Deputados queimados

0

Deputados queimados

Queimados simbolicamente em praça pública ao lado do governador Marcelo Déda (PT), 17 deputados estaduais não esconderam a insatisfação com o sindicato dos professores. Até se reuniram ontem na Assembléia para discutir possíveis providências contra o fogaréu promovido pelos educadores, que ainda não engoliram a aprovação do projeto do governo concedendo reajuste parcelado ao piso salarial da categoria. Na verdade, não foram os bonecos em chama que deixaram os deputados ‘queimados’ com a turma do magistério, mas a certeza da perda de votos caso os professores iniciem uma campanha contra eles junto aos estudantes e familiares destes, principalmente no interior do Estado.

Cuspindo bala

Não chamem para a mesma mesa os deputados Zezinho Guimarães e Almeida Lima, ambos do PMDB. Este último já distribuiu, inclusive, nota anunciando o rompimento político com o colega de partido. “Antes de ser eleito, ele sempre me dava satisfação, mas agora só dá satisfação ao governador Marcelo Déda (PT), pois é ele, o governador, quem dispõe de secretarias e sinecuras para oferecer a Zezinho Guimarães”, disparou Almeida. Homem, vôte!

Baú da Felicidade

A colega Rita Oliveira publica hoje no Jornal do Dia a seguinte nota: Do vice-governador Jackson Barreto (PMDB) sobre a declaração do deputado federal Almeida Lima de que ele e o governador Déda não ajudaram na sua campanha eleitoral, ao contrário, prejudicaram: “Não tenho a consciência pesada de não tê-lo ajudado, pois sua campanha foi apelidada de Baú da Felicidade. Quando a gente chegava nos municípios, todos diziam ‘passou por aqui o Baú da Felicidade’. Então Almeida não precisava da ajuda de Déda e de Jackson para se eleger deputado federal”. Cruz credo!

Tapa na macaca

A galera da fumaça está ligada na sessão de hoje do Supremo Tribunal Federal. É que os ministros vão julgar a ação que pretende liberar a realização de passeatas pela legalização de drogas, em especial da maconha. A ação foi proposta pela vice-procuradora da União, Deborah Duprat. Ela afirma que muitos juízes têm cancelado esse tipo de evento alegando que os manifestantes estão fazendo apologia ao uso de drogas. Duprat diz, entretanto, que o entendimento restringe o direito fundamental da liberdade de expressão.

Satisfeito

O deputado federal Márcio Macêdo (PT) parabenizou a presidente Dilma Rousseff (PT) pelas mudanças realizadas na estrutura do Governo Federal. Ele achou positivas as indicações de Ideli Salvatti para a Casa Civil e de Luiz Sérgio para a Pesca. "Torço para que o processo de articulação política entre a Câmara e o Governo se dê de forma autônoma, soberana e com respeito entre os Poderes, mas de forma proativa e propositiva para o país e o melhor andamento do Governo”, discursou Macedo na sessão de ontem.

Pisando em brasa

Os prefeitos sergipanos estão por aqui com Lucas Rosário, assessor de imprensa da Secretaria da Segurança Pública. Tudo porque o rapaz postou no twitter que “o prefeito de Poço Verde, Tonho de Dorinha, ainda desqualifica a ação da polícia, chamando de show pirotécnico. É só pedir documentos que a gente entrega kkk”. Aliás, os prefeitos estão pisando em brasa desde que o Tribunal de Contas do Estado pediu ajuda às Polícias Civil e Federal para recolher documentos nas prefeituras do interior, visando apurar possíveis crimes fiscais.

Há vagas

Atenção candidatos a ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ): existem quatro vagas a serem preenchidas naquela Corte: uma da Justiça Federal, uma do Ministério Público e duas da Justiça Estadual. Nesta quarta-feira, por exemplo, o STJ vai elaborar duas listas tríplices com os nomes de seis candidatos às vagas da Justiça Estadual. A lista será encaminhada à presidenta Dilma Rousseff (PT), que fará as indicações. Os finalistas ainda precisarão passar pelo crivo do Senado.

Café do BB

A superintendência do Banco do Brasil em Sergipe reúne hoje a imprensa sergipana para um café da manhã. Será no Hotel Quality, oportunidade em que a superintendente do banco em Sergipe, Marília Prado Lima, fará uma breve explanação sobre as ações do BB no Estado.

Punidos

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desaprovou na sessão de ontem as contas nacionais do Partido Popular Socialista (PPS) do exercício financeiro de 2003 e as contas do Partido Socialismo e Liberdade (PSol) referentes à campanha eleitoral de 2006. Os ministros da Corte decidiram punir o PPS e o PSol com a suspensão do repasse das cotas do Fundo Partidário, respectivamente, pelos períodos de seis e dois meses.

Abrindo o baú

Falecido em 2007 aos 81 anos de idade, o líder político de Itabaiana, Francisco Teles de Mendonça, o ‘Chico de Miguel’, teve sua história política transformada em livro. De autoria do escritor e poeta Carlos Mendonça, o livro “Chico de Miguel, a história de um líder” será lançado na próxima segunda-feira, no auditório da Universidade Federal de Sergipe em Itabaiana. O autor pesquisou durante 10 anos através de revistas, livros e jornais, conversou com diversas pessoas e transcreveu uma conversa informal que teve com Chico de Miguel, em 2003. Carlos Mendonça disse que resolveu abrir o baú de ‘Chico de Miguel’ para resgatar a história de um dos mais importantes líderes político de Sergipe, cuja trajetória, iniciada na década de sessenta, marcou quarenta anos de luta e solidariedade aos mais humildes. “Apesar de perseguido pelo regime militar, ele não se acovardou e continuou lutando em favor do povo de Itabaiana, que não o abandonou. Diante de sua determinação e firmeza de caráter, foram os ditadores que se curvaram ao seu prestígio e domínio político”, afirma o escritor.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários