Dores:deputado denuncia nepotismo e contratos que “sangram” os cofres

0

                                                        Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça
         “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Do site Fan1: Durante entrevista ao programa Sergipe Verdade, da rádio SIM FM, na tarde de ontem, 20, o deputado estadual João Marcelo (PTC/SE) afirmou que os cofres do município de Nossa Senhora das Dores estariam “sangrando” por conta de gastos com contratos irregulares em vigência.

Segundo o parlamentar, documentos comprovando a denúncia foram apresentados por ele no Plenário e mostram acordos realizados de forma equivocada, muitos deles sem licitação, com empresas próximas e de pessoas ligadas à gestão. João Marcelo expõe que o prefeito da cidade, Mário (Cidadania) teria entrado com uma ação, negando o fato exposto.

“Minha voz no Plenário, por conta da minha função e imunidade parlamentar, ele (o prefeito) não pode calar. Se eu estou defendendo o povo no meu exercício e ele entra com ação, ele ajuíza ações contra o próprio povo, o que ele fez não tem fundamento, não tem objeto. Pessoas ligadas a gestão praticam nepotismo a torto e a direito, o nepotismo é absurdo e flagrante no município de Dores”, disse o deputado.

Foi exposto que alguns dos contratos somados geram um dispêndio de R$ 150 a 160 mil mensalmente.

Na oportunidade, João Marcelo também manifestou sua inquietação quanto a retirada de faixas colocadas por ele na cidade de Nossa Senhora das Dores, supostamente também a mando do atual gestor do local.

O parlamentar avaliou que a ação do prefeito vai contra a liberdade de expressão, e representa um desrespeito com o povo.

“É uma questão pequena perto de todos os acontecimentos que têm ocorrido em Nossa Senhora das Dores. Sempre tive meu posicionamento político, e quando você se posiciona sempre vai ter adversários, mas jamais eu nunca fui tratado assim por outros adversários, e quando fui prefeito não agi dessa forma autoritária”, disse ele.

Segundo o deputado, pessoas ligadas à própria gestão alegaram que a retirada do material seria justificada pela inadequação do local onde ele foi posto, que não respeitaria normas ambientais.

“Aproveite a oportunidade de agir com menos autoritarismo, ele não nos leva a lugar nenhum, o que ficam são os bons exemplos. Ao invés de mostrar os bons caminhos que tem feito na prefeitura, ele ( o prefeito), se preocupou em apagar a nossa voz, que não será apagada”, relatou ainda João Marcelo.


O anúncio de que a vacina da Pfizer é eficaz para crianças de 5 a 11 anos traz esperança e alívio em meio à pandemia, diz André Moura E o anúncio de que a vacina da Pfizer é eficaz para crianças de 5 a 11 anos foi comemorado pelo ex-deputado federal André Moura nas redes sociais: “Traz esperança e alívio em meio à pandemia. Desde julho, por exemplo, os casos pediátricos da Covid-19 nos EUA aumentaram em quase duas vezes e meia, por isso é necessário encontrar respostas o quanto antes”, escreveu.

Uso emergencial André Moura lembrou que além de ser mais transmissiva, a variante Delta é mais perigosa em crianças, por isso a necessidade de atenção especial. “As duas fabricantes já solicitaram o uso emergencial do imunizante nos EUA e Europa. No Brasil, a vacina está autorizada para uso em jovens a partir dos 12 anos”, explicou o ex-parlamentar.

Grande repercussão A repercussão do editorial de ontem deste espaço foi muito grande. Por causa da pequena publicação de um print, o blog recebeu um farto material bombástico sobre o fofoqueiro-mor e o sonso da arquidiocese de Aracaju. Parece que ambos estão se tornando pessoas indigestas em Sergipe, juntamente com o seu chefe. É melhor parar com as investidas contra os pares, porque as coisas podem se complicar ainda mais.

Coronel Marcony, a batata está assando Até o momento, o comandante da Policia Militar de Sergipe, coronel Marcony Cabral Santos, está respondendo a três procedimentos sigilosos no Ministério Público de Sergipe/MPSE (17.21.01.0077, 17.21.01.0073 e 17.21.010072) e mais três públicos (15.21.01.0131, 81.21.0169 e 81.21.01.0067). Em respeito ao sigilo determinado pelo MPSE, iremos nos abster em relação ao mérito do que está sendo apurado, entretanto, é possível observar que, de maneira diligente, os competentes promotores Jarbas Adelino do Santos e Dejaniro Jonas estão apurando os casos.

Riachão do Dantas e Boquim: Diná Almeida participa de assinaturas de Ordens de Serviço A deputada estadual Diná Almeida (Podemos) participou ontem, 20, de duas solenidades de assinaturas de Ordens de Serviços no interior sergipano, a convite do Governador Belivaldo Chagas e do Secretário Estadual do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), Ubirajara Barreto.

Rodovia A primeira, em Riachão do Dantas, foi para a execução de revestimento primário na Rodovia SE-287, nos trechos da entrada do povoado Tanque Novo e do povoado Triunfo (Simão Dias). Em seguida, foi a vez da assinatura da Ordem de Serviço em Boquim, para reestruturação de parte da Rodovia SE-160, no trecho que liga o município a Pedrinhas.

Parceria Durante a assinatura de uma das Ordens de Serviço, o Governador Belivaldo Chagas citou que os deputados ali presentes, a exemplo de Diná Almeida, eram parceiros de sua gestão. A parlamentar costuma buscar e cobrar soluções para atender às demandas dos municípios junto ao Governo, aproveitando cada oportunidade para dialogar com as demais autoridades sobre projetos e ações.

Fábio Reis destaca o Pró-Rodovias Já o deputado federal, Fábio Reis, MDB, também destacou a reestruturação de estradas e rodovias sergipanas. Ao lado do governador Belivaldo Chagas, de prefeitos e demais deputados, o deputado federal Fábio Reis (MDB-SE) acompanhou os dois atos em Riachão do Dantas e Boquim. “É o Pró-Rodovias melhorando significativamente a infraestrutura rodoviária do nosso estado através do investimento de cerca de R$ 330 milhões para recuperar aproximadamente 500 km de estradas”, destacou Fábio.

Senadora defende adoção de medidas que facilitem o acesso dos jovens ao mercado de trabalho Estudos internacionais, comandados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), revelam que a população entre 18 e 29 anos, que começa a procurar emprego ao longo de crises econômicas, têm a pior história laboral, a menor remuneração e a menor oportunidade ao longo da sua vida. “Isso significa que essa parcela da sociedade é uma das que mais sofre com o desemprego e daí a necessidade da criação de postos de trabalho que a contemple, sobretudo, no mercado formal”, apontou a senadora Maria do Carmo Alves (DEM).

Vagas de trabalho Ela destacou a possibilidade de abertura de 2,5 milhões de vagas de trabalho até o final do ano, conforme anunciou o ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, durante audiência pública da Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados, semana passada. “A taxa de desemprego se elevou a níveis preocupantes. As pesquisas apontam que 14,8 milhões de pessoas estão nessa situação. E quando esse dado leva em consideração os jovens, esse patamar chega a 35,9%. Temos um alto número de brasileiros entre 18 e 24 anos que nem estuda e nem trabalha”, afirmou Maria.

Dados Os dados apontados pela senadora são de um relatório feito pela Organização para Cooperação do Desenvolvimento Econômico (OCDE). “Isso mostra que o Brasil tem o dobro de jovens na “geração nem-nem” em relação a países ricos. “Precisamos criar e intensificar medidas que viabilizem o acesso desses jovens ao mercado profissional, eliminando pontos que geram dificuldades, como, por exemplo, a exigência de experiência. “Como adquirir experiência sem ter a garantia do emprego”?

Byron reúne comando da PM e ambulantes para discutir segurança da Cinelândia O vereador de Aracaju, Sargento Byron (Republicanos), reuniu, em seu gabinete ontem, 20, membros da Polícia Militar de Sergipe, tenente-coronel Gilmar representando o Comando do Policiamento da Capital Sergipana e o tenente-coronel Jorge, comandante do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), e representantes dos vendedores ambulantes da Cinelândia. A reunião teve como objetivo discutir o fortalecimento da segurança do local, que voltou a ser um dos principais pontos de lazer dos aracajuanos e turistas aos finais de semana.

 Aumento assaltos e uso de drogas Segundo relatos dos comerciantes, houve um aumento expressivo no número de assaltos e usuários de drogas ilícitas no local. “Tem causado insegurança e, por isso, recorremos ao vereador para que nos ajude na solução deste problema”, disse um dos vendedores que preferiu não se identificar.  “Todos os espaços públicos devem garantir conforto e, acima de tudo, segurança às pessoas. Como um ponto turístico, que hoje é a Cinelândia, localizada na Orla da Atalaia, que é o principal cartão postal da cidade, vai seguir progredindo se as pessoas estão com medo de frequentar? O comando da polícia foi extremamente compreensível e se comprometeu em organizar estratégias que visem melhorar a segurança do local e devolver o sentimento de segurança a esses comerciantes que só estão indo em busca da renda, da forma de sobrevivência com honestidade e respeito às pessoas. Estou muito feliz pelo interesse da PM Sergipe em solucionar esse problema”, disse.

Estratégias “Essa aproximação que estamos tendo com o vereador Byron, que está, verdadeiramente, preocupado com a situação, representando todos nós e com a vontade em ajudar sem interesse de mídia é muito importante. Obrigado, Byron, por realmente defender o comércio e todos que dependem dele”, agradeceu Gustavo Monteiro, vendedor ambulante. Na ocasião, os representantes da PM Sergipe asseguraram que farão um estudo para que possam montar estratégias e intensificar o policiamento no local.

Articulação entre os movimentos sociais É de conhecimento público que o Movimento Polícia Unida vem lutando há meses pelo direito ao adicional de periculosidade para policiais civis, policiais militares e bombeiros militares de Sergipe. Falta o Governo de Belivaldo sair da inércia e começar a pagar devidamente os integrantes das forças de segurança e salvamento. De forma paralela e distante dos holofotes, Adriano Bandeira, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE), tem se aproximado das lideranças da Central Única dos Trabalhadores (CUT), do Fórum dos Servidores Públicos de Sergipe e de outras forças sindicais que lutam pela revisão geral anual, direito também previsto na Constituição Federal aos servidores públicos para reposição de perdas financeiras anuais provocadas pela desvalorização da moeda, decorrente de efeitos inflacionários.

Articulação entre os movimentos sociais II Se os servidores públicos deixarem as ideologias políticas de lado e se unirem, a conquista pela revisão geral anual passa a ser uma possibilidade real. Uma prova dessa aproximação foi observada ontem, 20, quando o Movimento Polícia Unida participou de mobilização coletiva em frente ao Palácio dos Despachos, na capital sergipana. Entre as pautas, a luta pela revisão geral anual e por reajuste salarial. Os movimentos sociais, sindicatos e associações representantes das diversas categorias de servidores públicos estaduais parecem ter despertado e estão se aproximando pelo ponto que os une: a insatisfação generalizada com o Governo de Belivaldo Chagas. É aguardar e conferir!

Curso ministrado por sensei Ronaldier foi sucesso O curso técnico de Karatê Bunkai Kata e Kumitê ministrado pelo sensei 6º DAN Ronaldier Rodrigues – bi campeão mundial tradicional – realizado no último sábado no Centro de Excelência do Colégio Master, em Aracaju, foi coroado de êxito com a participação de 27 inscritos. O curso quebrou vários paradigmas do karatê e os participantes ficaram entusiasmados com a objetividade passada pelo sensei. “Devido aos vários campeonatos que participou o sensei Ronaldier está desenvolvendo um estudo para passar o karatê com mais objetividade e por isso todo mundo aplaudiu de pé”, disse Yoacan Jocélis, do Clube de Karatê União que organizou o evento. O curso teve a presença de outros estilos de karatê e de vários clubes de karatê numa demonstração da importância e da qualidade do curso técnico ministrado pelo sensei Ronaldier Rodrigues. O que foi arrecadado ajudará no tratamento de saúde do pais do professor e atleta Yoacan Jócelis. “O clube de karatê União agradece a todos que apoiaram e os patrocinadores”, concluiu.

Receptividade e carinho Ao final do curso o sensei Ronaldier enviou a seguinte mensagem: “Aproveito o ensejo para agradecer aos presentes pela receptividade e carinho. Nada mais gratificante do que ser bem recebido por pessoas que se quer nos conhece. Isso é a prova da grandeza de nós karatecas. Aos professores presentes meu profundo respeito. O trabalho de vocês sem dúvidas é crucial para o crescimento do Karatê-Do Sergipano. Aos alunos um pedido. Apoiem seus professores. A arte de ensinar não é fácil apesar de prazerosa. Sem vocês nada acontece, por isso sejam presentes e valorizem cada palavra, gesto é porque não os puxões de orelha. Sempre são com a melhor das intenções. Ao professor Yoakan o meu muito obrigado pela atenção, cuidado e por aceitar o desafio. Espero ter contribuído de alguma forma, assim como aqueles que apoiaram o evento. Espero que tenham gostado das informações, que pratiquem e que passem a diante o que acharam pertinente. Forte abraço a todos; Até uma próxima oportunidade.”

ARTE E SOLIDARIEDADE
Palco dos Sonhos lança Circuito Beneficente de Artes 

O Circuito Beneficente de Artes surgiu do desejo comum do Palco dos Sonhos e dos artistas plásticos sergipanos: Nino Karvan, Antônio da Cruz, Sônia Mellone e Aquiles Castro de unir arte, cultura e solidariedade para ajudar as famílias que estão em situação de vulnerabilidade social nesta pandemia causada pela Covid-19.

As 60 obras dos quatro artistas plásticos contam com a curadoria de Fernanda Kolming e estão disponíveis para vendas no site: www.palcodossonhos.com , 20% do que for arrecadado com a comercialização dos quadros será revertido para compra e a distribuição de cestas básicas, às instituições e comunidades quilombolas escolhidas pelos quatro artistas. Quem desejar também pode realizar doação espontânea através do Pix 79991552277.

Além da exposição virtual fixa no site do Palco dos Sonhos o Circuito Beneficente de Artes também irá realizar exposições presenciais em diversos municípios sergipanos, com o objetivo de levar arte e cultura para o público em geral e reverter o acesso à exposição em 1kg de alimento.

Os artistas escolheram as seguintes comunidades e instituições a serem beneficiadas na primeira edição da Campanha Beneficente de Artes: AAACASE (Associação de Apoio a Adultos com Câncer do Estado de Sergipe), Creche Ação Solidária Almir do Picolé e as comunidades quilombolas Maloca (Aracaju), Mussuca (Laranjeiras) ePorto D’Areia (Estância).

Unimed Sergipe colabora com Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias O compromisso da Unimed Sergipe com a sociedade sergipana vai além de oferecer saúde de qualidade. A área ambiental também é uma das preocupações da operadora de saúde que apoia diversos projetos, através da sua Assessoria de Sustentabilidade. No último sábado, 18, a Unimed Sergipe participou como apoiadora do World Clean Up Day, o Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios. 

Promoção A ação, no Brasil, foi promovida pela Organização Não Governamental (ONG) Fundação Mamíferos Aquáticos e aconteceu em três estados simultaneamente: Sergipe, Bahia e Paraíba. Em Aracaju, a praia de Aruana foi o local escolhido para a limpeza e também para a conscientização. Para apoiar a ação, a Unimed Sergipe disponibilizou para voluntários máscaras, álcool em gel, luvas e protetor solar.

Campanha educativa “Esta iniciativa envolve organismos diversos, públicos e privados, um esforço conjunto das sociedades em favor da vida. Mais do que um dia de limpeza simbólica, é uma campanha educativa que deve ser replicada todos os dias do ano por todos nós. A nossa Unimed Sergipe participa ativamente dessa iniciativa, através da sua Assessoria de Sustentabilidade, envolvendo seus colaboradores, voluntários e cooperados, além de contribuir com doações de kits de segurança”, explica o assessor de sustentabilidade da Unimed Sergipe, Dr. Rômulo Oliveira.

Voluntários A ação iniciou com uma atividade física com os mais de cem voluntários participantes. Divididos em grupos, estes voluntários realizaram o trabalho de coleta em diversos pontos da praia de Aruana. Também foi disponibilizado um drive-thru para que as pessoas pudessem levar materiais recolhidos em outro lugar para o descarte correto. A ação acontecerá até o próximo dia 29 de setembro. Estimativas apontam que até 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos. Um dado preocupante que precisa ser discutido todos os dias e é um dos grandes desafios da Década do Oceano (2021-2030).

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Da série de fotografias do cidadão Wanderson Andrade: https://www.instagram.com/wander.bastoss/ Taí o Vaqueiro MANOEL MESSIAS, 65 anos, pai de nove filhos … Saúde próspera, presença imponente, voz em pianíssimo …

EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

 

“O trabalho com alunos/futuros escritores” Este é o tema da live de hoje, 21, a partir das 19h que faz parte dos eventos online da Feira do Livro de Itabaiana. A live terá a participação do professor João Mendonça que leciona na rede particular e na rede estadual em Itabaiana. A live terá a presença também do poeta e escritor Thiago Fragata que lançará o livro de poesias “Fragatas não voam só”. Não perca, a partir das 19h, no instagram: www.instagram.com/o_escritor_na_livraria

 

 

 

 



Seminário técnico de revisão do Sinapi amanhã, 22, às 14h30 A próxima edição do Seminário Técnico de Revisão do Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi) – referência oficial para a elaboração do orçamento de obras que empregam recursos do Orçamento Geral da União (OGU) – será em Sergipe amanhã, 22/9, às 14h30. No encontro serão apresentados e debatidos com empresários e profissionais orçamentistas da indústria da construção os aspectos que podem favorecer a elaboração de orçamentos por órgãos públicos e empresas privadas. A ideia é sanar dúvidas dos usuários de Sergipe sobre como quantificar o serviço e se a sua referência está adequada para a situação ou condições da obra.

Participam, como debatedores:

Luciano Franco Barreto – Presidente da Aseopp
Francisco Otoniel Mesquita Costa – Vice-presidente de Obras Públicas da Aseopp
Geraldo de Paula Eduardo – Consultor CBIC/Sinapi
Álvaro Andrade Vasconcellos (Múltipla Engenharia) – Visão Empresarial do Sinapi
Mauro Fernando Martins de Castro – Gerente executivo do Sinapi/Caixa
Iris Luna Macedo – Coordenadora do Sinapi/Caixa
A iniciativa tem interface com o projeto “Melhoria da competitividade e da Segurança Jurídica para Ampliação de Mercado na Infraestrutura” da Comissão de Infraestrutura (Coinfra) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), com a correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional)

Inscreva-se: https://www.instagram.com/p/CSe6zasJ5bC/?utm_medium=share_sheet


PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OPINIÃO

66.ª SESSÃO DA ASSEMBLEIA-GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS             

O VANILÓQUIO DA BESTA-FERA NA ONU

Por Clarkson Ramos Moura

A TRIBUNA DA ASSEMBLEIA DA ONU
NESTA TERÇA, VIRA UM PICADEIRO:
GAFE, BAFO, FARSA E PALHAÇADA
OUSARÁ PARODIAR O TRAPACEIRO.
ENQUANDO ISSO, O PAÍS SE ESVAI
ANTE INDEFESO POVO BRASILEIRO.

IGNARO, ROTO, RACISTA E TOSCO,
ALÉM DE GENOCIDA E MILICIANO,
A BESTA GANHOU PSEUDÔNIMOS:
MULO DE DAVOS, BUFÃO DA ONU,
FALSO RABINO DO HOLOCAUSTO,
CAMELÔ DE OSAKA, BOBO DO ANO.

NADA PARECIDO EM NOVA IORQUE,
AO LONGO DA VIDA REPUBLICANA,
O BRASIL SER VISTO COMO PÁRIA,
QUAL REPUBLIQUETA DE BANANA:
O BANDO DEVORAR PIZZA NA RUA,
PARA NÃO PERNOITAR EM CANA!

A INSANA BESTA APOCALÍPTICA
QUER PÔR CABO À DEMOCRACIA:
RENEGA OS 2 OUTROS PODERES,
POIS ADORA A CRUENTA TIRANIA.
PÕE FOGO NOS NOSSOS BIOMAS;
ESPALHA A COVID-19, PANDEMIA.

ATACA JORNALISTAS E JUÍZES
COM SEU USEIRO BAIXO CALÃO.
DE ROBÔS SAEM FAKE E CRIME,
COMO MEIO DE COMUNICAÇÃO:
É O ALGOZ DO ESTADO JURÍDICO
E DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

ABOMINA A CIÊNCIA E A CULTURA;
CULTUA ARMA, GOLPE E ANARQUIA.
ODEIA A COMUNIDADE LGBTQIA+,
E PRATICA A BANAL SUPREMACIA.
CRÊ EM TEORIAS CONSPIRATÓRIAS;
PREGA A PATRIOTICE E XENOFOBIA.

O MUNDO TEM GOZADO DO BRASIL,
PELOS RELINCHOS DA BESTA-FERA.
OSWALDO ARANHA E SUCESSORES
SABIAM FAZER VIBRAR A GALERA,
HOJE PIADAS BOMBAM NAS REDES,
QUE BIZARRA E TORPE ATMOSFERA.

OPINIÃO

Discurso político radical entre militares é um risco, diz constitucionalista

Para o professor Maurício Gentil, pregações contra as instituições e poderes democráticos proporcionam agitação política muito grande.

O Brasil está sob quebra dos pilares da democracia, com possibilidade de cancelamento das eleições de 2022. Esta é a conclusão de um manifesto divulgado na última quarta-feira, 15, pela organização Human Rights Watch, ONG que acompanha a situação dos direitos humanos em todo o mundo. De acordo com a entidade, isso ficou ainda mais claro após as manifestações de rua convocadas por movimentos de direita a favor do presidente Jair Bolsonaro. Em um dos protestos, o chefe de governo fez fortíssimos ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e acusações não-comprovadas de supostas fraudes no sistema eleitoral eletrônico.

O manifesto da HRW cita, em um trecho, o envolvimento direto de integrantes das Forças Armadas no governo, inclusive com a ocupação de cargos comissionados e riscos de um possível uso político das instituições militares. “O presidente Bolsonaro ocupou o governo federal com mais de 6 mil militares da ativa e da reserva, inclusive em cargos importantes do seu gabinete. Ele sugeriu diversas vezes que as forças armadas apoiam seu governo”, afirma o documento, citando duas declarações públicas dadas por ele neste sentido. “Quem decide se um povo vai viver numa democracia ou numa ditadura são as suas Forças Armadas”, diz uma delas.

E este é dos principais questionamentos feitos pelos opositores do atual presidente, somando-se à intensa participação de policiais militares da ativa e da reserva em atividades políticas. Segundo juristas, isso se distancia das funções constitucionais de defesa da ordem pública, da democracia e da Constituição, como está previsto no artigo 144 da Carta Magna: “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio”.

“De fato, tem havido na parte de seguidores políticos do atual presidente da República, em parte insuflados também pelo seu discurso, uma retórica radicalização da atuação das Forças Armadas e das polícias militares estaduais”, argumenta o professor Maurício Gentil Monteiro, titular de Direito Constitucional da Universidade Tiradentes (Unit Sergipe), avaliando que as últimas manifestações dos apoiadores foram encaradas por eles como uma “suposta batalha final em defesa da pátria”.

Segundo o professor, as corporações militares são setores armados do Estado brasileiro e, ao se posicionarem de forma aberta, acabam gerando uma grande agitação política e “um quadro de tensão, sobretudo na perspectiva daqueles que defendem a democracia e que não podem aceitar que se encaminhe para a postulação de um golpe de estado que pudesse retroceder a uma situação de fechamento autoritário do regime”, seja no Sete de Setembro ou em qualquer outra data.

Gentil ainda explica que existem meios jurídicos válidos para conter essa tentativa de radicalização e essa agressividade praticadas contra as instituições. “Isso já vem correndo, mas é preciso ter todo o cuidado para evitar que um discurso de fechamento autoritário do regime prolifere, ameaçando nossa democracia e o estado de direito entre nós. O campo democrático do país deve procurar minimizar esses efeitos a atuar institucionalmente na defesa da democracia estando alertas para evitar que esses atos contribuam para mais e mais radicalização”, observa.

OPINIÃO

Plano de Desenvolvimento da Alese é fundamental para o crescimento econômico e social do Estado

Por Diógenes Brayner

O Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentado de Sergipe (PDES) lançado pela Assembleia Legislativa através de parceria com a Fundação Dom Cabral, dá uma nova expansão ao trabalho do parlamento em Sergipe, que faz uma análise profunda dos números de crescimento do passado, em comparação com o momento presente. Havia realmente necessidade de uma integração maior entre o legislativo e as necessidades de desenvolvimento de Sergipe.

A Assembleia não poderia permanecer em discussões internas, geralmente de caráter político, sem se aproximar mais concretamente de uma realidade que se discutia apenas através de interesses coloquiais, para que cada um se destacasse em pronunciamentos sobre a realidade não consolidada e através dos olhos que não enxergavam a necessidade técnica para um estudo que sugerisse maior amplitude aos problemas da comunidade.

O próprio Fórum Itinerante surge como um avanço para se chegar bem mais próximo a segmentos que podem ajudar e participar do desenvolvimento que tanto se precisa nesse momento de recuperação de cada Estado e do próprio País. Sugerido pelo presidente da Alese, deputado Luciano Bispo (MDB), o Fórum vai acontecer em municípios – dez aproximadamente – junto com as Câmaras Municipais, com a participação de gestores, empresários e das comunidades, que são as mais conscientes da realidade que enfrentam e capazes de relatar meios regionais para se integrar a um projeto que avalie como se chegar ao crescimento regional.

Ser coadjuvante – Luciano Bispo, que participou diretamente de toda a criação do projeto, demonstra sua visão de que a busca de um desenvolvimento sustentável vai além de qualquer ação parlamentar e demonstra que a Assembleia, como um todo, precisa ser coadjuvante nesse processo de crescimento do Estado, ao lado do executivo e setores da área privada que atuam com visão de uma reestruturação ampla em todas as suas vertentes. Luciano defende um avanço nas questões sociais, ouvindo diversos segmentos, dos empresários, industriais, do próprio governo e outras instituições.

Essa iniciativa da Assembleia Legislativa dá uma demonstração clara da preocupação do presidente da Casa, deputado estadual Luciano Bispo, através da experiência adquirida como prefeito do município de Itabaiana, e das visitas constantes que faz a vários municípios do Estado, durante o período que está e esteve à frente da Alese. Ele percebeu que cada região tem características variáveis para um projeto de desenvolvimento sustentável, que se deve identificar através de estudos e participação de sua população, que deve ser avaliado com maior intensidade, dentro dos segmentos econômicos característico de cada município.

A sensibilidade de Luciano Bispo deixa clara que a sua ação parlamentar demonstra competência para atuação num projeto político de executivo, em que colocaria toda essa visão a serviço de um Estado que precisa ampliar a sua estrutura econômica, dentro das necessidades sociais e que leve a sociedade como um todos, em todas as suas tendências e vocações, a participar do desenvolvimento planejado, que torne o futuro mais presente.

Início em Socorro – O Fórum Itinerante foi iniciado com uma sessão na Câmara de Vereadores de Nossa Senhora do Socorro, e a apresentação técnica do Plano atraiu diversos segmentos e empresários ligados à atividade econômica do município. “Diante tantas pessoas presentes em Socorro, fiquei com a convicção que acertamos na escolha de iniciar por lá esse Fórum. Por onde a gente passar, eu farei questão de dizer que este Plano não é meu, mas um presente da Assembleia para o povo sergipano”.

O presidente da Alese reforçou que, com o Plano de Desenvolvimento, agora se tem uma base técnica, um diagnóstico preciso, que agora precisa ser potencializado, melhorando e ampliando a relação com o setor produtivo. “Para tornar esse Plano viável e acessível à população em geral, estamos promovendo uma ampla discussão com audiências públicas itinerantes e regionalizadas. Estamos buscando resultados efetivos, criando um ambiente atraente e bastante competitivo”.

Em Lagarto – Essa semana a Assembleia Legislativa de Sergipe deu continuidade ao Fórum Itinerante do Plano de Desenvolvimento desta vez em Lagarto, no auditório da Faculdade Ages, que cedeu o espaço para abrigar uma sessão da Câmara Municipal, para que os técnicos da Alese fizessem uma exposição para os vereadores e empresários da cidade. Assim como em Nossa Senhora do Socorro à aprovação do público foi muito satisfatória.

“Eu sou o homem público que mais fez e olhou para os mais pobres de Itabaiana, minha terra, mas também sempre tive a preocupação de incentivar o empresariado em geral, porque eles geram emprego e renda, elevam a receita do município. Só que eles precisavam de um ‘norte’, assim como os prefeitos. Agora eles já possuem uma ‘direção’ com o Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável”, completou o presidente da Alese.

Para Luciano Bispo esse PDES vai servir de parâmetro para empresários locais e gestores municipais conhecerem, com mais profundidade, as riquezas e deficiências de suas respectivas cidades. “A ideia de promover audiências itinerantes aproxima o Poder da sociedade, mas também dá essa direção para os novos investidores. É preciso que o poder público estimule essas pessoas a buscarem suas vocações”. A próxima edição do Fórum Itinerante está agendada para Estância, no próximo dia 28.

PELO TWITTER

www.twitter.com/BacelarBatista Petrobras encerra a parceria de 40 anos com o Projeto Tamar, que cuida de espécies marinhas em risco de extinção. É mais uma tragédia causada pelo governo de Bolsonaro.

www.twitter.com/ minc_rj Tamar é o + bem sucedido Projeto de Biodiversidade. Na minha gestão do MMA duplicamos seu alcance.
Soltei a tartaruguinha n. 10 milhões.
Já passaram de 20 mi.
Triplicou o avistamento delas nas praias do SE.
Incluia pescadores e comunidades para preservar ovos.

www.twitter.com/EspacoMilitar A VOLTA DA MESA DE ENROLAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO – http://espacomilitar.com/2021/09/a-volta-da-mesa-de-enrolacao-do-governo.html

 

 

 

 





www.twitter.com/andretrig Será que Bolsonaro comentará na ONU os sucessivos recordes de desmatamento na Amazônia? Apenas em agosto foi destruída uma área verde equivalente a 5x o tamanho de Belo Horizonte. Maior índice em 10 anos, segundo o @Imazon @GloboNews

www.twitter.com/gugachacra BoIsonaro DIZ NÃO TER SE VACINADO. Mas não sabemos se ele está vacinado ou não. Se ele estiver falando a verdade e não se vacinou, é abertamente anti-ciência e demonstra ignorância (lembro que os ídolos dele Trump e Netanyahu foram vacinados). Se for mentira, é mau caráter

Siga Blog Cláudio Nunes:
Instragram

 Facebook

 Twitter


Frase do Dia
“Não controlamos a vida — somos a vida.” Coen monja zen budista brasileira.





O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais