Déda não deixará esfolar o PT

0

Déda não deixará esfolar o PT


O governador Marcelo Déda (PT) tem apenas um mês e poucos dias para colocar ordem na base aliada do interior. Se quiser coordenar uma campanha eleitoral bem sucedida, vai precisar conversar muito mais do que já está fazendo e, naturalmente, dar alguns murros na mesa para não ver o seu partido derrotado por aliados de última hora, que insistem em fazer jogo duplo. Conhecedor das artimanhas políticas interioranas, Déda tem evitado falar publicamente sobre os vários problemas surgidos na base aliada, mas não descuida dos bastidores. Engana-se quem estiver pensando que o governador permitirá que pisem no pescoço do seu PT, como vem sendo articulado por políticos em vários municípios. Quem conhece Marcelo Déda há muito tempo sabe que ele vai defender as candidaturas petistas até as últimas conseqüências. Não duvidem que o governador jogará duro com aqueles que, embora mamando nas tetas do poder, só pensam em esfolar o PT nas próximas eleições.


Mesmo tamanho


O projeto de ampliação do número de desembargadores do Tribunal de Justiça de Sergipe foi abandonado. Há dois meses, o TJ chegou a discutir a possibilidade de ampliar de 12 para 14 as cadeiras do Pleno. Após estudos técnicos, concluiu-se que o número atual é suficiente para o volume de processo. Além disso, a ampliação custaria cerca de R$ 120 mil mensais ao Tribunal de Justiça. Independente disso, o Pleno ganhará um novo componente agora no meio do ano, graças à aposentadoria do desembargador Artêmio Barreto, que completará 70 anos no dia 15 de julho. Ele será substituído na presidência do Tribunal pela desembargadora Célia Pinheiro.

Mato sem cachorro


Decididamente, o prefeito de General Maynard, Gilson Teles (PDT), está no mato sem cachorro. Em pouco tempo viu o vice Zé Lealdo (PSC) e o ex-prefeito Tatu (PMDB) debandarem do seu barco para apoiar o pré-candidato Evangelista Filho (PSB). O pedetista também não conta com a maioria dos vereadores e, segundo dizem no município, todas as pesquisas mostram o seu declínio político. Já há quem aposte que Gilson desistirá da reeleição temendo uma fragorosa derrota. Em 2004, mesmo com o apoio do então prefeito Tatu, ele derrotou Dr. Evangelista por apenas nove votos. Imagine agora!

Leite com abóbora


Você sabia que boa parte do leite processado em todos os laticínios de Sergipe vem dos assentamentos do MST? Pois é, 90% do produto comercializado no Estado são produzidos por assentados e pequenos produtores. Somente Barra da Onça, em Poço Redondo, produz diariamente 15 mil litros de leite, dos quais 80% são industrializados pelos próprios assentados. Outra coisa: quatro assentamentos do MST no interior de Sergipe produzem cerca de mil toneladas de abóbora por ano. Existem hoje no Estado 152 assentamentos que abrigam 40 mil pessoas. Já pensou onde estaria esse povo todo se não existisse o MST?

Mudanças no PAR


Às 8h30 desta segunda-feira (26) a Prefeitura de Aracaju e a Caixa Econômica Federal anunciarão as novas regras de financiamento do Programa de Arrendamento Residencial (PAR). A solenidade está marcada para o auditório do Centro Administrativo Aloísio Campos. Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B), o novo modelo irá facilitar ainda mais a vida dos arrendatários. Nos últimos dois anos, a administração municipal e a Caixa já entregaram 926 casas populares construídas pelo PAR. A meta é chegar, até o final deste ano, a duas mil residências destinadas à população de classe média baixa.


Furtaram Deus

 

Marginais entraram na Igreja São José, em Aracaju, e furtaram uma mesa de som, cinco microfones e uma bateria. O crime aconteceu na madrugada deste domingo (25) e, segundo a Polícia, os malandros não deixaram pistas. A igreja arrombada fica na Praça Tobias Barreto, onde estão a Secretaria da Segurança Pública e o Instituto Médico Legal. Há 15 dias, bandidos arrombaram a Catedral Metropolitana de Aracaju, de onde também levaram aparelhos de som. Como se vê, nem os templos religiosos estão imunes aos criminosos. Uma lástima!

 

Governo tem pressa


Só depende da Assembléia Legislativa para que os servidores estaduais já recebam o salário deste mês com o reajuste de 5% e outras vantagens. Interessado que isso aconteça, o governador Marcelo Déda (PT) já disse que sanciona os 10 projetos sobre o reajuste tão logo eles sejam aprovados. Mesmo que tenha de se ausentar de Sergipe esta semana, ele delegará ao vice-governador Belivaldo Chagas (PSB) a tarefa de sancionar os projetos. Há quem garanta que os deputados aprovarão o reajuste até a próxima quarta-feira (28).


Despejo anunciado


A Polícia Militar vai cumprir esta semana – o dia ainda não foi marcado – a reintegração de posse do hotel abandonado Brisamar, localizado na Praia de Atalaia, em Aracaju. A determinação é da juíza de direito Angélica Franco. O imóvel inacabado foi ocupado por famílias sem teto há cerca de 20 dias, tendo seu proprietário Viana de Assis solicitado o despejo dos ocupantes. Paralisadas há mais de 20 anos, as obras do Brisamar estão sendo disputadas judicialmente por Viana e pelo Banco do Estado de Sergipe. A solidariedade da coluna aos sem teto.

Eleições em debate


E o procurador regional eleitoral em Sergipe, Paulo Gustavo Guedes Fontes, se reúne nesta segunda-feira (26) com todos os promotores de Justiça que atuam como promotores eleitorais. Marcada para as 14h30, no auditório do Ministério Público estadual, a reunião vai tratar sobre propaganda eleitoral antecipada, leis municipais que permitem a doação de dinheiro e bens em ano eleitoral, registros e impugnação de candidaturas. Diferente de 2006, quando ocorreram eleições estaduais e federais, agora em 2008 a primeira ação para coibir abusos de candidatos e partidos é de responsabilidade do promotor de Justiça investido das funções eleitorais. Pelo visto, o bicho vai pegar para os políticos infratores. Tomara!

Grevistas nas ruas


Em greve desde o último dia 30, os professores municipais de Pacatuba vão promover, na manhã de hoje (26), um ato público no centro de Aracaju. Os grevistas pretendem chamar a atenção do povo para os graves problemas do magistério e das escolas daquele município. No período da tarde, eles vão para a Assembléia Legislativa pedir apoio dos deputados estaduais. Segundo os organizadores do movimento, ao contrário de outros municípios, onde as negociações entre Sindicato da categoria e as prefeituras têm sido encaminhadas, o prefeito pacatubense, Luis Carlos Santos (DEM), se recusa sistematicamente a receber os educadores. Aí, fica difícil!


Machadada errada


A coluna não aconselha ao deputado federal José Carlos Machado (DEM) se aventurar pelos povoados aracajuanos Areia Branca, Robalo e São José, no Mosqueiro, e o loteamento Padre Pedro, no Santa Maria. É que a população dessas localidades ficou por aqui com o democrata porque ele foi à Justiça e conseguiu o direito de pagar à Prefeitura de São Cristóvão o IPTU de um terreno naquela região. A decisão da Justiça alcança apenas a propriedade do deputado, mas abriu um procedente para que a Prefeitura sancristovence requeira os povoados e loteamentos de volta para o seu território. O povo daquelas localidades não quer nem ouvir falar nesse assunto. Se cuida, Machadão!

 

Até mais!

 

A Infonet publica esta coluna todas as segundas e sextas-feiras.

Comentários