Eleições presidenciais e popularidade

0

 

 

No início desta semana uma avaliação do jornalista Ricardo Noblat causou celeuma na grande imprensa brasileira. Ele escreveu que “8 de cada 10 políticos admitem que Dilma não perde mais”.

 

A afirmação do jornalista vem respalda, não só pelos índices das pesquisas eleitorais, mas por análises estáticas das últimas eleições presidenciais no Brasil. Quem leu o livro “A Cabeça do Eleitor”, de Alberto Carlos Almeida, pode analisar sem paixões políticas que o quadro se encaminha para a lógica eleitoral das últimas eleições presidenciais.

 

A lógica eleitoral citada por Alberto Almeida mostra que nas últimas quatro eleições presidenciais, independente de marketing, das declarações dos candidatos e de outros fatores, quando o governo é bem avaliado o candidato governista é o franco favorito, quando o governo é mal avaliado acontece o oposto. A oposição torna-se pule de dez (expressão muito usada no turfe, para dizer que um cavalo é uma verdadeira barbada). Recordar é viver. Os dados: Em 1994, o governo Itamar Franco estava muito bem avaliado, foi eleito FHC, ex-ministro da Fazenda; Em 1998, o governo FHC estava muito bem avaliado, ele foi reeleito; Em 2002, o governo FHC estava mal avaliado, Lula, da oposição, venceu o pleito; Em 2006, o governo Lula estava muito bem avaliado, mais uma vez o presidente em exercício foi reeleito.

 

Alberto deixa claro que ganhar uma eleição contra um governo bem avaliado não é para quem quer, é para quem pode. E uma comparação altamente favorável a Dilma: Em 1994 e 1998 (Itamar e FHC) a popularidade deles (soma de ótimo e bom) ficou em torno de 40% entre maio e outubro, vésperas da eleição. Lula agora tem a popularidade de cerca de 73%, algo nunca visto. Em 2002, quando FHC não conseguiu eleger Serra, sua popularidade era de apenas 25%.

 

Pelos dados de Alberto Almeida trata-se de uma lógica e o eleitor não quer risco: quando ele considera que o governo é bom ou ótimo ele tem maior preferência para votar ou no candidato do governo ou naquele que disputa a reeleição. Sendo uma lógica, ela se aplica a qualquer eleição: federal, estadual ou municipal.

 

São vários detalhes que favorecem a candidata governista neste momento. Por outro lado, a esperança da equipe de José Serra é centralizar a campanha eleitoral, principalmente o horário gratuito no que ele tem de mais forte junto ao eleitor: experiência administrativa e conhecimento, onde em todas pesquisas é comprovado que ele é bem mais conhecido do que a candidata petista.

 

Federal: Almeida quer garantias de Déda

Ontem, 16, Almeida Lima tinha se rendido a ideia de ser candidato a deputado federal. Mas como disse que não “está preparado”, quer como condição uma garantia do governador para arranjar alguns colégios eleitorais. Um gaiato, quando soube lembrou: “só se ele deseja alguns colégios de Aracaju, como o Anísio Teixeira, Santos Dumont…”

 

Da terceira via

O blog continua acreditando que as notícias veiculadas de que Nilson Lima vai abrir mão da candidatura ao governo para ser o vice na chapa de João Alves Filho. Ele saiu do grupo do governador Marcelo Déda afirmando que iria construir um novo projeto político alternativo em Sergipe. Se aliar ao que contestou no passado é cair na mesmice.

 

Existe mesmo vaga no TCE de SE?

O artigo de ontem, 16, suscitou dezenas de comentários sobre a existência ou não de uma vaga de conselheiro no TCE. A cada dia que passa este jornalista está convencido de uma tese importante. Até a próxima segunda-feira, 21, o blog terá uma posição definitiva sobre o assunto.

 

Agenda cancelada

O governador Marcelo Déda tinha hoje, 17, uma extensa agenda no sertão de Sergipe, inaugurando obras em Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha e Canindé do São Francisco. Foi cancelada no início da noite de ontem. Ao retornar ontem de São Paulo, onde estava muito frio, com a mudança de temperatura, o governador pegou uma forte gripe.

 

Parte da agenda de Glória mantida com Belivaldo

As inaugurações da  fábrica Betalac, ampliação da Nativille e do Núcleo Industrial de Glória foram mantidas na agenda de hoje e serão conduzidas pelo vice-governador Belivaldo Chagas.

 

Recordar é viver

Nas rodas política ontem muitos acharam estranham a declaração do ex-deputado Pedrinho Valadares (DEM), publicada no JC de ontem, 16, de que houve, no mínimo, “litigância de má fé”, por parte do presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia, ao pedir que o DEM seja arrolado no processo de cassação de Jeronimo Reis, também do DEM.  Alguns lembram que Pedrinho, por três vezes assumiu o mandato graças a Jeronimo: primeiro em 1995, quando Almeida era prefeito de Aracaju, Jerônimo foi ser secretário municipal; Depois quando foi eleito prefeito de Lagarto e mais recentemente, no ano passado, quando pediu licença por quatro meses e ele assumiu. E hoje Pedrinho tenta tirá-lo do mandato de todas as formas.

 

Derrapada I

Um jornalista publicou ontem, 16, em sua coluna diária que o Tribunal de Justiça teria exonerado 120 servidores ocupantes de cargos em comissão, salientando que muitos deles retornaram ao TJ por conta de  indicação política. O colunista errou feio: os 11 exonerados – e não 120 – não foram reintegrados e nem serão, pois os cargos foram extintos. Quanto a dita indicação política, é possível que – pela gravidade da acusação – o colunista acabe se enroscando graças a seus escritos exagerados.

 

Derrapada II

Por conta da Lei 6925, recentemente sancionada pelo governador do Estado, foram feitas muitas  adequações com o objetivo de melhorar a funcionalidade e simplificar a estrutura do judiciário sergipano. A  virtude da adequação administrativa foi a de extinguir cargos em comissão, criar cargos efetivos e reservar pelo menos 50% dos cargos em comissão para os servidores de carreira, entre outras providências. Talvez o colunista não tenha lido o teor da Lei 6925, muito menos se inteirado de sua aplicação. Se o fizesse não estaria a esta altura amargando preocupações.

 

Por falar em TJ/SE: Geni Schuster será desembargadora

A desembargadora Clara Leite de Resende se aposenta compulsoriamente no próximo dia 27 de junho. A vaga deixada por ela será ocupada pelo critério de antiguidade, através da juíza Geni Silveira Schuster. Ontem, 16, a desembargadora Clara Leite foi homenageada pelos colegas do pleno do TJ, familiares, servidores e amigos. São 40 anos dedicados a magistratura de Sergipe.

 

Vanguardismo de Clara Leite

Em seu discurso repleto de emoção, o desembargador Netônio Machado lembrou o vanguardismo da magistrada, por ser a primeira mulher sergipana a chegar ao cargo de  Desembargadora do Poder Judiciário de Sergipe.  “Algodão entre cristais e perfuratriz de rochas.  Talvez seja essa a melhor expressão metafórica para definir a personalidade de Clara Leite de Rezende, simbiose de leveza e peso, sem paradoxo, convergindo ternura e gravidade em medida harmônica para produzir razão”, disse o desembargador Netônio Machado.

 

Parque da Cidade desestimula prática de atividades físicas

A cada dia aumenta o número de aracajuanos que praticam esportes, principalmente logo cedo, pela manhã. Além da tradicional caminhada muitos já aderiram a bicicleta e a corrida. Mas o Parque da Cidade, principal praça de lazer da Zona Norte de Aracaju, está na contramão da qualidade de vida. O Parque, por incrível que pareça só abre às 7h30. Hora, o Parque da Sementeira, administrado pela PMA, na Zona Sul, abre às 5h para as dezenas de pessoas que praticam atividades físicas no local.

 

Parque da Cidade é administrado pela Emdagro

Fica aqui o apelo para que as autoridades competentes, principalmente a Emdagro, que administra o Parque da Cidade reveja o horário de abertura do local. Será que os aracajuanos que moram na Zona Norte não têm direito de fazer suas caminhadas, corridas e andar de bicicleta logo cedo num lugar aprazível e não no meio das ruas entre carros e motos? Lá tem até uma unidade da cavalaria da PM. Ou seja tem segurança. Pelo menos é o que se pensa. E querem transformar o Parque numa Vila Olímpica, mas com esta mentalidade…

 

Taxista Auxiliar I

Da assessoria de Comunicação da SMTT: “No seu blog do dia 14, uma senhora reclamava da SMTT da demissão do esposo que trabalhava como taxista auxiliar há seis anos. É uma relação trabalhista entre ele o permissionário do táxi. O mesmo tem assegurado todos os direitos trabalhistas. Cada motorista auxiliar é cadastrado na SMTT e anualmente esse cadastro é atualizado. É uma relação  de trabalho entre empregador/trabalhador”.

 

Taxista Auxiliar II

Continua a assessoria da SMTT: “Nenhuma permissão está sendo concedida. Há mais de 20 anos o número de taxis em Aracaju é o mesmo: 2.080. Quanto a demissão ou admissão de motorista auxiliar a competência é do permissionário do serviço e não da SMTT. Não permitimos a venda do ponto. Fazemos apenas a transferência com a concordância das partes e com toda a documentação em dia”.

 

Juvêncio critica “notinha” publicada em jornal

O vereador Juvêncio Oliveira (DEM) em pronunciamento ontem, 16, na CMA, comentou sobre matérias divulgadas em alguns meios de comunicação, sem as devidas veracidades. Juvêncio pediu para que profissionais da comunicação tenham mais cuidado com as informações, “muitas vezes infundadas”, que são lançadas nos jornais. “Eu não sou menino e não devo meu mandato a ninguém, somente a Deus e ao povo que me elegeu, portanto tenham mais cuidado com essas “notinhas” que só atendem a interesses particulares, confundindo a opinião pública”, desabafou.

 

Oposição coerente e respeitosa

Este jornalista teve a oportunidade de conviver diariamente com o vereador Juvêncio Oliveira quando foi assessor de comunicação da CMA. Juvêncio é oposição (foi eleito para isso e não para mudar de lado), mas sempre fez discursos, não só com coerência, mas de forma respeitosa. E por várias vezes já elogiou o prefeito por ações positivas, tanto o atual, Edvaldo Nogueira, como o anterior, Marcelo Déda.

 

Albano participa em Paris de missão oficial da Câmara

O deputado federal Albano Franco (PSDB) participa nesta quinta-feira, 17, em Paris, da visita ao presidente da Assembléia Nacional da França, deputado Bernard Accoyer, como parte do programa da visita oficial do presidente Câmara dos Deputados do Brasil, Michel Temer, ao poder legislativo francês.

 

PSL e PDT tentam adiar eleição em Riachão

A coligação que tem a frente o candidato a prefeito de Riachão, vereador Ivan (PTdoB) denúncia que o PSL e o PDT trabalham para impedir a realização do pleito que está marcado pela Justiça Eleitoral para o dia 18 de julho. “É estranho porque eles tiveram toda pressa do mundo para pedir a cassação do ex-prefeito Laelson e agora não querem mais a eleição em julho. Por que será que querem o adiamento?”, questionou o candidato.

 

Perguntar não ofende I

A ex-prefeita de Itabaiana, Maria Mendonça, aproveitou o fato de sua administração ter sido criticada pelo atual prefeito da cidade, Luciano Bispo, e deu um show de informações durante entrevista à Rede Ilha na manhã de ontem. Desmascarando totalmente as colocações de Luciano, Maria ainda aproveitou para reafirmar sua posição de liderança política na cidade serrana, cobrou a conclusão das obras do matadouro e das mais de 100 casas, iniciadas em sua gestão, e não concluídas por Luciano, revelou que foi perseguida por João Alves nos seus dois primeiros anos de mandato à pedido do atual prefeito, dentre outras colocações fortes.

 

Perguntar não ofende II

Mas, como perguntar não ofende, ficou no ar uma única dúvida para vários leitores do blog que fizeram o questionamento: por que será que o atual secretário de comunicação do município, Marcos Aurélio, sempre tão falante quando o assunto são questões envolvendo o governo do Estado, não se manifestou em nenhum momento para defender a administração da qual faz parte?

 

Veículos sublocados

O blog recebeu a informação que cerca de 120 pessoas que têm seus veículos sublocados a SEED, estão sofrendo perseguição da Secretaria de Administração. Segundo a denúncia deles a pressão é para que a locadora titular do contrato retire eles da sublocação. Para isso o abastecimento dos veículos que não têm chip foi cancelado, inclusive o da secretária adjunta. Ele lembram que querem apenas trabalhar para sustentar suas famílias.

 

Presidente do BNB participa de evento em SE

 “Ao longo dos anos, a agricultura familiar no Nordeste injetou mais de R$ 6 bilhões de reais e o Banco do Nordeste é responsável por 70% dos contratos de crédito direcionados a agricultura familiar e o segundo banco do país em operacionalizar as microfinanças rurais.” Com essas palavras, o presidente do Banco do Nordeste, Roberto Smith  iniciou o discurso para os agricultores familiares, parceiros, autoridades, clientes e colaboradores do BNB presentes no último Dia da Agricultura Familiar em Sergipe, realizado na cidade de Simão Dias no dia de ontem.

 

Evento contou com cerca de mil pessoas

Cerca de mil pessoas estavam presentes no evento, que iniciou as atividades pela manhã com palestras e oficinas, prestação de serviços, informações de utilidade pública e diversas atrações culturais. E na parte da tarde contou a presença do presidente do BNB, Roberto Smith e o superintendente do BNB em Sergipe, Antônio César de Santana que após encerrarem o discurso visitaram a Feira da Agricultura Familiar montada com os produtos típicos da região e o stand da prefeitura municipal de Simão Dias. Conforme declaração do Superintendente do BNB em Sergipe, Antônio César, o dia da Agricultura Familiar é um dia especial, pois, levamos conhecimento, cultura e acima de tudo cidadania para centenas de produtores rurais que contribuem com a produção de alimentos para a mesa do brasileiro. O Banco do Nordeste é um instrumento de aplicação de políticas públicas do Governo Federal, concedendo o crédito orientado e acompanhado.

 

Consumidor só pagará pelo gás de cozinha (GLP) que utilizar

A Comissão de Minas e Energia (CME) da Câmara dos Deputados aprovou na manhã de ontem, 16, por unanimidade, o Projeto de Lei 5.120/2005, de autoria do deputado federal José Carlos Machado (DEM).  Com a medida, o consumidor vai deixar de perder o resíduo que fica no vasilhame de 13 quilos do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) – gás de cozinha- e que  volta para a distribuidora. “Quando o gás acaba a dona de casa muitas vezes vira(deita) o botijão e cozinha por mais meia hora. Isso ocorre por conta da sobra do gás no botijão que pode chegar a até 500 gramas. Esse resíduo sempre é devolvido à distribuidora que revende o mesmo produto ao consumidor milhares de vezes. O meu projeto acaba com este absurdo”, ressalta Machado.

 

Radioterapia: coletiva no Hospital Cirurgia I

Encontra-se em Aracaju, o Dr. Huchen Xie, físico médico, e sua esposa Dra. Junying Nie, biomédica, ambos de cidadania americana. O profissional, Dr. Xie, de renome internacional, está na Fundação de Beneficência Hospital de Cirurgia ministrando uma atualização para os profissionais do hospital sobre o sistema de planejamento para o novo serviço de Radioterapia. Os investimentos realizados em estrutura física e equipamentos, juntamente com as melhorias contínuas do capital humano, alcançadas com este sistema de planejamento, permitem à excelência deste serviço pelo Hospital de Cirurgia.

 

Radioterapia: coletiva no Hospital Cirurgia II

Sendo assim, foi possível concluir com sucesso mais uma etapa necessária para a reabertura do novo Centro de Radioterapia do Hospital de Cirurgia. Por esta razão, a direção da FBHC convidou a imprensa sergipana para conhecê-los, visto serem referência do FDA e entender a nova fase de planejamento pela qual os pacientes serão avaliados e receberão precisamente a indicação do tratamento radioterápico. A coletiva será hoje, 17, às 15h15, no auditório da Unidade Cardiotorácica do Hospital de Cirurgia (entrada pela rua Dom Bosco).

 

ASI promove show em benefício da AMO

 Na próxima sexta-feira (18), às 20 horas, acontece o 1º Show Beneficente da Associação Sergipana de Imprensa com o cantor e compositor sergipano, Antônio Carlos du Aracaju. A Associação dos Amigos da Oncologia (AMO) foi escolhida como instituição que vai estrear a primeira edição da festa. O evento tem início às 20 horas na sede da ASI, que fica na rua Itabaianinha, 201 – 2ºandar, Centro. A entrada é 2 quilos de alimentos não perecíveis que devem ser entregues na recepção da Amo, localizada na  rua Permínio de Souza nº 85, Bairro Cirurgia, ou na Livraria Escariz.  

 

DO LEITOR

 

Nilson traiu ou foi traído?

Do leitor Messias Gonçalves: “Passados mais de dois anos das desavenças entre o governador Marcelo Déda e o ex-secretário da fazenda e também ex-militante do Partido dos Trabalhadores, Nilson Lima, eis que surge a notícia na imprensa sergipana de que ele, Nilson, será o vice de João Alves numa chapa arranjada nas pressas, devido à escassez de opções. Primeiro continuo apostando naquela moqueca de Serigado ao molho de camarão lá no Sapatão. E com a formação da chapa encabeçada por Déda, acredito mais ainda de que, João Alves Filho, ganhou mais uma razão e vontade para disputar ao senado e não ao governo. Ele não acreditava que os Amorins fossem fazer parte da chapa de Déda.  Apostou até o ultimo minuto. Mesmo com as injeções contra dadas pelo genro, deputado Mendonça Prado, que ajudaram a consolidação da chapa governista e com o prejuízo ao seu sogro, mesmo assim ele tinha esperanças de ver Eduardo Amorim e Albano como candidatos ao senado. Somente se isso ficasse concretizado, é que ele, João iria ao sacrifício de talvez amargar uma segunda derrota para o menino bom de obras, principalmente de estradas. Melhor até do que um engenheiro conhecido, comedor de galinha caipira. Ma se por um acaso essa notícia se confirmar, Nilson Lima primeiro rasgará a sua biografia. João e Nilson, quem mudou dos dois, ou os dois mudaram?  Para Nilson, será que valeu tudo que ele protagonizou para ter o racha com o amigo e até compadre? E agora cair nos braços daquele que era considerado a bem pouco tempo como inimigo? Não Nilson, você não merece deixar que se faça uma nova biografia sua, dessa maneira. Marche em outra direção, com outro agrupamento. As pessoas não perdoam esse tipo de atitude de um homem publico. Lembre quando ocorreu com Albano e Jackson.   Demorou para que o eleitor digerisse. Não cometa o mesmo erro.  Seja firme e de estatura. Saia a governador como você traçou nestes dois últimos anos, mesmo que não logre êxito. Muitos tentaram inúmeras vezes, antes de ganharem uma eleição. Não entre nesta história de que com você na disputa não haverá segundo turno. Isso é de quem já sabe que não ganhará. Na verdade querem é primeiro lhe desmoralizar politicamente e segundo, lhe usarem para a formação do palanque de Serra. E digo, que caso isso ocorra, você mostrará ao estado que Marcelo Déda estava coberto de razão ao lhe afastar da SEFAZ e do seu próprio convívio.  E ai será mais fácil para o eleitor ver quem traiu quem. Um abraço e que Deus abençoe a todos”. Messias Gonçalves.

 

Resposta da SMTT ao leitor Toni Sacramento sobre a linha 702

Da assessoria de comunicação da SMTT: “Em atenção ao Sr. Toni Sacramento, a respeito da linha 702 – Augusto Franco / Beira Mar, temos a esclarecer os seguintes pontos:1.Melhorar o atendimento aos usuários do Conj. Augusto Franco, transformando o antigo final de linha em apenas ponto de passagem para a mesma, foi uma das principais alterações. Nesse ponto concordamos com Vossa Senhoria, pois essa mudança já deveria ter sido feita;  2.     Alteração do trajeto: Nos últimos anos, a circulação de veículos na área central da Capital tem se tornado bastante difícil, em virtude do crescente número de carros. Para os ônibus não tem sido diferente, pois estão inseridos no trânsito. Visando oferecer uma melhor fluidez ao transporte coletivo, temos feito alterações no trajeto de algumas linhas transferindo sua circulação para a Av. Otoniel Dórea e Av. Rio Branco, esta última sendo uma canaleta exclusiva para ônibus urbanos. Podemos até exemplificar: as linhas 200 CIC2 – Circular Indústria e Comércio 02, 500 CC2 – Circular Cidade 02 e 717 – Mosqueiro / Centro, que deixaram de trafegar pela Rua José do Prado Franco (exceto o ramal 717, que seguia pela Rua Capela), passaram a seguir pela Av. Otoniel Dórea; 3.      Quanto à demanda de 90% citada por Vossa Senhoria, pode até ser de estudantes da UNIT, mas tem um detalhe que deve ser destacado, é o fato dessa demanda se concentrar só nos picos da Universidade, ou seja, se concentrar em algumas horas durante o dia (o Sistema tem 20 horas de operação). Obs.: Segue quadro de horários da linha em anexo. Então, devemos considerar que durante os três turnos há um grande número de usuários se deslocando para outros locais, dentre eles o Shopping Riomar, o que indica que a linha não é de exclusividade para a UNIT, se assim o fosse não operaria nos finais de semana, quando a mesma está fechada. 4.         Em relação à passagem, nos dois sentidos, pelo Shopping Riomar, temos a informar que esse itinerário é feito para atendimento dos usuários do Conj. Augusto Franco e, para efeito de esclarecimento, a linha existe desde antes a formação do Sistema Integrado, quando, ao passar dos anos, foi sendo fortalecida devido acompanhar o crescente nº de passageiros, consequentemente havendo aumento de frota e viagens. O atendimento ao referido shopping veio logo após a sua inauguração. Portanto, verifica-se então, que a UNIT, instalada no Bairro Farolândia, passou a ser beneficiada pela linha, por estar localizada ao longo do seu itinerário”.

 

Falta d`água em Laranjeiras

Do leitor Whorton L. C. de Lima: “Falta d”água em Laranjeiras há mais de 10 dias e a indiferença das autoridades pública que continuam inoperante. São todos inertes quando se trata de interesse público: legislativo, executivo, MP, DESO, GOVERNO DO ESTADO e principalmente o grande parte do povo que só se lamenta e não age isso se dá a tradição canavieira da cidade e muitos ainda pensam ser escravos. Caso alguém venha visitar Laranjeiras lembre-se água aqui é raridade tragam a sua!”

 

Fazendo as Contas 4 x 3!…

Do leitor Dinho Santana: “Lendo seu comentário referente ao Imbróglio do Tribunal de Contas de Sergipe, vejo; a exemplo da grande maioria da população brasileira, com grande ceticismo (1. Atitude ou doutrina segundo a qual o homem não pode chegar a qualquer conhecimento indubitável. – 2. Dúvida de tudo.) o que possa fazer o judiciário brasileiro! Em recente entrevista ao Jornal da Cidade, disse o conselheiro Clóvis Barbosa, ser o judiciário campo fértil para a procrastinação, ou seja, a falta de vontade de fazer determinada coisa. Isto se dá, quando e porque a tarefa a ser realizada é muito difícil, complexa, longa ou desagradável, da Lei; valendo citar Mark Twain: “Não deixe para amanhã o que você pode deixar para depois de manhã”. Tentando dar um rumo, para não ficar em cima do muro, pode até você consultar como está a fazer – O blog vem conversando com vários advogados renomados de Sergipe e amigos do eixo São Paulo e Brasília em busca de subsídios para tomar uma posição, que não poderá ser a verdade absoluta, mas com base em um contexto subsidiado por elementos jurídicos. Não que você fique em cima do muro, a exemplo de uma grande maioria sufocada de brasileiros; e em especial os sergipanos com seus caciques, os quais determinam quando um conselheiro deve se aposentar, ou quando um frentista terá direito a uma pequena parcela da fortuna deixada pelo seu pai, negamos o sangue mais idolatramos o vil metal ou a pilantragem, hoje em dia confundida com amizade. 4 x 3, é o placar para aqueles que: em terra de cego tem um olho  e é rei… Imagine para os que teem dois. Somos fruto da omissão passiva de um povo de pires na mão e temente; que o digam as facções criminosos com ou sem colarinho, que cantando Vida de Gado – Zé Ramalho: Eh, ôô, vida de gado Povo marcado e, Povo feliz Eh, ôô, vida de gado Povo marcado e, Povo feliz. E fazendo de Contas as Contas de nossos conselheiros e o mundo Jurídico da nacional Ordem dos Advogados do Brasil e seus “Fichas Sujas”os quais não vistos e impunes!…”

 

Participe ou indique este blog para um amigo:

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“Se der pão aos pobres, todos me chamam de santo. Se mostrar por que os pobres não tem pão, me chamam de comunista e subversivo”. Dom Helder Camara.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários