Dia de decisão

0

O Partido dos Trabalhadores decide hoje se seu prefeiturável será escolhido através de prévias ou durante um encontro do Diretório de Aracaju. Pelas manifestações dos três pré-candidatos (Rogério Carvalho, Ana Lúcia e Sílvio Santos) e de alguns dirigentes do PT, a maioria vai se posicionar pelas prévias, processo bem mais democrático, pois permite que todos os filiados em dia com o partido possam se posicionar. Seja qual for o processo aprovado, será deflagrado ainda este mês para permitir que o nome escolhido possa trabalhar com mais desenvoltura visando fechar alianças com as legendas aliadas. A reunião está marcada para as 18h desta sexta-feira na sede do PT. Aguardemos, portanto!

Soltem os bichos

Acertadíssima a decisão da Prefeitura de proibir a venda de animais vivos nos acanhados boxes do mercado central de Aracaju. Embora os comerciantes neguem, galinhas, patos, gansos e bodes são amontoados em pequenas gaiolas à espera dos compradores. O local é, de fato, inadequado para este tipo de comércio, pois causa forte estresse nas aves e animais.

Mordomia

Diferente de qualquer mortal, que precisa pagar a cesta básica e o aluguel com o salário mínimo, os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado vão receber auxílio moradia e de alimentação. Somados, os dois benefícios representam R$ 3,6 mil a mais no contra-cheque da rapaziada, que recebe o exagerado salário de R$ 22 mil. É por mordomia como esta e por tantas outras vantagens que a galera faz qualquer coisa para virar conselheiro do TCE.

Triste futebol

Não chamem para a mesma tribuna de honra o presidente do Clube Sportivo Sergipe, Genison Silva, e o presidente interino da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas. Este último está por aqui com o cartola, que teria invadido a Federação para contestar a renda do último jogo do Sergipe. Milton Dantas prestou queixa na Polícia alegando ter sido ameaçado de morte por Genison. Barbaridade, sô!

Tá sujo?

Ei, você está no SPC? Pois não bata à porta do GBarbosa para pedir emprego. É que ontem o Tribunal Superior do Trabalho decidiu que a rede de supermercados não faz discriminação ao utilizar no processo de contratação de empregados a consulta a serviços de proteção ao crédito e a órgãos policiais e do Poder Judiciário. Portanto, se você quer trabalhar no GBarbosa, é bom se “limpar” primeiro junto ao SPC.

Contra a PEC

Se depender do governador Marcelo Déda (PT) e de outros sete governadores, a Câmara Federal não aprova a PEC 300, que unifica os pisos dos salários de policiais e bombeiros militares e policiais civis. Segundo o Correio Braziliense, os oito governantes afirmam que não terão como honrar o estabelecido pela PEC 300, que prevê um piso de R$ 3,5 mil para soldados e R$ 7 mil para oficiais. Essa pendenga ainda dará muito pano pras mangas.

Pela tangente

O deputado federal Almeida Lima (PPS) fica injuriado quando alguém lembra como ele entregou a Prefeitura de Aracaju ao então prefeito João Augusto Gama (PMDB). O peemedebista não esconde que encontrou um verdadeiro caos na Prefeitura. Como resposta, Almeidinha prefere seu estilo agressivo: “Não tenho porque responder a declaração de um político morto", disse Lima ao site Universo Político. Será isso mesmo, ou lhe faltam argumentos para rebater as acusações de Gama?

Poluição

Quando será que os órgãos ambientais vão adotar providências duras contra quem polui o rio do Sal, em Nossa Senhora do Socorro? Todos os anos, milhares de peixes morrem sufocados pela grande quantidade de produtos químicos lançados naquele corpo d’água. Quando a mortandade é denunciada, anunciam-se providências, mas a situação continua do mesmo jeito. Será que os poluidores são tão poderosos que impedem ações firmes contra eles?

Sem exclusão

Jamais o ex-governador João Alves Filho (DEM) demonstrou interesse em excluir o PP das eleições municipais de Aracaju ou de qualquer outro município sergipano. A revelação é do deputado estadual pepista Venâncio Fonseca. Ele postou ontem no twitter que “ao contrário, João Alves sempre nos trata com muito carinho e respeito”. Fonseca também revelou que seu partido não pretende impor nada ao ex-governador e que nunca cogitou romper com o DEM. Então, tá!

Do baú político

Na década de 70, quando era responsável pelas eleições em Aquidabã, o saudoso juiz de Direito José Emídio Nascimento resolveu passar a véspera do pleito recolhido no Fórum. No final da tarde, seu auxiliar entrou no gabinete para informar que o candidato a vereador João Araújo Monteiro, o "João de Nobrinha" queria lhe falar. Emídio mandou entrar. "O senhor vota em Aquidabã?", perguntou o rapaz, para ouvir a seca indagação do magistrado: "Claro. Qual o seu interesse nisso?" Foi ai que Emídio quase caiu da cadeira: "É que sou candidato e gostaria de contar com o seu voto". Diante da cara de pau de Nobrinha, o juiz prometeu o voto. "Posso dizer ao povo que o senhor vai votar em mim?". Emídio concordou e o ousado candidato saiu espalhando que o juiz era seu eleitor. "João de Nobrinha" não se elegeu, mas ainda hoje afirma que teve o voto mais qualificado daquela eleição.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais