Ditadura nunca mais!

0

No dia 31 de março, grupos se manifestaram em celebração ou repúdio ao período da Ditadura Militar no Brasil. Em conversa com colegas de escola, relembramos o quanto a educação era simplificada em nossa época, com foco em decorar os assuntos de maneira superficial e em garantir uma vaga nas universidades. Não havia discussão crítica acerca dos acontecimentos históricos, que muitas vezes eram negligenciados não só pelos livros, como pelos professores. Tive excelentes professores ao longo da vida escolar, mas com tantos assuntos para absorver, nem eles tinham tempo ou podiam opinar e tecer críticas aos livros e aos períodos históricos, o que fez com que eu aprendesse sobre a ditadura lendo e pesquisando em outras fontes, e conversando com quem vivenciou o período.

Quando penso em tudo que li, pesquisei e sei sobre a Ditadura Militar no Brasil, fico consternada ao ver pessoas defendendo a volta desse período. Pergunto-me se é falta de leitura, de bom senso, não sei o que acontece. Esse mesmo grupo que defende um regime militar no país é o mesmo que critica os regimes de Cuba, China, Venezuela e Rússia, chamando os 4 países de ditatoriais. É aí que me perco mais ainda, afinal, por que nos 4 países a ditadura é algo ruim, mas aqui no Brasil ela é vista como boa opção? Vamos buscar entender.

É necessário destacar que temos uma grande falha na nossa educação, falha essa que foi fomentada durante o período ditatorial no país, mais uma vez, não é uma opinião minha, são dados que estão disponíveis em arquivos, bibliotecas etc. Esse período autoritário no país teve início em 1964, com a deposição do presidente João Goulart, acusado de comunista. O golpe desrespeitou a Constituição do país, e durou 21 anos. Durante esse período, o Governo militar estabeleceu a censura à imprensa, restrição aos direitos políticos e perseguição policial aos opositores do regime, através do Ato Institucional 05, ou AI-5, que perseguiu, torturou e matou centenas de brasileiros, desde crianças a idosos.

Mas, por que alguns grupos acreditam que a ditadura tenha sido um bom período? Em dado post em uma de minhas redes sociais, eu fiz uma dura crítica à ditadura e uma pessoa respondeu que, quem é cidadão de bem e anda correto não tem por que criticar a ditadura e temer. Ora, se há um Ato Institucional que apoia a perseguição e tortura de todos aqueles que não concordam com o regime imposto, é somente cidadão de bem aquele que apoia os atos de tortura, de privação de liberdade, de perseguição e censura? Como ser conivente com a falta de liberdade em se expressar? Essas mesmas pessoas que clamam pela Ditadura, são as que fazem manifestações contra o Governo, a exemplo de 2016, época do Impeachment -Golpe- da ex-presidenta Dilma Roussef, uma sobrevivente do período militar.

Eu não consigo associar censura à boa educação. Quando dizem que a educação na época da Ditadura era melhor, eu me apavoro, pois eu tive a liberdade de ler sobre tudo que eu quis, dialogar com tantas pessoas, sair dos textos escolares engessados, e entrar em novos mundos, abrir a mente para tantas possibilidades. Na ditadura, isso não era possível, a lógica era não pensar para não questionar, aceitar e pronto. E aí entra o argumento da economia, que muitos apontam que era melhor, mas não. O crescimento econômico no início dos anos 70 perdeu seu brio, sobretudo em 73 com a crise internacional, aumentando o empréstimo e dívida externa do Governo Militar, chegando a atingir 200% ao ano. Ou seja, mais um argumento que não faz sentido.

Por fim, pois um período de 21 anos não deve ser resumido em poucos parágrafos, mas é o que temos para o momento, é importante destacar que as organizações sindicais, dos trabalhadores, dos estudantes, dos artistas, tiveram papel fundamental para pôr fim à Ditadura Militar. Em 83, teve início em todo o país a campanha pelas eleições diretas para presidente, o movimento “Diretas Já”, que uniu a classe trabalhadora a várias lideranças políticas como Fernando Henrique Cardoso, Lula, Ulysses Guimarães, entre tantos outros. E assim, conseguimos nos livrar desse período tão difícil para tanta gente. Caso conheça alguém que justifique como um bom período para si, cite o exemplo da Covid-19 hoje, pois enquanto vivemos em nossa bolha individual, há muitas famílias sofrendo, e não há como amenizar ou justificar a apologia à tortura, ao exílio e à morte por não concordar com o Governo que deveria governar para todo o povo, mesmo com discordâncias e críticas. Não há justificativa para celebrar a Ditadura, esse é um período que em qualquer outro lugar do mundo, se repudia.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais