DENUNCIAS GRAVES

0

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) fez uma denúncia grave em discurso na Assembléia Legislativa: “nunca vi uma eleição tão degenerada como essa, onde muitos estão participando de um leilão de negócios”. Com veemência, Gualberto disse que as pessoas estão sendo tratadas como objeto diante da forma escancarada de compra de votos que tem visto todo os dias em todos os lugares: “desejo voltar para esta casa, mas só quero fazê-lo se for de forma digna, como tem sido até agora. Se for necessário comprar um voto para assegurar o meu mandato, prefiro ficar sem ele”. O deputado lembrou que ficou bem definido dentro do seu partido, que não aceitaria um centavo sequer de qualquer setor empresarial: “Ou o povo sergipano compreende que é importante um mandato com esse perfil na Assembléia , ou vou cuidar da minha vida”, disse e acrescentou: “não tenho medo de perder um voto se ele não for conseqüência da nossa postura e do que defendemos nesta Casa”.

O deputado revelou fatos que mostraram que ele está bem consciente do que está dizendo: “um cidadão que teve cerca de 100 votos na eleição passada já recebeu proposta de R$ 10 e R$ 15 mil reais para dar apoio a um candidato, não aceitou e disse que ía esperar uma nova proposta”. Segundo o deputado, deixando claro o balcão de negócio que se instalou nessa eleição. Mas qual a indignação real do deputado petista Francisco Gualberto? Ele mesmo conta sem se aperceber: no município de Gararu, uma liderança que o apoiava recebeu R$ 20 mil de um candidato para ficar com ele. Segundo o deputado, essa liderança – ele não diz o nome – não tem 20 votos: “imagina se essa liderança tivesse 200 votos, quanto não seria o seu preço”? Questionou. Para o deputado pouco adianta acabar com os showmícios se não por para um fim à corrupção no processo eleitoral: “não se tem showmícios, mas se tem compra de votos de forma escancarada”, disse Gualberto.   

O deputado Francisco Gualberto, que esboçou um caráter político correto ao fazer uma denúncia concreta, deveria dar o nome. Oferecer à Justiça condições de chegar a ele, para começar a dar o exemplo de que esse tipo de crime eleitoral não ficará impune. Se sabe quem é, que o denuncie e dê exemplo. O candidato a deputado estadual Nelson Araújo (PMDB) se antecipou. Aproveitou o pronunciamento de Gualberto, arrancou as principais partes e já enviou para o Ministério Público e OAB, empenhados por uma eleição limpa e dentro da ética. Aconteceu, entretanto, um fato inusitado: um cidadão chamado Paulo Roberto, enviou e-mail à coluna, insultando a imprensa: “é mesmo muito ruim”, e acrescenta que “esse povo escuta o deputado Francisco Gualberto (PT) falar sobre corrupção eleitoral e ninguém desconfia de nada sobre ele?” E agrediu: “esse deputado é muito cara-de-pau”! E faz outra denuncia: “Francisco Gualberto só denunciou isso porque o companheiro de partido dele, Rogério Carvalho, é que está comprando as ‘lideranças’ que ele já havia comprado antes”. A história vai tomando prumo: “veja o exemplo que o deputado deu? O de Gararu. Ele comprou o presidente do PT de lá por R$ 5 mil. Mas Rogério chegou e pagou R$ 15 mil. O presidente do PT de lá devolveu o dinheiro a Gualberto e agora apóia Rogério”.

O e-mail é mais intenso e pode ficar para um outro comentário, mas o tal Paulo Roberto ainda pergunta: “entendeu por que o deputado denunciou”?

Apenas para mostrar o que dá a compra de votos, basta citar que “o candidato a deputado estadual João Miguel Monte (PP) foi preso ontem pela Polícia Federal, em Rondônia, por compra de votos. Ele foi detido junto com um de seus assessores, Roberval Roberto Amorim, em Porto Velho”. As denuncias em Sergipe aconteceram publicamente e foram divulgadas por todos os jornais, inclusive em manchete. Agora é preciso uma ação de órgãos competentes para punir quem está se excedendo no abuso do poder econômico, para conquistar o mandato. O Ministério Público sabe onde ir buscar depoimento para punir culpados e dar algum passo contra a corrupção explícita. 

 

PÉROLA

Uma pérola do presidente Lula em entrevista à radio Guaíba: “a corrupção o Brasil chega a ser crônica. Ela só aparece nos jornais de vez em quando”.

E vem a bobagem: “mas, e a pessoa que fura fila no restaurante, que rouba dinheiro da carteira? Meu governo não tem lixo debaixo do tapete”.

 

ABSURDO

O presidente Lula tenta minimizar os escândalos que abalaram o país, praticados por seus homens de confiança, como se fossem uma ação de batedor de carteiras.

Mais respeito com os batedores de carteiras. Sobre a corrupção de quem “fura fila no restaurante” é o fim. A frase é uma estupidez digno de um Lula.

 

HELENO

O deputado federal Heleno Silva (PL) disse ontem que está trabalhando muito para eleger Jony Marco (PL) deputado federal.

Heleno diz que está visitando todas as cidades e tem sido recebido com muito carinho: “essa candidatura é como se fosse minha”, disse ele.

 

VISITA

A presença dos senadores Heráclito Fortes, Sergio Guerra e Lúcia Vânia em Sergipe foi para ver como está a campanha de Alckmin no Estado.

Eles estão percorrendo o Nordeste há três dias para tentar acalmar os ânimos dos aliados da região, cujos problemas estão mais acentuados.

 

RIVALIDADE

Em vários estados os senadores encontraram um quadro de rivalidade incontornável. Agora querem indicar um coordenador local que se dedique à campanha de Alckmin.

“Em alguns lugares, os problemas, de fato, são irreconciliáveis, mas não podemos deixar a campanha do presidente à mercê dessas desavenças”, disse Heráclito.

 

REELEIÇÃO

O Partido dos Trabalhadores dá como garantida a reeleição do presidente, depois das últimas pesquisas.

O PT agora vai reforçar os estados: Rio de Janeiro, Sana Catarina, Sergipe e Ceará são os estados onde  o partido imagina que seus candidatos têm chances de vencer.

 

REVIGORA

A fonte é do sertão: “o governador João Alves Filho (PFL) está crescendo muito na região e a cada dia aumenta suas chances de reeleição”.

Líder político do interior, com mandato, a fonte diz que João Alves está dimensionando bem a campanha “e para mim será natural sua vitória”.

 

FECHADO

O portal soudegloria.com, de Nossa Senhora da Glória, está fora do ar, “por motivo de falta de incentivo” e avisa que está suspendendo as suas atividades.

Sugere que caso surja pessoas interessadas, que queiram que este trabalho continue, favor entrar em contato.

 

JORGE

O deputado Jorge Araújo (PSDB), candidato à reeleição, esteve na Embrapa para conversar com funcionários e foi convidado a se retirar.

É o primeiro órgão que barra candidato em campanha. Jorge está panfletando, porque não pode aparecer na televisão.

 

CABO

O ex-prefeito José Raymundo Ribeiro (Cabo Zé) disse ontem que continua fazendo campanha para Albano Franco (federal) e Luíza Ribeiro (estadual).

Diz que vai radicalizar a campanha em Lagarto, mas que não pedirá votos para o candidato petista Marcelo Déda.

 

ILUMINAÇÃO

Uma das atrações da ponte que liga Aracaju à Barra, será a moderna iluminação. A obra, que já é considerada um cartão-postal da cidade, será bem iluminada à noite.

O teste de iluminação realizado ontem surpreendeu o pessoal da região, principalmente pelo reflexo no rio Sergipe. As luzes fazem parte do cenário da ponte.

 

CAMINHADA

João Alves e Maria do Carmo estiveram na cidade de Porto da Folha, no sertão sergipano, na última segunda-feira.

O governador e a senadora visitaram a feira livre da cidade e foram cumprimentados pelo povo. Muita gente revelou insatisfação com o prefeito do município.

 

PROGRAMA

O candidato do PT, Marcelo Déda apresentou ontem o seu programa de governo no Instituto Historio e Geográfico de Sergipe.

O auditório ficou lotado e Marcelo Déda mostrou o que foi projetado para a sua gestão, caso seja eleito em outubro.

 

 

Notas

 

COLLOR

O ex-presidente Fernando Collor de Melo registrou sua candidatura ao Senado Federal, ontem à tarde, pelo desconhecido PRTB, praticamente composto por membros de sua família e amigos. Collor está aproveitando da situação em seu estado, e já declarou que para presidente apóia a reeleição de Lula.

Justificou a preferência: “Lula é nordestino, conhece nossas raízes e nossas carências. O outro candidato, Alckmin, posso dizer que está muito distante do Nordeste. Está na elite.Ele aqui no Nordeste parece um ET”.

 

BAIXARIA

O deputado Orlando Fantazzini (Psol-SP), coordenador da campanha “Quem Financia a Baixaria é contra a Cidadania”, considerou ontem “extremamente relevante” a decisão da Justiça de obrigar a SBT a adaptar sua grade de programação aos horários da classificação etária estabelecida pelo Ministério da Justiça.

A decisão foi tomada pelo juiz José Carlos Motta, da 19ª Vara Federal Cível de São Paulo, que deferiu integralmente liminar pedida pelo Ministério Público Federal o que foi aplaudida pelo parlamentar.

 

TAXISTAS

A Câmara analisa o Projeto de Lei que estabelece pré-requisitos para a habilitação dos condutores que querem prestar serviço de transporte remunerado de bens ou passageiros em veículo automotor de três rodas. Para prestar o serviço de mototaxista ou motoboy, o cidadão precisará estar habilitado.

Também não pode ser reincidente em qualquer infração de trânsito nos últimos 12 meses e ser aprovado em curso de prática veicular, nos termos da normatização do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).
 

 

É fogo

 

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Sergipe promove de três a nove de setembro em um hotel na orla, a 1ª Semana Acadêmica de Medicina Veterinária.

 

O objetivo é favorecer a produção do conhecimento científico e promover a integração entre estudantes e profissionais dos diversos estados nordestinos e do Brasil.

 

Os hackers se organizaram e estão fazendo campanha contra o PT, invadindo sites de todas as legendas. Ontem foi a vez do PDT.

 

O juiz Paulo César Cavalcante Macedo, da primeira Vara Cível de Lagarto considerou ilegal a greve dos professores daquele município.

 

Acontecerá terça-feira pela manhã, na Sociedade Médica de Sergipe (Somese) o ato de entrega de um plano de ação na Frente de Defesa das Águas de Sergipe.

 

O candidato a governador pelo PT, Marcelo Déda, adverte aos aliados para que não se acomodem com os índices favoráveis de pesquisas.

 

Marcelo Déda apela para que a militância se mantenha firme, com o objetivo de definir o pleito já no primeiro turno.

 

O deputado estadual Jorge Araújo (PDB) espera que o PSDB coloque no ar o comercial que gravou para o horário gratuito de televisão.

 

Não é verdade que exista área reservada na Barra dos Coqueiros para a cobrança de pedágio na ponte que liga Aracaju/Barra.

 

Quem viaja sabe que os pedágios são postos em áreas da própria ponte, sem que seja na entrada dela, como acontece na Rio/Niterói.

 

braynr@infonet.com.br

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais