Dois secretariado

0

Enquanto setores da imprensa nomeiam e vetam futuros secretários, o governador Marcelo Déda (PT) vai construindo, em silêncio, o grupo de auxiliares que participará de seu segundo governo. Como são muitos os ‘chutes’ publicados diariamente pela imprensa, certamente o petista vai aguardar que todas as ‘nomeações’ sejam feitas, para só então tornar pública a sua lista. Aliás, é bem provável que Déda carregue no bolso duas relações: uma com os nomes sugeridos pela mídia e a outra com os prováveis auxiliares. Na hora de definir, ele jogará no lixo a lista feita pela imprensa e anunciará a que vem construindo, juntamente com os aliados políticos. Portanto, ser citado na imprensa como nome certo no futuro governo vale tanto quanto uma bituca de cigarro. Pior vai ser o sujeito que ‘plantou’ sua provável indicação, explicar depois porque não ‘aceitou’ o convite do governador.

 

Explicando-se

 

O eleitor que não votou nem justificou a ausência no segundo turno das Eleições 2010, ocorrido no último dia 31 de outubro, tem até o dia 30 de dezembro para justificar a ausência à Justiça Eleitoral. Quem se encontrava no exterior no dia da eleição e não participou da votação para presidente da República também deve justificar sua ausência no máximo 30 dias após o retorno ao Brasil.

 

Cultura na AL

 

A última mostra deste ano do Espaço Cultural da Assembléia Legislativa será aberta na próxima quinta-feira. Com o tema Balanços & Repentes, a programação artística conta com exposição de pinturas de Marcelo Roque, artesania de Lucinha Leite, cordel da Associação de Cordelistas e Repentistas de Sergipe. Durante o coquetel de abertura, será lançado o livro “Os Tabaréus do Sítio Saracura”, de Antônio Francisco de Jesus, e o DVD e CD da cantora Patrícia Polayne. A noite será abrilhantada pela participação musical do Coral da Assembléia Legislativa. Prestigie!

 

Fora da Igreja

 

Pais e filhos de santo lavam amanhã cedo a escadaria da Catedral Metropolitana de Aracaju, como parte das comemorações a Oxum, a deusa da beleza, da vaidade e fecundidade. O fato novo é que, diferente dos anos anteriores, eles não entrarão na Catedral em respeito a pedido neste sentido feito pelo bispo auxiliar dom Henrique Soares.  O forte da festa para Oxum será na praia de Atalaia onde os terreiros de candomblé da capital vão exaltar o Orixá das águas doces dos rios e cachoeiras. 

 

Nova secretária

 

Calma, não se trata das mudanças que serão feitas pelo governador Marcelo Déda (PT). Estamos falando de Ana Cristina, que substituiu Lúcia Falcon na Secretaria de Planejamento. Ele deixou o cargo sexta-feira passada para retornar às suas atividades na Universidade Federal de Sergipe. Quanto ao novo secretariado, ainda esperaremos mais alguns dias pelo anúncio do governador.

 

Palhaçada

A candidatura de Francisco Everardo de Oliveira, o palhaço Tiririca (PP-SP), está sendo contestada novamente pelo promotor Maurício Lopes. Ele alega que o candidato mais votado de São Paulo é analfabeto funcional e apresentou uma declaração falsa à Justiça Eleitoral, na qual alega que sabe ler e escrever. Alguém precisa dizer ao promotor Maurício Lopes que o palhaço dessa história é Tiririca.

Carne cara

Puxada pela alta no preço da carne, a inflação medida pelo Dieese foi de 1,04% em novembro, aumento de 0,11 ponto percentual em relação a outubro, que registrou inflação de 0,93%. O principal fator de pressão em novembro foi a alta no grupo alimentação, de 2,81%. As carnes (10,79%) foram as principais responsáveis pela carestia. Pelo andar da carruagem, a melhor alternativa é imitar o camaleão, que vive comendo folhas sem se preocupar com o salgado preço da carne.

 

Sem vantagem

 

Os preços da gasolina e do álcool hidratado subiram em Sergipe 1,20% e 0,36%, respectivamente, o mês passado. Já o gás natural veicular (GNV), o óleo diesel e o gás de cozinha (GLP), tiveram seus preços reduzidos em novembro último ante outubro deste ano. Segundo o Dieese, com o preço do álcool praticado pelos postos sergipanos, é vantajoso abastecer o carro com gasolina.

Feira em Estância

Empreendedores de Estância e municípios participarão a partir de amanhã da Feira da Micro e Pequena Empresa. Promovido pelo Sebrae, o evento acontecerá até o próximo domingo. Serão 56 estandes com produtos como confecção masculina e feminina, moda praia, moda íntima, perfumaria, semi-jóias, calçados, motocicletas, artes plásticas, acessórios como óculos e bolsas, colchões, artigos para convite e revista, chocolates caseiros, além de serviços de estúdio e vídeo. Participe!

 

Horário reduzido

 

No feriado de amanhã em comemoração a Nossa Senhora da Conceição, os mercados centrais e setoriais de Aracaju funcionarão apenas das 6h ao meio dia. A Emsurb informou que a redução do horário de funcionamento foi tomada em comum acordo com os comerciantes dos mercados. As feiras livres realizadas às quartas nos bairros da capital funcionarão normalmente.

 

Do baú político

 

Em 1954, por pouco ‘Zé de Julião’ não foi eleito o primeiro prefeito de Poço Redondo. Nada demais se ele não fosse o ex-cangaceiro Cajazeiras, que sobreviveu quando a ‘Volante’ cercou a Gruta do Angico e fuzilou Lampião, Maria Bonita e outros 11 cangaceiros, entre os quais Enedina, esposa de Cajazeiras. Com o fim do bando, ele foge para o Rio de Janeiro. Ao retornar a Sergipe, decide concorrer à primeira eleição de Poço Redondo. Filia-se ao PSD e, numa disputa acirrada, empata com o udenista Artur Moreira de Sá, mas este último assumiu por ser mais velho. Em 1958, ‘Zé de Julião’ tenta novamente ser prefeito, porém o líder maior da UDN, Leandro Maciel, move paus e pedras para impedir sua vitória. Os títulos eleitorais de seus simpatizantes eram extraviados, a Polícia perseguia e a máquina estadual atuava em favor do candidato udenista Eliezer Santana. Diante de tudo isso, ‘Zé de Julião’, o ‘Cajazeiras’, resolve usar a força bruta. Reúne vários amigos que, montados a cavalos, invadem a cidade no dia da eleição, enfrentam a Polícia e roubam as urnas. Foi uma loucura! Somente 23 dias depois, uma nova eleição confirma a vitória de Eliezer Santana.

 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais