Dilma e a seca

0

A presidente Dilma Rousseff (PT) vai repetir o que fizeram todos os ex-presidentes da República: reunir os governadores do Nordeste para discutir providências visando amenizar os efeitos da seca, que há meses castiga a região. Como nas inúmeras reuniões realizadas neste país para tratar sobre o assunto, não será aprovada qualquer medida duradoura. Entre um gole e outro de água mineral gelada, a presidente, os governadores e técnicos burocratas tratarão sobre liberação de verbas federais para socorrer os flagelados enquanto São Pedro não manda chuva para acabar com o tormento do sertanejo. Depois, o secular problema é esquecido, até que uma outra estiagem volte a espalhar seu flagelo no semi-árido brasileiro. Aí então, será marcada uma nova reunião para anunciar as conhecidas e caras medidas paliativas.

Orgulho

Os sergipanos estão orgulhosos com a posse de um conterrâneo na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Carlos Ayres de Brito é o primeiro filho de Sergipe a ocupar tão importante cargo. Por isso mesmo, a solenidade de posse, ocorrida ontem em Brasília com a presença da presidente Dilma Rousseff, foi prestigiada por um grande número de sergipanos. Jurista de primeira linha e grande intelectual, Carlos Britto é um orgulho para Sergipe.

Mensalão

O presidente do STF, Ayres Britto, prometeu colocar na pauta da Corte o processo do mensalão, tão logo ele seja liberado para julgamento pelo revisor, ministro Ricardo Lewandowski. Mensalão foi o nome pelo qual ficou conhecido o esquema de pagamento de propina a parlamentares em troca de apoio ao governo, revelado em 2005 pelo então deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ).

Mobilidade

Serão inauguradas hoje à tarde em Aracaju duas obras de fundamental importância para a mobilidade urbana: as reformas do Parque dos Cajueiros e do calçadão da avenida Beira Mar. Executadas pelo governo estadual e Prefeitura, as duas obras custaram, respectivamente, R$ 7 milhões e R$ 4,2 milhões. Ambas são importantes para melhorar ainda mais a invejada qualidade de vida da capital sergipana.

PM libertado

O sub-tenente da Polícia Militar José Lemos Jacinto foi libertado ontem à noite após ter ficado algumas horas em poder de um bando de marginais. O PM foi raptado no final da tarde quando estava no Parque Aquático de Riachão do Dantas. Este é o segundo ato ousado praticado por criminosos em menos de um mês no estado. O primeiro ocorreu em Itabaiana, onde um bandido invadiu a sede do 3º Batalhão da Polícia e furtou uma pistola, uma metralhadora, dois carregadores e um colete a prova de bala. Que ousadia!

Prêmio

A Faculdade Estácio está promovendo a segunda edição do Prêmio Estácio de Jornalismo. O objetivo é escolher as melhores reportagens veiculadas no país que tenham o ensino superior como tema central. Serão distribuídos R$ 68 mil brutos aos vencedores. Podem concorrer as matérias jornalísticas que tratem sobre o tema e tenham sido produzidas entre 10 de julho de 2011 e 10 de junho de 2012. Os coleguinhas podem obter mais informações no site www.estacio.br/premiodejornalismo/noticias.asp.

Maior exportador

Forte candidato ao Campus de Engenharia da Universidade Federal de Sergipe, o município de Estância possui um importante pólo industrial, sendo responsável pelo maior volume das exportações sergipanas. Para se ter ideia, dos mais de US$ 122 milhões exportados por Sergipe em 2011, Estância foi responsável por mais de US$ 96 milhões, o que equivale a 78,58% de todas as exportações feitas pelo estado no ano passado.

OAB recomenda

O reitor da Universidade Federal de Sergipe, Josué Modesto dos Passos Subrinho, recebeu ontem em Brasília o certificado “OAB Recomenda”, conferido pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Presença constante em diversas edições do Exame da Ordem no grupo dos 50 melhores cursos de Direito do país, a UFS figurou como 1ª do Brasil em número de aprovados no 4º Exame Unificado, com índice de 69,44%. O mesmo resultado já havia sido alcançado pela instituição em 2009.

Anjo safado

Este é o título da peça teatral escrita pelo jornalista e compositor Paulo Lobo e que está sendo ensaiada sob a direção de Jorge Lins, tendo como ator principal Antônio Leite. O espetáculo, que ainda não tem data de estreia, objetiva marcar os 40 anos de vida artística de Antônio Leite, que interpreta justamente o “anjo safado”.

Do baú político

A anunciada campanha de desarmamento pelo governo federal faz lembrar o tempo em que todo mundo andava com um ‘trezoitão’ na cintura. No dizer do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Lagarto, Rosendo Ribeiro, o “Ribeirinho”, nas décadas de 60 e 70 “todo deputado ia armado para a Assembléia. “O revolver era a gravata do cidadão”, conta. Quando foi candidato a prefeito de seu município, a oposição espalhou que “Ribeirinho” era um homem violento e, por isso mesmo, não se separava do revolver nem para dormir. Ele aproveitou um concorrido comício na Praça da Piedade para desfazer a acusação. “No meio do discurso afirmei que ia mostrar a única arma da qual não me separava e abaixei para apanhá-la. Teve gente que correu com medo. Foi então que me levantei com um crucifixo na mão, provocando gargalhada geral do povo. Daquele dia em diante nunca mais me acusaram de ser violento”, afirma.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais