Dia Mundial contra as Hepatites Virais: 28 de julho

0

Sábado, 28 de julho, será o Dia Internacional de Combate às Hepatites Virais. A ideia é chamar a atenção dos países sobre a importância da conscientização e do entendimento da população sobre essas doenças virais que provocam inflamação no fígado.
Estima-se que cerca de 300 milhões de pessoas em todo o mundo estão infectadas com o vírus da hepatite B, cuja transmissão também é sexual, e aproximadamente 170 milhões com hepatite C.
A Hepatite é uma inflamação no fígado, órgão responsável por filtrar as substâncias nocivas do organismo. É uma doença que pode ter várias causas: drogas como o álcool e medicamentos e, principalmente por vírus. As de maior relevância no Brasil são as hepatites A, B e C. A hepatite A, em geral, tem um curso benigno e sem repercussões mais graves. Raramente evolui para casos com necessidade de transplante de fígado. A hepatite B pode requerer acompanhamento e tratamento devido ao risco de cirrose e câncer primário do fígado, mas não sempre. Já a hepatite C é silenciosa, isto é, os portadores geralmente não apresentam qualquer manifestação clínica.
Em grande parte dos casos, as hepatites virais são doenças silenciosas, o que reforça a necessidade de ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam os vários tipos de hepatites. Geralmente, quando os sintomas aparecem à doença já está em estágio mais avançado. E os mais comuns são: febre, fraqueza, mal-estar, dor abdominal, enjoo/náuseas, vômitos, perda de apetite, urina escura (cor de café), icterícia (olhos e pele amarelados), fezes esbranquiçadas (como massa de vidraceiro).
Hepatite B
A Hepatite do tipo B é uma doença infecciosa cujo vírus VHB está presente no sangue, no esperma e no leite materno, sendo considerada uma doença sexualmente transmissível. As vias de transmissão são: por relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada, da mãe infectada para o filho durante a gestação, o parto ou a amamentação, ao compartilhar material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos), de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou de confecção de tatuagem e colocação de piercings, por recepção de sangue contaminado.
A maioria dos casos de hepatite B não apresenta sintomas. Mas, os mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou vômitos, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Esses sinais costumam aparecer de um a seis meses após a infecção. O diagnóstico da hepatite B é feito por meio de exame de sangue específico.
Previna-se
Basta tomar as três doses da vacina, usar camisinha em todas as relações sexuais e não compartilhar objetos de uso pessoal, como lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, material de manicure e pedicure, equipamentos para uso de drogas, confecção de tatuagem e colocação de piercings. O preservativo está disponível na rede pública de saúde. Além disso, toda mulher grávida precisa fazer o pré-natal e os exames para detectar a hepatites, a AIDS e a sífilis. Esse cuidado é fundamental para evitar a transmissão de mãe para filho.
Vacina contra a Hepatite B
Atualmente, o Sistema Único de Saúde disponibiliza gratuitamente vacina contra a hepatite B em qualquer posto de saúde. Mas, é necessário: ter até 29 anos; pertencer ao grupo de maior vulnerabilidade (independentemente da idade) – gestantes, trabalhadores da saúde, bombeiros, policiais, caminhoneiros, manicures, populações indígenas, doadores de sangue, gays, lésbicas, travestis e transexuais, profissionais do sexo, usuários de drogas, portadores de DST. A imunização só é efetiva quando se toma as três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda dose e de seis meses entre a primeira e a terceira dose.

EVENTOS SOBRE HEPATITES VIRAIS EM SERGIPE:
SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO EM HEPATITES VIRAIS SOBRE PREVENÇÃO, DIAGNÓSTICO LABORATORIAL E TRATAMENTO DIRIGIDO AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE.
DATA: 26 de julho 2012
LOCAL: Centro de Convenções – CIC (ao lado do Teatro Tobias Barreto)
HORÁRIO: 08 às 12 h
OFICINA PARA PROFISSIONAIS DE BELEZA E TATUADORES SOBRE AS HEPATITES VIRAIS E SUAS INTERFACES COM PROFISSIONAIS DE SALÃO DE BELEZA E STÚDIOS DE TATUAGEM E BODY PIERCING, COM DISPONIBILIZAÇÃO DA VACINA CONTRA A HEPATITE B.
DATA: 30 de julho 2012
LOCAL: Centro de Convenções – CIC (ao lado do Teatro Tobias Barreto)
HORÁRIO: 14 às 17 h

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários