Dois dias para posses

0

Ontem, primeiro dia do ano, e hoje, 2/01, acontecem as posses dos prefeitos de 75 municípios, mais os vereadores de cada comunidade, além do Secretariado de cada um dos prefeitos que tomaram posse. Somente, em um município, Carmopolis, não houve, ontem, solenidade de posse do novo prefeito porque ali vai se realizar uma outra eleição, a ser marcada pelo Tribunal Regional Eleitoral. Os eleitos a 2 de outubro passado foram Volney Leite e o jornalista Teotonio Neto, mas a chapa deles foi cassada  pelo Tribunal Superior Eleitoral, determinando assim a realização de novas eleições. Situação idêntica estava o município de Laranjeira s, mas Paulinho das Varzinhas, no último momento, conseguiu reverter a situação contra si e tomou posse ontem à tarde. Em Aracaju a solenidade de posse foi à tarde. Os vereadores tomaram posse por volta das quinze horas e depois, em sessão presidida pelo petista Iran Barbosa – porque foi o mais votado entre os vereadores – realizou-se a escolha do novo Presidente da Casa. Não foi uma eleição tranquila, e por isso mesmo o processo eleitoral atrasou-se até pelo menos às cinco horas da tarde. Outrora grandes partidos, o PT empossou apenas quatro prefeitos, e o DEM apenas cinco – viraram partidos nanicos em Sergipe. Voltando à situação de cidadão comum, portanto sem mandato, ontem, durante a transmissão do cargo, foi a última vez que teria se visto o ex-Prefeito  João Alves  Filho numa solenidade oficial. Mas, ele não foi a posse e foi representado pelo vice-prefeito, José Carlos Machado.

      ***

Pode soar contraditório mas dois egressos do governo João Alves Filho na Prefeitura, saíram vitoriosos na disputa pela Câmara Municipal. O vereador Nitinho sagrou-se Presidente e o vereador Juvêncio Oliveira ficou na vice-presidência.

UFS empossa Pró-Reitores amanhã, 3/1

A Universidade Federal de Sergipe empossa amanhã, 3, terça-feira, as 8h30, os Pró-Reitores que auxiliam a Reitoria a administrar o órgão. Os mandatos dos novos pró-reitores vão até novembro de 2020. Os novos Pró-Reitores são: Dilton Cândido Santos Maynard, Pró-Reitoria de Graduação;  Lucindo José Quintana Junior, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Alaíde Hermínia de Aguiar Oliveira, Pró-Reitoria de Extensão. Mário Adriano dos Santos, Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis. André Ignácio Martinez Menendez, do Núcleo de Tecnologia da Informação. Adriana Andrade de Carvalho, diretora do Campus de Lagarto.

Hospital Universitário fará novas cirurgias

Uma emenda parlamentar, no valor de um R$ 1.760.100,00, da autoria do deputado João Daniel, possibilitará ao Hospital Universitário da UFS a realização de cirurgias de cataratas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A verba foi obtida via Fundo Nacional de Saúde. Além da cirurgia, a emenda contempla outros procedimentos, através da aquisição de equipamentos médico-hospitalares e materiais permanentes. O Reitor da UFS, professor Angelo Antoniolli, saudou a chegada dos recursos: “Isso significa dizer que iremos trabalhar com novos procedimentos e atender melhor os grupos mais necessitados socialmente. Com o recurso, a Universidade vai melhorar significativamente os seus laboratórios e os serviços de oftalmologia”

Sebrae mostra saldo positivo em 2016

O Sebrae em Sergipe atendeu no ano de 2016 a 16 mil empresas e apresentou soluções de inovações a mais de 2,2 mil empreendimentos. Os números são do balanço de atividade do Sebrae que encerrou o ano com um saldo positivo. “O ano passado – disse o Sr. Emanoel Sobral, diretor superintendente do Sebrae – o órgão promoveu uma grande campanha para incentivar a regularização de débitos dos pequenos negócios optantes pelo Simples Nacional. Foi lançado o Mutirão de Renegociação para ajudar os empresários a permanecerem no Simples e assim começar o ano com fôlego para superar a crise”. Com uma estrutura de atendimento em Aracaju e nas cidades de Estância, Lagarto, Itabaiana, Nossa Sra. da Glória e Propriá, o Sebrae presta atendimento em todo o Estado”, disse o Sr. Emanoel Sobral.

Mutirão contra diabetes

O último mutirão do ano de 2016 foi realizado pelo Centro de Diabetes de Sergipe, em parceria com a Associação Sergipana de Diabetes, contando com o apoio  da Prefeitura de Aracaju, no Colégio Estadual Senador José Alves do Nascimento no bairro Coqueiral. O médico endocrinologista Raimundo est eve à frente do evento, que contou até com a presença de um Papai Noel, todo vestido de azul, cor que simboliza a luta mundial pelo controle do Diabetes.        

ICMS aumenta celular pré-pago

O ano de 2017 não começa bem para quem tem celular pós-pago ou plano controle, isso porque, o Supremo Tribunal Federal determinou que a contratação de um plano de telefonia é considerado um serviço. Assim, as operadoras devem recolher ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadoria e Serviços) sobre o valor pago mensalmente pelos usuários. A publicação apurou que o aumento final para o consumidor deve ficar em torno dos 20%.

5 orientações para sobreviver à crise

Mesmo com as medidas tomadas para reduzir o desemprego, a projeção é que ele aumente em 2017, infelizmente. A economia reage com lentidão às ações, o que gera reflexos diretos nas finanças pessoais, portanto as projeções econômicas para as famílias brasileiras para este ano de 2017, são, no mínimo preocupantes. Contudo, mesmo com um cenário pouco animador, não há motivo para desespero e sim para planejamento e adequação, buscando sair fortalecido deste período.  A seguir, algumas orientações para sobreviver à crise financeira em 2017:

1 – Livre das dívidas. É nesse momento que os credores também oferecem as melhores condições para negociações.  Orientação é que o primeiro passo seja o de resolver o problema que levou ao endividamento, isto é, a causa. De que seu padrão de vida  sua realidade é muito difícil, mas é fundamental observar que não se pode viver em um realidade que não é sua.

2 – Faça uma faxina financeira – Em média, 2% dos nossos gastos são com supérfluos. As pessoas sempre dizem que não têm mais de onde reduzir as despesas, mas depois, quando fazem uma análise, observam que é possível. É preciso realizar um diagnóstico de sua vida financeira por 30 dias, anotando tudo o que gastou por tipo de despesas, até mesmo cafezinhos e gorjetas.

3 – Não tenha medo de sonhar – Por mais que o cenário para muitos seja de pesadelo, nessa hora, é de grande importância sonhar, ou seja, definir os objetivos materiais, pois eles é que farão com que se tenha foco para evitar o descontrole ou mesmo o desespero. Reúna a família e converse sobre o tema, dividindo os sonhos em 3 tipo: curto (até um ano), médio (até dez anos) e longo (acima de dez anos) prazos, definindo também quanto custam e quanto poderão poupar por mês para realiza-los.

4 – Mude o formato do seu orçamento- Um erro comum é pensar que o orçamento financeiro familiar consiste em registrar o que se ganha e subtrair o que se gasta e, caso sobre dinheiro, ter lucro, se falta, prejuízo.  Forma correta, no entanto, consiste em primeiramente elaborar o registro de todas as receitas mensais e depois separar os valores pré-definidos para os projetos da família e somente com o restante, readequar os gastos.

5 – Aprenda a investir – Muitos poupam sem estabelecer um propósito e escolhem um investimento pensando apenas no que é mais prático. No mercado financeiro, existem diversas opções de aplicações com riscos diferentes. A orientação é procurar variar o investimento de acordo com o tempo que utilizar o dinheiro. De forma geral, o risco de uma aplicação financeira é diretamente proporcional  à rentabilidade desejada pelo empreendedor, ou seja, quanto maior o retorno estimado pelo tipo de aplicação escolhida, maior será o risco, por isso, é preciso cautela.  (Orientações do jornalista Reinaldo Domingos)        

   …e para encerrar…        

2017, seja vem vindo.                                    

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários