Edvaldo longe do DEM

0

É mínima a possibilidade de o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) buscar o apoio do DEM para seu projeto de reeleição. Tal hipótese parece até intriga da oposição, pois o comunista sempre se opôs ao grupo liderado pela senadora Maria do Carmo Alves. Aliás, foi criticando o DEM que o prefeito pavimentou sua vitória eleitoral em 2016. Quem não se lembra do barulho feito pelo marketing de Nogueira sobre um possível acordo, por debaixo dos panos, entre o DEM e o então candidato a prefeito Valadares Filho (PSB)? Outro dia, o ex-senador Antônio Carlos Valadares (PSB) recordou a tal “estratégia mentirosa” contra Vavazinho. Ora, e por que Edvaldo daria panos pras mangas à oposição se coligando com os demistas em 2020? Por interesse puramente eleitoreiro, alguns integrantes do Democratas até gostariam de subir no palanque do comunista, porém este não se submeteria a tamanho desgaste político. Portanto, perde tempo quem aposta que o marketing do prefeito vai aconselhá-lo a beber do próprio veneno. Marminino!

Pedra no caminho

Ailton Nascimento (MDB), candidato a prefeito de São Francisco, teve o registro impugnado. O juiz eleitoral Evilásio Correia de Araújo acatou ação de improbidade fundamentada na rejeição das contas do emedebista pelo Tribunal de Contas de Sergipe. A defesa de Ailton promete recorrer ao TRE para mantê-lo na disputa. Marcada para o dia 1º de dezembro, a eleição suplementar naquele município sergipano também é disputada por Luan Cardozo (PSB). Ah, bom!

Transfusão em debate

O Supremo Tribunal Federal vai decidir se, em razão da sua consciência religiosa, as testemunhas de Jeová têm o direito de se submeterem a tratamento médico, inclusive cirurgias, sem transfusão de sangue. Quem defende esta ideia alega que cabe somente ao indivíduo escolher entre o perigo do tratamento que deseja e o risco da transfusão de sangue, e o Estado deve se abster de interferir em uma escolha existencial legítima. Aff Maria!

Na moita

Enquanto participa da administração de Edvaldo Nogueira (PCdoB), o PT analisa a hipótese de apresentar candidato próprio a prefeito de Aracaju. Petistas mais afoitos dizem ter chegado a hora de o partido deixar de ser coadjuvante na capital. Outros acham que seria deselegante peitar o prefeito, após passar quatro anos mamando nas tetas da Prefeitura. Por enquanto, o PT nem despeja o barro, nem desocupa a moita. Como se diz lá em Carira: nem Ford, nem sai de Sinca. Crendeuspai!

Pela saúde

O senador Alessandro Vieira e a deputada estadual Kitty Lima – ambos do Cidadania – estiveram com o governador Belivaldo Chagas (PSD). Foram pedir que a Maternidade de Capela não seja fechada. A Secretaria da Saúde alega que a desativação daquela unidade ocorrerá por falta de profissionais para fechar a escola médica. Belivaldo não prometeu manter a maternidade aberta, porém disse que analisará a reivindicação do senador e da deputada. Então, tá!

Viva a balburdia

Hoje tem balburdia na Universidade Federal de Sergipe. Marcada para às 15h, a manifestação de professores, estudantes e servidores visa protestar contra a ingerência do presidente Jair Bolsonaro (PSL) nas investigações dos crimes da vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ) e do motorista Anderson Gomes. O protesto faz parte do Dia Nacional de Mobilizações organizado pela União Nacional dos Estudantes e a Associação Nacional dos Estudantes de Pós-Graduação. Participe!

Turistas insatisfeitos

Turistas que visitam Sergipe reclamam da falta de infraestrutura, dos elevados preços, da insegurança nas ruas, da pouca educação dos atendentes e da imundice em alguns bares e restaurantes, da falta de mais atrativos, etcétera e tal. Apesar de tantas mazelas, pesquisa do Instituto Dataplan, encomendada naturalmente pelo governo estadual, concluiu que 94,8% dos visitantes se disseram satisfeitos com Sergipe. Será que todas as queixas registradas na mesma consulta foram feitas por apenas 5,2% dos entrevistados? Misericórdia!

Abaixo o churrasco

A picanha, a fraldinha e a maminha feitas na brasa, símbolos de um bom churrasco, estão se tornando inimigas do clima. É que a carne, desde a criação do gado até a mesa, é responsável pela liberação de grande quantidade de gases que causam o aquecimento global. Segundo o Observatório do Clima, os impactos provocados pela agropecuária são responsáveis por 69% das emissões de gases de efeito estufa do Brasil. Diante disso, a recomendação é que o consumo de carne de boi seja menor. Danôsse!

Projeto saudável

O Senado analisa, hoje, o projeto de lei do senador Rogério Carvalho (PT) classificando a visão monocular como deficiência sensorial. O portador desta deficiência enxerga com apenas um olho, possuindo noção de profundidade e sensação tridimensional e visão periférica limitadas. Segundo Rogério, o projeto garante que os monoculares sejam reconhecidos pela legislação que regulamenta a Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência. Tomara que seja aprovado!

Ê boi!

De autoria da deputada Goretti Reis (PSD), tramita na Assembleia um projeto de lei transformando a “Festa do Vaqueiro” de Porto da Folha em Patrimônio Cultural Imaterial de Sergipe. Segundo a parlamentar, o evento atrai cerca de 70 mil pessoas/dia para município. A festa do Vaqueiro foi criada em 1969 e um de seus promotores foi Antônio Alves de Farias, que tinha a “pega do boi” como seu esporte preferido. Vixe!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista, em 24 de junho de 1950

Comentários