Deisi, maternidade e Via rápida

0

Sem duvida nenhuma o povo sergipano é hospitaleiro até demais. Recebe a todos que chegam aqui não só de braços abertos, mas abre seu coração numa característica impar em todo país. Porém, por conta deste jeito sem maldade e com uma certa ingenuidade, algumas pessoas – principalmente ditas “autoridades” chegam aqui e tentam passar a perna não só nos sergipanos, mas nos recursos públicos. É o caso da senhora Deisi Noeli Kustra, responsável pela ONG, Organização Mundial da Família – OMF. Na semana passada auditoria da Controladoria Geral do Estado – CGE, descobriu que dos recursos repassados para a OMF, pelo governo passado, para construir a maternidade Nossa Senhora de Lourdes, cerca de R$ 6 milhões foram aplicados irregularmente. Ou seja, a CGE, defende que esses recursos sejam devolvidos aos cofres públicos, corrigidos monetariamente.

 Em 29 de agosto do ano passado, este espaço publicou duas notas mostrando que a Deisi Noeli tinha problemas com a Justiça em Curitiba. Leia o texto: “Deisi Noeli Weber Kusztra vai ter que prestar contas do período em que foi diretora geral da Associação Sazza Lates. A decisão é referente ao processo que tramitava desde 2003 na décima oitava vara cível. Deise dirigiu a entidade filantrópica de 1987 até 2000. O diretor que assumiu no lugar dela, Paulo Azzolini, diz ter encontrado a Saza Lattes com um furo de R$ 592 mil no caixa. Paulo Azzolini diz que boa parte da quantia saiu da entidade através de cheques de R$ 40 mil cada que eram descontados por um funcionário. Foram sete cheques descontados entre fevereiro e setembro de 2000. Outra fraude freqüente, segundo Paulo Azzolini, era a movimentação de recursos para pessoas e entidades sem qualquer relação com a Saza Lattes. Esse tipo de movimentação teria sido constatado em uma auditoria que revelou que o buraco no caixa da associação era ainda maior. A reportagem da rádio CBN tentou contato com Deisi Noeli Weber Kusztra através de um telefone residencial registrado no nome dela, mas ninguém atendeu. A reportagem também tentou falar com Deise Weber pelo celular, que estava desligado. A direção atual da Saza Lattes disse ter conhecimento da denúncia contra a gestão de Deise mas que desconhecia a decisão da justiça”.

   Foi essa senhora que anunciou ao governo passado, que tinha cerca de R$ 1 bilhão (US$ 470 milhões)para erradicar a miséria em Sergipe através do programa “Via Rápida”, da ONU. O então candidato João Alves Filho, fez deste R$ 1 bilhão uma de suas principais metas de campanha. A coluna fez um questionamento no final de setembro ao Centro de Informações da ONU e recebeu a informação de que a Organização Mundial da Família, OMF, é uma ONG, que não pertence ao sistema das Nações Unidas. Ou seja, contra fatos não há argumentos.

  Agora Deisi tem que se explicar ao Ministério Público Estadual e ao atual governo. É preciso uma punição exemplar para que pessoas deste tipo deixem de pensar que Sergipe é um Estado de tolos onde se adquirir recursos públicos ludibriando a todos. A punição de Deisi Noeli deve ser apenas a primeira parte deste processo, que pode chegar também ao ordenador de despesas, já que foi feito um convênio sem licitação com uma ONG que já estava sob suspeita no Paraná.  

 

Charge: Edidelson Silva.

 


Deisi fez a mesma coisa om hospital em Curitiba

O ex-prefeito de Curitiba, Rafael Greca tem até hoje problemas com a justiça por conta de um convênio que fez com a ONG de Deisi Noeli, sem licitação. Lá, o Ministério Público pediu até suspensão de direitos políticos de Rafael Grega. A obra questionada é o Hospital Comunitário do Bairro Novo construído através de convênio com a Associação de Proteção à Maternidade e à Infância Saza Lattes. O hospital foi construído para realizar assistência básica à saúde, referências ambulatoriais e assistência hospitalar de baixa complexidade, atendendo bairros da Região Sul da cidade. Tem 2.500 metros quadrados e foi inaugurado em 1997, já na gestão Cássio Taniguchi. A Saza Lattes recebeu do município um total de R$ 3,6 milhões para construir o hospital e logo em seguida devolver o bem ao município. O hospital foi construído em associação com a Beacon Medical International, empresa norte-americana, e com equipamentos doados pela Union Internationale Des Organismes Familiaux (Uiof), que possuía a concepção do modelo tecnológico da construção do hospital, sendo que a representante no Brasil dessa entidade (Deisi Noeli Weber Kusztra) era também diretora da Saza Lattes.

 

Zuleido não deu dinheiro para campanhas em SE

A revista Istoé desta semana publica uma entrevista com Zuleido Veras, dono da construtora Gautama. Na entrevista os repórteres fazem perguntas sobre o relacionamento de Zuleido com políticos fisgados na Operação Navalha, porém não perguntam nada sobre Sergipe. Zuleido diz na entrevista que fez pequenas doações na campanha eleitoral do ano passado para o governador André Puccinelli (PMDB-MS), R$ 100 mil; para o senador Papaléo (PSDB-AP), R$ 100 mil; e outros R$ 40 mil para os deputados Osvaldo Reis (PMDB-TO), Gastão Vieira (PMDB-MA) e Átila Lins (PMDB-AM). “Não tinha dinheiro para ajudar os outros que pediram”, alegou Zuleido.

 

Comissão de Ética da AL silencia

Pense num Poder omisso: a Assembléia de Sergipe. Uma denúncia grave como esta, envolvendo o deputado André Moura e todos silenciam. Não tem comissão de Ética? Pelo jeito vão fazer igual a CPI da Deso: surdos, mudos e cegos. Até quando?

 

Parte da imprensa só acusa Juarez Batista

Qual o motivo para parte da imprensa só acusar  o prefeito Juarez Batista nas denúncias de corrupção em Pirambu? E o deputado André Moura é inocente? E o vice-prefeito e quase todos vereadores? É preciso fazer uma faxina naquele município. Só faltam dizer que Juarez Batista  fazia tudo sozinho e estava delirando quando foi réu confesso. Em Sergipe tem disso: setores da imprensa ligados a um esquema poderoso tentam formar a opinião da sociedade de acordo com seus interesses escusos. Chega! Para prender, tem que prender todos.

 

Leitor pede que seja investigado todo esquema em Pirambu

De um leitor: “Esse esquema de corrupção em Pirambu era de conhecimento público. Todo o Sergipe comentava. Faltava alguém para detonar. Agora que a safadeza foi exposta, fica uma pergunta para o Ministério Público. Se o André era tão beneficiado sem ser Prefeito, será que seus dois mandatos como alcaide resistem a uma profunda investigação. O esquema de roubo do dinheiro público não teria começado quando ele era prefeito? Já, há 05, 06 anos atrás, se alguém num minúsculo povoado nas entranhas de Poço Redondo quisesse promover um aniversário de boneca, contava com o apoio do André. Camisas, show, carros de som, etc. De onde vinha tanto dinheiro para bancar isso? Fala-se em Japaratuba que a campanha da mulher dele(Lara) a Prefeita(2004), derrotada pelo Pader Geraldo por 49 votos, custou uns R$ 3 milhões. E a campanha da mãe (Lila)em 2002? Além de  seguranças armados, pessoal da polícia à disposição? Será que vão investigar tudo?”.

 

Governador analisa lei dos dois feriados

O governador Marcelo Déda vem analisando o projeto de lei aprovado no final do período legislativo pelos deputados estabelecendo mais dois feriados – São João e São Pedro –  que vem provocando a reação de toda classe empresarial. Déda vem tendo o cuidado de promulgar as leis de acordo com os interesses maiores da sociedade.

 

MP de olho em troca de altos cargos entre poderes

O Ministério Público recebeu uma denúncia interessante. De troca de altos cargos comissionados entre dois poderes para beneficiar parentes de seus principais gestores. Cada cargo em torno de R$ 10 mil. E o pior nenhum dos dois trabalham.

 

 Comprasnet aumenta prazo para dispensa de licitação

A partir de hoje,9, o Portal de Compras do Governo do Estado – Comprasnet.se passará a adotar o prazo mínimo de 48 horas para o encerramento das dispensas de licitação. Este procedimento fará com que a economia em cada processo de dispensa seja maior. A partir de agora, o número de participantes de um processo de dispensa deve aumentar e o tempo de negociação a respeito do valor contratado será maior. Conseqüentemente, a economia em cada processo deve aumentar. “Na prática, isso quer dizer que haverá maior concorrência e democratização nas disputas”, explica Márcio Zylberman, Superintendente de Compras da Sead.

 

 

Alvistas continuam com mordomias na Seed I

De um servidor da Seed: “Causa indignação a qualquer cidadão medianamente esclarecido saber do que o atual Governo Marcelo Déda está fazendo. Um governo que passou toda sua vida, juntamente com o seu partido   falando em moralidade, decência e ética, deixando o povo acreditar em tantas palavras bonitas, mas, o que mais nos causa indignação é saber que continua a mesma coisa.Um governo que sempre combateu a corrupção, o favorecimento e etc., hoje vejo que continua com o mesmo perfil dos governos anteriores. Um governo que diz que vai trabalhar transparente com a participação do povo, principalmente do (Servidor Público), vem colocando pessoas tão somente com intuito de prejudicar e perseguir os Servidores, o que não se pode aceitar é qualquer tipo de perseguição, mesmo que tais servidores tenham escolhidos candidatos diferentes do atual  governo, como podemos falar de democracia se mal temos o direitos de  escolha, e quando temos somos perseguidos. O que o senhor  governador deveria fazer, é exonerar as pessoas que trabalharam para o governo anterior, que sempre usufruiu das mordomias, usou dinheiro  público com a simples pretensão de se satisfazer, pessoas essas que

fizeram campanha contra o atual governo, campanha sem escrúpulo nenhum, onde chamava até de ladrão e etc…”

 

Alvistas continuam com mordomias na Seed II

Continua o servidor: “Essas pessoas sim que  deveriam ser perseguidas e colocadas para fora deste governo, pois sempre foram desonestas e continuarão sendo na prática de suas atividades. Hoje o que mais se vê são pessoas de baixo calão, achando-se donos dos órgãos praticando atos de desonestidade que anteriormente praticavam. O mais grave é que são acompanhadas por pessoas nomeadas como assessores pelo próprio Governo, achando que são realmente os donos. Darei alguns exemplos:Na SEED, existe uma Coordenadoria de Informática, cujo o dono chama-se Senhor Everton Siqueira Santos, empregado público da AGETIS, cedido a esta secretaria, pessoa essa que trabalhou na campanha para a reeleição do antigo governador, onde foi coordenador da campanha dentro da SEED, fazendo panfletagem, carreata e passeata, essa mesma pessoa que também é o gerente do contrato que a SEED tinha com a empresa interposta para contratação

de técnicos de informática. Até ai tudo bem, mas o que mais nos deixa indignados é a forma de como eram feitas algumas contratações. Nestes contratos encontravam-se pessoas que recebiam e nunca apareciam. Quando o atual governo foi eleito uma dessas pessoas começou a trabalhar na CODIN/SEED, mesmo assim recebendo indevidamente, com a função de Analista de Sistema B, não cursava qualquer curso universitário, mas, como já recebia sem aparecer, continuou recebendo, fazendo curso superior há pouco tempo (Saulo).

 

Alvistas continuam com mordomias na Seed III

Prossegue o servidor: “Tendo também nesse contrato a esposa do pai do citado Analista, que recebia como Analista de Sistema B  (Claudia), e nunca trabalhou na SEED, quando acabou o contrato que a  SEED tinha com uma empresa baiana, os mesmos conseguiram fazer um contrato emergencial com uma tal empresa de nome IT Consulting. Durante a eficácia do contrato houve dispensa de mais 40% dos contratados, mas, mesmo assim o valor do contrato continuava com o valor inicial, onde os valores que eram pagos aos técnicos iam para  os cofres da tal IT, por que o gerente do contrato o Senhor Everton  não informou a SEED para que pudesse fazer novo ajuste? Quem saiu  favorecido com esse contrato?. Ainda assim este indivíduo continua na SEED, dizendo que vai continuar, porque o Secretário disse-lhe que ele faz parte da equipe, que equipe é essa? Temos Também um  tal de um assessor do secretário que também está agindo com se fosse  dono da SEED, uma pessoa sem nenhuma qualificação e conhecimento técnico. Agora o Sr. Governador dá como troféu uma assessoria, tão somente para usufruir de mordomias e fazer o que quer, dizendo que faz porque o governador  lhe deu poderes (Fábio Leite). Como podemos acreditar em um governo  que continua fazendo o mesmo, e principalmente esquecendo o verdadeiro trabalhador, que são os servidores públicos, por que não valorizar esta classe tão sofrida? Além da prática de nepotismo feito pelo dono da Coordenadoria de Informática, estando no mesmo contrato, filho, irmão e namorada do filho. O mais absurdo é que estas pessoas continuam no poder de  mando, ou melhor, de dono, dizendo e fazendo o que quer, pessoas estas  que quase toda Secretaria não suporta.Então Senhor Governador é dessa forma que Vossa Excelência pretende  administrar o nosso Estado?”

 

 

Convocação dos aprovados da PM

De um concursado da PM: “o próprio governador Marcelo Déda anunciou a imprensa, após o episódio ocorrido em Monte Alegre, como também há alguns dias atrás,  com total firmeza na formatura da PM que, em breve irá contratar os aprovados do ultimo concurso.E por esses fatos o que está em jogo é quando o governador vai realmente autorizar a convocação.Porque o secretário da SSP, Kércio Pinto, em audiência pública também anunciou que o governador irá autorizar no segundo semestre.Então concordo com o leitor que enviou  a mensagem para do governador em ter a sensibilidade de autorizar o quanto antes, vendo que nós excedentes nos encontramos numa situação muito desconfortável e de pura ansiedade.E com certeza confiamos no governador e que fará jus de cada voto que lhe foi confiado.Pensando assim não tem porque duvidar da convocação nossa única indagação é que seja logo para que acabemos com essa situação.Esperamos humildemente a resposta do governador o quanto antes, pois mais uma vez estamos confiando na sua palavra como governador do nosso estado”.

 

Velocidade em Aracaju

De um leitor: “Por favor, caros leitores, não mudem o foco da questão  dos pardais em Aracaju. A velocidade superior a 60 km nas ruas de  Aracaju é uma insanidade. O problema é que os pardais foram colocados  em pontos que visam à arrecadação, não para evitar acidentes. Esta é a  questão. Vias rápidas Aracaju tem a avenidas Tancredo Neves, Heráclito Rolemberg, Beira Mar e outras”.

 

 

Jorge Vercilo no projeto MPB Petrobras

O projeto MPB Petrobras, uma realização da Caderno 2 Produções Artísticas, com o patrocínio da Petrobras através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, traz para Aracaju o cantor e compositor carioca Jorge Vecilo. O artista se apresenta nos dias 24 e 25 de julho no teatro Tobias Barreto, às 21 horas. No show de abertura a música de Ivan Reis. Projeto MPB Petrobras: uma década de boa música e preços populares (R$ 14,00 / R$ 7,00). Jorge Vercilo apresenta as canções do DVD “Ao Vivo”, gravado no final de abril de 2006 e que já alcançou a marca de 30.000 cópias vendidas. Eleito pelo segundo ano consecutivo como Melhor Cantor Popular do Prêmio TIM de Música, Vercilo comemora a boa fase lotando as casas de espetáculo Brasil afora, e vendo sua carreira cada vez mais consolidada.

 

Posse do novo governador do Distrito 4390 de Rotary

 Na noite de sexta-feira, 6, aconteceu solenidade de posse do governador 2007-2008 do Distrito 4390 de Rotary International, Germínio Orlando Sampaio Braga. Na mesma solenidade, foi posse dos novos presidentes e respectivos conselhos diretores dos seis clubes de Rotary de Feira de Santana, da Casa da Amizade e do Rotaract Subaé.A abertura dos trabalhos foi feita pelo governador 2006-2007 Carlos Fernandes de Melo Filho, depois da formação da mesa, composta ainda por sua esposa Anita Luiza Cabral de Melo, mais o governador entrante Germínio Orlando Sampaio Braga e Lígia Marina Galvão de Souza Braga, dirigentes rotários e autoridades, bem como o EGD Jonathas Telles de Carvalho (1980-1981), representando o Colégio de Governadores.O evento marcou o início do ano rotário 2007-2008 e foi realizado no salão do Clube de Campo Cajueiro na cidade de Feira de Santana-Ba, contando com a presença de rotarianos de clubes do distrito, que abrange o Norte da Bahia, Alagoas e Sergipe.

 

 

Frase do Dia

“Antes de construir um muro pergunto sempre quem estou murando e quem estou deixando de fora”.  Robert Frost.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários