Eles só pensam nelas

0

Tire o cavalinho da chuva quem estiver pensando que os políticos estão preocupados com a crise econômica, com os problemas do povo. Eles só têm cabeça para as eleições deste ano. Basta observar os discursos e entrevistas dos políticos. Quando não falam abertamente sobre as pré-candidaturas de suas preferências, criticam os adversários, visando desgastá-los junto ao eleitorado. Portanto, não pense que problemas como insegurança, crise da saúde, falência da educação, precariedade do transporte público e atraso de salários serão resolvidos agora em 2018. Quando muito, o governo de plantão e seus auxiliares farão remendos aqui e alí para iludir o cidadão e conquistar os votos dos ingênuos, com a promessa que 2019 será diferente e bem melhor. Pra eles, é claro!

Assombração

O vereador aracajuano Juvêncio Oliveira (DEM) vai ter que explicar na Justiça a existência de servidores fantasmas na secretaria municipal comandada por ele. Pelo menos é o que prevê a denúncia feita contra o demista pelo Ministério Público. No mesmo processo estão o ex-prefeito João Alves Filho (DEM) e a irmã Marlene Calumby, também acusados de terem comandado o maior trem fantasmas que já passou pelos trilhos da Prefeitura de Aracaju. Crendeuspai!

Clube dos quebrados

Sergipe está entre os 14 estados que fecharam 2017 com as contas no vermelho. Segundo o Tesouro Nacional, o estado tem um rombo financeiro de R$ 256,31 milhões, ou 4% da Receita Corrente Líquida. Reportagem do jornal Valor Econômico mostra que o clube dos deficitários é liderado pelo falido Rio de Janeiro, com um “prego” de R$ 6,2 bilhões. Homem, vôte!

Preparando o voo

E quem se encontrou com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi o senador Eduardo Amorim. Os dois tucanos discutiram sobre suas pré-candidaturas e, claro, sobre o projeto eleitoral do PSDB. Enquanto Amorim sonha com o governo de Sergipe, Alckmin pensa num voo mais alto: o Palácio do Planalto. Haja asas!

Fichas sujas

E o prefeito de Canindé, Edinaldo da Farmácia (PP), está em maus lençóis. Ontem, a Justiça Eleitoral o condenou por compra de votos nas eleições de 2012, quando disputou e perdeu a prefeitura daquele município. Também foram condenados pelo mesmo crime os vereadores Pank (PRP) Zé Caloi (PP). A condenação, no entanto, não os impede de continuarem ocupando cargos públicos, pois vão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.

Forno aceso

Instalada pela Câmara de Aracaju, a CPI do lixo tem tudo pra não dar em nada. Com ampla maioria dos vereadores indicados para investigar denúncias de irregularidades na coleta do lixo, os governistas vão se ocupar da confecção de uma bela pizza. Só falta decidir o sabor. Para a minoritária oposição sobrará o direito ao jus sperniandi. Só Jesus na causa!

Tem que ser honesto

A maioria da população espera que o futuro presidente do Brasil seja honesto e não tenha se envolvido em casos de corrupção. Segundo pesquisa da CNI, em parceria com o Ibope, para 87% dos brasileiros, além de honesto, é muito importante que o presidenciável não minta na campanha. Tá difícil! 44% dos brasileiros estão pessimistas em relação à eleição presidencial e apenas 20% esbanjam otimismo.

Indireta bíblica

Sempre que podem, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e o herdeiro Vavazinho fustigam o ex-aliado Belivaldo Chagas (MDB), pré-candidato ao governo de Sergipe. Na mais recente cutucada, Vavá postou nas redes sociais que se tivessem ouvido o Espírito Santo, “o pai e o filho não tinham criado um Judas”. Misericórdia!

Horário flexível

A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei que flexibiliza o horário de veiculação do programa de rádio A Voz do Brasil. Pelo texto aprovado, a transmissão integral do programa deverá ocorrer dentro do intervalo das 19 horas às 22 horas, de segunda a sexta-feira. Para entrar em vigor, a matéria depende de sanção presidencial. O programa Voz do Brasil foi criado há mais de 80 anos, em 1935.

Sonha alto

O PV vai lançar oficialmente a pré-candidatura ao Senado de seu presidente estadual Reynaldo Nunes. Será no próximo dia 22, em evento político programado para a Associação dos Engenheiros Agrônomos de Sergipe. Os verdes também já decidiram que na campanha eleitoral deste ano se coligarão com a REDE do médico e ex-vereador Emerson Ferreira.

Prega unidade

Pré-candidato a deputado federal, José Carlos Machado (PSDB) defende a unidade da oposição. Segundo ele, para vencer as eleições, “precisamos estar unidos”. E Machadão já tem até a chapa de seus sonhos para enfrentar o time da situação: Eduardo Amorim (PSDB) para o governo e André Moura (PSC) e Antônio Carlos Valadares (PSB) para o Senado. A vaga de vice seria preenchida pelo ainda governista pastor Heleno Silva (PR). Só falta combinar com eles.

Recorte de jornal

Publicado no Correio de Aracaju, em 1º de novembro de 1929

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários