Déda semeador? Alguém acredita?

0

Na coluna que escreve aos domingos no Jornal do Dia, o competente jornalista Luiz Eduardo Costa, Ouvidor Geral do Governo do Estado, escreveu um artigo que o blog vai guardar para cobrar mais tarde. Com o título “O tempo de plantar, o tempo de colher”, Luiz Eduardo exalta que Déda traçou uma estratégia política de semear as sementes e no momento certo estará com as ferramentas nas mãos para a colheita.

O problema é que no próprio artigo, Luiz Eduardo Costa cita: “Déda sabe que no Senado a sua fluência oratória e capacidade de articular-se o transformariam numa estrela de primeira grandeza no opaco firmamento político que hoje temos”. Para chegar ao Senado, o atual governador tem que primeiro fazer um governo pra valer.

E o que os sergipanos estão vendo neste primeiro ano do segundo mandato é muito pouco. E os sergipanos são inteligentes. Não adianta tentar agora dar uma de semeador, deixando todos os aliados à vontade, para depois “costurar um acordão”, com o intuito único de se eleger Senador da República.

Marcelo Déda esquece que na política, muitas vezes você tem que tratar com pessoas sem princípios. A honra deve ser a maior garantia num relacionamento político, mas entre pessoas más não existe a verdadeira amizade. Como bem descreveu Baltasar Gracián: “É preciso desconfiar de suas gentilezas porque não são honradas. Evite quem não tem princípios. Quem não estima a honra não aprecia a virtude. E a honra é o trono da integridade”.

Ou seja, para deixar mais claro, não adianta Déda passar este período como semeador – como escreveu Luiz Eduardo Costa – se na hora de fazer a colheita descobrir que no solo onde foram semeadas as sementes algumas ervas daninhas já estavam alojadas há muito tempo com adubos químicos altamente venenosos: a ganância e soberba.

E ao contrário dos ensinamentos bíblicos Déda já passou da hora de plantar e há quase cinco anos à frente do Governo Estadual já deveria começar a colheita, antes  que as intempéries do tempo estraguem toda a safra e não consiga, nem mesmo, separar o joio do trigo.

PM e a afronta não a Deda, mas a sociedade
Que a PM lute pela sua Lei Orgânica até aí nada demais. Porém, um detalhe chama a atenção. Essa história de não desfilar em 7 de Setembro é uma afronta a Déda? Não é. É uma afronta a cidadania e a sociedade sergipana.

Ideia rejeitada pela maioria
A PM de Sergipe conquistou um dos melhores salários do país. E a sociedade sergipana sabe disso. Não se entende que a PM resolva não desfilar pura chantagem contra Déda. Ainda bem que a ideia foi de alguns poucos e rejeitada pela maioria da corporação.

Deve-se respeito à Pátria
É preciso lembrar que os policiais militares devem respeito à Pátria e por não concordarem com alguma atitude do governador de plantão, boicotar o 7 de Setembro é ir de encontro a cidadania e a sociedade, neste caso, a sergipana. Seria  uma inversão de valores sem precedentes.

Jornada de 8 horas diárias
E cá para nós, caro leitor. É preciso que o governo estadual mostre quem realmente trabalha. Primeiro retire das funções administrativas e dos órgãos requisitados os policiais à disposição. É caro para o governo, pagar, por exemplo, um soldado que ganha R$ 3 mil para ser mero “vigilante” ou “porteiro” de prédio e até mesmo auxiliar administrativo. O blog defende jornada de 8 horas para os PM`s. Agora não tem a desculpa do chamado “bico” para completar o salário. Recebem bem acima da média nacional e devem, não só respeito, mas obrigação perante a sociedade sergipana.

Um grupo pequeno
O blog tem a certeza que a grande maioria dos que fazem a PM de Sergipe reconhecem o ganho significativo salarial dos últimos anos. E tem apenas um grupo pequeno, com interesses, infelizmente, eleitorais que torcem não pelo diálogo, mas pelo radicalismo. Cabe ao governo transparência e mostrar a verdade para a população.

Polivalente em Lagarto: alunos criticam falta de condições
E o dirigente do PT em Lagarto, Juquinha disse que os pais e alunos do Colégio Polivalente deve ir às ruas  nos próximos dias protestar contra a Secretaria de Estado da Educação pela falta de condições de estudo na unidade de ensino. São várias reclamações, entre elas, o sucateamento dos laboratórios de informática e ciências.

Valmir de Francisquinho é conduzido à delegacia de Itabaiana
Por volta das 23h40 de sábado, 03/09, uma guarnição do Pelotão de Choque da Policia Militar de Sergipe que fazia ronda pela Praça Fausto Cardoso, a principal do município de Itabaiana, abordou e conduziu ate a delegacia regional o vereador Valmir dos Santos Costa (PSB) por estar no interior do seu automóvel com um revolver calibre 38 sem autorização de porte ou posse de armas.

Assembleia hoje,05, dos estudantes de Comunicação da UFS
Depois de ocuparem a Reitoria da Universidade Federal de Sergipe, os estudantes dos cursos de comunicação conseguiram algumas conquistas em acordo firmado pela universidade perante o Ministério Público Federal, no entanto, iniciou o segundo semestre de 2012 e o Departamento de Comunicação Social (DCOS), apresenta um déficit de dezenove disciplinas sem professor.

Assembleia e ato pelo falecimento do curso
Uma das conquistas dos alunos de comunicação no MPF seria a contratação imediata de professores, diante da continuidade do problema, o Diretório Acadêmico de Comunicação Social da UFS (DACS) convocou uma Assembléia Estudantil que acontecerá  hoje, 05, no hall da Reitoria, às 13 horas. Após a assembléia, será realizado um ato simbólico de falecimento do curso, com os manifestantes usando roupas de cor preta. No blog www. repartircomtodos.blogspot.com os estudantes constituíram um grupo no qual apresentam os problemas enfrentados pelos alunos. (Da redação Itnet, Aparecido Santana)

Porte ilegal de arma
Segundo informações do 3º Batalhão de Policia militar – BPM o vereador ainda tentou se esquivar dos policiais mais ao se aproximar do veiculo foi abordado,identificado e conduzido sem resistência. De acordo com o Código Penal Brasileiro – CPB, recentemente alterado portar ou possuir arma sem a autorização legal é crime afiançável. Fonte: Edivanildo Santana  http://www.nabocadopovo.jor.br/index.php?id=5643

Almeida e suas incoerências
"Volto a ser um pássaro livre para voar. Na oposição, vou dar uma contribuição grande ao País". A frase do deputado Almeida Lima suscita alguns questionamentos: Ele estava preso a quem? E este tempo todo ele recebia dinheiro sem contribuir para o país?

Limonada cascão
Será que Almeida deixará de seguir Renan Calheiros cuja figura é o seu próprio retrato? Alguém acredita que Almeida Lima pode se transformar numa opção política em Sergipe? É o último suspiro de Almeida Lima que sairá da política de Sergipe da mesma forma que entrou: pelas portas do fundo, como vice-prefeito de Jackson Barreto em 1992. Nos bastidores da política de Sergipe dizem que esta ação de Almeida Lima está construindo um novo caminho na política de SE: a limonada cascão. Arrepare, Osmário!

Yoacan Jocélis agradece votação
E o atleta Yoacan Jocélis agradece a todos os amigos e amantes do esporte que votaram no nome dele para ser escolhido como o melhor professor de educação física na área de esporte, através do Conselho Regional de Educação Fisica. Yoacan ganhou com folga e acredita que mais essa vitória é fruto do trabalho que realiza com muita disposição e amor a profissão.

Adolescentes de torcida organizada com duas peixeiras
Na última sexta-feira, 02, policiais do Batalhão de Choque através da viatura supervisor comandada pelo Ten. Nelson Eron, estavam fazendo patrulhamento de rotina, quando por volta das 16 horas, ao passarem na Rua Castro Alves, localizada no bairro Luzia, quando avistaram dois elementos em atitude suspeita e ao efetuarem a abordagem, descobriram que se tratavam de dois menores que estavam armados com duas facas peixeiras amarradas em suas coxas, por dentro das bermudas.

Briga entre torcedores
Ao serem indagados pela guarnição do choque acerca de estarem portando aquelas peixeiras, os menores informaram que faziam parte de uma torcida organizada do time do Sergipe e que estavam armados para um eventual encontro com torcedores do confiança. Foi obtida a informação também de que um dos menores já tinha passagem junto ao CENAM.  Os menores foram apreendidos e encaminhados posteriormente para a Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente para adoção das providências devidas.

Antigo prédio da creche em Itaporanga
O blog vem recebendo reclamações de moradores de Itaporanga por conta do abandono do antigo prédio onde funcionava uma creche municipal e a Prefeitura prometeu realizar uma reforma e nada. Com isso os alunos estão amontoados no Jardim de Infância e a única biblioteca da cidade fechada. Cobram também ações dos vereadores do município, que não cobram providências da Prefeitura.

CTB-SE abre debate sobre conjuntura política
A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-SE) inicia hoje, 5, o ciclo de debates sobre "Conjuntura Estadual e as perspectivas para as eleições de 2012". O primeiro convidado a participar do encontro é o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B). Todos os membros da direção da Central e os dirigentes sindicais de entidades filiadas à CTB-SE marcam presença no evento que começa às 19 horas, na sede da entidade.

Formação de dirigentes
De acordo com Edival Góes, presidente da CTB-SE, os sindicalistas estão interessados em se aprofundar neste debate e a Central quer contribuir com a formação destes dirigentes para que eles tenham sucesso em seus projetos e possam interferir na política partidária e geral. "A representação dos trabalhadores nas Câmaras de Vereadores, nas Assembléias e, até no Congresso Nacional, ainda é pequena e nós avaliamos que é importante ampliar a presença de trabalhadores neste espaço de poder. Por isso vamos investir na sua formação", enfatiza.

Entidades sindicais
A CTB-SE projeta reunir neste primeiro encontro cerca de 50 representantes de entidades sindicais que terão a oportunidade de debater a atual conjuntura como Edvaldo Nogueira, um dos fundadores do PC do B em Sergipe, vereador por dois mandatos e, há cinco anos, no cargo de prefeito da capital sergipana. Mas a discussão será ainda mais ampla. Edival Góes afirma que lideranças de todos os grupos que atuam na política estadual serão convidadas a participar dos próximos debates previstos para acontecer uma vez a cada mês.

DO LEITOR

Veículo da Justiça Volante
No último dia 24 de agosto, no espaço do leitor, foi publicada uma informação de um leitor sobre um veiculo da Justiça Volante no Shopping Jardins, estacionada na vaga de deficientes. Membros do TJ informaram que a denúncia não procede porque não era o horário de trabalho do veículo. Quando enviou a nota o leitor enviou também uma foto, mas como foi tirada de dentro de outro veículo estava turva e prejudicava a identificação da placa do veículo.

Flagrante de carroceiro na contra-mão e despejando entulhos em avenida
Do leitor Marcio Gomes da Silva Gomes: “Sexta-feira dia 02 de setembro estava na AV. Tancredo Neves, quando me

deparo com um carroçeiro guiando a sua carroça na contra-mão.Veja só a atitude deste carroçeiro que em plena luz do dia, não importando-se com quem passa e se será punido com uma multa, não mede esforços para emporcalhar a nossa bela cidade.Todos nós sabemos que a Prefeitura Municipal de Aracaju faz um esforço enorme para manter a cidade limpa, eu como cidadão tenho uma opinião formada a sete respeito.Se todos nós que temos veículos quando cometemos alguma imprudência o transito, somos punidos com multas. A PMA deveria fazer um esforço maior e colocar mais equipes de fiscalização para que este tipo de coisa não volte a se repetir.Não é porque que este cidadão só possui uma carroça que temos que passar a mão na cabeça e chamá-lo de coitadinho, este tipo de atitude tem que ser punida para que isso não volte a se repetir”.

O Direito da Primavera
Do leitor Ailton Rocha: “O mês de setembro simboliza o encontro das águas e esta boa nova se espalha pelos campos colorindo a natureza. Os oceanos se avolumam, os pássaros gorjeiam mais felizes, as plantas florescem, os dias são irrigados com borrifos de chuva tornando a temperatura mais agradável, as estrelas ficam mais visíveis, os poetas mais inspirados. É o universo em harmonia. Ora, direis, participe dessa festa. Comemore a vida também. É o sol de primavera, abra o seu coração. Triunfe sobre o livre arbítrio. Toda beleza requer ajuda. Tire o máximo proveito desses dias, e não desperdice um instante deles”.

O Machado Tucano
Do leitor Celso Dorneles: “O ex-governador J. ALVES chega aos 70 anos de idade como um neófito na política. Ou será arrogância? Uma certeza, desconfiança não é. Hoje, com a palavra dos dirigentes do PSDB, digam-se homens de palavra, de que irão apoiar, única e exclusivamente, o nome do ex-governador e não outro qualquer que possa surgir, criou-se um reboliço dentro do Partido Democrático, pois a Justiça está amolando a guilhotina e alguns comentários já circulam pela cidade de que no ano 11, pós 2000, representando duas NAVALHAS, será aplicado o princípio de Beccaria da uniformização das sentenças, afirmando que "les délits du même genre seront punis par le même genre de peine, quel que soient le rang de l'etat du coupable", "que os delitos do mesmo gênero serão punidos pelo mesmo gênero de pena, não importando a origem social do culpado". Em assim sendo, algum iluminado defendeu a tese de colocar um MACHADO (José Carlos) no ninho TUCANO, cuja espécie estava ameaçada de extinção em Sergipe, para impedir que os ovos da bonita ave possam ser chocados e a base ser fortalecida, tendo como conseqüência bicadas fortes nos seus "amigos". Não é um bico muito forte, mas incomoda, e a ave é de espécie monogâmica territorialista – só tem um parceiro por determinado período. Com isso, no ano 12 o J. Alves entraria como titular na disputa pela Prefeitura e o MACHADO como vice, não dando qualquer chance dos tucanos procriarem. Exemplar chapa "puro sangue contaminado". Vejam: com os olhos voltados para o ano 14, após um ano e seis meses, tempo máximo de governabilidade, J.Alves abandonaria o barco para aguardar na estação 14 e tentar ser coroado pelo povo na eleição de governador, ficando o MACHADO, um DEM pintado nas cores tucanas com tinta paraguaia, com a Prefeitura de Aracaju. Assim, os ovos tucanos vão gorar e o seu líder afastado por incapacidade de administrar aquela comunidade por uso indevido do MACHADO. Esqueceram o mais importante, ouvir o canto do tucano e combinar com o POVO, o eleitor. Passou-se o tempo do coronelismo, da ditadura, da imposição. Tucanos, amolem o bico e use-o como navalha”.

Reclamação contra o posto Presidente
Do leitor José Costa: “Como diz o ditado popular " de grão em grão a galinha enche o papo". É isso que o Posto Presidente III tem feito. Pelo menos quando abasteço minha nota fiscal vem diferente do valor que está na bomba. Abasteço no referido posto, e percebi o fato por acaso. O valor da nota fiscal emitida pelo posto sempre vem a mais 1 ou 2 centavos de real. O correto não seria o consumidor pagar pelo valor que está na bomba? Questionei o frentista e o mesmo não soube responder, mas me disse que já havia avisado à gerência, e segundo ele, nem o gerente soube responder. Como galinha é um bicho guloso, e sempre quer comer mais do que pode, cada grão a mais no seu papo representa barriga mais saciada. Se cada dono de carro que para nos postos presidente, tiver 1 ou 2 centavos a mais em sua nota, com certeza no final do mês o papo do dono do posto estará cheio, e ele pagará custos com os centavinhos a mais do consumidor. Por esse fato, gostaria de saber do dono do posto o porque da cobrança errada, ou então que o Procon, que em Sergipe é um elefante branco faça sua parte, a de fiscalizar!”

ARTIGO
Políticas Públicas para uma Segurança Cidadã – Henrique Alves da Rocha

Nos últimos anos a questão da segurança pública tem se convertido em um dos principais problemas da agenda política e social. A violência tem ganhado tamanha proporção que a percepção deste fenômeno é sentida por todos.

É tanto falacioso como estéril tentar analisar a violência sem estudar suas causas e a dinâmica social que a envolve. Algumas visões reducionistas tentam implantar ações frente às demandas da sociedade de forma a causar uma falsa sensação de segurança. Alguns grupos políticos se beneficiam com o incremento do conflito social, colocando muitas vezes o governo em situação de ingovernabilidade, utilizando-se dos meios de comunicação para superdimensionar delitos.

É certa também a desatenção histórica dos setores políticos e acadêmico/intelectual dos temas relacionados à segurança pública. Em conseqüência é praticamente impossível estabelecer planejamento estratégico a médio e longo prazo de políticas públicas, especialmente uma coordenação entre os diferentes atores que compõem o sistema de segurança.

O modelo atual de segurança, mormente o que envolve as polícias, é, às vezes, antagônico, contraditório, e quase sempre ineficaz.

Contribui também para o agravamento do problema, a inexistência de investigações sólidas em segurança pública por parte dos técnicos da área, impedindo se conhecer a dimensão real do fenômeno, construindo-se conjecturas sem dados claros e sob consignas erradas.

Outro fator inibidor de produção de políticas públicas na área é a violência diária a que é submetida à sociedade, fazendo com que o estado ponha em prática ações rápidas e extremas.

Nesta complexa teia que é segurança pública não há espaços para heróis, xerifes, esta ou aquela polícia (e não são poucas as que existem). A sociedade necessita da ação do MP, do Judiciário, das Instituições Públicas, da Imprensa, dos Policiais, da OAB, enfim, de todos, e com discussões qualificadas, sem personalismos. Todos têm a mesma importância.

É impossível se fazer sempre da mesma forma e esperar resultados diferentes. Necessário se faz um novo modelo de política para a segurança dos cidadãos de nosso estado. Modelo este balizado pela ética, pela promoção e respeito às leis e aos direitos humanos, comprometido com a redução da criminalidade. Com a elaboração de políticas públicas a gestão se torna mais fácil, mais exeqüível.

Por último, mas não menos importante, vale ressaltar a vontade política para se construir e por em prática efetivas políticas públicas de segurança. Sobre esse tema, não sou a pessoa mais adequada para discorrer.
* Tenente Coronel PM

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis”. José de Alencar.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários