Claudio Nunes  pelo espaço cedido e também aos seus leitores o meu muito obrigada. Democracia é isso aí divergências de opiniões.

 

Esclarecimentos aos leitores

Ontem, 17, alguns leitores, através de comentários pediram para que o blog não abrisse espaço para mais a polêmica envolvendo o jornalista Ivan Valença e o senador Almeida Lima. Como o blog abriu o espaço desde o início, inclusive se posicionando favorável a Ivan (recebendo um texto bastante duro do senador) não pode simplesmente fechar o espaço.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/blogclaudionun

Frase do Dia

“Aprendi o silêncio com os faladores, a tolerância com os intolerantes, a bondade com os maldosos; e, por estranho que pareça, sou grato a esses professores”. Khalil Gibran.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários