Déda e os evangélicos

0

O candidato à reeleição ao governo de Sergipe, Marcelo Déda (PT), reuniu-se na manhã dessa quarta-feira, 15, com representantes de diversas igrejas evangélicas no hotel Radisson, onde recebeu um documento contendo sugestões dos religiosos para a sua próxima gestão. Estavam com Déda os candidatos ao senado, pela coligação ‘Para Sergipe Continuar Seguindo em Frente’,

Déda e os evangélicos
Antônio Carlos Valadares (PSB), Eduardo Amorim (PSC) e os pastores Mardoqueu (PRB), Antônio dos Santos (PSC) e Heleno Silva (PRB).

No início do evento, vários pastores se dirigiram ao governador Déda para exprimir o apoio de suas igrejas e seguidores ao governo da mudança, afirmando o desejo da comunidade evangélica do Estado de que Sergipe continue seguindo em frente no caminho do progresso e justiça social.

“Deus preparou o governador Marcelo Déda para trazer as mudanças para nosso Estado. Com sabedoria, seriedade e comprometimento o nosso governador administra o seu rebanho. Que os males a ele desejados se desfaçam porque quem está com Deus ninguém pode ficar contra”, afirmou o secretário nacional do Movimento Evangélico Progressista, Cesário Silva.

O governador Marcelo Déda iniciou sua fala aos religiosos homenageando a grande presença de tantos cristãos. “Vou tratar todos na igualdade de irmãos de fé e irmãos na esperança”, afirmou, ao explicar que independente da religião que cada um traz em seu coração, todos são cristãos e seguem os preceitos da Bíblia.

Déda lembrou que, por muitas noites, se pegou questionando se teria condições de cumprir e desafios e dificuldades da atual campanha.

“Estou vivendo a graça de Deus. Se ele me quis vivo, com saúde, é porque ele guardou lições para mim, e essas lições não podem ser apenas repetir as que eu já fiz. Ele quer que eu faça mais, mas ele não quer quantidade, ele quer mais qualidade”, afirmou Déda, agradecendo as inúmeras orações que a comunidade e igrejas evangélicas fizeram para o restabelecimento de sua saúde.

O governador disse também que sabe que seu trabalho não é perfeito porque “perfeição é atributo

Déda com o documento que os evangélicos passaram com algumas sugestões para nova gestão, caso seja reeleito.
de Deus, não é atributo dos homens”, justificou.

“Como filhos de Deus, buscamos a perfeição mesmo sabendo da impossibilidade de alcançá-la. Na sua grandeza insondável Deus tenha desenhado o seu plano e permitido ao homem conhecer a sua grandeza para estimulá-lo a imitá-lo, mas jamais igualá-lo ou superá-lo. Por isso, nós precisamos ter a humildade de compreendermos que não somos perfeitos em qualquer área da liderança religiosa à liderança política”, lembrou o governador.

Em seguida, o candidato lembrou os diversos esforços de seu governo para construir uma boa administração. “Quando olho os indicadores sociais de meu Estado, quando eu vejo que Sergipe atingiu um novo patamar nas suas políticas públicas, vejo que estamos no caminho certo. Tivermos um grande avanço em diversas áreas, como aponta os resultados divulgados pelo IBGE, da Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD). Ela indica, por exemplo, que Sergipe cresceu em 43% a cobertura da rede de esgoto no Estado”, destacou Déda.

O petista lembrou também que ainda existem problemas que precisam ser enfrentados, porque, às vezes, uma situação é crítica, mas não adianta dizer que ela não é crítica. “A mentira não opera para o bem. Conheceis a verdade e a verdade os libertará. A verdade é que ilumina. Então, eu prefiro assumir os problemas e mostrar à sociedade o esforço que estamos fazendo para resolvê-los”, apontou o candidato.

O governador destacou que, passo a passo, seu governo está vencendo os desafios para fazer de Sergipe um Estado desenvolvido com condições iguais para todos.

“É grande o tamanho da seara que nós temos que trabalhar e grande será a colheita. Mas não se faz de um dia para a noite. A nossa obra é boa, não é perfeita, ela caminha buscando a perfeição. E nessa busca estamos melhorando a vida das pessoas. É como aquele que anda para alcançar o horizonte e nunca alcança, mas nesse caminho percorrido ele mudou, melhorou, nunca parou de caminhar, deu milhares de passos, evolui, caminhou para frente”, afirmou Déda.

Ao concluir, Marcelo Déda lembrou que nas vésperas das eleições os fariseus caem em campo para encher os ouvidos dos ingênuos com mentiras.

“Véspera de eleição é território fértil para os falsos profetas. Palavra é som, é vento, a âncora da palavra é a verdade. O que eu digo é reflexo do que vocês podem constatar nas obras e ações que meu governo vem realizando”, lembrou Déda ao pedir aos líderes evangélicos que não acreditem, de primeira, em nenhuma de suas palavras.

“Submetam cada som, cada palavra minha ao juízo da consciência e inteligência de vocês. E, quando compararem a palavra com o que existe, acolham o resultado de seu julgamento dentro do âmago de sua alma e de seu coração. E, deixem que o calor da fé em Deus oriente o seu caminho e fortaleçam a sua decisão”, conclui Marcelo Déda.

Evangélicos com Marcelo Déda

O bispo Ronaldo Amim, Igreja Batista Apostólica, afirmou que existe um amplo diálogo entre os evangélicos e Marcelo Déda. “O governador é muito querido por toda a nossa comunidade do povo de Deus. Ele tem trazido à luz avanços fundamentais e que são interessantes para a igreja evangélica do ponto de vista da moralidade, da pluralidade, da legalidade das ações governamentais. E isso, é o que nós desejávamos há muito tempo e queremos estar juntos com Déda nessa caminhada rumo à sua reeleição”, afirmou.

Já o pastor José Francisco Santos, conhecido como Pepita, presidente da Ordem dos Pastores Evangélicos, destacou o amor que os evangélicos têm por Marcelo Déda. “Nós levantamos a bandeira, defendemos o trabalho que ele vem realizando como, por exemplo, o grande número de obras promovidas em todo o território sergipano. Esperamos dar a ele mais quatro anos para que muito mais seja realizado”, desejou.

O empresariado evangélico também marcou presença no café da manhã com Déda. Hélio Oliveira e Souza disseram que a comunidade evangélica está voltada, não só para a questão religiosa, mas também para a questão social. “Ouvir o governador Marcelo Déda nessa ocasião é fundamental para que possamos apoiar o bom administrador que ele é. Estamos aqui porque é importante termos a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa, fazendo a coisa certa”, afirmou.

A jornalista evangélica, Márcia Cruz, disse que foi ao evento principalmente para ouvir as propostas de Déda para seu próximo governo, principalmente, com relação às questões que dizem respeito à comunidade evangélica.

“Queremos saber se ele tem algum direcionamento em relação ao povo evangélico, como por exemplo, a conquista que já alcançamos de termos o espaço para o evangélico dentro das comemorações do aniversário de Aracaju. Perguntamos: será que dentro do Festival de Verão, não se poderia abrir um espaço para o jovem evangélico? Essas propostas, interessantes para a nossa comunidade, estão inclusas no documento que vamos entregar hoje ao governador”, afirmou Márcia.

Paulinho da União Tur

Falando em política. Quem anda correndo para conseguir votos entre os irmãos da fé é o

Paulinho
candidato a senado, Paulinho da União Tur (PRTB). Ele é crente da Igreja Assembleia de Deus e conta com o apoio do irmão e pastor Moacir. Paulinho afirma que na política tudo pode acontecer. “Eu cresci nas pesquisas. Estava com  0 por cento e fui a 3 . Cresci bastante”, comenta Paulinho. Lembrando que o slogan dele é o “Senador do povo de Deus”.

Paulinho ficou famoso como o candidato da “viradinha” do programa eleitoral gratuito.

PT ameaça processar pastor por vídeo que desmascara o partido

O pedido do pastor da 1ª Igreja Batista em Curitiba (PR), Paschoal Piragine Júnior para que os evangélicos não votem nos candidatos do PT, gerou revolta entre os integrantes do partido. Durante entrevista à Rádio CBN do Paraná, o dirigente do PT, Enio Verri, disse que vai acionar o pastor juridicamente imediatamente.

No dia 29 de agosto o pastor alertou a Igreja sobre a ‘iniqüidade estatizada’ e denunciou que o PT, durante o Congresso anual, manifestou-se favorável ao aborto, PLC 122/06. A mensagem repetida durante os dois cultos da Igreja lembrou como a iniqüidade pode ferir o coração do homem. Após

Pr. Paschoal Piragine Júnior
pedir oração pelas eleições exibiu um vídeo mostrando os casos de abortos, infanticídios indígenas e ameaça à igreja através do PLC 122/06 que cria uma ditadura gay. No vídeo, durante a Parada Gay, lideranças do movimento preparam uma ofensiva para aprovar leis como a união civil entre pessoas do mesmo sexo com apoio do Governo.

Enio Verri diz que o partido estuda medidas para acioná-lo juridicamente e diz que ele mentiu misturando posição pessoal e insinuou que Piragine está comprometido. “Não esperava que um pastor proferisse a mentira, certamente o céu não será destino dele.

Em poucos dias, mais de 1 milhão de pessoas já assistiram ao vídeo da mensagem.

Clip Mais na rede Gênesis

Pela primeira vez a na história a rede Gênesis de televisão vai veicular um programa gospel gravado e produzido em Sergipe “Clip Mais” a partir do dia 20 de setembro, todas as segundas, das 16h30 às 17h, não perca! Assista a Gênesis pelo canal 19, Jet TV ou pelo site www.webtvgenesis.com.br


O Clip Mais 
 

Em novembro de 2007 entrava no ar pela primeira vez o programa Clip Mais, o programa surgiu com

a proposta de levar aos telespectadores os melhores clipes da música gospel mundial de uma forma simples e alegre.

Mas o programa não trouxe apenas clipes. Uma das marcas do Clip Mais foi a sua participação ativa nos eventos que aconteciam em Sergipe. Vários cantores e bandas foram entrevistados e os bastidores dos shows se tornou marca registrada do programa.

Qualidade, esse é o compromisso do programa Clip Mais que agora alcança mais de 200 cidades do Brasil pela rede Gênesis de televisão.

Lembrando que o programa é apresentado por Daniel Aragão. Uma pessoa que entende muito bem de música gospel em nosso estado.

Rede Gênesis fazendo história em Sergipe

História do Rei Davi será contada em filme 3-D “Day of War”

David L. Cunningham cuida da direção, com roteiro de John Fusco.

O roteirista John Fusco (O Reino Proibido, Mar de fogo) foi contratado para escrever o filme histórico de ação 3-D Day of War. David L. Cunningham (Os Seis Signos da Luz) será o diretor.

O projeto é uma adaptação do primeiro volume da série bíblica escrita por Cliff Graham Lion of War, que recria a vida de Davi antes que ele sucedesse Saul como o rei de Israel, durante as batalhas dos iraelitas contra os filisteus. “Enquanto o cruel e cada vez mais insano Rei Saul marcha sem esperança contra os poderosos filisteus, a terra das tribos hebraicas nunca estiveram tão necessitadas de ajuda”, diz a descrição oficial do livro.

“Cliff escreveu uma série dinâmica que é altamente cinematográfica. Ele encontrou um jeito novo de contar a antiga história do Rei Davi […] Os personagens sombrios, suas vidas complicadas e a temática sobrenatural rendem uma combinação empolgante”, comentou o diretor ao Hollywood Reporter.

A série de livros é composta ainda por Covenant of War, Song of War, Fires of War e Twilight of War. Day of War é o primeiro filme da produtora de Cunningham e Grant Curtis (produtor de Homem-Aranha), que esperam transformar o projeto em uma franquia.

Pr. Mardoqueu

Parabéns ao pastor Mardoqueu que na última quarta-feira, 15, completou 60 anos. Um homem preparado para o seu tempo ao reconhecer que é do povo e acima de tudo é temente a Deus. Parabéns por mais uma primavera.

Envie seu e-mail. Divulgue o evento da sua igreja. Esse canal é seu. gleicequeiroz@infonet.com.br


 


O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais