Ecos da Tortura Política em Aracaju

0

Em Aracaju, neste momento, desenrola-se mais um capítulo da interminável história da tortura política durante o regime militar.

Um médico conhecido, meses atrás, foi acusado por estudantes, numa encenação pública, de ter prestado sua expertise a torturadores numa operação ocorrida no ano de 1976 naquela cidade.

O médico os processou pelo crime de calúnia e a questão está no judiciário sergipano.Acho que é um caso raro (quiça inédito?) em que um acusado da prática desses crimes vai a juízo.Por isso acho que o assunto tem uma importância que vai além das pequenas fronteiras do meu estado.E por isso escrevi um artigo jornalístico. Luciano Oliveira (Professor Aposentado UFPE/ E-mail: jlgo@hotlink.com.br ):

"Era o fim da tarde de uma sexta-feira e nós tínhamos um encontro marcado no bar. 'Nós' era um grupo de amigos que frequentavam a Faculdade de Direito de Sergipe, bebiam cerveja e liam Politzer. Naturalmente éramos todos de esquerda e fazíamos oposição ao regime militar que, nessa época, já começava a se desagregar. Não éramos propriamente heróis e a crônica de nossas ações não comporta nenhuma epopéia. Militávamos no partido de oposição legal, o MDB, líamos os livros proscritos, fazíamos política estudantil e, toda semana, renovávamos o jornal mural da faculdade. Alguns de nós, mais ousados, já tinham pichado nos muros da cidade um desses 'Abaixo a Ditadura!' que surgiam à noite e que de manhã eram rapidamente apagados pelos funcionários municipais. Outros tinham ligações com o clandestino PCB. Corria mesmo a boca pequena que um próximo da turma já havia feito um curso de marxismo-leninismo em Moscou… Mas era tudo. De repente a má notícia explodiu no bar: um dos colegas com quem tínhamos encontro havia sido preso! A menos de 40 metros do local onde estávamos, um policial tinha-o 'convidado' a seguir até uma delegacia, alegando uma história de cheque sem fundos. Mas na delegacia, para onde nos dirigimos rapidamente, ninguém estava sabendo dessa história. Logo compreendemos o que estava se passando, tanto mais que, nas horas seguintes, tomamos conhecimento de que outras pessoas do nosso meio (advogados, estudantes, líderes sindicais etc.) haviam recebido o mesmo 'convite'. Começamos então a correr de um lado para o outro para as providências de praxe: prevenir uns, pedir socorro a outros, avisar as famílias e – por via das dúvidas – tratar de arranjar um lugar para se esconder. Às três horas da manhã me despedi do colega com quem tinha corrido a cidade e acertamos nos encontrar no dia seguinte para, junto com o grupo, ver o que fazer. Eu fui me esconder e ele foi para casa, dirigindo o próprio carro. No dia seguinte, no horário marcado, ele não apareceu. Fomos até sua casa. Mas, como informou sua família, desde a véspera ele não tinha voltado. Tinha sido preso. Desapareceu sem deixar nenhum traço. Ele e o carro! Uma semana depois, ambos reapareceram."

O longo parágrafo acima é a transcrição literal do início de uma tese de doutorado que defendi em 1991 sobre os direitos humanos, a tortura e o pensamento político da esquerda brasileira, assunto a que fui levado pelo que aconteceu em Aracaju no fim de semana que antecedeu o Carnaval no ano agora longínquo de 1976, quando as forças de repressão da ditadura militar sequestraram, encapuzaram e levaram para o 28º Batalhão de Caçadores, a famosa "colina", uma boa trintena de opositores do regime. Todos, nos dias que se seguiram, foram torturados. Quando reapareceram, tinham os cabelos cortados no estilo "recruta", os barbudos tinham perdido a barba e, detalhe sinistro, todos tinham um pequeno ferimento na concavidade do alto do nariz, entre as sobrancelhas, seqüela de uma apertada máscara de borracha que lhes tinha sido aplicada no ato da prisão e que foram obrigados a usar durante o "interrogatório" que durou dias e noites intermináveis. Eram acusados de tentar (imaginem!) reorganizar o Partido Comunista Brasileiro, o famoso Partidão, que sempre fora contra a luta armada contra o regime…
Essa dolorosa lembrança, que me perseguiu durante anos, volta agora à lembrança no contexto do processo que se desenrola em Aracaju neste momento, opondo o médico José Carlos Pinheiro e um grupo de estudantes que promoveu, meses atrás, uma encenação de atos de tortura na frente do Hospital Santa Isabel, onde trabalha, acusando-o de prestar seu saber profissional aos torturadores. Com efeito, ele (ou qualquer outro médico) que tenha estado naqueles desvãos do inferno naqueles dias e noites, não deve ter "posto a mão na massa"… Seu papel teria sido "apenas" o de coadjuvante, verificando se as condições físicas dos presos ainda permitiam novos choques. Era fevereiro de 1976, Vladimir Herzog e Manoel Fiel Filho já haviam sido "suicídados" no DOI-CODI paulista e Geisel havia demitido sumariamente o comandante do II Exército, sob cuja jurisdição os "suicídios" ocorreram. Os torturadores, ainda que desafiando o presidente e sua política de Distensão, provavelmente também receavam sua mão prussiana e não queriam que novos "acidentes de trabalho" ocorressem. Daí a presença de médicos nessas sessões sinistras. É o que suponho.
De toda forma, é uma acusação muito grave. "Quem de qualquer modo concorre para o crime, incide nas penas a ele cominadas" – diz um artigo do Código Penal, se ainda me lembro das aulas da professora Juçara Leal. E assessorar torturadores é concorrer para seu abjeto ofício. O assunto está sub-judice, e acho prudente esperar o desenrolar dos acontecimentos. Afinal, deve-se reconhecer que José Carlos Pinheiro tomou uma atitude em que não faltou coragem: denunciar seus acusadores à justiça pelo crime de calúnia. A coragem reside no fato de que tal crime admite o que o mesmo Código chama de "exceção da verdade": ou seja, os acusados podem diante da justiça argüir que não cometeram calúnia, trazendo provas de que os atos que denunciaram são verdadeiros. E pelo menos um dos torturados, o ex-vereador Marcélio Bonfim, repetindo denúncia que já fizera no plenário da Câmara de Vereadores em 1989, anunciou publicamente que está disposto a ir à audiência encarar o médico. Devemos esperar para ver como tudo isso vai terminar. Independentemente do desfecho, porém, o fato é da maior relevância jurídica e política. Em Aracaju, neste momento, desenrola-se mais um episódio da interminável história da violação dos direitos humanos durante o regime militar, e o atual capítulo, para nosso contentamento ou desolação, tem uma importância que vai muito além das nossas pequenas fronteiras.

Como quer que seja, fica a maior lição de tudo isso: os atos que hoje em dia pipocam no Brasil, denunciando as torturas durante o regime militar, não são mera manifestação de revanchismo, como os militares gostam de dizer. Eles se nutrem do fato de que a tortura – que em essência significa infligir dor num corpo imobilizado – é certamente a ação mais vergonhosa que um ser humano pode cometer. É tão horrorosa a perspectiva de ser torturado que até Jesus Cristo, que morreu num instrumento de tortura, na véspera das provações por que iria passar chegou a pedir ao Pai que o afastasse daquele Cálice – cálice que o apóstolo Paulo, que tinha a cidadania romana, preferiu não beber… Quem quer que leia os Atos dos Apóstolos (22; 23-29) verá que o maior divulgador do cristianismo, prestes a ser enviado por um tribuno a uma sessão de açoites para que se descobrisse por que a multidão vociferava contra ele, apelou ao centurião encarregado de cumprir a ordem: "É permitido açoitar um cidadão romano?" Não era, e ele se safou! Definitivamente, a tortura é um ato que deixa marcas para sempre: na carne de quem a sofreu, certo, mas também nas mãos de quem a praticou.

Emendas Parlamentares e o Proinvest
Objetivando conhecer melhor o processo de liberação de emendas parlamentares do orçamento da União, o blog pesquisou em alguns sites e descobriu que nenhum Estado ou Município consegue obter sequer metade do volume de recursos  oriundos de iniciativa parlamentar, sendo que na maioria dos casos os Estados conseguem receber no máximo de 20% a 30% disso.

Emendas Parlamentares e o Proinvest II
Por exemplo, no Ministério das Cidades, onde até pouco tempo atrás o sergipano Norman Oliveira ocupava cargo de destaque, por indicação de Senador Eduardo Amorim, e em cuja pasta tramita pedido de liberação de R$ 46 milhões, não se tem notícia, até agora, da liberação desses recursos, e olha que já estamos no final do ano.

Emendas Parlamentares e o Proinvest III
Será que é por isso que o Senador Eduardo Amorim quer trocar o empréstimo do Proinvest pela promessa de liberação de emendas parlamentares no montante de R$ 300 milhões, pois sabe que esse valor provavelmente não será liberado e se o for será em montante insuficiente para as necessidades do Estado? Será?

Concursos
Muitos deputados e promotores insistem em pedir concursos para diversas áreas no governo estadual, mas não fazem o dever de casa. Quando foi que a Assembleia e o Ministério Público Estadual realizaram concursos para cargos administrativos?

Sudene
Uma das mais produtivas reuniões já realizadas com o Conselho Deliberativo da Sudene (Condel), desde a sua recriação pelo presidente Lula. Essa foi a definição preponderante dos governadores nordestinos e dos técnicos que participaram do encontro promovido na cidade de Salvador (BA), até o início da noite desta sexta-feira, 9. O governador em exercício de Sergipe, Jackson Barreto, recebeu os cumprimentos da presidenta, ao final do encontro, já que ele, em sua intervenção, ao contextualizar o conjunto de medidas anunciadas pela presidenta, comparou-a a Celso Furtado, o idealizador do órgão nos anos 1950.

Idealizadores
“Agora Jackson, você vai confirmar o que você disse, ratificando suas palavras”, disse a presidenta, ao saudar o governador em exercício, Jackson Barreto,no final da reunião do Condel. Jackson Barreto não só ratificou, como elevou ainda mais a afirmação ao classificá-la no patamar dos grandes idealizadores do país, citando Juscelino Kubitschek e o próprio presidente Luíz Inácio Lula da Silva.

Reunião Objetiva
Abordando o anúncio da solução para o grande gargalo da Sudene, que era a sua dependência financeira, Jackson disse que "essa foi a melhor reunião que o Conselho Deliberativo da Sudene promoveu nos últimos anos". "De forma prática e objetiva, foram discutidas medidas concretas em favor da população, em favor do Nordeste e na preocupação com investimentos em obras estruturantes. A presidenta Dilma demonstrou preocupação com o social, com o ser humano ao não permitir que a população nordestina continue passando fome, demonstrando um sentimento muito forte de solidariedade do Governo Federal”, afirmou Jackson.

“Financeirização”
Além de anunciar o prolongamento dos programas Garantia Safra e Bolsa Estiagem por mais dois meses, a grande notícia esperada pelos governadores foi justamente o anúncio da “financeirização” da Sudene, que passará a contar com orçamento próprio, tendo mais autonomia no fomento aos diversos programas de desenvolvimento e combate à seca. “A presidenta assinou um decreto dando à Sudene a sua independência financeira, a partir do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Esta é uma conquista para todos os governantes nordestinos e, inclusive, foi uma batalha nossa no parlamento”, lembrou o governador em exercício, ao mencionar a sua atuação ainda como deputado federal.

Senador de SE entre os melhores de 2012
O senador Valadares (PSB) recebeu na noite da quinta-feira (8) homenagem do portal Congresso em Foco. Dos 594 parlamentares, o senador sergipano foi escolhido pelos jornalistas, que acompanham o Congresso Nacional, como um dos 50 parlamentares destaques de 2012. O senador Valadares foi selecionado na categoria "Combate ao Crime Organizado" por sua atuação firme no combate aos crimes de lavagem de dinheiro.

Projeto sancionado
O senador é autor do Projeto de Lei do Senado nº 209, de 2003, sancionado pela presidenta Dilma Rousseff e transformado na Lei 12.683 de 2012, que torna mais eficiente o combate aos crimes de lavagem de dinheiro. "Desde 2003, temos trabalho para que o projeto de combate ao crime de lavagem de dinheiro, que considero um dos estratagemas mais maléficos e eficazes no estímulo à expansão do crime organizado, fosse aprovado. Agora com a Lei 12.638 de 2012 damos um grande passo para modernizar a persecução deste crime no País", afirmou.

Combate
A nova Lei de combate à lavagem de dinheiro, em vigor desde 10 de julho, prevê prisão de 3 a 10 anos, confisco de bens antecipado, multa de até R$ 20 milhões e ressarcimento ao erário público. Com a nova regra, também os chamados "laranjas", que participam da operação, passarão a ser punidos com as mesmas penas do criminoso principal e os bens em nome de terceiros poderão ser apreendidos.

Guia Brasil Quatro Rodas 2013 destaca Museu de SE
O Museu da Gente Sergipana foi premiado com a indicação de ‘Atração do Ano’ na edição 2013 do Guia Brasil Quatro Rodas, que é considerado o maior e mais importante guia do turismo nacional. A reportagem sobre o assunto está na página 49 do Guia, que é editado há 48 anos, pela Editora Abril.

Mais moderno 
Sob o título ‘Diversão com tecnologia’, a matéria classifica o Museu da Gente Sergipana como o maior e mais moderno museu multimídia do Nordeste: “Um edifício histórico restaurado, diversos elementos da cultura sergipana e muita tecnologia. Com essa fórmula, surgiu o maior e mais moderno museu multimídia do Nordeste, Atração do Ano no Guia Brasil 2013” – diz a reportagem.

FFB Construções com nova sede
Com o intuito de melhorar cada vez mais os serviços prestados aos seus clientes, a FFB Construções mudará de endereço em breve. Na próxima quarta-feira, 14/11, a empresa trabalhará apenas internamente e retornará às suas atividades normais na segunda-feira, 19/11, já na nova sede, um espaço moderno, prático e funcional, com todo o conforto que o cliente FFB merece. A nova sede ficará situada na Avenida Celso Oliva, nº 162 – Empresarial Antônio Teles da Costa, 1º andar, no bairro 13 de Julho, CEP 49.020-090, fone (79) 3304.3030, local onde também funcionará a gestão administrativa do Celi Hotel Aracaju.

Sebrae promove ações na Semana Global do Empreendedorismo
Durante a Semana Global do Empreendedorismo, que será realizada em todo o país entre os dias 12 e 18 de novembro, o Sebrae Sergipe promoverá gratuitamente uma série de atividades para beneficiar aqueles que desejam abrir o próprio negócio ou até mesmo melhorar a gestão dos seus empreendimentos.

Sebrae promove ações na Semana Global do Empreendedorismo II
Nos dias 12, 13 e 14, sempre das 19h às 21h30, serão ministradas as palestras ‘Como conquistar e manter clientes’, ‘Como elaborar um plano de negócios’ e ‘Inovação como vantagem competitiva’. Já no dia 19, a partir das 16h, serão ministradas as palestras ‘Empreendedor Individual’ e ‘Fluxo de Caixa. As inscrições devem ser feitas pelos telefones (79)2106-7767/7765.

Dia Nacional da Coleta de Alimentos
No próximo dia 10, a ONG Companhia das Obras promoverá o Dia Nacional da Coleta de Alimentos. Pelo segundo ano, o GBarbosa participará da iniciativa, que tem como objetivo contribuir ativamente para a arrecadação de alimentos que serão destinados às instituições sociais cadastradas no programa Mesa Brasil, do Sesc, de combate à fome. No dia da ação, oito lojas da rede supermercadista na Bahia e em Sergipe (Socorro, Jardins, Riomar e Francisco Porto) receberão um mutirão de voluntários que serão responsáveis pela coleta dos alimentos doados pelos clientes, das 8h às 18h. No ano passado, a ação arrecadou 115 toneladas em 27 cidades e a meta desse ano é chegar a 125 toneladas.

Flagrantes esportivos 
Cruzamento olímpico da série A-2 começa hoje com duas partidas: Boca Junior X América e Dorense X Estanciano. /// Dessas quatro equipes, duas subirão para a série A-1 em 2013. /// Definidas as seis sedes para a Copa das Confederações. /// Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro, Salvador e Recife. /// Os estádios a serem utilizados serão o Nacional de Brasília, o Mineirão, o Castelão, o Maracanã, a Fonte Nova e a Arena Pernambuco. /// Os ingressos mais baratos custarão 76 reais e os mais caros, 418 reais. /// Até agora ninguém sabe como ficam os ingressos populares, a preços mais acessíveis. /// A venda de ingressos será através do site da FIFA. /// Escolha das cidades foi política. É o que afirma a FIFA. /// Para Ronaldo, o fenômeno, ele já viu ingressos até mais caros, quando jogava no Corinthians.

Curtas
Corrupção ameaça o país. Declara o líder chinês Hu Jintao. /// Novo líder máximo, Xi Jinping, acumulou centenas de milhões de dólares. ///José Dirceu entrega passaporte ao STF. /// Prossegue a queda de braço entre o governo de São Paulo e o Planalto, mesmo depois de fechado acordo para combater a violência. /// Políticos ligados a Aécio Neves condenam movimento para forçar abertura de inquérito a fim de investigar ligação de Lula com o mensalão. /// Protesto de Sérgio Cabral escancara dado importante: as obras da Copa e da Olimpíada são pagas pelo governo do Rio de Janeiro e não por Brasília. /// Para Delfim Netto aumento dos combustíveis é inevitável, pois governo não tem mais como adiá-lo. /// Comissão da Verdade vai apurar ação das igrejas. /// Dilma dedica-se a uma análise exaustiva da nova lei dos royalties. /// Sergipe é produtor de petróleo e tem grande interesse na solução para o caso. /// Faz 43 anos que Carlos Marighella é assassinado numa emboscada policial comandada pelo delegado Sérgio Paranhos Fleury, em São Paulo (novembro de 1969). /// Semana do Aposentado do BB encerra-se hoje com homenagens e almoço de confraternização, na AABB Aracaju.

PELO TWITTER

www.twitter.com/Edu_Barreto Engraçado que cair, parece que se estar voando por instantes…

www.twitter.com/thiagodhatt "O medo depende da imaginação, a covardia do caráter" Joseph Joubert

www.twitter.com/SouLucasOliver O Ministério da Fofoca adverte: Pessoas cuidam da vida alheia para compensar as frustração das suas vidas fúteis.

www.twitter.com/Machu_Veio Acabei de chamar uma pessoa de preguiçosa. Ela quase respondeu.

www.twitter.com/marcosaurelio23 E se o próximo Governador, Amorim, JB, João, Nilson, ou qualquer outro, precisar de empréstimo pra sanar SE, não vão aprovar também?

www.twitter.com/CFcomunicologo Ao invés de dá dinheiro p/ tds os grupos vulneráveis d sociedade, dê trabalho e cursos profissionalizantes p/ poderem sobreviver dignamente.

www.twitter.com/Edson_Bomfim Mente bloqueada, cansado, fome e sem saco. A melhor coisa seria ir pra casa. Nestas condições não tem mágica.

DO LEITOR

Bolsa-Atleta Aracaju: Demora para lançar edital
E-mail recebido: “Prezado Claúdio Nunes, como observamos, o edital para o processo seletivo para concessão da bolsa-atleta da Prefeitura Municipal de Aracaju, foi publicado no dia 03/11/2011. Estamos no dia 09/11/2012 e até o momento não foi lançado o edital.. Gostaria que a Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura, informasse quando será emitido o edital, haja vista que os atletas criam a expectativa no resultado final e planejam suas competições para o ano que vem baseados no valor da bolsa-atleta. Sem edital, não tem seleção, consequentemente, não podem planejar, sem planejamento, não tem competição fora do estado”.

ARTIGO
O Homem Tem que Pensar    por  Robson Carvalho de Menezes*

No tema hoje, explanarei o pensamento, ou seja, o homem que pensa.
Se a importância dessa declaração pudesse ser captada neste momento por todos os leitores, as próximas frases não seriam necessárias.
Aparentemente a maioria dos homens não tem a ambição saudável que deveriam ter, do contrário não estariam onde estão. A parte percentual da humanidade que utiliza sua mente mestra como chave para abrir as portas do sucesso, são realmente o percentual superior, são os pensam.
Os grandes homens de sucesso são notáveis que eles pensem e desejam o sucesso continuo, ou você acha que Bill Gates e Mark Zuckerberg abandonaram a Universidade de Harvard por quê? Eles não imaginavam que o projeto deles iria tão longe quanto é, mas sim idealizaram suas idéias e foram em busca de seus sonhos. Tratando de Mark Zuckerberg não é simples para quase toda a população você largar uma das melhores e mais concorridas Universidade do mundo em prol de uma idéia construída no alojamento da universidade. Mas ele foi o homem que pensou, acreditou, teve e tem capital intelectual e buscou conquistar seu objetivo.
Pensar, criar ideias, inovar, correr atrás de objetivos, não é somente para as pessoas formadas nas universidades, mas sim para aqueles que utilizam o melhor de si. A mente.
Estabelecer suas ideias como principal propósito definido, se apegar a ferramentas com sentido e que te levem a algum lugar, deixar fluir coisas importantes na sua mente, intensificar continuamente o desejo por você criado.
Mas onde e como aprenderá a arte de converter a derrota em degraus para a oportunidade. Muito simples, na sua mente, no seu pensamento.
Suas atitudes, seus hábitos e seus costumes te levaram ao pleno sucesso ou ao fracasso permanente, somente você pode mudar isto.
Este artigo foi escrito com respostas e algumas questões e as suas ponderações sobre as singularidades da vida, mas lembre-se: as respostas que você procura podem ser encontradas na sua própria mente, por meio de uma idéia, de um plano ou de um propósito que pode brotar a qualquer momento durante a leitura.
Uma boa e perfeita idéia é tudo que você precisa para alcançar o sucesso.
Sabe qual é uma das principais fraquezas da humanidade? Vou contar: é sua usual identificação com a palavra “impossível”. É tão natural dizermos que não podemos, não vamos alcançar, é difícil, é complicado, é impossível.  E é raro dizermos eu posso, é simples, é fácil, eu consigo. Justamente quem tem o desejo árduo de alcançar o sucesso, pensa, planeja, tem idéias, traça metas e objetivos, são aqueles que passam pelos obstáculos e adversidades.
O sucesso chega para aqueles que se permitem tornarem-se conscientes do sucesso. O fracasso chega para aqueles que se permitem tornarem-se conscientes do fracasso.
Meu objetivo com este artigo é ajudar aqueles que buscam aprender a arte de trocar em sua mente a consciência do fracasso pela consciência do sucesso. Afinal para obter sucesso, o homem que pensa, tem que pensar na sua evolução, na globalização, na inovação, na criação, em como vencer obstáculos, em superação.
Nossa mente é a chave da riqueza e do sucesso, como também se torna a chave de infelicidade, pobreza e do fracasso. A riqueza se inicia por disposição da mente.
A determinação vence os obstáculos, e é claro, vem trabalhada da mente essa determinação.  Grandes homens de sucesso entenderam e aplicaram os princípios de sucesso vindos de sua mente. Um deles é o desejo, saber o que quer ter propósitos definidos, metas traçadas e objetivos claros.
Quando o poeta inglês William Henley escreveu os proféticos versos “Eu sou mestre do meu destino, Eu sou capitão da minha alma”. Deveria está querendo nos informar que temos o poder de controlar nossos pensamentos.
Ele nos informa que o poder da mente, nosso controle sobre a mente, procurar diferenciar os pensamentos destrutivos dos pensamentos construtivos. A revelação que antes seja possível acumular bens em grande abundância, precisamos magnetizar nossas mentes com o desejo intenso de riqueza e nos tornar conscientes do dinheiro, até que o desejo nos leve a criação de planos definidos para conseguir o que queremos.
Meus queridos, sucesso a todos.

*Esp. Finanças/Esp. Gestão Empresarial.
Sites: http://robsongestor.blogspot.com/
Twitter: @gestor_robson
Facebook: robsonmenezes_gestor@hotmail.com

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

  
Frases do Dia
“Não vale nada um povo que não sabe defender a honra da sua Pátria”. Friedrich Schiller, poeta, dramaturgo, filósofo e historiador alemão que nasceu em 10 de Novembro de 1759 e morreu em 1805.

“Não espere a unanimidade da opinião pública. Agindo certo, você convencerá a maioria”. Euclides José Teixeira Neto foi advogado, criador de cabras, político e escritor brasileiro, notabilizando-se na luta pela Reforma Agrária e oposição ao Regime Militar de 1964. Nasceu em 11 de Novembro de 1925 e morreu em 2000.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários