Discurso x Responsabiidade

0

Como este blog já noticiou anteriormente, o candidato João Alves Filho (DEM) insiste na ideia de que se eleito irá anular algumas licitações promovidas pela Prefeitura de Aracaju, dentre elas a do transporte urbano.

Como já se disse em outra oportunidade, a anulação de uma licitação passa não apenas pela vontade do administrador, mas, sobretudo, pela demonstração (motivação) daquilo que o gestor considera como ilegal. Ninguém defende que a administração pública municipal firme contratos de obras com irregularidades. Pelo contrário, o que se pretende é que as licitações ocorram conforme determina a lei e que as obras contratadas sejam concluídas e entregues à população para o seu uso ou deleite.

Todavia, dizer que há irregularidades, sem demonstrá-las; ou fazer proselitismo sem adotar posturas firmes e ativas que confirmem a indignação que diz possuir, é minimamente subestimar a inteligência alheia, deixando transparecer que tais verberações não estão aparadas em elementos técnicos, mas tão somente na esqualidez de uma retórica que não combina com a responsabilidade administrativa que deve nortear um gestor público.

Se há irregularidades ou ilegalidades, que as apresente à sociedade e aos órgãos de fiscalização (Ministério Público e Tribunal de Contas). Afinal, se é o interesse público que está em jogo, por que, então, aguardar um evento que pode ou não vir a acontecer, que é ser eleito, para só então vir a tomar alguma atitude?

Como se sabe, para se promover a defesa dos recursos públicos contra eventuais malversações não é preciso que se esteja investido de nenhum mandato eletivo, pois, como é sabido, qualquer cidadão pode fazer isso, basta querer! Ademais, problemas com licitações não é "privilégio" de nenhum Governo.

O próprio candidato João Alves, quando governou o Estado, principalmente em seu último mandato, teve diversos. O blog cita, aqui, apenas dois: o primeiro, quando se tencionou a realização de obras no Sergipe Tec, em que a Queiroz Galvão seria contratada por R$ 55 milhões e o empresário Luciano da Celi disse que faria a mesma obra por R$ 20 milhões a menos; o segundo, diz respeito ao episódio FUBRAS, que gerou, inclusive, uma Ação Civil Pública por Improbidade Administrativa contra o mesmo http://www.asmpublico.org/index.php?option=com_content&view=article&id=192:-mpe-requer-que-joao-alves-filho-fubras-gdn-e-envolvidos-devolvam-25-milhoes-aos-cofres-publicos&catid=45:outras-noticias&Itemid=108

Desse modo, a sabedoria popular nos ensina que antes de se atirar pedras no telhado alheio, é sempre bom se certificar que o próprio não possui nenhum arranhão.

Novo conselheiro
O advogado Paulo Silva Filho, fará parte, a partir de hoje, 30, do Conselho de Contribuintes da Secretaria da Fazenda.  A cerimônia de posse ocorrerá às 10h30, no CEAC da Secretaria da Fazenda que está localizado em frente à Central
de Abastecimento do Esta do de Sergipe (CEASA).

Será este o motivo para Déda não comparecer em Itabaiana?
Seria esse o motivo da indisposição do governador Déda em não aparecer no evento político feito por Luciano Bispo neste último

sábado em Itabaiana? Foi bem anunciado e alardeado com antecedência a presença do governador Marcelo Déda no evento do atual prefeito de Itabaiana. Parece que ficou no "cano", pois o mesmo não deu as caras. Ficando na incumbência de Jackson Barreto representá-lo. Foi um burburinho só em Itabaiana.E agora? Que tipo de aliado é esse (Arnaldo Bispo, que não faz nada sem consentimento do seu irmão Luciano Bispo)? O fato é que nem João e nem muito menos Déda, confiam em Luciano Bispo, afinal quem atira pra todos os lados não sabe e nem tem noção do que é coerência.

Receita da Vale com venda de fertilizantes cresce 11,3% no trimestre
Veja a importância disso do potássio na Argentina. É Sergipe competindo globalmente: A receita com a venda de fertilizantes da Vale cresceu 11,3% no segundo trimestre do ano ante os primeiros três meses de 2012, passando de US$ 829 milhões para US$ 923 milhões. A margem Ebit ajustada dos negócios de adubos foi de 5,3% no segundo trimestre, abaixo dos 5,8% no trimestre anterior. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou 8,3%, para R$ 183 milhões. A participação dos fertilizantes na receita da empresa teve um ligeiro aumento, de 7,6% ante 7,3%, no primeiro trimestre do ano.

Sergipe
Em 23 de abril de 2012, a Vale renovou o contrato de arrendamento de ativos e direitos minerários de potássio com a Petrobrás em Sergipe por um período de 30 anos, permitindo a continuidade da lavra de potássio em Taquari-Vassouras e o desenvolvimento do projeto Carnalita.Quando entrar em produção, a estimativa é que o projeto será a maior operação de potássio do Brasil, com capacidade estimada de 1,2 milhão de toneladas por ano de potássio.

O Rei do cangaço
Missa que homenageou Virgulino Ferreira da Silva, cognome Lampião, pela passagem dos 74 anos de sua morte, ocorrida em 28 de julho de 1938, na fazenda Angicos, município de Poço Redondo, foi celebrada no último sábado, no mesmo local em que a “volante”, ou seja, a tropa da Polícia Militar assassinou, numa emboscada, o chefe supremo dos cangaceiros e vários integrantes de seu bando. Essa missa vem sendo celebrada há cerca de 10 anos e conta, sempre, com a presença de admiradores de Lampião. O movimento liderado por Virgulino é olhado sob vários ângulos, dentre os quais o que defende a tese de ter sido consequência da extrema pobreza e do abandono a que era relegada, naquela época, a sofrida população sertaneja. As cabeças das vítimas do massacre de Angicos encontram-se expostas no museu do cangaço existente na antiga estação de trem da cidade alagoana de Piranhas (AL).

Tema
A controvertida figura de Lampião tem servido de tema para livros, filmes, peças de teatro e para os produtores de conteúdo da chamada “literatura de cordel”. Mensalmente, cerca de 800 pessoas visitam a gruta em que os cangaceiros foram assassinados pela Polícia Militar. A gruta fica a 600 metros da margem direita do São Francisco, o rio da Unidade Nacional, no meio de uma grande área de caatinga, vegetação típica do sertão do nordeste brasileiro. Uma maior estrutura poderia ser criada no local, para aumentar a afluência de turistas, ávidos de maiores informações sobre o episódio do massacre dos cangaceiros. Na década de 50 do século passado, o filme “Lampião, o Rei do Cangaço” fez grande sucesso, em todo o Brasil, com o ator Milton Ribeiro no papel de Virgulino Ferreira da Silva.

Oboísta
Oboísta da Orquestra de Sergipe premiada no Festival Internacional de Campos de Jordão, foi destaque no Correio Brasiliense. De Sergipe, vai em busca de uma carreira que pode passar por Londres e Amsterdã. A oboísta brasiliense Ana Clara Melo (brasiliense) venceu o grande prêmio do Festival Internacional de Campos do Jordão 2012. Primeira oboé da Orquestra Sinfônica de Sergipe, a instrumentista foi uma das bolsistas contempladas com viagem de estudo em instituições de ensino musical conveniadas com a Osesp, a exemplo da Royal Academy Music de Londres, do Conservatório de Amsterdã e do Cincinnati Colege of Music (EUA).

Crédito
Além do talento individual da musicista, é preciso dar crédito ao trabalho continuada, dedicado e bem sucedido da Orquestra Sinfônica de Sergipe, objeto de atenção especial do governador Marcelo Déda e do Maestro Guilherme Mannis.

Semana de Arte Moderna
Está completando 90 anos o movimento que representou um marco da renovação artística e cultural brasileira. O importante evento teve lugar no Teatro Municipal de São Paulo. Mário de Andrade, um dos principais membros do movimento modernista, defendia uma arte genuinamente brasileira, livre dos padrões estéticos europeus até então predominantes na arte nacional. Além de Mário de Andrade, outras figuras destacadas do movimento foram Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Victor Brecheret, Heitor Villa-Lobos, Di Cavalcanti, Menotti Del Picchia e Guilherme de Almeida. São obras emblemáticas do período: “Macunaíma”, “Paulicéia Desvairada” e “Manifesto Antropofágico”. Tudo isso aconteceu a partir de fevereiro de 1922. Eram passados 100 anos desde a Independência do Brasil. E ocorria a demarragem das artes e da cultura brasileiras em busca de liberdade, de revolução literária, artística e cultural.

Curiosidades constitucionais I
A Constituição dos Estados Unidos do Brasil (era esse mesmo o nome de nosso país) de 1946 foi promulgada pela Assembléia Nacional Constituinte aos 18 de setembro daquele ano. Em 15 de outubro do mesmo ano foram aprovadas retificações do texto constitucional. A Carta Magna de 1946 vigorou até janeiro de 1967, quando a sexta Constituição brasileira foi aprovada pelo Congresso, que, por sinal, havia sido fechado em outubro de 1966. Os parlamentares foram reconvocados com base no AI-4, de forma extraordinária, para aprovar um novo texto constitucional, empurrado goela abaixo pelos militares. O texto de 1967 incorpora os atos institucionais e, ao mesmo tempo, aumenta o poder do Executivo, institucionalizando a ditadura militar, que duraria até o ano de 1985. A primeira Constituição de nosso país foi outorgada por D. Pedro I, em 1824. Ela institui o Poder Moderador, poder pessoal do imperador acima dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Em 1891, no mês de fevereiro, é promulgada a segunda Constituição brasileira e a primeira da República, pelo Congresso Constituinte. Ela tem uma estrutura liberal federativa, inspirada na tradição republicana dos Estados Unidos.

Curiosidades constitucionais II
Em 1934, é promulgada pela Assembléia Nacional Constituinte a terceira Constituição do país, com características liberais e democráticas. Em 1937, Getúlio Vargas dá um golpe e implanta o Estado Novo. A quarta Constituição do Brasil é, então, outorgada. A quinta Constituição brasileira é a de 1946, promulgada pela Assembléia Nacional Constituinte. A sexta é de 1967. A sétima Constituição brasileira, em vigor até hoje, foi promulgada em 5 de outubro de 1988. Suas principais características são a ampliação dos direitos individuais e o fortalecimento das liberdades públicas. É, também, conhecida como “Constituição cidadã”. O presidente da Assembléia Nacional Constituinte de 1988 foi o grande político Ulisses Guimarães.

Posto localizado na Unit reabre segunda, 30
Com o retorno das aulas na Universidade Tiradentes – Unit -, o posto Setransp localizado na instituição de ensino também volta a funcionar. O atendimento no local recomeça a partir desta segunda-feira, dia 30, das 10 às 14h e das 15 às 19hs.

Revista Ensinar
Chega em breve ao mercado editorial sergipano, a Revista Ensinar. Tendo como foco principal a Educação, a publicação é uma produção da Editora e Gráfica ArteAmbiente, que já possui uma experiência de mais de 7 anos na área editorial. A Revista Ensinar inicia, portanto, com o know-how e a certeza de oferecer um produto de excelente qualidade gráfica e editorial. A Ensinar trará a abordagem de temas diversos voltados à Educação como: Novas normas, leis, remunerações, práticas, uso de novas tecnologias, enfim, assuntos do interesse dos que estão inseridos ou não neste setor que está em plena evolução no Estado de Sergipe, no Brasil e no mundo.

Blog nos próximos dias
O titular deste espaço  está viajando (desde o sábado,21) num compromisso familiar agendado há alguns meses. A atualização do blog não será interrompida, mas qualquer informação poderá ser enviada por e-mail. O blog agradece a atenção dos leitores e pede desculpas antecipadas se demorar a responder os e-mails e ficar sem contato direto por telefone. No próximo mês o titular deste espaço volta ao ritmo de trabalho normal.

Entidades esportivas I
Os senadores Eduardo Suplicy (PT/SP) e Cássio Cunha Lima (PSDB/PB) têm manifestado, ultimamente, preocupação com a gestão das entidades desportivas, a saber: clubes, federações, confederações, ligas e outras similares. Enquanto o senador por São Paulo está na fase de recolhimento de subsídios sobre a matéria, o representante da Paraíba já apresentou um projeto-de-lei que visa, basicamente, a impedir a perpetuação nos cargos de dirigentes desportivos, como ocorre, há muitos anos, no Brasil. A começar pelo futebol, o esporte mais popular do nosso país, o que se vê é os presidentes da confederação e das federações estaduais (Ricardo Teixeira renunciou recentemente, mas já estava há mais de 20 anos na presidência da CBF) serem reeleitos sucessivamente.

Entidades esportivas II
No caso da Federação Sergipana de Futebol, o atual titular, com mandato garantido até 2015, está no cargo há 23 anos e quando do término de seu atual mandato, completará 26 anos no comando da entidade que dirige o futebol sergipano. Fundada em 1926, a atual FSF vai completar, no final deste ano, 86 anos de existência. Como se vê, a permanência do desportista Carivaldo de Souza, ao final de seu atual mandato, terá ocupado a presidência da Federação Sergipana de Futebol por mais de um quarto de toda a sua existência. Sobre as iniciativas de Eduardo Suplicy e Cássio Cunha Lima, um, senador de oposição e outro de situação, embora meritórias, e, portanto, dignas de apoio, há que se atentar para o fato de que nenhuma medida logrará êxito via projeto-de-lei. Por uma razão muito simples. O artigo 217 da Constituição Federal determina: “É dever do Estado fomentar práticas desportivas formais e não-formais, como direito de cada um, observados: I – a autonomia das entidades desportivas dirigentes e associações, quanto a sua organização e funcionamento”. Assim, uma mudança no processo eleitoral das entidades desportivas dirigentes e associações só será possível via emenda constitucional e não através de um simples projeto-de-lei. Vez que a AUTONOMIA das referidas entidades e associações é garantida pela Carta Magna de nosso país. Um exemplo que também deve ser citado. Carlos Artur Nuzman, outrora um nome respeitadíssimo no esporte, assumiu a presidência do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). E de lá nunca mais saiu. É preciso combater essa praga que se chama CONTINUÍSMO em nosso esporte.

Futebol
COPA GOVERNO DE SERGIPE – Resultados da primeira rodada do segundo turno: Sergipe 0 X 0 Confiança. River Plate 0 X 0 Socorrense. Uma rodada fraca, com dois jogos sem gols. E o público continua sem prestigiar a competição. O ponto negativo foi, mais uma vez, o destempero do presidente do Sergipe, Gênisson Silva, que voltou a acusar a FSF de armar um complô para prejudicar o Sergipe e favorecer o Confiança. A Comissão de Arbitragem, o presidente da Associação dos Árbitros e até a imprensa esportiva voltaram a ser alvo do presidente do Mais Querido. O repórter Ivanilson Martins, que cobre o Sergipe para a Rádio Jornal foi criticado, no ar, por Gênisson Silva. O primeiro mandatário do clube rubro precisa agir de forma mais tranquila. Afinal, como líder, precisa dar bom exemplo aos seus comandados.  /// BRASILEIRO DA SÉRIE D – Derrotado pelo Feirense por 2 X 0, no estádio Pedro Amorim, na cidade de Senhor do Bomfim (BA), o Itabaiana está praticamente sem qualquer chance de passar para a próxima fase da competição. O quadro de Feira de Santana teve dois jogadores expulsos. O tricolor chutou 3 bolas na trave, perdeu um penalty e uma série de oportunidades. Infelizmente, tudo indica que 2012 será mais um ano em que o futebol sergipano não passará da primeira fase do campeonato brasileiro da série D. /// LONDRES 2012 – A seleção olímpica do Brasil derrotou a equipe de Belarus (Bielorrússia), por 3 X 1, depois de estar perdendo por um a zero. O brasileiro Renan, naturalizado na Bielorrússia, fez o gol de Belarus. Para o Brasil, marcaram Pato, Neymar e Oscar. O terceiro gol foi uma pintura, tendo sido muito aplaudida a jogada de Neymar, completada por Oscar. BRASILEIRO DA SÉRIE A – Numa rodada que teve vários jogos empatados sem abertura de contagem, os principais resultados foram: Vasco da Gama 0 X 0 Internacional – Fluminense 0 X 0 Atlético Mineiro – São Paulo 4 X 1 Flamengo – Coritiba 2 X 1 Grêmio – Bahia 0 X 0 Corinthians. O Atlético Mineiro continua liderando. O Vasco da Gama é o segundo e o Fluminense o terceiro colocado. Outro destaque da rodada foi a volta de Rogério Ceni ao time do São Paulo, depois de seis meses afastado, por contusão.

Livro
“O Negro no Futebol Brasileiro” – Autor: Mário Filho. Editora Mauad Ltda. – Quarta edição – Rio de Janeiro, 2003. Sem dúvida, esta obra é o maior clássico sobre o futebol brasileiro. Em sua primeira edição, lançada em 1947, o prefácio é do grande sociólogo Gilberto Freire. Nessa quarta, o prefácio cabe ao cientista político Luís Fernandes, professor do Instituto de Relações Internacionais da PUC/Rio de Janeiro e do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal Fluminense. Mário Filho, o jornalista irmão de Nelson Rodrigues que se tornaria nome oficial do Maracanã, nasceu em 1908 e faleceu em 1966. Segundo Édison Carneiro, em comentário de 1964, “A batalha particular do negro é quase toda a história do futebol e, afortunadamente para nós, as suas várias peripécias são narradas por um homem tão senhor do assunto como Mário Filho.” Trata-se de um verdadeiro tratado sociológico. O próprio autor afirmara, em 1947, quando do lançamento de sua obra: “Uma vaidade eu tenho: a de apresentar uma obra que desafia contestação.” Leitura obrigatória para os que estudam e amam essa paixão nacional que é o futebol. O livro de Mário Filho aponta os mais expressivos jogadores negros e mulatos do futebol brasileiro: Bolão, Sabará, Friedenreich, Fausto, Manteiga, Leônidas da Silva, Domingos da Guia, Barbosa, Didi, Carlos Alberto, Robson e Pelé.

Curtas
Contagem regressiva: faltam apenas três dias para o início do julgamento do “mensalão”. /// Defesa dos acusados usará caso de Collor como argumento. /// Celulares de São Paulo ganharam mais um dígito a partir de ontem. /// Celso Russomanno sustenta empate técnico nas pesquisas em São Paulo: Tem 26 pontos contra 30 de José Serra. /// Affonso Romano de Sant’Anna completa 50 anos de poesia. /// Luciano Correia reestrutura a Aperipê. /// Depois de doutorado, Luciano coloca seu talento em ação para dinamizar as emissoras oficiais do Estado. /// Lauro César Muniz diz que “Avenida Brasil” é chata e que os novos dramaturgos não são arrojados como os de sua geração. /// Apple cogita investir no Twitter, segundo o jornal New York Times. /// Número de jogadores de outros países da América do Sul aumentou 57,1 por cento, entre 2011 e 2012, nos 40 principais clubes do Brasil. /// Atualmente são 44, que, somados, atingem um valor de 216 milhões e 300 mil reais. /// Em Sergipe, há 5.494 clientes por antena de aparelhos celulares. Nos EUA, número é de 1.000 por antena. /// No Brasil, passou de 2.418 em 2002 para 4.618, em média, neste ano. /// Sergipe está acima da média nacional. /// Instalação de novas antenas de celular demora até 5 anos, por causa da burocracia.

DO LEITOR

Apartamento a venda no bairro 17 de março
E-mail recebido: Mais uma vez venho mostrar a incompetência  e a falta de fiscalização da gestão municipal em Aracaju.Pessoas que

 receberam aptos e casas pelo minha casa, minha vida vendem descaradamente seus imóveis e ainda anunciam na internet. Peço o apoio, no combate a esse tipo de injustiça social, já que existem milhares de pessoas em condições de conseguir imóveis deste programa, estão perdendo a oportunidade a pessoas que querem apenas lucrar financeiramente e muitas vezes não precisam de imóveis. Gostaria de chamar a atenção do ministério público utilizando esse veículo de comunicação importante.Peço mais uma vez que seja publicado, mas que  eu não seja identificado, pois tenho medo de represálias”.

Bronca Geral – citando Cláudio Nunes em Cláudio Humberto
Do leitor Dinho Santana:  27/07/2012 | 09:54 Dando exemplo! – Se para Luís Adams, advogado-geral da União, falando quanto ao corte do ponto de servidores federais em greve: "Ausência no trabalho, por greve ou outro motivo, gera desconto". Sendo assim, que se desconte dos nossos parlamentares que só comparecendo no Congresso de terça à quinta e quando vão… Ou vale a máxima ocorrida em nossa Aracaju onde um dedicado desembargador, que sem tirar férias nos últimos 13 anos, embolsou no último mês de abril o equivalente a R$ 243, 2 mil. Ilegal, imoral e anti- ético, nosso Judiciário peca, assim como as demais instituições do país! Comentário este, publicado no Blog do seu xará Cláudio Nunes no último dia 17. Dinho Santana Aracaju – SE”.

Eleição da CIPA na TV Sergipe
E=mail recebido: E por falar em vender o peixe, a eleição CIPA do novo representante dos funcionários da TV Sergipe ainda vai dá o que falar. O candidato da CIPA escolhido por aquela pessoa que todos sabem quem é que finge preocupação com os funcionários da TV mais passa por cima de tudo e todos para ter o poder, promete se eleito for doar um carneiro e quatro engradados de cervejas para aqueles que nele votarem. Até parece que os funcionários da TV Sergipe irão se sujeitar a essa situação. O gestor é responsável pelo comportamento ético de seus liderados e sempre deve manter a postura não interferindo em certos assuntos, mais como a politica é a arte da enganação, ela aprende depressa ao lado do patrão a prometer e não cumprir”.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frases do Dia 
O segredo é não correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você. Mário Quintana, poeta brasileiro nasceu em 30 de Julho de 1906 e morreu em 1994,

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários