Déda, pressões e a Praça São Francisco

0

Na semana passada o blog noticiou que quando realizou o encontro com 52 prefeitos, o governador e candidato à reeleição, Marcelo Déda, ouviu de alguns se não teria uma “conversa” individual. Ele não se fez de rogado e imediatamente chamou para uma conversa de pé de orelha os prefeitos que desejavam. Apenas repetiu o que tinha dito e ponto final. Não prometeu nada, mas nada mesmo.

 

Não há duvida que pelo que a imprensa vem publicando nos últimos dias alguns prefeitos, vice-prefeitos e lideranças esperam uma conversa com Marcelo Déda para realmente caírem em campo na campanha eleitoral.  Querem a “conversa” que Marcelo Déda, para caírem em campo.

 

É certo que nos últimos quatro anos o governador Marcelo Déda mudou muito e, politicamente, deixa a desejar com muitas ações que não faria se não fosse governador. Mas no campo ético e de defesa do erário o blog não tem duvida que o governador não cederá as práticas antigas (é dinheiro, mesmo) ou então lotear a administração estadual, com promessas de secretárias, cargos e mais cargos.

 

Seria bom que o governador voltasse a deixar claro para algumas lideranças que o acompanham como se comporta numa campanha eleitoral.  Uma coisa é prometer e não cumprir. Outra é ceder a chantagem por conta da disputa eleitoral.

 

É neste momento que se forja um verdadeiro homem: o ambicioso pelo poder, cede a todas as pressões, mas o estadista não apenas não cede, mas tem a coragem suficiente para mandar estas lideranças, que desejam sugar o erário, procurarem o outro palanque.

 

Procuradoria Eleitoral de “Olho”

Ontem, 29, por precisamente às 10h42, transitava pela Avenida Beira Mar (sentido centro/praias) logo após o bairro 13 de julho um carro de som (mini-trio) do candidato ao senado Albano Franco. Quando do outro lado parou um veículo (caminhonete) da Procuradoria Regional Eleitoral e uma pessoa começou a fotografar o veículo de Albano. O que será? Será que o candidato não está prestando contas do gasto com este veículo?

 

Falta apenas Déda e João

Dos sete candidatos ao governo estadual, cinco já tiveram os pedidos de candidaturas deferidos pelo TRE. Apenas Marcelo Déda e João Alves aguardam deferimento. Com um detalhe: João tem um pedido de impugnação.

 

Déda esperando João

Na última quarta-feira, 28, eleitores de Déda estavam passando em frente ao Comitê central, quando resolveram entrar para pegar material de Campanha. Só que  não tinha adesivo algum do candidato ao governo, tinha adesivos de alguns  candidatos a deputado, e vários panfletos de Dilma. Será que Deda só vai acordar quando João colocar seu bloco verde na rua?

 

Caminhões de cargas no centro de Aracaju

Ao ir votar ontem, 29, na eleição do Sindijor, este jornalista contou seis caminhões descarregando no horário das 11hs, na rua Itabaianinha. Com isso fica apenas meia pista para o trânsito de veículos, que já é caótico. Conversando com a assessoria da SMTT foi informado que será montada uma operação para que a lei municipal que disciplinar o horário de carga e descarga no centro seja cumprida. Nas capitais, a carga e descarga é feita, ou pela manhã, logo cedo (antes das 7h) ou depois das 18h.

 

Transporte escolar em Itabaiana

Em entrevista ao Radialista Roosevelt Santana na Rádio Capital do Agreste 29/07, um pai de aluno que tinha acabado de levar seus filhos para a Escola que fica no centro urbano da cidade de Itabaiana, procurou a emissora para denunciar que foi obrigado a levar seus filhos para a Escola utilizando carroça de burro, pois os ônibus fretados pela prefeitura estavam parados por falta de pagamento. A indignação do pai era tanta que revoltou todos os ouvintes do programa, causando constrangimento e tristeza para todos os itabaianenses. E o pior, que a falta de pagamento espalha-se por todos os setores da prefeitura: ônibus escolar, posto de combustível, salários dos funcionários, etc…; e o Ministério Público cruza os braços diante desta terrível situação.

 

Carros plotados em repartições públicas I

Circulou ontem, 29, a informação que o comando da PM, tinha proibido que policiais militares, que têm seus carros plotados ou com adesivos, não estacionassem os veículos, no QCG, no Batalhão de Choque e no HPM. O blog entrou em contato com um membro da SSP que negou essa determinação.

 

Carros plotados em repartições públicas II

A legislação eleitoral não proíbe que os veículos dos servidores fiquem estacionamentos dos órgãos públicos com plotagem ou adesivos. O servidor não pode é trabalhar com broches ou com os adesivos pequenos nas roupas.

 

Assalto em Socorro: Equipe da TV Sergipe sem jornalista I

Na última quarta-feira, 28, ocorreu um assalto em Socorro, onde foram presos duas pessoas. A TV Sergipe enviou uma equipe para o local, novamente sem jornalista. Desta vez o motorista não fez entrevista no lugar do jornalista, mas a TV cometeu uma grande derrapagem ao editar a matéria.

 

Assalto em Socorro: Equipe da TV Sergipe sem jornalista II

Como não tinha um profissional no local, a matéria foi para o ar, trocando as imagens dos dois presos: A imagem mostrava o adolescente como maior e o maior como menor de idade. O critério foi pela altura dos dois.A matéria foi veiculada no SETV2 da TV Sergipe. O telejornal  não consegue manter o padrão por falta de profissionais Confira: http://emsergipe.globo.com/mediacenter/?id=39181 E veja a diferença da cobertura do Portal Infonet: https://.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=101578&titulo=cidade

 

Recursos para aterro sanitário

O deputado federal Jackson Barreto(PMDB) conseguiu viabilizar recursos para a instalação do primeiro aterro sanitário de Sergipe. A obra será financiada através de uma emenda parlamentar de autoria de Jackson, com recursos  da Funasa, e irá atender aos municípios de Boquim e Pedrinhas. A verba já está liberada (R$ 600 mil) e as prefeituras aguardam apenas a concessão da licença ambiental da Adema para o início da implantação do aterro. O prazo da obra é de seis meses.

 

Agenda professor Leonardo Dias

o Candidato ao Governo do Estado Leonardo Victor Dias (PCB) estará pela manhã  ministrando aulas em escolas da capital. Pela tarde estará reunido com um grupo de professores universitários debatendo as viabilidades do Projeto que visa à criação do Instituto Sergipano de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico.  Logo após estará em reunião com os produtores do programa de TV para a propaganda eleitoral gratuita.

 

Agenda Avilete Cruz

A candidata ao governo estadual pelo PSOL, Avilete Cruz tem hoje reunião com o pessoal da TV Sergipe, para discussão sobre os debates e entrevistas;  Reunião de discussão dos eixos do programa no SINDIPETRO – tema: Reforma Urbana.

 

Agenda Marcelo Déda

Agenda do candidato Marcelo Déda para hoje, 30: 13:00 h – Almoço em Rosário com Laércio Passos, Local: Fazenda Maracujá (Entre Rosário e General); 16:00 h – Reunião com o Prefeito de Maruim e Lideranças locais  Local: Balneário Canoas Bairro Lareiz; 19:00 h-  Encontro com as Juventudes  Partidárias, Sindicato dos Eletricitários ( Sinergia) em frente ao espaço Emes; 19:30 h – Encontro  de Conceição Vieira, Local: Auditório Atalaia no Centro de convenções; 20:00 h- Inauguração do Comitê de Vitor Mandarino. Local: Rua Ermílio Carvalho, 75.

 

Agenda Vera Lúcia

A candidata ao governo pelo PSTU, Vera Lúcia inicia suas atividades de campanha desta sexta-feira, 30, às 6:30h, com uma panfletagem na sede da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), localizada na Rua Campo do Brito, bairro São José. A panfletagem conta ainda com a presença dos outros candidatos da legenda.    À tarde, a candidata ao governo pelo PSTU, acompanhada da militância do partido e apoiadores da campanha, participa de uma caminhada pelo conjunto Orlando Dantas.À noite, encerrando seu calendário de atividades, a candidata socialista participa de um debate na Sede do PSTU, a partir das 19h, localizado na Avenida Gasoduto, 1538.  O tema do debate será a situação da saúde em Sergipe.

 

Evangélico disputando o Senado

O candidato a senador da República pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Paulinho da UniãoTur, é o único candidato evangélico sergipano a pleitear uma vaga no Senado Federal. A sua campanha será baseada na equiparação salarial para todos os aposentados, na defesa das famílias e da moralidade pública. “Sempre atuei assessorando políticos. Jamais tive uma oportunidade de me candidatar, pois fazia o trabalho de coordenação de outros candidatos. Agora chegou a minha vez, com o apoio do evangélicos e da população em geral”, disse Paulinho, que nasceu no município de Penedo/AL, mas já reside em Nossa Senhora do Socorro há mais de 30 anos.

 

Autismo em discussão

Nesta sexta-feira, 30 de julho e neste sábado 1º de agosto, será realizado no colégio Liceu de Estudos Integrados um workshop sobre autismo. Detalhando o método Floortime o evento terá como palestrante a terapeuta Patrícia Piacentini que trabalha em Santa Bárbara nos Estados Unidos. O evento será voltado para pais de crianças autistas, educadores e profissionais da saúde, a exemplo de médicos, psicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais. Informações e inscrições 3214-1659 ou 9992-9019. Participe!

 

MPEs são maioria entre os fornecedores do Estado

Mais da metade dos fornecedores de bens e serviços para o Estado são empresas de micro e pequenos porte. Esse cenário mostra a força das Micro e Pequenas Empresas (MPE’s) no mercado e reflete a importância da Lei 6.206/07 para esse segmento. Segundo o relatório da Superintendência Geral de Compras e Centralizadas da Secretaria de Estado da Administração (SGCC/SEAD) a arrecadação das MPE’s foi de 61,89 %, ou seja, R$13.168.972 nos primeiros seis meses de 2010.

 

Instituto Histórico de Sergipe completa 98 anos de fundação

O Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe (IHGSE) vai comemorar o seu 98º aniversário de fundação na próxima sexta-feira, dia 6 de agosto, durante solenidade que será realizada em sua sede, à Rua Itabaianinha, a partir das 16h30. O Instituto, carinhosamente chamado de “A Casa de Sergipe”, é uma das principais entidades culturais do nosso Estado e um importante centro de pesquisas sobre a história, a sociedade e a cultura dos sergipanos. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (79) 3214-8491 ou pelo site www.ihgse.org.br.

 

Crea-SE realiza Planejamento Estratégico I

O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) realizou na noite da segunda-feira, 26 no Hotel Aquárius, abertura de palestras com o objetivo de discutir o Orçamento Estratégico do Conselho, que aconteceram até a quarta-feira, 28. O evento tem como público, gerentes coordenadores, assessores técnicos, diretoria e conselheiros.

 

Crea-SE realiza Planejamento Estratégico II

O ministrante das palestras e coordenador dos trabalhos, o engenheiro eletricista e funcionário do Crea do Rio Grande do Sul, Luiz Carlos Dias Garcia, tem experiência em planejamento estratégico, tendo trabalhado no planejamento do Conselho Federal. De acordo com o presidente do Crea-SE, Jorge Silveira, o conselho tem o objetivo de realizar um planejamento estratégico de 10 a 20 anos, a fim de se preparar para os futuros engenheiros, deixando um Crea-SE devidamente estruturado.

 

Empreendimentos em Socorro

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo, Jorge Santana, acompanhado de uma comitiva formada por técnicos da Companhia de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais (Codise) e empresários, visitou ontem, 29, diversas empresas instaladas no Distrito Industrial de Socorro. O objetivo foi verificar o estágio de implantação dos empreendimentos e identificar de que maneira o Governo do Estado pode auxiliar os empresários a expandirem suas atividades.

 

Programa de desenvolvimento

A visita teve início na TrustNorth, uma indústria do setor têxtil fabricante de camisas masculinas e femininas e que comercializa sua produção junto a importantes grifes como Brooksfield, TNG e Daslu. A empresa, incentivada pelo Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial, gerava em 2007 cerca de 280 empregos. Atualmente a fábrica conta com 500 colaboradores e produz 2,3 mil camisas diariamente.

 

Instalações novas

Também foram conhecidas as instalações da Central do Aço, Seman e Tritex. Encerrando a visita, o secretário esteve na Altenburg. A indústria inicialmente dedica-se à produção de travesseiros, comercializados na região Nordeste. A fábrica emprega 32 pessoas, mas a previsão do gerente geral da empresa, Roberto Zamprogno, é que sejam contratados mais 68 até o mês de setembro. A expansão será possível graças à criação de um novo turno para produção de travesseiros e o início do processo para fabricação de edredons.

 

Debate energia nuclear

A Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT/SE), o Instituto Socioambiental Acauã, e o Sindicato dos Jornalistas de Sergipe (Sindijor) convidam a sociedade e a imprensa sergipana para participarem de um debate sobre Energia Nuclear, na próxima sexta-feira, 30 de julho, às 19hrs, no auditório da CUT/SE. De acordo com o Antônio Góis, dirigente da Central, é de extrema relevância a sociedade, os movimentos sociais e a imprensa debaterem essa questão tão delicada e importante para o nosso futuro.

 

Grande Rede de Escolas presente na Expoensino

Uma das maiores Redes de Escolas do País a rede Salesianos do Brasil, garante presença na Expoensino.  A proposta da direção do Colégio Salesiano de Aracaju, instalado em uma área de 35m², é convidar a sociedade sergipana a conhecer seu projeto educacional e proposta educativa, baseada no sistema preventivo e símbolo da renovação na área de educação idealizado por Dom Bosco.  Traga sua escola e participe da Expoensino. Reservas e vendas de stand 2107 8585 ou comercial@exitoeventos.com.br

 

DENUNCIE OS CRIMES ELEITORAIS

Ouvidoria do TRE/SE: (79) 2106-8777. E-mail: ouvidoria@tre-se.gov.br ou ainda por correspondência preenchendo o formulário eletrônico no site www.tre-se.gov.br.O prazo para as respostas às consultas é de 03 (três) dias. Na Procuradoria Regional Eleitoral: Enviar, por correio, a documentação endereçada à Procuradoria da República em Sergipe, situada na Avenida Beira Mar, nº 1064, Praia Treze de Julho, Aracaju/SE, CEP 49020-010: Enviar para o e-mail denuncia@prse.mpf.gov.br ou preencher  formulário site www.prse.mpf.gov.br

 

Brega Night, dia 31, no Iate Clube

Vem aí uma festa que vai balançar a cidade. Dia 31 de julho, no Iate Clube, Brega Night, numa organização da turma de Nutrição da UFS e Dois A Formaturas. Prepara-se para dançar muito e abalar os corações ao som de Los Borrachos Enamorados, Rojão Diferente e Taty, a Loirinha do Arrocha.  Ingressos ao preço de R$ 15,00 a venda na Dois A Formaturas (rua N.S. do Socorro, 256, B. São José), Pizzaria Forno a Lenha (R. Niceu Dantas, 435, Atalaia) e loja Stalker no shopping Jardins.

 

ARTIGO

 

Sergipanidade e a Praça São Francisco – Cláudio Nunes

 

O caso da cidade de São Cristovão (Praça São Francisco) representa um registro íntegro e autêntico de um fenômeno urbano singular no Brasil, que tem como contexto um período representativo da sua história: a aliança das coroas portuguesa e espanhola sobre o domínio do reinado de Felipe II (1500-1640). Este é apenas um dos pontos da proposição apresentada na luta da Praça São Francisco para se tornar Patrimônio Mundial pela Unesco. Até amanhã, 31, deve ser anunciadas as decisões da 34ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial, que está sendo realizada em Brasília. Ao todo 39 “sítios” concorrem ao título.

 

A proposta de inscrição da Praça São Francisco, é uma verdadeira obra prima, mostrando o contexto histórico, geográfico e político do monumento em 41 páginas formatadas pelo Governo do Estado e pelo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Um dado interessante, é que enquanto a maior parte das cidades brasileiras daquele período se formou na planície costeira, São Cristovão, teve a fundação próxima a um rio, o Vaza Barris, devido à importância do porto fluvial e a estratégica localização para acessos ao nordeste brasileiro.

 

Outro dado interessante da justificativa é a pluralidade de valores culturais do local: “os cânones da arquitetura religiosa franciscana – transitada entre suas origens medievais e os albores das luzes barrocas – representam consistentemente a universalidade pretendida pelo catolicismo (e de certa força alcançada nas Américas Central e do Sul), ao mesmo tempo em que, em cada igreja e convento, as adaptações criam e consolidam configurações e espaços arquitetônicos e urbanos únicos…” relata a proposta.

 

O governo do Estado não mediu esforços para que a Praça São Francisco disputasse esse título. Conseguiu até descobrir registros históricos inéditos, no Arquivo Histórico de Simancas, na Espanha, comprovando a relação entre a Espanha e a Capitania de São Cristovão em 1605. Vale a pena conferir e ler a proposta (http://pracasaofrancisco.se.gov.br/), tem uma documentação profunda, com fotos e mapas. Para o leitor ter uma idéia, o último “sítio” brasileiro,  declarado patrimônio da humanidade foi o chamado “Goiás Velho”, em 2001, num trabalho que durou muitos anos

 

Ontem, 29, o secretário da Casa Civil, juntamente com o sub-secretário do Patrimônio Histórico e Cultural, Luiz Alberto, viajaram à Brasília para acompanhar de perto a decisão da Unesco. Lá já se encontra uma comitiva de São Cristovão.  O comitê que vai decidir o destino dos 39 “sítios” é formado pelos seguintes países:  África do Sul, Austrália, Barbados, Barein, Brasil, Camboja, China, Egito, Emirados Árabes Unidos, Estônia, Etiópia, Federação Russa, França, Iraque, Jordânia, Mali, México, Nigéria, Suécia, Suíça e Tailândia.

 

Independente qual for o resultado a certeza é que a Praça São Francisco conseguiu várias proezas: soergueu o sentimento de sergipanidade e de orgulho para milhares de sergipanos; voltou a preocupação dos sergipanos para uma cidade que precisa ser preservada e ter uma atenção especial; e, sem dúvida nenhuma, elevou o nome de São Cristovão, para um seleto grupo de cidades, que têm a atenção de todo o mundo, principalmente de pesquisadores e historiadores.

 

A certeza é que Sergipe fez a sua parte. Resta agora esperar a decisão que passa por um julgamento técnico, sem interferência e com a apreciação dos documentos históricos e sua relevância para a humanidade.

 

Que o sentimento de sergipanidade, reaceso com essa campanha, não apague, com a vitória ou com a necessidade de obter mais documentos (se não for escolhida a Praça continuará na disputa). O importante é que Sergipe fez, faz e fará história, mostrando que o menor Estado do país, é um celeiro cultural importante da história do Brasil e mundial.

 

DO LEITOR

 

Nota de solidariedade

Do vereador  de Itabaiana, Olivier Chagas: È com profundo sentimento de pesar que manifesto solidariedade a família dos meus queridos amigos Aderval Nunes Gomes e sua esposa Maria Luiza Santana, que perderam suas vidas num acidente automobilístico brutal, na manhã de hoje. Por conta disso, em comum acordo com meus companheiros de partido, suspendo a atividade política de inauguração de comitê político de inauguração de comitê político que tínhamos previsto para a próxima sexta-feira, 30. Que Deus nos dê consolo”.

 

O voto para Senadores e o “faça o que digo mas não faça o que faço”!

Do leitor Bobô Cruz: “Assíduo em leitura diária de seu blog, onde quer que eu esteja no mundo, e atento ao movimento político Sergipano e Brasileiro, posso, sem sombra de dúvidas, dizer que fiquei surpreso quanto a nota colocada ontem(29/07) em seu blog intitulada Senadores e o feito a ordem. Permita-me, mas, alguém deve ter informado errado quando diz que o nosso Governador Marcelo Deda formulou a frase: “A ordem é chamar as lideranças e se não quiser votar nos dois Senadores, agradecer a atenção e que procure o outro lado”. Ora, e o Senador Albano não é governista? Não é aliado? O voto nele não é útil?Quem segue ele pode procurar o outro lado? Não foi Deda que, em nome da política das alianças exaltou a necessidade de compor com Albano, Almeida etc… É o “faça o que digo, mas não faça o que faço!?” Nós, a maioria dos Petistas, votamos Dilma Presidente, votamos Deda Governador e para o Senado vamos procurar, dentro dos quadro das alianças que o próprio Governador criou e propagou, os candidatos ao Senado que, em função da estratégia política de seu reduto, for melhor e mais importante para seu projeto político! Não é assim que o Governador nos ensinou?”. Bobô Cruz.

 

Uma Vergonha

Do leitor Argolo: “Quem se arrisca a caminhar pelo calçadão da avenida Ivo do Prado mais precisamente do trecho que vai do IATE CLUBE até a Marinha do Brasil, se depara com verdadeiros CRATERAS, que a cada dia que passa está colocando em risco a integridade física das pessoas, sei que a prefeitura disponibiliza carros para os “chefes” se deslocarem para o local de trabalho, por isso peço encarecidamente que deixem seus gabinetes e verifiquem in loco a situação deplorável que se encontra aquele cartão postal, aproveitem e faça como diz o caboclo dê uma CAIADA na mureta de proteção”.

 

Fidelidade

Comentário de Magner Clark: “Com relação a matéria intitulada “Das traições, da ética e do caráter na política” eu poço falar com cátedra que a carapuça não mim coube, pois veja bem. desde o ano de 1986, quando o deputado federal Jerônimo Reis, se candidatou pela primeira vez a um cargo eletivo, o de deputado estadual que eu o acompanho. De lá para cá já se passaram quase vinte e quatro anos, e ainda continuo no mesmo grupo político, já voltei em Valadares, João, Jackson Barreto, Zé Eduardo e Albano, todos candidatos ao governo, voltei também em Artur Reis, Sergio e Goretti Reis. E como pode-se ver nunca trai o grupo político ao qual pertenço, já vi muitas traições, de todos os jeitos e preços também, mais continuo firme na luta. Infelizmente lealdade na política, é pra poucos, e graças a Deus, encontro-me inserido nestes poucos. Um forte abraço”.

 

SINPOL Sergipe: resposta ao leitor

Do vice-presidente do SINPOL/SE, Antônio Moraes: “Sobre “a onda de furtos no posto de saúde municipal, Lauro Dantas Hora, do Bugio” e os comentários do preocupado leitor José dos Santos.O SINPOL SERGIPE vem a público, não explicar, mas sim contribuir com a análise crítica acerca dos ditos furtos ocorridos no posto de saúde do Bugio. Inicialmente, cabe asseverar que não é papel do sindicato dar explicações. É papel de toda e qualquer entidade sindical defender a categoria que representa e promover o amplo debate acerca dos temas de interesse público. Assim, é papel do sindicato fomentar a crítica construtiva.O que o leitor supostamente identificado como José dos Santos, deselegantemente, chamou de “arrodeios” ou “floreios”, não existe nas manifestações públicas dos dirigentes sindicais policiais civis sergipanos. Estes, quando instados a se posicionar sobre algum assunto, procuram discorrer com a maior propriedade possível. Assim, além da vontade de se fazer entender, existe o desejo de provocar a população a participar concretamente, fiscalizando, elogiando e denunciando: porém fazendo da forma correta.O SINPOL SERGIPE é contra o denuncismo vazio que pára na mídia e que não se formaliza em boletins de ocorrência, termos circunstanciados, reclamações nas corregedorias, no Ministério Público, no Poder Judiciário. Denuncismo vazio é busca de autopromoção, é mecanismos de falsos profetas, de políticos demagogos, de embusteiros, de ratos de mídia etc. Pelo que noticiou a imprensa, a causa principal dessa tal “onda de furtos” é, sem medo de errar, a ineficácia ou inexistência de policiamento ostensivo desenvolvido pela briosa Polícia Militar. As funções institucionais desta importante força de Segurança Pública são impostas, não pela vontade do gestor, mas, sim, pela Constituição da República (preservação da ordem pública, policiamento ostensivo e a função de polícia judiciária militar). À Polícia Civil, também segundo a Constituição, cabe a função de polícia judiciária comum (apuração das infrações penais comuns e a investigação criminal comum). Entenda-se comum, como “não-militar”. E tecer essas considerações não é “florear” ou “arrodear”, é ter responsabilidade com a atividade policial. Coisa rara ultimamente. Exigir que a Polícia Civil faça as vezes de sua co-irmã, ou vice-e-versa, é “chover no molhado”, é criar factóide, é “jogar para a torcida”. É puro ato de irresponsabilidade. O que falta a Sergipe, no tocante a Segurança Pública, é uma reforma administrativa profunda nas instituições policiais que: viabilize uma gestão democrática e participativa, com a presença da sociedade e de todo o quadro de policiais discutindo problemas e buscando soluções; busque a utilização mais eficiente do recurso humano policial civil e militar, impedindo que alguns gestores façam uso particular dos recursos humanos e materiais de nossas polícias.E, finalizando, sinceramente, se eu fosse policial civil (agente, agente auxiliar, delegado ou escrivão) lotado na Delegacia do Bugio, comunicaria a meu superior imediato a precariedade do policiamento ostensivo naquela região. Solicitaria que fossem enviados aos gestores da Polícia Militar os dados estatísticos que comprovassem o aumento das ocorrências delituosas. Isso, não como uma retaliação à PM ou aos policiais militares, mas sim como uma forma de contribuir para a pacificação da comunidade. Assim, teria ainda mais orgulho de dizer que sou policial”.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/blogclaudionun

Frase do Dia

Ser normal é a meta dos fracassados!” Carl Jung.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários