É proibido morrer!

0

Quem estiver pensando em ser sepultado nos cemitérios públicos de Aracaju é bom mudar logo de idéia. Em entrevista ao Jornal da Cidade, o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) disse que a Prefeitura continua tentando encontrar possíveis áreas para só depois definir recursos, desapropriar o terreno e elaborar o projeto. Como se vê, não será uma obra para curto prazo, apesar de os cemitérios públicos não disporem de vagas há muito tempo. Como nesse mundão de meu Deus não se pode deixar de morrer, quem o fizer vai dar muito trabalho à família para encontrar um espaço no São João Batista ou no Cambuís. 

 

Excesso de cesarianas

 

A taxa de cesarianas no Brasil cresceu apesar de iniciativas do governo para reduzi-la. Segundo a Folha de São Paulo desta segunda-feira, no ano passado, 84,5% dos partos cobertos por planos de saúde não foram normais – contra 79% em 2004. A Organização Mundial de Saúde recomenda máximo de 15%. A cesariana é mais cara que o parto normal e acarreta mais riscos para a mãe. A Agência Nacional de Saúde Suplementar usa a taxa de cesarianas como critérios de avaliação dos planos de saúde.

 

Fichas sujas

 

A sociedade brasileira aperta o cerco contra os políticos fichas sujas. O movimento organizado por bispos, padres e fiéis da Igreja Católica tem como objetivo impedir que políticos condenados em qualquer instância por improbidade administrativa possam se candidatar novamente. Pela proposta, que agora só precisa de mais 300 mil assinaturas para virar projeto de lei, também será excluído da vida pública quem foi denunciado por tráfico de entorpecentes e drogas ou crimes como falsificação de documentos oficiais e formação de cartel.

 

Campeão de violência

 

Nos últimos 10 anos, 42 torcedores morreram em conflitos dentro, no entorno ou nos acessos aos estádios de futebol. Os dados foram contabilizados e estudados pelo sociólogo Maurício Murad, baseado em dados fornecidos por jornais, revistas e rádios das principais cidades do país entre os anos de 1999 e 2008. “Quando começamos a fazer o levantamento, o Brasil estava em terceiro lugar na comparação com outros países no número de óbitos. A ordem era Itália, Argentina e Brasil. Hoje, 10 anos depois, o Brasil alcançou o primeiro lugar. É uma conquista trágica, perversa”, afirma o professor. Lastimável!

 

Mais rigor

 

Os torcedores de futebol mais violentos deverão ser punidos em breve com penas alternativas. A expectativa é que o novo Estatuto do Torcedor se torne lei até outubro próximo. As novas regras estabelecem, por exemplo, uma pena alternativa para o torcedor violento, em que ele deverá prestar serviço comunitário, por até três anos, sempre nos dias e horários em que seu time estiver jogando. Essa é uma maneira de tirar do estádio as pessoas que estão brigando ou atrapalhando.

 

Cerveja em alta

 

A crise econômica e as temperaturas mais baixas do inverno não afastaram a galera do consumo de cerveja, cujo mercado cresceu quase 4% em maio deste ano em relação ao mês anterior. Segundo dados da consultoria Nielsen, as vendas de cerveja em volume aumentaram 3,7% entre abril e maio. No acumulado até maio deste ano, o volume de vendas cresceu 2,9%. Ainda que em ritmo um pouco menor que o do ano passado, o setor mostra resistência aos abalos da desaceleração da economia. É que, em períodos de crise, os consumidores deixam de tomar bebidas mais caras, como o vinho e o whisky, mas continuam bebendo as mais baratas, como cerveja e chope.

 

Endereço novo

 

A Secretaria estadual da Segurança Pública vai mudar de endereço. Trocará o antigo prédio da Praça Tobias Barreto por um na esquina das ruas Itabaianinha com Estância, onde funcionava a extinta Secretaria Estadual de Transporte. O velho prédio será totalmente reformado, mas a obra deverá demorar porque ele é tombado ao Patrimônio Histórico Nacional e não pode sofrer alterações em sua estrutura física.

 

Guia turístico

 

Autoridades e empreendedores do mercado turístico se reúnem na próxima quarta-feira, no Enotrya Confraria (antigo D´Burgês), para o lançamento do Guia Sergipe Trade Tour 2009/2010, que chega à sua sétima edição. O trabalho reúne as potencialidades turísticas do Estado, mostrando suas belezas naturais, praias de águas mornas, culinária típica, acervo religioso, manifestações culturais, cidades históricas tombadas pelo Patrimônio Histórico Nacional e festas populares como Pré-Caju e São João.

 

Campeã do varejo

 

Dona do maior comércio varejista de Sergipe, Itabaiana não pára de crescer. Decidida a aumentar o número de empregos diretos, a atual administração municipal trabalha para revitalizar o Distrito Industrial, visando atrair novas empresas. O secretário da Indústria e Comércio de Itabaiana, Luiz Bispo, revela que, até o próximo ano, o município vai ganhar quatro novas indústrias. Segundo ele, os setores que mais crescem são a venda de caminhões, a cadeia produtiva de madeira e o comércio varejista, considerado o mais forte de Sergipe.

 

Disputa acirrada

 

Um sergipano poderá presidir a poderosa Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). É Ancelmo de Oliveira, que atualmente preside a Codise. Ele vai disputar o pleito, marcado para 24 de setembro próximo, com outros quatro candidatos, sendo três do Sul e um do Nordeste. No meio empresarial sergipano existe uma grande expectativa em torno da eleição de Ancelmo, que é o atual vice-presidente da CACB. Boa sorte!

 

Comércio clandestino

 

O presidente da Associação Sergipana de Supermercados, Manoel Prado Vasconcelos Filho, está preocupado com um novo tipo de comércio clandestino que está invadindo as feiras livres do interior. Segundo ele, caminhões chegam nas cidades interioranas para vender nas feiras produtos diversos, fazendo uma concorrência desleal aos feirantes, supermercados e mercearias da cidade, pois não pagam impostos. Pradinho acrescenta que já teve casos de se verificar em uma única feira cerca de 10 caminhões repletos de mercadorias.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais