E lá se foi o controverso Fidel Castro

0

Um dos nomes mais importantes da política internacional no século XX, Fidel Castro deixou o mundo dos vivos n madrugada de sexta-feira aos 90 anos de idade. Foi o próprio irmão, Raul Castro, seu sucessor na presidência de Cuba – cargo que Fidel ocupou por 49 anos – quem fez o comunicado à Nação e ao Mundo da morte de Fidel, mas sem revelar a causa mortis. É bem verdade que Fidel já vinha doente nos últimos 15 anos, mas tantas vezes anunciou-se a sua morte que ele próprio brincava: “Ninguém vai creditar quando de fato eu morrer”. Não foi bem assim, o mundo recebeu a noticia com natural incredulidade. Fidel desafiou o mundo ocidental ao estabelecer uma ditadura comunista na pequena ilha  cuja distância do território americano não passava de 150km (Miami seria a cidade mais próxima). Verdadeiro ídolo para as esquerdas de todo o mundo, Fidel era adorado e odiado com a mesma intensidade – tanto que, ao anuncio de sua morte, os exilados cubanos nos Estados Unidos festejaram. No mundo inteiro, a repercussão da morte foi como se esperava: havia aqueles que davam declarações ressaltando a passagem pela presidência de Cuba, outros relembrando violências praticadas pelo seu governo, como o fuzilamento daqueles que se mostravam contra sua presença à frente do governo cubano. Um governo controverso: Fidel “fechou” o pequeno País a tal ponto que ainda hoje não há carros de modelos recentes pelas ruas cubanas. O comércio local se degringolou e até o turismo só foi retomado há poucos anos. De qualquer forma, não se pode esquecer que Fidel – homem de palavra fácil, capaz de  ser orador de comícios por quase 6 horas – mudou a geografia política do mundo. Aliado ferrenho da União Soviética comunista, o seu país ruiu com o fim da URSS, mas Fidel recusou-se a se aproximar dos Estados Unidos. Cuba teve que se virar por conta própria. Ao Brasil, Fidel veio várias vezes, geralmente para posses de novos presidentes. O seu corpo seria cremado no domingo e a partir desta segunda-feira as suas cinzas percorreriam o país até chegar a Santiago de Cuba em cujo território nasceu há 90 anos atrás. O seu irmão, Raul Castro, deve continuar presidente de Cuba pelos próximos dois anos. A sucessão dos Castros no comando de Cuba promete ser emocionante. Quem será o homem indicado para levar Cuba a um porto seguro pelos anos afora?

A agonia do Velho Chico
Título do artigo de autoria do ex-governador Albano Franco, publicado em “O Globo”, do Rio de Janeiro, no último dia 22, coincidentemente data de aniversário do articulista. O texto, citando dados de fontes oficiais, chama atenção para a baixa vazão razão das prolongadas estiagens e das crescentes retiradas de água para os projetos de irrigação, sobretudo no alto e médio São Francisco. De acordo com os dados, em 2025, as retiradas de água adicionadas à evaporação e a transposição serão maiores do que a afluência mínima do Rio. Nesse sentido, defende o Dr. Albano uma rigorosa e competente governança auto-sustentável das águas do Velho Chico. Além dos enormes danos ambientais, o artigo chama atenção para as reais possibilidades de colapso no abastecimento de água no Baixo São Francisco, especialmente em Sergipe, já que 52% da população do Estado e 70% da Grande Aracaju dependem das águas do Velho Chico.
De fato, com a atual baixissima vazão de 70m3/s, que se prolongará até o próximo ano, a DESO vai ter que dragar o leito seco do Rio no local da captação da adutora do São Francisco, em Propriá para garantir o abastecimento da Grande Aracaju. Uma tragédia anunciada.

Medalha do Mérito Eleitoral
O Tribunal Regional Eleitoral faz a entrega hoje, em solenidade marcada para as 17h, da Medalha do Mérito Eleitoral. Na oportunidade, 12 personalidades serão homenageadas. A Medalha do Mérito Eleitoral no grau Comendador, será outorgada às seguintes personalidades: General Artur Costa Moura, Conselheiro Clovis Barbosa de Melo, Desembargador Roberto Eugenio da Fonseca Porto, Desembargador Federal Vladimir Souza Carvalho, Juiz Fábio Cordeiro de Lima, Jurista José Dantas de Santana, Jurista Lenora Viana de Assis, e o Secretário de Segurança Pública, João Batista dos Santos Junior. Receberão Medalha do Mérito Eleitoral no Grau Oficial o servidor do Ministério Público Federal Clélio Barreto Cruz Nogueira e as servidoras aposentadas do TRE-SE Maria de Lourdes Leite Lisboa, Maria Nildete Lobão Costa Melo e Leda Maria Linhares Constantino da Silva.

   …e para encerrar…
BLOQUEIO – O Tribunal de Contas do Estado  faz as dez horas d manhã desta segunda-feira, uma sessão extra do Pleno com a finalidade de apreciar pedidos de bloqueio das contas de vários municípios do interior do Estado que ainda permanecem com salários dos servidores em atraso. Os Prefeitos tiveram até a última sexta-feira para comprovar os pagamentos.
     ***
POSSE – Já está certa a posse do Sr. Paulo das Varzinhas na Prefeitura de Laranjeiras no próximo dia primeiro de janeiro. Não haverá por conseguinte a convocação de novas eleições no município.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários